Siga uma jornada fascinante, cheia de surpresas onde dois personagens distintos formam uma parceria para sobreviver em uma perigosa América pós-apocalíptica. 150 anos no futuro, a guerra e a destruição deixaram o mundo em ruínas e a natureza recuperou sua força, deixando poucos sobreviventes humanos.
Data de lançamento: 24/out/2013
Assistir a todos os 2 trailers

Comprar ENSLAVED: Odyssey to the West Premium Edition

$19.99

Sobre o jogo

Siga uma jornada fascinante, cheia de surpresas onde dois personagens distintos formam uma parceria para sobreviver em uma perigosa América pós-apocalíptica.

150 anos no futuro, a guerra e a destruição deixaram o mundo em ruínas e a natureza recuperou sua força, deixando poucos sobreviventes humanos. Naves escravas misteriosas colhem a população, levando-os para um lugar sem volta.

Trip, uma jovem entendida em tecnologia foi presa por uma nave de escravos mas consegue fugir usando sua proeza mental. Monkey, um solitário e forte, companheiro na prisão também se liberta com seu poder bruto. Trip rapidamente percebe que Monkey é sua passagem para a liberdade e sua única esperança de sobreviver à perigosa jornada para casa. Ela hackeia uma tiara de escravidão e coloca em Monkey, conectando os dois. Se ela morrer, ele morre e a jornada dela agora se torna a jornada dele. ENSLAVED é centralizado na complexa relação entre os dois personagens principais e os jogadores assumem o papel de Monkey. Usando uma mistura de suas habilidades de combate, estratégia e travessia ambiental, você deve garantir que ele e Trip consigam sobreviver às ameaças e obstáculos que se colocam em seus caminhos rumo à liberdade.

Recursos principais

  • Edição Premium inclui o jogo original aclamado pela crítica, e o conteúdo adicional para download "Pigsy's Perfect 10", além dos visuais de personagem Monkey Ninja, Monkey Clássico e Sexy Trip.
  • Enredo Encantador - uma nova versão pós-apocalíptica do romance clássico de 400 anos: Jornada ao Oeste escrito junto com roteirista e autor bem conhecido Alex Garland.
  • Uma obra-prima cinematográfica - cenas dramáticas pelo co-diretor Andy Serkis, que também desempenha o papel principal de Monkey, retratando os eventos críticos que impulsionam a história de Monkey e Trip.
  • Ambientes impressionantes – Explore um mundo belo e assustador de paisagens urbanas devastadas por guerra e recuperadas pela natureza e está repleta de perigos em cada turno.
  • Sistema de Combate dinâmico – Ataque e defender com proeza ágil, utilizando uma combinação de ataques corpo a corpo, guardas e quedas. Use o Monkey para alcançar um inimigo, roubar sua arma, em seguida, assassina-lo sistematicamente.

Requisitos de sistema

    Minimum:
    • OS: Windows XP SP2, Vista or higher
    • Processor: Intel Core 2 Duo @ 2.20GHz / AMD Athlon 64 X2 4600+
    • Memory: 2 GB RAM
    • Graphics: Nvidia Geforce 9600/ ATI Radeon HD 4850
    • DirectX: Version 9.0c
    • Hard Drive: 12 GB available space
Análises úteis de usuários
27 de 27 pessoas (100%) acharam esta análise útil
41.4 hrs registradas
O jogo se passa a bordo de uma nave que, depois de ser sabotada, cai em Nova York que na ocasião foi devastada por um apocalipse robótico e a partir dae Trip e Monkey ( o nome do protagonista passa a fazer muito mais sentido ao decorrer do GAME ) Encontram-se ligados e tendo assim a jornada iniciada.

e que jornada, em momento algum o jogo se mostrou previsível, foi cheio de surpresas ao seu decorrer, os personagens são bastante carismáticos, os ambientes são incrivelmente bem detalhados, e muito bonitos.

temos a junção de um novo membro ao time um pouco mais tarde na jornada, Pigsley que se mostra bastante fundamental em diversas ocasiões, a partir dae o jogo se torna bem mais desafiador e por deveras vezes mostrando ser bastante necessário o uso do raciocínio para seu avanço bem sucedido.

curti muito a jogabilidade do Game, tendo como possível, diversas melhorias ao decorrer do mesmo, em diversos aspectos.
apesar da boniteza das fases, cenários, não temos muito do quesito 'exploração', seria muito legal, se assim fosse porém, isso não se torna nada que influencie negativamente.

A jornada do nosso um tanto quanto, muito inusitado time, que por uma grande maioria de vezes são carregados pelo jogador através do protagonista , não se torna cansativa pelo simples fato, de seus companheiros serem tão uteis e necessários, quanto ele é para ser o responsável pelos avanços a cada nível, com inimigos variados, embora não em grande escala, pois em suma maioria, tirando os inimigos grandes os demais são mais do mesmo, não sendo tão inovador mesmo com sua campanha de 14 níveis, porém, o jogo é uma experiencia incrivelmente única e fantástica com um final, não tão épico, porém surpreendente e um pouquinho de tristeza :(, que antes mesmo de seu fim, já temos também uma grande revelação.

não posso deixar de citar sua trilha sonora que se encaixa muito bem em cada momento em que nos é apresentada, tornando a experiencia do Game ainda mais agradável.

creio que o final, deixou várias brechas para continuações e gostaria muito de ver mais jornadas de Enslaved que do seu começo ao seu fim foi totalmente desafiador, repleto de cenários lindos e muito satisfatório com uma trama bastante interessante.

Campanha: 10/10
Trilha sonora: 10/10
Gráficos/visual: 10/10
Jogabilidade: 10/10


Não tenho contras a citar, que sejam revelantes a ponto de serem citados ao meu ver,
me arrependi de não ter jogado antes, mais do que recomendado, ENSLAVED é um jogão que você precisa conferir, e não terá arrependimentos.
Publicada: 7 de setembro
Você achou esta análise útil? Sim Não
6 de 6 pessoas (100%) acharam esta análise útil
14.5 hrs registradas
Excelente game!!!

Com uma ótima história, personagens carismáticos, boa jogabilidade, gráficos maravilhosos (com algumas texturas de baixa resolução - herança dos consoles) e um designing de cenários incrível!!! Esse game é altamente recomendável. Peca pelo fato das escaladas serem muito automáticas: é impossível errar.

Anyway, com certeza, é um dos melhores que já joguei desse gênero (hack'n slash).
Publicada: 9 de julho
Você achou esta análise útil? Sim Não
3 de 3 pessoas (100%) acharam esta análise útil
21.0 hrs registradas
ENSLAVED: Odyssey to the West - Nota: 8.5/10

A história do jogo não é muito clara, mas é sobre um apocalipse em que a maior parte da humanidade foi extinta por Mechs (robôs) e a outra parte se esconde dos mesmos em vilas. Você é Monkey, preso como um escravo numa cápsula de uma nave que se despedaça e cai em uma Nova York pós-apocalíptica.
Monkey, um homem de força impressionante, foge da nave com Trip, uma mulher que estava controlando a nave. Ela coloca uma bandana de escravo em Monkey, assim, se ele tentar fazer alguma coisa contra ela, ela pode matá-lo e, se ele a deixar morrer, ele também morre, ou seja, a única opção de Monkey é seguir e proteger Trip até encontrar o lugar onde a nave caiu e procurar a vila onde o pai de Trip mora.
Como você depende de Trip e vice-versa, você terá que levantar blocos para ela passar, arremessar ela pra alcançar alguma plataforma, carregar ela nas costas, distrair os inimigos para que eles tirem a atenção dela, etc. Sobre equipamentos, Monkey tem um bastão que cresce, o qual ele usa para atacar e atirar e uma prancha flutuante e rápida que ele chama de Cloud.
Os gráficos são ótimos, não só os personagens como o cenário (com a natureza "invadindo" Nova York), que é muito bem feito e detalhado.
A jogabilidade pode-se dizer que é uma mistura de Prince of Persia com God of War, com os combates hack n' slash e o jeito de escalar paredes já conhecido pelos jogos do príncipe da Pérsia e dos assassinos encapuzados da Ubisoft. Os controles respondem bem e você não precisa ficar pulando por aí tentando achar o caminho, porque, além do fato de que tudo em que se pode pular brilha, Monkey se recusa a fazer um salto errado, só podendo saltar no lugar certo.
Quanto à semelhança com God of War, o jogo tem um combate estilo hack n' slash, porém limitado, com poucos golpes, poucas armas (o bastão só tem 2 tipos de tiro: um que causa dano e outro que atordoa os robôs) e pouca variedade de inimigos. Também existem as Techs (Orbs, em God of War) que servem para fazer upgrades.
O tempo de jogo (10 horas) é o ideal para que o jogo não fique enjoativo.
Concluindo: ENSLAVED: Odyssey to the West é um jogo muito bom, que não tenta ser um hack n' slash ♥♥♥♥ e nem um novo Prince of Persia, e sim aposta na simplicidade e no carisma dos personagens, já que força bruta/um cara forte e inteligência/uma mina frágil sempre combinam, sem falar no final que é surpreendente e imprevisível!


DICAS:

• Sempre explore o cenário para procurar Techs: você vai achar muito mais ao longo do capítulo do que matando os Mechs.
• O primeiro upgrade que você precisa é o Combat Awareness, que avisa quando um Mech vai fazer um combo (vermelho), está defendendo (azul) ou está atordoado (amarelo). Na área Combat, é o único upgrade realmente necessário.
• Lembre-se que você tem o Stun Charge, pois isso desativa os escudos dos robôs.
• Lembre-se que Trip pode distrair as turrets para você, sendo desnecessário levar dano delas.
• Se você já está familiarizado com hack n' slash, pode colocar na dificuldade Hard sem medo, pois foram raras as vezes que morri para os robôs na dificuldade mediana, além de que tem muita vida desnecessária (na dificuldade mediana) espalhada pelas fases.
Publicada: 24 de junho
Você achou esta análise útil? Sim Não
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
8.3 hrs registradas
Um exclente jogo de ação e plataforma,com personagens carismáricos e uma jogabilidade bem fluida,os unicos pontos negativos que posso ressaltar seriam a camera que não é muito boa e o final do jogo que deixa a desejar ,mas no geral eu recomendo ^^
Publicada: 15 de setembro
Você achou esta análise útil? Sim Não
0 de 2 pessoas (0%) acharam esta análise útil
11.2 hrs registradas
Muito Bom!!!!!!!!!!!!!!!!!
Publicada: 28 de julho
Você achou esta análise útil? Sim Não
37 de 37 pessoas (100%) acharam esta análise útil
12.1 hrs registradas
Um jogo que felizmente saiu para PC e que merece ser comprado por quem gosta de um ótimo jogo.

O jogo é basicamente um hack 'n slash que foge do tradicional graças a algumas mecânicas diferentes e criativas.

No jogo você controla o personagem Monkey que interage constantemente com a personagem Trip.

Posso destacar como pontos fortes do game:

- Gameplay bastante variado. Além de muita pancadaria, você têm que escalar diversos locais, resolver alguns pequenos puzzles, estar se preocupando o tempo todo com a Trip, além de ser preciso na hora que precisar de atirar em alguns Mechs FDP. Além disso você pode usar estratégias stealth em alguns locais.

- Level design fantástico. Algumas localizações do game são de cair o queixo.

- Personagens bem feitos e estruturados. Monkey e Trip são personagens bem construidos, com diálogos bem feitos e agradáveis de acompanhar.

- As vozes do game foram bem escolhidas e ficaram muito bem nos personagens.

- Sistema de evolução de habilidades do personagem que estimula a exploração do jogo para obtenção de orbs.

- O jogo não apela para os chatos Quick Time Events.

- Sistema de combate simples. Combos fáceis de executar.

Avaliação pessoal: 9/10. Altamente recomendado.
Publicada: 6 de janeiro
Você achou esta análise útil? Sim Não