* OBS. ESTE JOGO EXIGE UM CONTROLE PARA SER JOGADO * Guia dois irmãos numa viagem épica ao estilo de conto de fadas, da autoria do visionário realizador sueco, Josef Fares, e do famoso estúdio de desenvolvimento, Starbreeze Studios. Controla os dois irmãos em simultâneo, ao experimentares o inédito jogo cooperativo no modo individual.
Análises de usuários: Extremamente positivas (14,395 análises)
Data de lançamento: 3/set/2013

Inicie a sessão para adicionar este jogo à sua lista de desejos ou dispensá-lo

Observação: Brothers - A Tale of Two Sons requires a controller to play

Comprar Brothers - A Tale of Two Sons

 

Recomendado por curadores

"My top game of 2013 and probably of all time. A truly unique game in which you control a pair of brothers on a quest to save their father. Powerful."
Veja a análise completa aqui.

Análises

“"Brothers: A Tale of Two Sons is an exquisitely told story set in a world overflowing with personality. It’s an immersive, emotional gem that’s not to be missed."”
4.5/5 – Adventure Gamers

Steam Big Picture

Sobre este jogo

* OBS. ESTE JOGO EXIGE UM CONTROLE PARA SER JOGADO *

Guia dois irmãos numa viagem épica ao estilo de conto de fadas, da autoria do visionário realizador sueco, Josef Fares, e do famoso estúdio de desenvolvimento, Starbreeze Studios.

Controla os dois irmãos em simultâneo, ao experimentares o inédito jogo cooperativo no modo individual.

Resolve quebra-cabeças, explora vários locais e luta contra chefões, controlando cada irmão com um manípulo analógico.

Um homem que luta pela vida. Desesperados para curarem o seu pai doente, dois filhos só têm uma opção: têm de embarcar numa viagem para encontrar e trazer a ""Água da Vida"". Para sobreviverem, terão de confiar um no outro.
Um tem de ser forte quando o outro é fraco, corajoso quando o outro é temeroso, têm de ser… irmãos.

Esta é uma aventura que jamais irás esquecer!

Requisitos de sistema

    Minimum:
    • OS: Windows XP SP3
    • Processor: 2.4 GHz Dual Core Processor
    • Memory: 2 GB RAM
    • Graphics: NVIDIA GeForce 8600 /ATI Radeon HD 2600
    • DirectX: Version 9.0
    • Hard Drive: 2 GB available space
    • Additional Notes: Initial installation requires one-time internet connection for Steam authentication; software installations required (included with the game) include Steam Client, DirectX 9, Microsoft .NET 4 Framework, Visual C++ Redistributable 2010, and AMD CPU Drivers (XP Only/AMD Only)
Análises úteis de usuários
60 de 61 pessoas (98%) acharam esta análise útil
3.4 hrs registradas
Publicada: 5 de janeiro
Brothers é um game de aventura que já começa com um diferencial bacana, no jogo controlamos 2 personagens ao mesmo tempo (os irmãos) em uma jornada para chegar até a Árvore da Vida.
No jogo não há diálogos na verdade os irmão apenas emitem sons, o jogador entende tudo pelos gestos que eles fazem durante sua jornada, no jogo é necessário o uso de um controle já que cada irmão é controlado por um analógico, não é fácil mas com o tempo acostuma.
Brothers é composto por puzzles a todo momento, como por exemplo, enquanto um irmão distrai um certo inimigo o outro tenta chegar a um local, coisas desse tipo mas que são sempre divertidas. O jogo também tem simplesmente um visual deslumbrante, um cenário mais lindo que o outro contando com Montanhas, Geleiras, vilas e etc... Os efeitos visuais são muito caprichados, efeitos de água e iluminação são de impressionar qualquer jogador (rende ótimas SS kk).
O Game é curto, não passa de 4 horas de duração, porém são 4 horas que com certeza vão fazer você sorrir e se emocionar, Brothers – A Tale of Two Sons é um jogo simples mas belíssimo que com toda certeza vale a pena ter na sua biblioteca.

Nota: 10
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
41 de 45 pessoas (91%) acharam esta análise útil
5.5 hrs registradas
Publicada: 11 de outubro de 2014
Que game interessante!
Possui uma narrativa simples e uma aventura relativamente rápida, mas que explora diversos locais diferentes, mesmo que de forma linear, até chegar ao seu objetivo.
Como já sabem, esta é a história de dois irmãos em uma aventura para encontrar a cura para seu pai que está muito doente. A aventura é curta e bem simples, e sem grandes dificuldades nos puzzles. Logo, você jogará de forma bem fluída sem perder muito tempo e sem quebrar muito a cabeça.

Mas simplicidade, em um jogo, nem sempre significa que ele seja ruim. O game vem pra mostrar uma história de um mundo mítico repleto de obstáculos onde, somente com a ajuda de alguém é possível vencer.
A mensagem que o game trás é a importância da família: a cooperação, a confiança, o desejo de ajudar, desejo de ficar mais forte e ultrapassar seus limites.

  • Sobre a jogabilidade, é possível que no começo você fique perdido no controle dos personagens, mas depois você pega o jeito e entende como a mecânica do game funciona. Mas ainda é possível que você cometa algumas confusões ao longo do percurso. Cada irmão tem suas qualidades e suas fraquezas, você deve interpretar a situação e agir de acordo. E no fim você se diverte bastante.
    O jogo exige um controle para melhor experiência, e de fato é mais fácil. Testei jogar um capítulo inteiro no teclado, onde o game exigia muitas ações, e não senti muita dificuldade, mas é complicado (é ruim quando necessário girar alguma manivela). Então não pense que, se você não tem um controle, não poderá jogar.. Mas é verdade que é mais fácil jogar com controle. Esteja certo disso.

  • Os gráficos são fruto da Unreal Engine, logo podemos imaginar que é possível ter cenários e detalhes incríveis, certo? É isso mesmo! São cheios de cores e detalhes, tornando a aventura ainda melhor. Iluminação, texturas, tansparência, fluidez e leveza. Sim, além de tudo, o game muito leve.

  • A trilha sonora não é algo incrível e, na verdade, nem precisaria ser. Os sons e músicas se encaixam perfeitamente com cada situação ou ação. Você fica mais envolto dos sons ambiente (vento, pássaros, etc..). Na minha opnião, ficou perfeito do jeito que está.

  • O sistema de conquistas Steam oferece 12 achievments bem fáceis de conseguir: exige apenas que você explore a área do game e interaja com certos personagens. Em um gameplay é possível completar todas as conquistas. Senão, você tem a opção de escolher os capítulos das fases e procurar o achievment.

Eu curti o que o game veio para mostrar e certamente o recomendarei aos meus amigos, assim como foi recomendado a mim por muitos. E, com certeza você fará o mesmo.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
24 de 24 pessoas (100%) acharam esta análise útil
5.0 hrs registradas
Publicada: 28 de dezembro de 2014
Que lindo jogo..

Uma narrativa simples entretanto emocionante, desde o inicio do jogo você quer saber o que vai acontecer, e apesar dos personagens contarem com uma lingua própria e não existir legenda, da pra entender tudo na história. Gestos, expressões e sua imaginação.. é isso que lhe conta a história. E funciona perfertamente.

A jogabilidade é muito boa. O jogo é um coperativo singleplayer. Você controla dois personagens, e apesar de parecer estranho, não é. Você pega o jeito bem rápido. Esteja certo de ter um controle para jogar, facilita muito.

Os cenários são incriveis e variados, cheio de vida e cores, gráficos bonitos e detalhados.

A trilha sonora encaixa perfeitamente no jogo, você se sente dentro do game.

A dificuldade do jogo não é grande, é bem fácil até, porem em Brothers - A Tale of Two Sons isso não é ruim. O jogo é bem fluido e não há enrolações. Tem alguns puzzles porem são de fácil compreenssão e não exige muito do jogador. Tambem é bem facil alcançar as 12 conquistas dele, são bem simples.

Brothers - A Tale of Two Sons foi uma grande surpresa para mim, ja é um dos meus jogos favoritos. Recomendo.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
19 de 19 pessoas (100%) acharam esta análise útil
5.0 hrs registradas
Publicada: 29 de outubro de 2014
Tudo nesse jogo me surpreendeu!

Gráficos muito bem feitos... Cenários que dispensam qualquer comentário, simplesmente maravilhosos e grandiosos. A trilha sonora não fica pra trás não, também é muito bem feita e aplicada nos momentos certos. Tudo realmente te coloca pra viver naquele mundo.

Sua jogabilidade até que é bem inovadora (você controla os dois irmãos simultâneamente, um com cada anológico do controle), o que pode dividir um pouco as opiniões. Eu, por exemplo, tive um pouco de dificuldade no início, até me adaptar com isso e conseguir controlá-los independentemente, com o tempo fui melhorando e aprendendo a gostar da mecânica.

Mas, cara, que história! QUE HISTÓRIA! A aventura desses dois irmãos é fantástica, envolvente e comovente, simplesmente não tem como não gostar e não se emocinar com esses carinhas. Família, amor, carinho... São palavras que descrevem as grandes chances que o jogo tem de te arrancar algumas lágrimas de você.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
17 de 17 pessoas (100%) acharam esta análise útil
7.5 hrs registradas
Publicada: 29 de novembro de 2014
Uma surpresa!
Eu não esperava gostar tanto desse game, ouvi de amigos da steam que o jogo era muito bom, comprei na Summer Sale 2014 e só hoje (29 de Novembro) finalizei ele.

Eu não botava fé no game mas fui me interessando pelo game de uma forma que eu não imaginava.

Enredo/História
Aí que o negócio fica sério, os acontecimentos são bastante envolventes, não estranharia se esse jogo conseguisse arrancar lágrimas de qualquer marmanjo por aí (me segurei ;p).

"Brothers: A Tale of Two Sons" é um game que nos faz refletir muito, uma história de superação e que nem tudo na vida serão mar de rosas.

A história onde não possui diálogos e os personagens se comunicam apenas por gestos, foge (um pouco) do clichê.

Efeitos Sonoros/Soundtrack
A soundtrack do game é boa assim como o game mas nada de tão espetacular para se dar ênfase.

Jogabilidade/Controles
Bem, a maioria das críticas negativas que o game sofre se da por conta do controle "diferenciado" que o game tem. Ok, no início pode ser bem complicado mesmo mas eu acho que o esquema de controlar dois personagens ao mesmo tempo foi uma ótima inovada que os produtores fizeram, de quebra testamos nossa coordenação motora.

Possui puzzles que com esse esquema de controles se tornam um pouco desafiadores mas muito divertidos, teve um puzzle que fiquei uns 5 minutos tentando passar, imaginem a alegria da pessoa aqui quando conseguiu.

Obs: EXTREMAMENTE recomendado o uso de um controle de Xbox 360/One, é possível jogar no teclado mas a tarefa se torna 5x mais complicado.

Gráficos/Visuais
Difícíl expressar em palavras o quão bem feito esse game é, os cenários são incríveis! Unreal Engine cumprindo seu dever.

Em alguns pontos do game possui bancos onde você senta com os personagens para se ter uma visão ampla do local, rende screenshots incríveis!

Conteúdos Adicionais (DLCs)

O game não possui nenhum tipo de conteúdo adicional.

Considerações Finais
Vale a pena? Sim!

Foi realmente gratificante jogar "Brothers: A Tale of Two Sons", lembrando também que a interface do game está disponível em português mesmo isso não afentando muito já que não possui diálogos ou narrativa.

Atualmente o game está custando R$27,99 um preço meio 'salgado' pois não oferece muitas horas de gameplay mas creio que 50% já está valendo. Em promoções, o preço chega na casa de até R$2,00.

As conquistas são fáceis de se conseguir mas é possível sim ter o fator replay pois algumas delas estão meio escondidas mas dependerá de jogador para jogador.

Clique aqui para conferir algumas Screenshots.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
13 de 13 pessoas (100%) acharam esta análise útil
4.4 hrs registradas
Publicada: 29 de setembro de 2014
Brothers: A Tale of Two Sons é uma história sobre perdas, tristezas, amor e esperança. Traz consigo uma experiência subjetiva que poucos jogos despertam. Seu poder narrativo faz com que nos fixemos no desenrolar da aventura até o seu desfecho final. E quem, pelo menos, não se emocionar o mínimo que seja, provavelmente tem um coração de pedra.

A respeito da jogabilidade, é necessário um controle compatível, para uma melhor experiência. É possível jogar no teclado, entretanto é mais trabalhoso. O jogo consiste em resolver alguns quebra-cabeças, que são bem simples; e também é preciso coordenação para realizar certas ações que dão seguimento à aventura. Este tipo de jogabilidade é agradável e se adapta muito bem ao propósito do que o jogo propõe.

Outro aspecto, que é um grande diferencial: o visual. Brothers possui uma belíssima arte gráfica, em alguns pontos assemelhando-se à pinturas, além de ter um jogo de luz muito bem feito, que dá um toque especial à experiência.

Enfim, Brothers: A Tale of Two Sons me surpreendeu em todos os sentidos. Nas quatro horas de jogo proporcionadas (que é o tempo médio para finalizar), fez-me lembrar e sentir como a vida é uma incógnita, e que sempre teremos quem amamos ao nosso lado, independente do que acontecer.

Pegue esta obra de arte assim que possível, e aproveite tudo o que possa proporcionar a você.

Com certeza será uma experiência singular.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
10 de 10 pessoas (100%) acharam esta análise útil
5.9 hrs registradas
Publicada: 29 de dezembro de 2014
Jogo muito bom, me fez chorar ='(
Recomendo.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
11 de 12 pessoas (92%) acharam esta análise útil
2.8 hrs registradas
Publicada: 28 de dezembro de 2014
Brothers - A Tale of Two Sons, um lido jogo de aventua, onde seu foco é em busca da água da vida para a cura de seu pai, no caminho eles encontram perigos e desafios, onde o jogo testa seus sentimento, um jogo bem interessante, apesar de vc consegui zerar em 2 hs, mas o jogo promete mexer com seus sentimento. Historia 100% emocionante, esse game vai conquistar vc com com seu belíssimo gráficos, jogabilidade bem fluída e com cenários belíssimos cheio de gigantes.


Gráficos 10
Jogabilidade 10
Controles 10
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
8 de 8 pessoas (100%) acharam esta análise útil
0.6 hrs registradas
Publicada: 27 de dezembro de 2014
É um jogo de aventura desenvolvido pela Starbreeze Studios - o jogo não pode ser jogado com o teclado convencional e o mouse, ele exige um controle pois cada irmão é controlado por um dos thumbsticks (os famosos “analógicos”) do controle. O jogador precisa posicioná-los de forma adequada no mapa em diversas situações.

O jogo possui uma história incrível e visuais lindos, jogabilidade avançada, tendo em vista que, para seguir pelo jogo, é necessário se utilizar dos 2 personagens, simultaneamente. O jogador deve superar tais desafios controlando os "irmãos", utilizando-se de raciocínio e habilidade com o controle (o jogo requer o periférico, obrigatoriamente)... de modo posicioná-los de forma adequada no mapa em diversas situações.

Gráficos excelentes (em forma de desenho animado), dificuldade das "puzzles e engenies" progressiva, necessitando do jogador muita criatividade. De modo geral, uma aquisição para sua biblioteca que vale muito a pena... Eu RECOMENDO!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
8 de 8 pessoas (100%) acharam esta análise útil
2.7 hrs registradas
Publicada: 1 de janeiro
Bem esse é mais,um jogo que vem provar que para ser grandioso não precisa ter graficos estontiantes e ocupando 50Gb de seu HD,Brothers - A Tale of Two Sons é um jogo onde a gente controla dois irmãos simultaneamente o que para mim foi uma grande novidade a história é simples mas te prende do começo ao fim e com um final que me fez chorar então p/ quem ta em duvida se o jogo é bom a resposta é sé resumi em uma só palavra para esse jogo "Magnifico".Minha nota p/ ele é 10/10

Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
8 de 8 pessoas (100%) acharam esta análise útil
0.8 hrs registradas
Publicada: 9 de janeiro
Aventura + Aventura
Jogo TOP!
So comprem se tiver manete.. no teclado impossivel jogar porque voce joga com 2 personagens ao mesmo tempo.. no inicio e complicado ate mesmo na manete mas depois de alguns minutos jogando voce pega o jeito 100%.
Grafico ----------------------------- 10
Historia ---------------------------- 10
Trilha sonora ---------------------- 9.5
Jogabilidade ----------------------- 9
Diversao --------------------------- 10
Resumo (nota do jogo) ------------ 10 (quando se refere a jogo de aventura)
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
4.7 hrs registradas
Publicada: 26 de novembro de 2014
Esse jogo é muito bom, história muito boa e emocionante!!!! recomendooooo
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
3.0 hrs registradas
Publicada: 14 de novembro de 2014
Eu realmente, realmente gostei desse jogo. É diferente de tudo que existe por aí: uma grande história, o ótimo jeito de contá-la, protagonistas que a gente se identifica na hora. É um jogo lindo também, cada detalhe na direção de arte é fenomenal. 10/10, uma das melhores experiências da minha vida.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
1.2 hrs registradas
Publicada: 20 de outubro de 2014
Confiram neste vídeo as primeiras impressões sobre o game:

https://www.youtube.com/watch?v=g1fC7Lhy-EY
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
6.3 hrs registradas
Publicada: 21 de dezembro de 2014
Brothers: A Tale of Two Sons é um jogo de aventura desenvolvido pela Starbreeze Studios, para Windows, onde o jogador deve guiar dois irmãos em uma aventura situada em um mundo com um ar de conto de fadas, porém sem toda a “infantilidade” geralmente atribuída ao gênero.

O objetivo do jogo é ultrapassar diversos obstáculos que são postos no caminho dos irmãos no caminho à Árvore da Vida. O jogador deve superar tais desafios controlando os personagens simultaneamente, utilizando raciocínio e habilidade.

O jogo possui um grande carisma e visuais lindos, o que faz de Brothers: A Tale of Two Sons, uma bela opção para quem gosta de aventura – e, de vez em quando, resolver alguns puzzles.

Realmente o game surpreende, nem imaginaria que seria tão fantastico!

Final do game, realmente muito emocionante!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
6.8 hrs registradas
Publicada: 29 de dezembro de 2014
É um jogo que vai encantar não só o jogador, mas também toda a família, em uma aventura que apesar de não oferecer tantos desafios, mostra o verdadeiro valor e a união presente entre dois irmãos.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
4.3 hrs registradas
Publicada: 22 de janeiro
A dor das dificuldades, a dor do aprendizado, a dor da solidão, a dor da saudade, a dor da perda... A vida é cheia de dores, e ao mesmo tempo a dor é o que nos faz sentir vivos e lutarmos com força redobrada, mais do que qualquer outra sensação física ou mental.

Brothers - A Tale of Two Sons apresenta uma história que dispensa palavras e gráficos perfeitos, embora seja absolutamente belo de se contemplar, principalmente por contar com canções originais de extremo bom-gosto e profundas. Quantos sentimentos em tão pouco tempo de jogo! Pouquíssimo tempo aliás, pois, adoraria ter passado mais tempo ao lado desses dois garotos guerreiros e experimentar mais das aventuras e surpresas estupendas que a mecânica perfeita do jogo proporciona, ou até mesmo usufruir ainda mais dessa jogabilidade primorosa e prazerosa que me foi entregue.

E mesmo após tantas qualidades o jogo te arremessa num poço de sentimentos que lhe farão sentir arrepios reais em seus últimos momentos de gameplay. Não recomendo este título, ordeno que o joguem, ou simplesmente arrisquem-se á perder uma legítima experiência de vida única no mundo dos games. E por favor, joguem com um gamepad.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
3.1 hrs registradas
Publicada: 27 de novembro de 2014
Esse jogo tá no meu top 10 de todos os tempos.

Visual muito bem trabalhado na unreal, direção de arte sensacional, gameplay único e que também conta parte do enredo, se tornando a melhor ferramenta de narrativa em determinado ponto, algo que vi em poucos ou nenhum outro jogo. Trilha sonora ♥♥♥♥ (que inclusive vem com o jogo, senão me engano) e sem contar a história, claro, que é o ponto forte do jogo.

Interface e legendas em português, a dublagem não faz falta, já que é usada uma língua inventada no jogo, o que não tira nada da experiência, só a torna mais universal.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
4.4 hrs registradas
Publicada: 4 de dezembro de 2014
Uma excelente surpresa.
Jogo feito na Suiça/Suécia (sempre confundo os 2) e por isso os personagens falam no idioma do PINGU, sendo o único defeito o fato deles não fazerem um bico de buzina (NOOT NOOT) mas depois de uns minutos jogando da pra superar essa decepção, pq tem gelo e eles dão risada colocando a mão na barriga igual os pinguim também.

O objetivo do jogo é transformar o Pingu em um drama de emoção e confusão mental, pq tem que controlar 2 personagens diferentes (cada um com um analógico do controle) e MEU AMIOGG isso é tipo amigo secreto na firma no final de ano, mas trocando o "amigo" por "AVC" pq é isso que você vai ter quando começar a controlar os personagens. Mas o jogo é facinho então da pra relevar, mas fico aqui com dó dos beta tester que testaram antes de decidirem tornar o jogo mais acessível. rip beta testers.

O lado bom é que essa loucura é usada de forma criativa, o jogo é perfeito em MUITOS aspectos, falando da gameplay eles criam eventos bem variados onde voce usa esse "controle duplo", usando ele pra resolver puzzles e tal então no fim acaba se tornando interessante por mais que cause transtornos mentais. É um esqueminha bem ICO (com pingu) de andar pelos cenários e tal, ficou bem feito.

NOOT NOOT

Música é boa, a arte é absurdamente linda (de verdade, é muito bonito o jogo), tecnicamente o jogo é MUITO LEVE e mesmo assim tem um aspecto visual bastante atual sem ficar parecendo jogo de PS2 ou algo assim, é daqueles jogos que da vontade de ficar jogando e tirando fotos da tela... problema que morri umas 10 vezes na hora que fui tirar foto, tenho que configurar um botão do controle pra tirar screenshot.

Recomendo a todas pessoas de bom gosto ou amargas de coração em busca de algo raro que traga um pouco de conforto, é realmente muito legal pena não ter co-op... mas se tivesse ninguem seria louco de jogar single, só se o co-op fosse com 2 personagens pra cada jogador MELHOR NÃO, ESQUECE

NOTA: PINGU/10

PS: Vale lembrar que o nome da irmã do pingu se chama pinga
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
3.3 hrs registradas
Publicada: 26 de dezembro de 2014
O Jogo é uma obra de arte, apesar de ter uma campanha relativamente curta, cerca de 2 horas e 30 minutos, esse tempo vale muito a pena, e passar rápido, pois o game não é enjoativo. Final surpreendente, e jogabilidade perfeita ao meu ver, vale muito a pena.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada