Escape to a puzzle game fantasy world with amazing creatures and weapons! Addicting gameplay blends with immersive roleplaying in this sequel to the award-winning Puzzle Quest!
Análises de usuários: Muito positivas (238 análises) - 82% das 238 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 12/ago/2010

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Comprar Puzzle Quest 2

 

Sobre este jogo

Fuja para um mundo de fantasia de quebra-cabeças repleto de criaturas fantásticas, armas poderosas e "minigames" desafiadores. Nesta sequência do premiado jogo Puzzle Quest, a mecânica de jogo "combine 3" é perfeitamente mesclada a um imersivo RPG. Entre na ação e personalize o seu personagem selecionando uma das quatro classes disponíveis, cada qual com as suas diferentes habilidades e aptidões. Ganhe experiência e conquiste tesouros conforme progride pela aventura, desbloqueando novas magias e desafios de "combine 3" mais complexos. Você é um herói corajoso o suficiente para libertar a outrora pacífica vila de Verloren das garras do demônio Gorgon?

Características-chave

  • Aprenda a usar novas joias de mana, magias, armas e muito mais.
  • Personalize os seus personagens dentre 4 classes de ambos os sexos.
  • Explore um imenso e imersivo mundo de fantasia no modo história!
  • Jogue toneladas de "minigames" únicos para ganhar tesouro e experiência.
  • Aprimore e equipe o seu personagem para enfrentar os seus amigos online!

Requisitos de sistema

    • OS: Microsoft® Windows® XP/Vista
    • Processor: Intel® Core 2 @ 1.8 Ghz / AMD Athlon 64 X2 2.0 Ghz
    • Memory: 1GB RAM
    • Graphics: 256 Mb (GeForce® 7 / Radeon® X800)
    • DirectX®: DirectX® 9.0c
    • Hard Drive: 475 MB Available HDD Space
    • Sound: DirectX® 9 Compatible Sound Card
Análises úteis de usuários
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
9.4 hrs registradas
Publicada: 9 de dezembro de 2015
Puzzle Quest 2 é o segundo título da franquia, desenvolvido pela Infinite Interactive que já é veterana quando o assunto é misturar elementos de RPG E Match-3 (combinar 3) em seus jogos. Puzzle Quest 2 esteve no meu radar por bastante tempo, mas o seu preço não me convencia a comprar o título já que algumas reviews negativas citavam como principal defeito a repetição ao longo da jogatina e também a falta de uma dificuldade maior ao título. Vou logo afirmando que testei o primeiro jogo da franquia antes de decidir qual comprar e o primeiro jogo apesar de contar com um visual totalmente diferente, não me chamou atenção. Eu acho que isso fica a parte do jogador e vou explicar melhor as diferenças dos dois títulos da franquia.

Em Puzzle Quest 2 você tem um personagem que anda pelos cenários em busca de quests e de resolver o enredo principal do jogo (que é bem simplório, um dos pontos negativos). Ao longo do jogo você vai enfrentar criaturas como goblins, ratos, Orcs, Ursos e mais alguns outros que ainda não enfrentei, mas que ao longo da jogatina vou encarar. A principal diferença entre os dois títulos da franquia é que no primeiro você tem um mapa e vai andando por cima dele, indo de local a local com um personagem minúsculo e sem cenários vivos e atrativos como os de Puzzle Quest 2. A principal diferença que me fez pegar o jogo foi por este motivo. No primeiro jogo da franquia o jogador não sente muito o clima RPG do jogo, por que o personagem dele é apenas um ser minúsculo andando pelo mapa e resolvendo quests. Sem ver as criaturas ou apreciar um belo cenário no maior estilo RPG, como temos em Puzzle Quest 2. É apenas andar por um mapa bem simplório, pegar uma das inúmeras quests e por ai vai. Vou logo afirmando que são propostas diferentes já que no primeiro jogo ao ir no castelo e conversar com um dos personagens, os personagens do jogo são em formato de desenho (anime) sendo que o primeiro título da franquia demonstra ter um enredo um pouco mais elaborado, nada muito longe de Puzzle Quest 2, vou logo afirmando. Mas pode ser um atrativo para os jogadores que gostam deste formato.

Entre pontos negativos e positivos entre os dois títulos, vamos começar a falar sobre os pontos positivos de Puzzle Quest 2 em relação ao primeiro jogo da franquia, lembrando que é minha opinião e vou tentar expor os pontos que mais gostei neste belo jogo independente.

+ Cenários bem trabalhados e com vários detalhes entre eles.
+ Ambientação no maior clima RPG, o jogador se sente em uma aventura, diferente do primeiro título.
+ Poder ver teu personagem e escolher uma dentre as 4 classes de personagens é algo incrível para este gênero de jogo.
+ Opções de dificuldade: (Easy, Médio e Hard) sendo possível selecionar a dificuldade e mudar ela a hora que bem entender, no primeiro título não me lembro de ter essa opção. O quê torna o jogo tão bom para jogadores hardcore e também para jogadores casuais.
+ Duração: Lembrando que eu estou começando, mas pelo que deu pra ver na maioria dos jogadores que já jogaram o título, ele deve ter uma duração de 20 - 30 horas. Pelo preço? está ótimo.
+ Classes variadas e com habilidades diferentes, podendo escolher sexo feminino ou masculino.
+ Armaduras e armas variadas e com poderes diferentes, dando o legítimo clima RPG ao jogo.
+ Skills variadas.
+ Quests secundárias, dando maior vida ao título.
+ Facil jogabilidade e sistema de RPG, perfeito para iniciantes.
+ Conquistas.
+ Viciante.
+ Roda em praticamente qualquer computador.

Agora vamos falar sobre os pontos negativos de Puzzle Quest 2:

- Trilha Sonora: Poderia ser mais variada.
- Enredo: Não é de todo ruim, mas logo de começo já se nota que não é algo bem escrito e sim um enredo simplório e lotado de clichês, mas da pra acompanhar.
- Luck Based: Sim, este jogo como todos os outros jogos deste gênero tem este belo fator que é a sorte. Muitas vezes se torna completamente fácil eliminar um personagem "forte" com poucos turnos, já por outro lado o jogador pode enfrentar um Goblin que é fraco e demorar séculos até derrotar o inimigo, o motivo? jogos deste gênero são 50% habilidade e 50% sorte, esteja avisado que vai passar raiva em alguns momentos.
- Enjoar do game antes mesmo de terminar o mesmo devido a sua constante repetição e falta de um enredo melhor para manter o jogador interessado ao título, neste caso o meu conselho seria: Mesclar este jogo com outros jogos, assim fica mais dificil enjoar, já que por mais que seja um jogo viciante no começo, ele pode se tornar chato e repetitivo se o jogador jogar constantemente durante um belo tempo.
- Falta do idioma Português.
- Falta de opções gráficas e alguns problemas para selecionar resoluções.

No geral, Puzzle Quest 2 me agradou bem mais do que o primeiro título da franquia por 3 motivos: Ambientação muito melhor do que o primeiro título onde o jogador pode ver o personagem e o cenário e seus inimigos e aliados. Ter níveis de dificuldade sendo possível selecionar a qualquer momento e mudar a dificuldade do jogo, agradando todos os tipos de jogadores. A arte é mais clássica e com cenários vivos e detalhados, sendo que no primeiro jogo é apenas um mapa e um personagem que como já citei, minúsculo dando voltas e voltas no mapa. Sem nenhum atrativo na parte visual (estética) do título.

Puzzle Quest 2 não costuma entrar em muitas sales, mas se você jogador não se importa de pagar 16,99 pelo jogo, vai encontrar aqui uma perfeita combinação entre o clássico gênero Match-3 (combinar 3) que é viciante e ao mesmo tempo vai encontrar belos cenários e um sistema de RPG que apesar de simples, funciona e agrada a todos os jogadores, desde os casuais até os mais veteranos.

Eu recomendo totalmente, Puzzle Quest 2.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
39 de 40 pessoas (98%) acharam esta análise útil
3 pessoas acharam esta análise engraçada
80.7 hrs registradas
Publicada: 13 de setembro de 2015
Developed by Infinite Interactive and published by Namco Networks America, Puzzle Quest 2 is the sequel to the award winning Puzzle Quest: Challenge Of The Warlords. This title is a match 3 puzzle roleplaying game and certainly one of the best in the genre. Your chosen hero is tasked with reclaiming the once peaceful village of Veloren from the evil clutches of the demon Gorgon. Many fans claim that this title is not as heavy on the R.P.G. elements as the first game and that the story is just not as expansive as the first title and I would definitely agree. With that said, roleplaying elements are still present albeit slightly lighter in application. You pick from four different character classes and earn XP as you do battle across the outskirts of Veloren. As you level up, your earned XP will allow you to upgrade a number of abilities such as Strength, Agility, Intelligence, Stamina and Morale. Your character is also able to equip a number of weapons ranging from swords, axes, bows, etc. and even a flintlock pistol...one of my personal favorites I have to say. There is also a wide variety of armors, shields, spells and poisons at your disposal as well, however, some of these items are specific to the character class that you have chosen.

Gameplay is quite similiar to that of Puzzle Quest: Challenge Of The Warlords so fans of that title will immediately feel at home. The goal is to match a set of three or more gems in order to earn mana and action points. Mana powers the equiped spells in your spellbook and action points allow you to attack with your chosen weapon or devices. At the conclusion of each battle a certain amount of gold and experience points are awarded as well as the possibility of loot. The puzzle battles in this game, in my opinion, are some of the best you can play in this genre. This title is extremely fun and addictive like these games typically tend to be. Some days you could log on and play a few quick battles for fun just to get your fix and other days you could find yourself playing for hours on end in one sitting. The story, while not as grand as the first title, is entertaining and makes you want to continue playing to the conclusion. Aside from the basic puzzle battles, there are also quite a few unique minigames to play where you can earn additional treasure and experience.

Graphically, this game is the best looking match 3 puzzle R.P.G. available even better looking than Gyromancer in my opinion. Visually, it takes everything that Puzzle Quest did and just polishes it to perfection. The isometric game world is highly detailed. You will see lots of interesting things in the backgrounds of the many dungeons, castles and structures that you explore. The puzzle battlefields are gorgeous and vivid. The gems are beautifully animated and extremely detailed. The hand drawn character art and attack animations just look fantastic. Sound effects and music in this game are also implemented just as well. The score fits the fantasy theme of the title perfectly and does it job competently yet I have to say it's still not as great as the musical scores in Puzzle Quest and Puzzle Kingdoms. I actually downloaded those soundtracks and find myself listening to them quite often because they are just that great. The sound effects are crisp and hard hitting. When you make a match three, combo or cause a cascade of gems to drop you definitely know it. Also, when you use a melee, ranged weapon or a spell the sound effects are phenomenal. I particularly love the click click boom of my flintlock pistol...so awesome! A pistol in a fantasy game...don't even ask it's just awesome and you know it is.

I've spent quite a few hours in this game and will continue to do so in the future because it's just so entertaining. Fans of match 3 or puzzle/R.P.G.'s should not be dissapointed in this title. It's definitely one of the better games of the genre and anyone looking to try one of these games for the first time should get either this or the much acclaimed Puzzle Quest: Challenge Of The Warlords. Game on!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
86 de 118 pessoas (73%) acharam esta análise útil
3 pessoas acharam esta análise engraçada
7.3 hrs registradas
Publicada: 6 de dezembro de 2013
If you haven't already, play the first Puzzle Quest, where you battle warlords all across the lands, build your castle and tame ferocious beasts and gain their powers.

Unless you prefer to battle hordes of rats after hordes of rats after hordes of rats in someone's damp basement, in which case this game is for you.

The gameplay is of course much more polished and varied, but with the grand atmosphere of the first replaced with you being pest control, it becomes a grind with nothing to motivate whatsoever.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
37 de 40 pessoas (93%) acharam esta análise útil
42.7 hrs registradas
Publicada: 4 de dezembro de 2013
Puzzle Quest 2 deviates in a good number of ways from its predecessor. Most notable are the changes to mana and that you now have a weapon. Overall I'd say it was a good change, as it doesn't feel like a recycled version of the first game at all, while still having the same basic gameplay.

With the mana changes, it's harder to become godly, but it also feels like every level gain is a really tiny improvement. Heavily investing in one stat has diminishing returns (which is fine from a balance perspecive). Enemies scale up a bit faster than you do, and once dead they stay dead, so there's a strange sort of progression going on there since you can't grind forever.

Similar to the first game, the encounter rate is through the roof. Fortunately you can skip a good number of encounters by simply ignoring the monsters. There's far less quests, but most of the quests in the first game were pretty pointless to begin with, so I guess this is can be seen as a good thing.

Fortunately the mini-games are toned down and varied, and luckily opening treasures has no failure. So it's nice to have freebies every now and then to break up the monotony.

The story, as best I can tell, bears no relation to the first game. Not that either one is special, anyhow.

If you like Puzzle Quest 1, I'd say this is a worthy addition. If match-three games aren't your thing, this game won't do anything to appease that feeling. I'll give this an 8.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
37 de 51 pessoas (73%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
33.9 hrs registradas
Publicada: 2 de janeiro de 2014
After enjoying the original Puzzle Quest, I thought I'd give this a spin. It's much less fun than it's predecessor, it's very repetivite and not very rewarding. As you progress enemies take longer and longer to kill but offer no challenge whatsoever.

Avoid!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada