War Thunder é um jogo MMO da próxima geração de combate dedicado à aviação, tanques e navios da WW2. Vais fazer parte das maiores batalhas, combatendo com jogadores reais de todo o mundo. War Thunder oferece uma experiência de aviação muito detalhada e personalizada, dando acesso a centenas de modelos de aviões com cockpits detalhados,...
Análises de usuários: Muito positiva (22,366 análises)
Data de lançamento: 15/ago/2013

Inicie a sessão para adicionar este jogo à sua lista de desejos ou dispensá-lo

Jogar War Thunder

Free to Play

Comprar War Thunder - Steam Pack

War Thunder Steam Pack includes premium airplanes, two single-player campaigns, one month of Premium account upgrades, and 1700 Golden Eagles!

 

Recomendado por curadores

"War Thunder is a very good WWII tank/air combat game, it lacks the accuracy of a full featured simulator, but is fun nonetheless."

Atualizações recentes Ver todos (539)

30 de setembro

[Air Forces] The Hungarian Air Force

The beginnings of the Hungarian Air Force can be traced to the Austro-Hungarian Air Force. Hungarian aviators took part in the First World War, and pilots such as Ferenc Gräser, István Fejes and József Kiss became aces. After the dissolution of the Austro-Hungarian Empire in 1918 Hungary was for a short time a communist republic – however, the Hungarian Soviet Republic, which operated a small Hungarian Red Air Force, collapsed on August 1st 1919.

The Treaty of Trianon, signed on the 4th of June 1920, effectively banned Hungary from having it's own air force. However, similarly to Germany and Austria, the Kingdom of Hungary began rebuilding their own air force, disguising it as private air clubs. This fact was revealed to the world in 1938 when the Bled agreement revoked the arms restrictions placed on Hungary after Trianon. At the time, the Royal Hungarian Air Force's main fighter was the Italian made Fiat CR.32, with the German Junkers Ju-86 serving as the main bomber. A small Hungarian force was then dispatched to Czechoslovakia, with the aim of supporting ground units in the capture of the Upper Hungary province.

At first, Hungary did not actively participate in the Second World War. This did not stop it from upgrading its air force, replacing some of the CR.32 fighters with newer CR.42 models. On 20th November 1940, Prime Minister of Hungary Pál Teleki signed the Tripartite Act, which brought Hungary in line with other Axis powers. The Hungarians took part in the Invasion of Yugoslavia by sending the Third Army to occupy Vojvodina. The Hungarian Air Force would find itself in the thick of the action again after Germany invaded the Soviet Union on the 22nd June 1941.

The Royal Hungarian Air Force quickly found itself fighting on the Eastern Front with the Red Army Air Force. At the time some units were starting to retire their old CR.32 and CR.42 biplanes, with the replacement of another Italian fighter – the Reggiane Re.2000.

The heavy fighting on the Eastern Front took its toll on the Hungarians, with a lot of their original aircraft being shot down in fierce fights over Ukraine. However, Germany quickly set about rearming its ally – in October 1942, most units were reinforced with new German aircraft – Bf 109F-4 fighters, Ju87 dive bombers and Me210 heavy fighters.

The Bf109's were later upgraded to the G-2, and finally the G-6 version as the war progressed. Soon, the Hungarians had not only to fight in the USSR, but also defend their country from US bombing raids aimed at Hungarian industry. The top scoring ace of the Hungarian Air Force, Dezső Szentgyörgyi, ended the war with 29 confirmed victories, 6 of which against US aircraft.

The Royal Hungarian Air Force was disbanded after the fighting in Hungary ended, as the country was now in the Soviet sphere of influence. The new air force was supplied by the Soviet Union, with aircraft such as the MiG-15, Il-28 and MiG-21 forming the spearhead of their force for decades to come. Today, the Hungarian Air Force operates Swedish JAS-39 Gripen fighters in addition to post-Soviet MiG-29 aircraft.

Adam “BONKERS” Lisiewicz

7 comentários Leia mais

29 de setembro

[Historical] The first flight of the B-29

The Development of the B-29 Superfortress was a true triumph of technical and scientific genius, the design was a generation ahead of any bomber at the time of it’s introduction. The aircraft was designed by the Boeing Corporation as a true strategic bombing platform. it’s endurance, altitude and payload was beyond any other aircraft of it’s day, and was truly a contender for the title of greatest bomber of World War 2.

The level of technical innovation and groundbreaking engineering that went into this aircraft was unparalleled. The enormous airframe was distinct leap ahead of previous Boeing efforts with the decision to make it a pressurised fuselage groundbreaking in aviation and resulted in the tubular fuselage with round, stepless nose. The engines were also of an ingenious design, the long and costly development process of the Wright R-3350 Duplex-Cyclone took the engineers considerable time and effort to get working and the engines were never truly reliable enough. To achieve the desired high altitude and speed an efficient high aspect-ratio wing was introduced but came at the cost of high landing speeds and aircraft handling that required pilots to be at the top of their game. The B-29’s turret fire control system was by far the most advanced weapons computer ever designed for aircraft at that time. That and many other new advanced systems made it the most advanced aircraft anywhere.

The Aircraft we know today as the Boeing B-29 Superfortress had its official beginning on the 5th of February 1940, when the United States Air Corps requested submissions for a bomber design with a speed of 400 miles per hour and the ability to carry a ton of bombs for 5,300 miles, provision was also to be made for a maximum bomb capacity of 20,000 pounds for shorter distances.

The prototype XB-29-BO would take to the air from Boeing Field in Seattle on September 21, 1942, with Boeings Head of Research and Chief testing Engineer, Eddie Allen at the controls. The flight though nail biting and fraught with danger was ultimately successful, but the flight revealed the dangers and complexities of the aircraft, the performance tests would continue at a rapid pace, On February 18, 1943 the second prototype XB-29 took off from the Boeing test field for a routine set of engine tests with Eddie Allen and a crew of 10 technicians and engineers, the creme of Boeings technical staff. Shortly after takeoff Allen radioed that he had an engine fire on board and was returning to make an emergency landing.

Unfortunately the the fire spread rapidly and the aircraft lost power to an engine, low and slow, the B-29 ploughed into the Frye Meat packing plant, the ensuing inferno claimed all those aboard and 19 civilians on the ground. Despite this tragedy and the tragic loss of Eddie Allen, the B-29 would continue development, but under the control of the USAAF. The massive production effort to produce the mammoth aircraft was matched with an intense training program, and as B-29s began rolling out of brand-new factories, so did the pilots, air and ground crew needed to get the bomber into the air.

The B-29 became the B-50, which then evolved into the C-97 Stratofreighter, KC-97 Stratotanker, and 377 Stratocruiser, and finally a few became Aero Spacelines Guppy series still serving NASA today, 75 years after the B-29 was first conceived. Lets not forget the Russian Tu-4.

There is no question as to the significant contribution made to the war by this aircraft, the design, its manufacture and use defined strategic air power into the 21st century.

Aaron “anglomanii” Lentz

8 comentários Leia mais

Análises

“War Thunder é muito fácil de começar“
Rock, Paper, Shotgun

“A maneira histórica de destruir aviões mais educacional“
GameSpot

“Com brincadeira, combate excitante combinado com muitas costumizações e espaço para skill pessoal, este game é certamente o favorito para seus fãs.“
http://www.mmorpg.com/gamelist.cfm/game/623/view/reviews/loadReview/266/Gaijin-Strikes-Gold.html

Sobre este jogo

War Thunder é um jogo MMO da próxima geração de combate dedicado à aviação, tanques e navios da WW2. Vais fazer parte das maiores batalhas, combatendo com jogadores reais de todo o mundo.

War Thunder oferece uma experiência de aviação muito detalhada e personalizada, dando acesso a centenas de modelos de aviões com cockpits detalhados, dezenas de armamento melhoravél, e skills de voo que podem ser afinados e melhorados em cada missão. Graças ao grande olho para detalhe, sinta-se na pele de um real piloto da World War II quando vais para batlha.

A experiência genuina da World War II não está limitada aos céus. As enormes Historical Battles reproduzinas no War Thunder não podem ser combatidas sómente por aviões, então o game expõe também o combate em terra e no mar. Agora o game está em open beta e com as funcionalidades finais ainda por sair.

Caracteristicas incluidas


  • Experiências PvP variadas em missões de combate em grande escala
  • Opões multiplas que permitem simmers e beginners desfrutar o game em conjunto
  • Conteúdo PvE rico: Campanhas dinâmicas, missões solo, editor de missões, e muito mais para jogo single-player e cooperação
  • Diversidade de imersão inclui modelos detalhadeos de aviões e os seus cockpits, e também dos tanques e navios
  • Gráficos impressionantes, sons autênticos, e lindas músicas

Requisitos de sistema

PC
Mac
    Minimum:
    • OS: Windows XP SP2, Windows Vista SP1, Windows 7, Windows 8
    • Processor: 2,2 GHz
    • Memory: 1 GB RAM
    • Graphics: Séries Nvidia GeForce 7XXX ou melhor; Séries AMD Radeon 1XXX ou melhor
    • DirectX: Version 9.0c
    • Network: Broadband Internet connection
    • Hard Drive: 8 GB available space
    Recommended:
    • OS: Windows 7
    • Processor: dual-core 2,4 GHz
    • Memory: 4 GB RAM
    • Graphics: Nvidia GeForce 460 ou maior
    • DirectX: Version 9.0c
    • Network: Broadband Internet connection
    • Hard Drive: 8 GB available space
    Minimum:
    • OS: 10.9 Mavericks
    • Processor: Intel Core i7
    • Memory: 4 GB RAM
    • Graphics: AMD/Nvidia/Intel HD 4000
    • Network: Broadband Internet connection
    • Hard Drive: 8 GB available space
    Recommended:
    • OS: 10.9.2 Mavericks
    • Processor: Intel Core i7
    • Memory: 8 GB RAM
    • Graphics: AMD/Nvidia
    • Network: Broadband Internet connection
    • Hard Drive: 8 GB available space
Análises úteis de usuários
9 de 11 pessoas (82%) acharam esta análise útil
17.2 hrs registradas
JOGO com GRAFICOS MARAVILHOSOS... JOGABILIDADE EMOCIONANTE... BATALHAS AEREAS que passam um REALISMO MUITO LEGAL... para quem gosta de jogos do GENERO esse é uma jogo PERFEITO....

Parabéns a galera....
Publicada: 23 de abril
Você achou esta análise útil? Sim Não
7 de 9 pessoas (78%) acharam esta análise útil
346.5 hrs registradas
Best Game Ever!
Publicada: 20 de julho
Você achou esta análise útil? Sim Não
4 de 5 pessoas (80%) acharam esta análise útil
91.8 hrs registradas
Incrível game que mistura muita ação com belos gráficos e o mais espantoso é ser FREE TO PLAY... Também nos proporciona excelentes promoções... Mesmo sendo um jogo que você acaba comprando em dóllar os aviões ou tanks não são tão caros assim...

Vale apena baixar jogar e mesmo que não jogue mais deixar instalado só fazer uns ''dogfight'' show de bola.
Publicada: 28 de junho
Você achou esta análise útil? Sim Não
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
864.6 hrs registradas
War Thunder é um jogo que tem como foco batalhas simuladas entre aviões, tanques e navios, tudo ao mesmo tempo, em lugares históricos (tanques estão em beta fechada e navios estão em desenvolvimento). Feito tanto para gamers casuais quanto para os Hardcore, que preferem o maior nível de simulação o possível. Existem 3 modos de jogo, que são Arcade (feito mais para diversão e para gamers casuais), Realistas/Históricas (feito para os grandes fãs da Segunda Guerra, e támbem para os que curtem um pouco mais de realismo), e também o de Simulação (interface limitada e máximo de realismo, joga-se somente com joystick). Com uma grande variedade de aviões, desde biplanos e caças leves até jatos subsônicos e bombardeadores pesados, e com 5 nações para escolher, você não tem nada a perder ao baixar esse jogo, que é de graça.

PS: O jogo possui gráficos de alta qualidade, sons autênticos e aviões muito bem modelados, além de seus cockpits, também muito bem modelados.
Publicada: 20 de abril
Você achou esta análise útil? Sim Não
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
27.2 hrs registradas
Ótimo, curti muito!
Publicada: 1 de julho
Você achou esta análise útil? Sim Não
94 de 96 pessoas (98%) acharam esta análise útil
34.3 hrs registradas
War Thunder é um MMO de combate aéreo que posteriormente também incluirá combate terrestre, inspirado na segunda guerra mundial. E quando eu digo inspirado, eu quero dizer FIELMENTE inspirado. Os lugares onde rolam as batalhas, as nações, as construções, a voz dos personagens, e os aviões... Ahh os aviões... Eles são todos muito fieis aos modelos originais, desde o exterior até mesmo o interior e os atributos dos mesmos. Aliás, quando você vai selecionar um avião, existe uma aba chamada "Information", que contém um texto relativamente grande contando a história daquele avião.

*Análise também disponível em vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=cDxf4yG4aq8

Infelizmente a história do jogo acaba por ai. Ele até possui uma campanha em que você simula missões reais que rolaram na segunda guerra, mas ela é muito simples e você provavelmente vai jogar uma vez e deixar de lado.
Agora, onde o jogo realmente se destaca é no multiplayer. Pode-se dizer que War Thunder é divido em 3 categorias:
Arcade Battles, que é a mais simples e fácil de jogar e que também é a mais jogada.
Realistic Battles, que é uma espécie de intermédio entre partidas arcades e simuladas.
E Simulator Battles, que são aquelas partidas que... Meu Deus. Só entusiasta mesmo pra jogar.
Nessas partidas você tem gasolina contada, munição contada, o seu avião sofre dano de uma maneira realista, ou seja, levou um rajada de balas e já era, e várias outras coisinhas.
Mas caso você goste e tenha interesse nesse modo, eu devo avisar que o jogo não valoriza muito quem o joga e ainda está longe de ser um dos melhores nesse ramo.
Mas enfim, no arcade a jogabilidade de War Thunder é muito boa. Ao mesmo tempo que ela é simples e fácil de aprender, ela é difícil de se dominar. Isso por que, você controla o avião basicamente com o mouse, então tudo depende muito da afiação da sua mira, além de várias outras pequenas estratégias que você só vai aprender com o tempo.
Quando você iniciar o jogo pela primeira vez, ele vai meio que te forçar a escolher uma entre cinco nações: Estados Unidos, Japão, Grã Bretanha, União Soviética, e pra você, jovem latino pardo que gosta de pagar de nazista no facebook, Alemanha Nazista.
Essas nações definem basicamente o tipo de avião que você vai pilotar e cada uma delas possui um nível próprio com os seus próprios desbloqueios. Mas não precisam se preocupar com qual escolher, por que sei lá, depois de 10 partidas você já vai ter acesso a todas.
As partidas em War Thunder funcionam de uma maneira um tanto quanto interessante.
Por que é o seguinte, quando você entrar em uma partida você vai ter, por exemplo, 3 aviões. Você vai jogar, provavelmente vai derrubar vários e também vai ser derrubado hora ou outra. Só que quando os seus 3 aviões forem destruídos, independente do tempo que você jogou, aquela partida acabou pra você. Quer dizer, você ainda poderá continuar nela, mas somente como espectador.
E falando nisso, sempre que acaba uma partida você recebe um bônus em RP que é a experiêncie do jogo e em Lions que é a moeda que você ganha jogando. Um ponto muito interessante e que no futuro pode até vir a se tornar um ponto negativo é que é muito fácil de ganhar dinheiro em War Thunder. Pra mim, esse é um dos free to plays em que você menos tem a necessidade de gastar dinheiro real, justamente por causa disso.É claro que existe aquela moedinha santa que você só compra com dinheiro real, e que aliás se chama Eagles. Só que essa moedinha só pode ser usada pra ser convertida em Lions, pra aquisição de um premium que é basicamente um boost pra conta e pra agilizar o desbloqueio de alguns aviões.
O gráfico do jogo é muito bonito além de muito bem otimizado. Mesmo tendo os efeitos de sombras bem detalhados, o mapa simplesmente enorme e 32 players na mesma partida, o jogo roda perfeitamente estável com drops mínimos de FPS.
A conexão é OK, os servidores são americanos mas dá pra jogar tranquilamente sem incômodos.
A trilha sonora é simplesmente de suar pelo olhos de tão boa, cara. Sem falar que ela lembra muito, as músicas da época de ouro do já falecido Medalha de Honra.
*E por incrível que pareça não existe hack pra esse jogo. Quando ouvi isso, eu mesmo me prontifiquei a procurar e para minha surpresa não encontrei nada.

No mais, War Thunder é um bom jogo gratuito e do meu ponto de vista um dos melhores jogos de avião arcade do mercado. Se você aprecia o gênero e ainda não o conhecia, é bom dar uma olhada....
Publicada: 27 de março
Você achou esta análise útil? Sim Não