Set out on a cross-country journey to win back the love of your life and endure the hardship of making story-defining choices that affect your life and the lives of those around you.
Análises de usuários:
Últimas:
Neutras (26 análises) - 61% das 26 análises de usuários dos últimos 30 dias são positivas.
Todas:
Ligeiramente positivas (1,818 análises) - 76% das 1,818 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 21/mai/2014

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Indisponível em Português (Brasil)
Este produto não está disponível no seu idioma. Confira a lista de idiomas oferecidos antes de comprar.

Comprar Always Sometimes Monsters

Pacotes que incluem este jogo

Comprar Always Sometimes Monsters: Soundtrack Edition

Inclui 2 itens: Always Sometimes Monsters, Always Sometimes Monsters - Soundtrack

 

Atualizações recentes Ver todos (5)

21 de maio

2 Year Anniversary Patch - ASM 126

Today marks 2 years since we released Always Sometimes Monsters. We thought about running a sale to help celebrate the occasion, but thought it would be a more meaningful gesture of appreciation for all your support if we updated the game instead.

Thanks to all of you for playing, and supporting us this far.

ASM 126 - PATCH NOTES
==============================
- Updated swimming pool sprites with new bathing suits
- Replaced vent-crawling sprites with more appropriate animation
- Changed some dialogue in the Faith Beach pre-wedding scene
- Fixed casino toilets so Sam can use them
- Updated conversation with Bellinger at casino
- RasmusMan received improved score calculation for efficiency
- Prevented Markansas sequences from misfiring
- Secret alternate ending added
- Improved player guidance with concierge in Union Club House
- Expanded conversations with Jake/Justin
- Fixed impassable safe bug in Warehouse Office
- Save import preparation for Sometimes Always Monsters

11 comentários Leia mais

Análises

“Always Sometimes Monsters deals in chaos and quantum theories – in every second of our lives, we make choices that forever impact our timelines going forward, dictating whether we keep or lose friends, maintain a job or succeed in our goals. We are the masters of our destinies, Always Sometimes Monsters says – but we can't control other people's lives. That's where it gets tricky.”
4/5 – Joystiq

“It's an earnest look at life under tough economic pressure, at love when things don't go according to plan and at a creative career during its shittiest lows. It has a lot to say, and importantly, it speaks from the heart.”
8/10 – Polygon

“Always Sometimes Monsters isn't the first game to get clever with morality. It's not the first game that's had a few grey areas. It also isn't about either of those. It's about perspective. It's about empathy. It's about who we are and why we do what we do. That narrative is one of contradiction and hypocrisy, because that's what real people are about.”
9/10 – Eurogamer

Sobre este jogo



Out of money and out of luck you find yourself heart broken and on the verge of collapse. Your landlord's taken the key back, you can't finish your manuscript, and your beloved is marrying someone else. With no choice but to handle whatever life throws at you, you set out on the open road on a mission to win back the love of your life. The story from there is up to you. Can your life be salvaged, or are we always sometimes monsters?

Choice
A story-driven experience focusing on relationships and emotional bonds rather than traditional RPG combat and adventuring. Indecision is your enemy and empathy is your weapon in a quest to earn one last chance to win back the love of your life.

Circumstance
Choose from characters of different gender, race, and sexual preference and live through the common experiences and unique hardships of each based on your selection. NPCs may treat you differently based on your gender, race, or sexual preference opening and closing different paths along the way.

Consequence
Each playthrough is filled with a staggering number of diverging paths that can be discovered through both overt actions and subtle choices in conversation. The journey you experience will be tailored to your personal ethical compass as your decisions both conscious and subconscious change your fate.



Download the original Always Sometimes Monsters soundtrack by LASER DESTROYER TEAM featuring 15 remastered tracks from the game. Available on Bandcamp.

Requisitos de sistema

Windows
Mac OS X
    Mínimos:
    • SO: Windows XP, Vista, 7, or 8 (32-bit or 64-bit)
    • Processador: Intel Pentium 4, 2.0 Ghz or faster
    • Memória: 512 MB de RAM
    • Placa de vídeo: 1024 x 768 desktop resolution or better
    • Armazenamento: 500 MB de espaço disponível
    • Outras observações: No Steam Overlay Support
    Mínimos:
    • SO: OSX 10.7
    • Memória: 2000 MB de RAM
    • Placa de vídeo: OpenGL 2.0 capable graphics card
    • Armazenamento: 500 MB de espaço disponível
    • Outras observações: Steam Achievements not supported, Steam Overlay enabled
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Últimas:
Neutras (26 análises)
Todas:
Ligeiramente positivas (1,818 análises)
Últimas análises
Adabana
( 10.8 horas registradas )
Publicada: 23 de julho
A história é interessante, mas depois de um tempo se torna repetitivo e até cansativo. Suas decisões realmente são importantes e vão te fazer ter as mais diferentes experiências.
Tinha decidido não jogar de novo, mas acabei tendo um final tão horrível e infeliz (a arte imita a vida mesmo), então talvez isso me faça tentar mais uma vez ¯\_(ツ)_/¯
Lord d'Antas
( 0.3 horas registradas )
Publicada: 14 de julho
Produto recebido de graça
"O jogo é bom, mas não serve pra mim...vi alguns vídeos antes e é daqueles que você lê demais e em inglês, eu já leio livros...vou ter que ler em games? Eu quero AÇÃO. Enfim, recomendo sim, mas não dou nenhuma avaliação".
[ZMBR] Kaamy
( 23.0 horas registradas )
Publicada: 27 de junho
Muita gente falando mal desse game e o que eu digo é: BANDO DE MAL AMADO jogo lindo apaixonei demais <3

recomendo
Wes Nunes
( 17.5 horas registradas )
Publicada: 25 de junho
É um daqueles games que você vai te fazer pensar nele quando não estiver mais jogando ele. É curioso. Muito mais do que um jogo sobre relacionamentos e decisões, é sobre ter forças para mudar o que você pode mudar na sua vida, ter paciência sobre o que você não pode mudar e sabedoria, no final das contas, para distinguir os dois. Talvez você chore ao final de Always Sometimes Monsters, fique triste, instatisfeito ou até mesmo com raiva do resultado do seu gameplay... E por incrível que pareça, todas as reações provarão o quão sólido é o enredo.

Always Sometimes Monster possui personagens negros, mulheres, gays, lésbicas, trangêneros e pessoas pobres lutando por sobrevivência e igualdade... Esse jogo consegue atingir uma representatividade, consciência e respeito à diversidade que muito título de grande orçamento está longe conseguir. Eu fiquei feliz em jogá-lo, como há muito tempo não ficava com algum jogo.
aragordo
( 14.3 horas registradas )
Publicada: 14 de junho
Este jogo tem uma história super elaborada, e tem escolhas e momentos que te farão pensar por alguns segundos por qual caminho seguir, e até mesmo te deixar com remorço pelo lado que escolheu. Uma história muito mais profunda do que imaginei e com um caminho que com certeza vale a pena trilhar! Terminei duas vezes, seguindo por caminhos diferentes, e a segunda obviamente tira muito da emoção deste "poder de escolha" que se tem, mas mesmo assim, pra quem gosta de diálogos e boas histórias este jogo será uma belíssima experiência. E é um jogo bem curtinho, 6 horas é o suficiente para terminar ele. 6 ótimas e surpreendentes horas.
Spike Spiegel
( 4.2 horas registradas )
Publicada: 23 de abril
Bom jogo e historia.
sbitworld
( 17.3 horas registradas )
Publicada: 9 de abril
Uma história de amor muito bem construída com escolhas que refletem até mesmo na sua própria vida. O jogo é realmente bem profundo, diria que pegou até mesmo nos meus sentimentos. Mais do que recomendado!
Brownie
( 14.9 horas registradas )
Publicada: 17 de fevereiro
O Always Sometimes Monsters só está disponível em inglês, e é feito no RPG maker. Ou seja, é bem linear.

A história depende das suas escolhas, e também de acordo com elas, o final. O único problema que achei é que você tem que trabalhar muito no jogo pra pegar o melhor final, sério. O jogo leva umas 10hrs+ por isso.

Peguei numa promo de 75% e recomendo que vocês esperem pelo menos pra pagar metade do preço, o jogo é incrível, te dá umas lições de vida e tudo mais. Por ser feito no RPGMaker, esse aqui é um achado, tem toda uma trama muito boa e personagens complexos, mas não vale o preço full.

Pense bem no que vai escolher, porque tudo afeta seu futuro. Tipo vida real.
NCremonezLV
( 10.9 horas registradas )
Publicada: 18 de janeiro
Always Sometimes Monsters é um jogo feito do RPG MAKER, tem gente que simplesmente odeia essa engine por diversos problemas ou limitações que ela trás, então se você é um desse, passe longe desse jogo.

Tirando isso do caminho, ASM trás uma história boa, que só não é melhor por alguns pontos, como o fato de ter que se tornar um Workaholic no jogo se quiser almejar algo.

A jogablidade é padrão de um RPG MAKER, funciona perfeitamente com um controle.

A campanha tem duração de 10 horas pra cima, isso se você se tornar um viciado em trabalho como dito a cima, e tem vários finais, eu sinceramente acho que pagar R$ 20,00 é meio caro, então espere uma promoção de 50% que vale a pena


RESUMO: COMPRE EM PROMOÇÃO
Análises mais úteis  No geral
46 de 47 pessoas (98%) acharam esta análise útil
Recomendado
23.1 horas registradas
Publicada: 22 de novembro de 2014
Na nossa vida cotidiana, nós tomamos decisões todos os dias, o tempo inteiro. Geralmente não percebemos isso: raramente essas escolhas são tão grandiosas quanto salvar o mundo da destruição, impedir a aniquilação de uma raça ou lutar contra todo um batalhão de mortos-vivos. Nossas pequenas decisões importam, porém, no grande ou no pequeno plano, e às vezes segurar a porta do elevador para alguém ou dar ouvidos a um estranho solitário pode fazer toda a diferença na vida de uma pessoa. É sobre isso que "Always Sometimes Monsters" está disposto a falar. E, por isso, bate fundo.

No jogo você encarna um jovem escritor que, ao que tudo indica, está prestes a deslanchar. Às vésperas de assinar um contrato milionário e aparentemente feliz com o amor de sua vida, o futuro sorri adiante. Pena que, um ano depois, você acorde num quartinho minúsculo no subúrbio, solteiro e até o pescoço de dívidas. A situação não fica melhor quando você recebe um convite de casamento do seu ex: daqui a um mês, numa cidade do outro lado do país! Agora você terá 30 dias para descobrir "quem" você é, o que lhe é mais relevante e por que é tão importante (ou não) chegar a tempo do casamento, enquanto trampeia em trabalhos ridículos e mal pagos, conhece personagens muito sólidos e descobre mais sobre o momento em que tudo deu errado. E, é claro, você será colocado em diversas situações que te farão questionar se nós todos não somos "sempre de vez em quando monstros".

Os desenvolvedores foram felizmente inclusivos, e você poderá jogar diversas opções de etnia, gênero e sexualidade. Embora o "core" do jogo seja o mesmo independentemente de seu personagem, a maneira como o mundo te trata muda. Eu, por exemplo, joguei com uma mulher negra e homossexual e isso foi usado contra mim diversas vezes em conversas casuais ou quando algum personagem estava irritado. Fui chamada de deadbeat (caloteira), d**e (sapatão) e me negaram certos pedaços de missão por ser mulher. "Always Sometimes Monsters" não é um "opression simulator", entretanto, e ao mesmo tempo em que essas ofensas acontecem, não é incomum que outros personagens te surpreendam de forma positiva (o que nos faz perceber que nós, também, os estávamos julgando por estereótipos). O roteiro bem escrito garante que poucas coisas soem forçadas.

Agora, o jogo também tem seus defeitos, a maior parte deles causado pelo uso do RPG Maker. Alguns bugs esquisitos, pequenos problemas de movimentação, menus pouco práticos e aquele visual padronizado que já vimos em milhões de games que se utilizaram dessa ferramenta. Essas coisas, porém, são bobagens se comparadas com o restante da obra e se você, como eu, está mais interessado em curtir uma boa história e consegue deixar esses problemas de lado, isso provavelmente não vai te incomodar.

Um aviso se faz necessário, porém. "ASM" nem sempre é um game divertido. A sua epopeia através do país é envolvente e estimula o crescimento do seu personagem de uma maneira humana e semirrealista como vi muitos poucos jogos fazerem até hoje. No entanto, o que você aprende logo de cara é que ser adulto não é fácil, que sempre se pode chegar mais baixo e que, às vezes, pra ganhar seu suado dindim você vai ter que fazer muita coisa chata e antiética. Os empregos temporários, principalmente, podem ser algumas das coisas mais tediosas e frustrantes que você já teve que fazer num mundo de pixels. Isso é proposital e a mensagem é clara: trabalhar nesses lugares é um saco (além de pagar mal). Isso nunca chega a limites estratosféricos e, apesar de diversos temas considerados pesados serem abordados de maneira muito sóbria (vício em drogas, prostituição, preconceito, suicídio, questões trabalhistas e sociais), o clima geral de "ASM" é positivo e não faltam piadas hilárias para contrabalancear os momentos mais tensos.

No fim das contas, "ASM" é um game sobre caos, pequenas escolhas e o valor que colocamos em nossos sonhos, amizades e ideais. Em sua simplicidade, ele nos apresenta um mundo muito parecido com o nosso. Ele não nos julga por nossas decisões, por mais imorais que alguns personagens possam achar. É um jogo ambicioso sobre a vida real. E, até o momento, singular em sua proposta.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
20 de 20 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
12.8 horas registradas
Publicada: 27 de novembro de 2014
O início é confuso. Durante os primeiros 10 minutos, fiquei sem entender o que estava acontecendo e fechei o jogo. Para minha sorte, resolvi dar uma segunda chance ao jogo após alguns dias.

A história é muito rica, trata de aspectos intensos como o peso da emoção e da moral da personagem em suas escolhas.
Todas as suas decisões no decorrer da história são influenciadas pelo dilema principal: recuperar o grande amor da vida da personagem.

Quanto a jogabilidade, um ponto positivo é o poder do jogo sobre nossas emoções, a capacidade de fazer o jogador se sentir culpado por suas escolhas e totalmente responsável pelo destino da personagem. As histórias paralelas são tão dramáticas quanto a principal, mas ainda poderiam ser desenvolvidas e aprofundadas.
Um ponto negativo é o fato de não poder fugir do foco, mesmo que exista a possibilidade de escolha, há momentos em que pouco importa a alternativa escolhida, fica evidente que todas vão levar ao mesmo lugar. E se você fizer tal escolha que impossibilite o desfecho da situação atual, será obrigado a repetir a cena até que seja selecionada a alternativa "correta". Tal fato torna o gameplay cansativo depois de um tempo.
Outro ponto negativo é a impossibilidade de interação com a Steam enquanto está dentro do jogo (com certeza ia render boas screenshots).

Apesar dos contras, os gráficos simples possibilitam que o enredo tenha a atenção que merece. Tudo faz sentido no final, e proporciona uma reflexão sobre até que ponto suas escolhas são capazes de influenciar no destino. Existe amor verdadeiro? Vale a pena fazer tudo que está ao nosso alcance e, por fim, acabar revelando os monstros que habitam nosso ser?
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
11 de 11 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
10.9 horas registradas
Publicada: 18 de janeiro
Always Sometimes Monsters é um jogo feito do RPG MAKER, tem gente que simplesmente odeia essa engine por diversos problemas ou limitações que ela trás, então se você é um desse, passe longe desse jogo.

Tirando isso do caminho, ASM trás uma história boa, que só não é melhor por alguns pontos, como o fato de ter que se tornar um Workaholic no jogo se quiser almejar algo.

A jogablidade é padrão de um RPG MAKER, funciona perfeitamente com um controle.

A campanha tem duração de 10 horas pra cima, isso se você se tornar um viciado em trabalho como dito a cima, e tem vários finais, eu sinceramente acho que pagar R$ 20,00 é meio caro, então espere uma promoção de 50% que vale a pena


RESUMO: COMPRE EM PROMOÇÃO
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
8 de 8 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
17.3 horas registradas
Publicada: 9 de abril
Uma história de amor muito bem construída com escolhas que refletem até mesmo na sua própria vida. O jogo é realmente bem profundo, diria que pegou até mesmo nos meus sentimentos. Mais do que recomendado!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
7 de 7 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
16.5 horas registradas
Publicada: 23 de fevereiro de 2015
Always Sometimes Monsters é um ótimo jogo, apesar de feito no RPG Maker. Muitos dizem que jogos feitos nesse modelo não deveriam ser vendidos na Steam. Discordo plenamente disso. LISA e ASM são duas provas um tanto significativas de que um jogo feito nessa plataforma não é ruim.
Além disso - vai lançar o segundo, e o savefile poderá ser usado. :)
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 7 pessoas (57%) acharam esta análise útil
Recomendado
12.8 horas registradas
Publicada: 15 de setembro de 2014
como um jogo com um orçamento tão baixo consegue ser tão fascinante?
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
0 de 2 pessoas (0%) acharam esta análise útil
Recomendado
21.8 horas registradas
Publicada: 7 de fevereiro de 2015
Posso dizer que um dos melhores jogos que ja joguei, e entrou pra minha lista de favoritos!!!
Parece tosco, mas se vc não liga pra gráficos, manja de inglês (ou de escrever no google tradutor tudo :v) e gosta de jogos com bom enredo, vc vai amar esse jogo mais que bacon (se não gosta de bacon vá se internar!)!!!!

P.S. Cuidado que a história do jogo pode lembrar a sua, como aconteceu comigo :v... só espero que acabe do mesmo jeito \o/ ... mas não se deixe levar por isso....
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Recomendado
17.8 horas registradas
Publicada: 10 de junho de 2014
Compusilvo!! Cativante !!

Uma historia compulsiva ,forte e coesa.

Um jogo para adultos e adolescente curtirem e trabalharem seu lado emotivo.


Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Recomendado
17.1 horas registradas
Publicada: 26 de março de 2015
O jogo faz pensar pra caramba, tem bastante feels e é incrível pra um simples jogo de RPG Maker.
Porém, decepciona em algumas partes, como as "consequencias" e a pouca variedade musical. E o pós-final que foi MUITO desnecessário.
É o tipo de jogo que você só joga uma vez ou joga de novo só para ver um outro final, e acabou.

Mas vale a pena. Muito mesmo.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Recomendado
13.7 horas registradas
Publicada: 13 de fevereiro de 2015
Esse jogo foi um dos melhores jogos feito no RPG Makes que eu ja joguei. Traz uma Historia realmente envolvente e com muitas possibilidades de escolhas e finais alternativos. Os graficos demostram bem as cenas e a trilha sonora não atrapalha e passar o ar certo diante das situações. O unico problema foi alguns elementos passar por sem serem notados e as escolhas serem um pouco ambiguas.

9/10
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada