Gather your party and get ready for a new, back-to-the-roots RPG adventure! Discuss your decisions with companions; fight foes in turn-based combat; explore an open world and interact with everything and everyone you see. Join up with a friend to play online in co-op and make your own adventures with the powerful RPG toolkit.
Análises de usuários: Muito positivas (8,066 análises)
Data de lançamento: 30/jun/2014

Inicie a sessão para adicionar este jogo à sua lista de desejos ou dispensá-lo

Comprar Divinity Original Sin

PROMOÇÃO DE FIM DE ANO! A oferta acaba em 2 de janeiro

-20%
$39.99
$31.99

Comprar Divinity Original Sin Digital Collectors edition

Includes two copies of Divinity: Original Sin, one Source Hunter DLC pack, plus one Beyond Divinity and one Divine Divinity. Send your second Divinity Original Sin copy to a friend!

PROMOÇÃO DE FIM DE ANO! A oferta acaba em 2 de janeiro

-20%
$69.99
$55.99

Comprar Divinity Original Sin - Source Hunter DLC pack

Unlocks Divinity Original Sin: The Golden Grail DLC, Divinity Original Sin: Zandalor's Trunks DLC, Divinity: Original Sin Design Documents and Art Pack, and Soundtrack. (DLC will only be made available on release.)

PROMOÇÃO DE FIM DE ANO! A oferta acaba em 2 de janeiro

-20%
$9.99
$7.99
 

Recomendado por curadores

"A little obtuse in places, but otherwise this is the best new RPG in years. Demands your time and your brain, but it's worth it."
Veja a análise completa aqui.

Atualizações recentes Ver todos (41)

30 de outubro

Update Version 1.0.219

Hi everyone,

Today's patch contains over 150 improvements and more are coming.

FYI, we'll soon be organizing a Larian Devline where you can talk directly to our developers and suggest further improvements. You'll also be able to tell us what you'd like to see in our future RPGs.

Like us on Facebook or follow us on Twitter to keep up to date on when the first Larian Devline will be hosted.

You can read the full changelog on our forum:
Patch v1.0.219 Changelog

46 comentários Leia mais

29 de setembro

Minor Update for 1.0.177

Hello,

If you see any update flash by today, we fixed two missing dialogs for French, Russian and German. We also removed "zero width space" characters from all text in the game because our font does not support it and would show a square.

Cheers!

David
Larian Studios

22 comentários Leia mais

Análises

“Hands down the best classic-style RPG in years”
9/10 – Eurogamer

“An incredible title that provides many hours of entertainment”
9/10 – Game Informer

“Outstanding tactical combat and engaging quests make Divinity: Original Sin one of the most rewarding RPGs in years.”
9/10 – IGN

Sobre este jogo

Gather your party and get ready for a new, back-to-the-roots RPG adventure! Discuss your decisions with companions; fight foes in turn-based combat; explore an open world and interact with everything and everyone you see. Join up with a friend to play online in co-op and make your own adventures with the powerful RPG toolkit.

In Divinity: Original Sin you take on the role of a young Source Hunter: your job is to rid the world of those who use the foulest of magics. When you embark on what should have been a routine murder investigation, you suddenly find yourself in the middle of a plot that will rattle the very fabric of time.

Divinity: Original Sin is a game that gives you a lot of freedom and plenty of gameplay mechanics to use or abuse. The game's epic story may drive you toward your ultimate end-goal, but how you get there is entirely up to you.

Or up to you and a friend, because Divinity: Original Sin can be played completely cooperatively, and features both online and local drop-in/drop-out multiplayer. Great adventures become even greater when shared with a trusted comrade-in-arms!

Key Features

  • Become part of a reactive, living and vast open world. Explore many different environments, fight all kinds of fantastical creatures and discover tons of desirable items.
  • Experience gripping party- and turn-based combat. Manipulate the environment and use skill & spell combos to overcome your many foes: Use magic to make it rain on your enemies, then cast a lightning spell to fry them to a crisp. Experiment with different skill combinations to ruin the day for enemies and townspeople alike.
  • Play with a friend in co-op multiplayer. Make decisions together (or disagree entirely), as your interactions and relationship with your partner influence the game.
  • Unravel a deep and epic story, set in the early days of the Divinity universe. No prior experience with other Divinity games is necessary, however. The game takes place well before its predecessors, Divine Divinity and Divinity II: The Dragon Knight Saga, but will still feel familiar to fans.
  • Classless character creation lets you design the character of your choice. Endless item interaction and combinations take exploration and experimentation to another level of freedom.
  • Create your own adventures and share them online. With Original Sin comes the powerful toolset used by the game's designers. Yours are endless new stories to make and share with other players!

Digital Collector's Edition

The Digital Collector's Edition contains:


  • 2 copies of Divinity: Original Sin: one for you and pass on the second key to a friend
  • Award-winning Divine Divinity and Beyond Divinity
  • The Golden Grail DLC: an in-game item that allows you to colour your items in gold and sell them for more.
  • Zandalor's Trunks DLC: enjoy a unique in-game undergarment as rare as it is opinionated.
  • Design Documents
  • Art Pack
  • Soundtrack


Requisitos de sistema

Windows
Mac OS X
    Minimum:
    • OS: Windows XP SP3 or higher
    • Processor: Intel Core2 Duo E6600 or equivalent
    • Memory: 2048 MB RAM
    • Graphics: HD Intel Graphics 4000 or NVIDIA® GeForce® 8800 GT (512 MB) or ATI™ Radeon™ HD 4850 or equivalent
    • DirectX: Version 9.0c
    • Hard Drive: 10 GB available space
    • Sound Card: DirectX9c compliant
    Recommended:
    • OS: Windows 7 SP1 or Windows 8.1
    • Processor: Intel i5 2400 or higher
    • Memory: 4096 MB RAM
    • Graphics: NVIDIA® GeForce® GTX 550 ti 1GB ram or or ATI™ Radeon™ HD 6XXX or higher
    • DirectX: Version 9.0c
    • Hard Drive: 10 GB available space
    • Sound Card: DirectX9c compliant
    Minimum:
    • OS: OS X 10.8.5
    • Processor: Intel Core 2 Duo
    • Memory: 4 GB RAM
    • Graphics: Intel HD Graphics 3000/4000
    • Hard Drive: 10 GB available space
    • Additional Notes: HD3000 & HD4000 benefit from 8Gb of memory
    Recommended:
    • OS: OS X 10.9.3
    • Processor: Intel i5 or higher
    • Memory: 4 GB RAM
    • Graphics: Intel Iris (Iris Pro) or ATI™ Radeon™ HD 6XXX or higher or NVidia 6xx series or higher
    • Hard Drive: 10 GB available space
    • Additional Notes: HFS+ filesystem with case-sensitivity is not yet supported
Análises úteis de usuários
39 de 41 pessoas (95%) acharam esta análise útil
14.0 hrs registradas
Publicada: 2 de julho
Pra quem gosta de RPGs como Baldur's Gate, Neverwinter Nights ou Dragon Age: Origins, Divinity: Original Sin é uma compra certa. Um jogo massivo pra você dedicar dezenas e dezenas de horas, cheio de personagens interessantes, quests, segredos pra descobrir, e um excelente sistema de combate em turnos baseado em pontos de ação.

Sem contar os detalhes, como sistema de crafting, elementos de terreno que podem ser usados contra ou a favor, múltiplas maneiras de montar seu grupo, e ainda um modo cooperativo. Não poderia recomendar mais.

https://www.youtube.com/watch?v=in5M9tb2g80
Você achou esta análise útil? Sim Não
3,324 de 3,467 pessoas (96%) acharam esta análise útil
132.1 hrs registradas
Publicada: 30 de junho
The short version:
Divinity: Original Sin aims to be a modern day Ultima 7 and is reminiscent of many of the older games in the genre, it will make many of you who did like games such as Baldurs Gate II and Planescape Torment very happy indeed, especially if you also like turn based tactical combat. Players will be able to create a team, make choices and see how the consequences of their actions bear out.

The long version:
This is a game with little to no hand holding and it does not insult your intelligence by making this game accessible to your five year old sister, no this game is a deep tactical turn-based RPG experience. Not only will you have freedom over your choices in the story (consequences and choices, even disagreements, will affect how things go), but also in how you get there.

You will be forced to interact with the world and speak to the people in it to gain information and quests, this is especially true as there are no exclamation marks over their heads telling you that this person is important or that they have information you need. It's also a game that rewards exploration, should you be careless enough you could find yourself completely missing out on certain quests. You can even kill most npc's in the game should you wish to do so (with the exception of a very few plot specific ones), but be careful of what you decide to do, there will be consequences for your actions.

There will be puzzles, lots of traps and mysteries to solve and interesting ways to approach many of the quests, you have the freedom to go wherever you want and the areas/monsters -wont- scale to your level, meaning you could die a very horrible death by exploring too far when you are low level. You could also be very skillful with the items/weapons at hand and somehow actually kill that level four troll while you are just a meager level two knight.

Being a rogue is especially fun as you can steal nearly everything, including snatching paintings off the walls, pick pocketing their weapons or even keys to their homes for a later "visit". Stealth is also very viable when stealing, but be careful, if you are caught people will dislike you and that will affect prices and information you can get, eventually you will be thrown into jail. Once there your partner can either come and bust you out or... well.. i wont spoil the surprise for you, suffice to say that there are more ways than one to get out of jail.

Party-based turn-based combat will encourage players to shape and control the game's environments, and to discover and utilize various skill and spell combos that you can choose for your party members

But the best part is the superb co-op experience, gone are the days when only player 1 gets to decide upon important decisions. You can both talk to any and all npcs and you both take part in dialogues during important events or with certain npcs, and should you two disagree on how to resolve a quest or dialogue you can have your characters argue over it. They will also react to certain things, for example, if you steal something your partner can start up a dialogue with you to either condone your actions or condemn them.

As to not spoil anything in the game this example is merely fiction and not present in the game. (Not to my knowledge at least)

example: You find a valuable gem on the beach and player 1 wants to sell it while player 2 wants to try and find the owner of it, stating that its immoral to take such a valuable object from someone who obviously dropped it.

Player one then gets a few different dialogue options to try and talk some sense into the other player's character, he can choose between a string of diffrent types of retorts and some might be intimidate, persuade, charm etc. After he has chosen his retort player two can choose a counter argument and will utilize the skill you chose and a game of rock, paper, scissors will commence, you will utilize the skillpoints in that particular skill you choose to gain an advantage over your friend in this game.

Depending on the outcome it will either be in favor of your decision or not, this will also give you points in various personality traits such as romantic or pragmatic depending on what you choose to say and these points will net you bonuses to your personality and other skills. Also it can be quite possible to make the two characters hate/love each other in the end.

This went on far longer than i intended so i will end this here by saying that the game is great and hopefully it will stay as amazing as it is now throughout the whole game (currently playing through it). Also, im Swedish so my english and grammar is not perfect, apologies for that.
Você achou esta análise útil? Sim Não
14 de 14 pessoas (100%) acharam esta análise útil
34.3 hrs registradas
Publicada: 26 de novembro
Se você está procurando um RPG "turn based", recheado de lore, com excelente história, personagens, gráficos e trilha sonora, Divinity Original Sin pode ser a sua escolha. Eu adquiri este jogo ainda em Early Access e ele valeu cada centavo investido. Recomendado a todos.
Você achou esta análise útil? Sim Não
9 de 9 pessoas (100%) acharam esta análise útil
31.7 hrs registradas
Publicada: 8 de julho
Review Completa em: http://www.poepra2.com.br/blog/review-divinity-original-sin/

Divinity: Original Sin é um título robusto, feito com carinho, merecedor de muitas glórias. É um RPG nos moldes tradicionais capaz de trazer a essência do gênero com inovações dignas de nova geração. Com mecânicas nunca antes reproduzidas em outros títulos parecidos, ele facilmente fica à frente até mesmo de títulos AAA que se propõem à formula, e afasta a ideia de vez de quem achava que o mercado desse tipo de jogo estava pouco a pouco sumindo.

Com uma história que, apesar de clichê em momentos, consegue motivar o jogador, e com um mundo grande a ser explorado com muitas coisas a oferecer, Divinity é um título quer será referido por muito tempo como o “crème de la crème” dos RPG’s táticos por turno. Se você tiver condições, e gosta do gênero, não perca tempo, Jogue! De preferência com um amigo.
Você achou esta análise útil? Sim Não
8 de 8 pessoas (100%) acharam esta análise útil
79.5 hrs registradas
Publicada: 5 de julho
Divinity: Original Sin
é a reincarnação de um estilo de jogo que não é visto a mais de 10 anos. Trata-se de um jogo de RPG com batalhas em turnos e com forte enfoque no RPG. A jogabilidade é parecida com a de jogos antigos como Pool of Radiance: Ruins of Myth Drannor (2001) ou Temple of Elemental Evil (2003). Provavelmente a maioria dos leitores dessa análise jamais jogaram esses títulos, seja porque são muito antigos ou porque não eram muito conhecidos na época ou ainda porque são jogos de "nicho", isto é, jogos para um público específico.

Certo! Então o que esperar de Divinity: OS? A Larian Studios, empresa que desenvolveu o jogo, tentou criar um jogo que proporcionasse ao jogador uma experiencia mais próxima possível aquela vivenciada por um verdadeiro RPG de mesa e ao fazer isso, ela definiu seu foco, seu público alvo e buscou trabalhar para agradá-lo. Em minha opinião, seu esforço teve êxito justamente por ela não tentar fazer um jogo generalista, feito para agradar todo mundo. Muitas empresas tentam fazer um jogo, digamos, de RPG, mas que seja "action", "casual", "vsão em primeira pessoa" e por ai vai. Tentando atrair o maior público possível para o jogo, mas que obviamente acaba não agradando ninguem de verdade. Foi isso que estragou a série Dragon Age, na minha opnião, essa tentativa de agradar todos os públicos ao mesmo tempo.

Então, voltando ao Divinity, vamos agora falar da característica que mais o diferencia dos jogos de RPG recentes: o seu enfoque no RPG. Vou sumarizar abaixo, de modo simplificado, o que isso significa:

1 - Significa que a forma de jogar ou a forma de "interpretar" os personagem terá um impacto significativo no jogo.
2 - Significa que você irá se deparar com muitos diálogos e muitos NPCs para interagir.
3 - Significa estória mais elaborada e personagens mais densos.
4 - Significa que esse jogo não vai pegar você pela mão e guiá-lo o tempo todo. Muita coisa você terá que descobrir sozinho. Nem todos os elementos do jogo são auto-explicativos e algumas pessoas podem achar isso um defeito, mas não é. Em um jogo típico de RPG você precisa conversar com as pessoas, ler livros, interagir com o mundo se quiser descobrir as coisas e progredir.

Eu poderia falar de todos os outros vários mecanismos do jogo, mas não quero escrever um texto muito grande. Ainda mais quando há analises mais completas na Internet. Sem falar também que esse não é objetivo dessa análise (na verdade analise não é a melhor definição, está mais para uma visão inicial mesmo). Acredito que o mais importante é dizer que todas as mecânicas fundamentais do jogo funcionam bem ou muito bem e o que talvez não tenha ficado legal são coisas menores, apenas detalhes que poderiam ser melhorados.

Conclusão

Divinity: Original Sin é um jogo OBRIGATÓRIO para fãs de RPG "old school". E é totalmente desaconselhado para jogadores sem paciência.
Você achou esta análise útil? Sim Não
7 de 7 pessoas (100%) acharam esta análise útil
292.4 hrs registradas
Publicada: 14 de agosto
Um dos melhores jogos do gênero que já experimentei, considerando isso ao fato de ser um jogo indie, realizado com a ajuda do Kickstarter (reuniram mais de 1 milhão de dólares p/ o projeto), esse é definitivamente um game que todos os amantes de RPG deveriam ao menos testar. Se você julga suas habilidades no inglês em um nível médio para cima, duvido muito que irá questionar se o jogo é bom ou não, pois esse seria o único empecilho que faria alguém duvidar da qualidade do jogo. Tirando alguns bugs mínimos, mas a Larian Studios tem demonstrado mais ímpeto em fixá-los do que muitas empresas grandes (Bethesda e afins).

O jogo poussí uma trilha sonora muito envolvente, embora um pouco limitada. A jogabilidade é bem fluida, a interação com o ambiente está em um nível inédito, você pode brincar com os elementos (Air, Fire, Earth, Water) e se beneficiar muito em uma batalha, mas se não tiver muita habilidade poderá desfavorecê-lo. Em uma batalha específica, tinha um cachorro que rondava o lugar, e ao iniciar a batalha invariavelmente ele também adentrava e acabava morrendo... eu trazia um osso comigo, joguei-o no chão como um teste, a fim de chamar a atenção do dog e fazê-lo cair fora da batalha e... voilá! Esse é um bom exemplo de como a interação funciona!

Como é um jogo extremamente "RPGístico", os diálogos por muitas vezes são grandes e frequentes, e ter o talento Pet Pal, que possibilita o seu herói conversar com animais, torna o jogo muitíssimo mais atraente, engraçado e menos difícil! Muitas vezes os animais dão dicas, mesmo que de uma forma implícita, de quests e segredos... também dão opiniões próprias sobre o que tá rolando no mundo do jogo, fazem piadas engraçadíssimas... é um prato cheio, finalizar o game uma primeira vez sem possuir o talento seria um grande desperdício! Eis alguns exemplos de diálogos:

— (Dois guardas bêbados em frente a cidade principal, Cyseal) Junius: Pass the bottle, would you, Bibius? My throat’s dry!

Bibius: Again? This is a single malt imported all the way from Hawksbury, you know! It ain’t the local pigswill they sell for ale.
Junius: Single malt, my stubbly ♥♥♥♥! You’ve been had by one of them smooth-talking salesman again! Come! Give here! Afore I sober up!


— Um galo qualquer em meio ao mercado central: Liberty, equality and brotherhood for all! We’ll turn the wicked cleaver of decapitation upon YOU! Revolution is coming! (Revolução Francesa detected)


— Ishmashell (uma ostra falante): My fate is a cruel one!, I assure you! How many snot noses have held me up against their little dirty ears, only to claim they can “hear the ocean”!


O jogo está recheado de quests interessantes, enigmas realmente intrigantes. Você tem total liberdade de fazer o que bem entender no jogo, desde os atributos que você mesmo distribui, skills que decide usar (até um certo nível o número de skills que você pode ter será limitado, conforme avança no jogo aumentará, até chegar um ponto em que é ilimitado) até o ponto de poder matar os guardas da cidade e moradores de uma casa e pegá-la para você. Essa foi uma análise bastante superficial, não cheguei a tocar muito nos pontos técnicos e na realidade poderia ter descrito muito mais sobre as particularidades do jogo, mas caberá a vocês descobri-las!
Você achou esta análise útil? Sim Não
16 de 24 pessoas (67%) acharam esta análise útil
29.0 hrs registradas
Publicada: 1 de julho
Mistura de Diablo com um pouco do Final Fantasy tatics e D&D. Muito Bom!
Você achou esta análise útil? Sim Não
5 de 5 pessoas (100%) acharam esta análise útil
285.8 hrs registradas
Publicada: 3 de agosto
Esse é um CRPG (Computer Role Playing Game) que exige tempo e paciência para fazer as quests (com textos em inglês) e combate. Possui uma grande história que leva muitas horas para chegar até o final e você pode solucioná-la com opções diferentes e seguir o seu próprio caminho. O combate é em turnos mas muito divertido (eu odeio combate em turnos mas eu gostei desse, particularmente), você pode, como mago, usar elementos terra, ar, agua e fogo combinando eles contra os inimigos ou ir como um arqueiro, guerreiro, ladrão e classes híbridas para vencer suas batalhas (você pode personalizar a seu gosto). Há um sistema de crafting (construção) junto com blacksmith (ferreiro) e cooking (cozinhar) em que você pode construir armas, armaduras, talismâs, fazer poções, comida etc... Se quiser, pode fazer vários tipos de comidas diferentes e, usando um talento que dobra o efeito dela na hora de comer, você pode ter quase o mesmo efeito das poções. Enfim, na minha opinião, é o melhor RPG da atualidade e você precisa saber pelo menos um inglês básico para melhor entender a história e fazer as quests do jogo.
Você achou esta análise útil? Sim Não
5 de 5 pessoas (100%) acharam esta análise útil
45.4 hrs registradas
Publicada: 17 de agosto
O dinheiro mais bem gasto no Steam hoje, prato cheio para quem gosta de RPGs de mesa.
Você achou esta análise útil? Sim Não
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
37.4 hrs registradas
Publicada: 5 de novembro
O jogo tem uma imersão enorme, pra resolver as quests e conseguir as coisas o jogador precisa prestar atenção, ler os diálogos, procurar pelas pistas, nada vem de mão beijada. Acho que isso foi o que eu mais curti, o jogo me faz sempre ficar procurando pistas e armadilhas. Isso sem contar o bom humor, muitos diálogos e reações são puxadas para a diversão e entretenimento, é difícil ficar entediado quando, além de estar preocupado em resolver o mistério de alguma missão, você encontra um touro com clarividência ou um orc enfeitiçado por uma poção do amor.

Toda a narrativa é muito bem feita, tem até momentos em que você tem que tomar decisões que não tem volta (sim, já me arrependi de uma hahaha). O talento Pet Pal, por exemplo, que permite que seu personagem entenda os animais, não tê-lo limita um certo pedaço da profundidade e informações sobre a história. Sem precisar dizer que é divertido demais conversar com alguns animais.

O combate é o que eu esperava que me incomodasse um pouco, combate por turnos nem sempre me agradou, então eu estava meio receoso, mas eu achei muito bom. Divinity usa a dinâmica de pontos de ação, cada ação - seja andar, atacar, usar magias, o que for - gasta uma certa quantidade de pontos de ação. O número de pontos de ação utilizável e de iniciativa (quanto maior a iniciativa, antes você joga no turno) depende dos atributos de cada personagem, então é bom levar em conta na hora de upar.

Anyway, as batalhas também me agradaram MUITO, especialmente o foco que eles dão ao crowd-control. Se tem água no chão e você usar algo com poder elétrico, todos encostando levam choque (sangue também passa eletricidade, descobri isso eletrocutando um dos meus personagens sem querer). É tudo muito inteligente e desafiador.

Mas tenha em mente, se você não gosta de ter que procurar coisas em todo canto, ou não se importa em ler os diálogos (em Divinity são muitos), esse jogo muito provavelmente não é pra você. Agora, se você gosta de se aprofundar no jogo, descobrir detalhes curiosos, encontrar novidades sobre o lore, desafiar sua capacidade de perceber pistas e desenvolver o combate estratégicamente, Divinity Original Sin não deixa a desejar.

O jogo é feito pra ser jogado a dois, cada jogador controla o seu personagem e mais dois podem ser recrutados à sua equipe (no singleplayer você controla todos os 4 possíveis personagens). Eu joguei muito pouco com meu amigo por falta de tempo e o Robin ainda não tem, mas o pouco que eu joguei, me deixou bem empolgado. Arranje um amigo ou jogue comigo, estou à disposição hahahaha

Divinity me deixou muito satisfeito e surpreso, mesmo com toda a expectativa que eu depositei nele, ele não decepcionou, talvez a facilidade em roubar e conseguir gold seja um pouco falha, mas eu. É, sem dúvida, o melhor RPG que eu joguei em um bom tempo, senão também o melhor jogo.
Você achou esta análise útil? Sim Não
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
30.2 hrs registradas
Publicada: 18 de agosto
Ótimo! Quando vi esse jogo, imaginei que fosse apenas um jogo parecido com o clássico Balburs Gate II, porém não podia estar mais errado. Divinity: Original Sin possui mecânicas únicas e estilo encantador.

Combates fantasiosos repletos de estratégia tática, não devendo em nada para os melhores jogos de tabuleiro, com amplo uso dos cenários e elementos que os compões. Combates por turnos e desenvolvimento de personagens adaptam muito bem o RPG de mesa para o meio eletrônico.

Além, claro, do enredo da campanha, envolvente, investigativo e até cômico em alguns momentos, na medida certa.

Sem dúvida um dos melhores RPG`s dos últimos anos. Parabéns aos desenvolvedores, que fizeram esse grande jogo de maneira indie.
Você achou esta análise útil? Sim Não
4 de 5 pessoas (80%) acharam esta análise útil
45.2 hrs registradas
Publicada: 3 de julho
Bom bagarai.
Você achou esta análise útil? Sim Não
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
76.6 hrs registradas
Publicada: 27 de setembro
Cuidado, não jogue esse jogo! EXTREMAMENTE VICIANTE!

Mesmo utilizando uma fórmula em que Baldur's Gate definiu padrões e que foi revitalizada por Dragon Age, esse jogo consegue aparecer com diversas novidades frente a seus concorrentes.

Contando com uma história envolvente e abrangente, um sistema de crafting criativo, uma fórmula de exploração instigante e uma dificuldade elevada porém justa, Divinity: Original Sin aparece como uma alternativa extremamente agrádavel frente a crise que a nova geração de RPG's está passando.

Não é um jogo para quem joga pouco. Horas, dias e semanas terão que ser dedicadas a esse jogo para que você atinga um nivel de satisfação plena. Mesmo assim, o fator replay é extremamente alto uma vez que o Multiplayer se torna extremamente interessante e diversificado, mesmo repetindo a história.

Por se tratar de um jogo Indie e com grande contribuição da comunidade através do Divinity Engine, os jogadores podem acreditar que muitas expansões e modificações serão liberadas com o passar do tempo.

Enfim, um jogo imperdivel para todo fã de um bom RPG.
Você achou esta análise útil? Sim Não
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
30.9 hrs registradas
Publicada: 2 de agosto
Um dos melhores jogos de RPG que eu já joguei em toda minha vida. Completo em todos os aspectos vale cade centavo
Você achou esta análise útil? Sim Não
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
4.4 hrs registradas
Publicada: 2 de dezembro
muito bom remete aos tempos da queda da bastilha mas com um pouco mais de tecnologia e por que nao JOVIalidade
Você achou esta análise útil? Sim Não
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
14.8 hrs registradas
Publicada: 21 de julho
Recomendado para quem curte um RPG baseado em turnos, estou no começo do game ainda mais já percebi que é bom mesmo, infelizmente o game só está em inglês, áudio e legendas.
Com muitos detalhes e gráficos muito bons, é no estilo do lendário Baldur´s Gate...
Recomendo mesmo.
VLWz...FUIz...

SiniStrO GaMeS YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCClhFxYayxawYYVGGVPa4tQ
SiniStrO GaMeS FaceBook: https://www.facebook.com/sinistrogames
Você achou esta análise útil? Sim Não
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
65.8 hrs registradas
Publicada: 23 de julho
Só faltou o mestre narrando e meus amigos gritando ao meu ouvido quais seriam suas próximas ações!
Excelente RPG com cenários bem detalhistas e interativo. Na medida certa para quem procura um grande jogo que lembra os grandes clássicos de RPG de mesa. Quer um jogo que te faça vivênciar a grande essência dos RPG's? Invista na sua felicidade e compre-o.
Você achou esta análise útil? Sim Não
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
51.4 hrs registradas
Publicada: 3 de julho
conversei com um rato, usei uma abobora para craftar um elmo, e morri pra um cachoro zumbi.
10/10.
Você achou esta análise útil? Sim Não
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
31.7 hrs registradas
Publicada: 3 de julho
Ótimo jogo! Recomendadíssimo! Estou na primeira cidade, não completei nem metade das quests e já estou com 8 horas de jogo.
Você achou esta análise útil? Sim Não
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
78.7 hrs registradas
Publicada: 6 de julho
Melhor RPG que jogo em anos. Estilo OLD SCHOOL com clima de NOVO. Liberdade total em tudo. Para os que não acompanharam essa era dos rpgs mais taticos e hardcores, é como se fosse um Skyrim isometrico e em turnos.
Você achou esta análise útil? Sim Não