Hell is an experiment you can't survive in Outlast, a first-person survival horror game developed by veterans of some of the biggest game franchises in history. As investigative journalist Miles Upshur, explore Mount Massive Asylum and try to survive long enough to discover its terrible secret... if you dare.
Análises de usuários:
Últimas:
Muito positivas (276 análises) - 94% das 276 análises de usuários dos últimos 30 dias são positivas.
Todas:
Extremamente positivas (23,000 análises) - 96% das 23,000 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 4/set/2013

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Comprar Outlast

 

Análises

“Easily one of the scariest games I've ever played”
9.5/10 – Bloody Disgusting

“"...what (Outlast) can definitely claim to be is a great game... It’ll also intrigue, terrify and surprise you. Outlast is not an experiment in how games can be scary, it’s an exemplification...”
Rock Paper Shotgun

“Outlast is the perfect nightmare. ...it's absolutely petrifying. I love it”
4.5/5 – Joystiq

Sobre este jogo

Hell is an experiment you can't survive in Outlast, a first-person survival horror game developed by veterans of some of the biggest game franchises in history. As investigative journalist Miles Upshur, explore Mount Massive Asylum and try to survive long enough to discover its terrible secret... if you dare.

Synopsis:

In the remote mountains of Colorado, horrors wait inside Mount Massive Asylum. A long-abandoned home for the mentally ill, recently re-opened by the “research and charity” branch of the transnational Murkoff Corporation, the asylum has been operating in strict secrecy… until now.

Acting on a tip from an anonymous source, independent journalist Miles Upshur breaks into the facility, and what he discovers walks a terrifying line between science and religion, nature and something else entirely. Once inside, his only hope of escape lies with the terrible truth at the heart of Mount Massive.

Outlast is a true survival horror experience which aims to show that the most terrifying monsters of all come from the human mind.

Features:

  • True Survival Horror Experience: You are no fighter - if you want to survive the horrors of the asylum, your only chance is to run... or hide
  • Immersive Graphics: AAA-quality graphics give players a detailed, terrifying world to explore
  • Hide and Sneak: Stealth-based gameplay, with parkour-inspired platforming elements
  • Unpredictable Enemies: Players cannot know when - and from where - one of the asylum’s terrifying inhabitants will finally catch up to them
  • Real Horror: Outlast’s setting and characters are inspired by real asylums and cases of criminal insanity

Warning:

Outlast contains intense violence, gore, graphic sexual content, and strong language. Please enjoy.

Requisitos de sistema

Windows
Mac OS X
SteamOS + Linux
    Mínimos:
    • SO: Windows XP / Vista / 7 / 8 - 64 bits *
    • Processador: 2.2 GHz Dual Core CPU
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa de vídeo: 512 MB NVIDIA GeForce 9800GTX / ATI Radeon HD 3xxx series
    • DirectX: Versão 9.0c
    • Rede: Conexão de internet banda larga
    • Armazenamento: 5 GB de espaço disponível
    • Placa de som: DirectX Compatible
    • Outras observações: * 32 bits systems are not officially supported, but should work if configured to provide 3Gb of user-mode address space. See http://msdn.microsoft.com/en-us/windows/bb613473 or http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=175801311
    Recomendados:
    • SO: Windows Vista / 7 / 8 - 64 bits
    • Processador: 2.8 GHz Quad Core CPU
    • Memória: 3 GB de RAM
    • Placa de vídeo: 1GB NVIDIA GTX 460 / ATI Radeon HD 6850 or better
    • DirectX: Versão 9.0c
    • Rede: Conexão de internet banda larga
    • Armazenamento: 5 GB de espaço disponível
    • Placa de som: DirectX Compatible
    Mínimos:
    • SO: OS X 10.9
    • Processador: 2.2 GHz Dual Core CPU
    • Memória: 4 GB de RAM
    • Placa de vídeo: GeForce GT 750M / Intel Iris Pro 5200 / Radeon HD 3xxx
    • Armazenamento: 5 GB de espaço disponível
    • Placa de som: Standard
    Recomendados:
    • SO: OS X 10.9
    • Processador: 2.8 GHz Quad Core CPU
    • Memória: 4 GB de RAM
    • Placa de vídeo: 1GB NVIDIA GTX 460 / ATI Radeon HD 6850
    • Armazenamento: 5 GB de espaço disponível
    • Placa de som: Standard
    Mínimos:
    • SO: Ubuntu 12 / Fedora 20 / Steam OS
    • Processador: 2.2 GHz Dual Core CPU
    • Memória: 4 GB de RAM
    • Placa de vídeo: GeForce GT 750M / 9800GTX / Radeon HD 3xxx. OpenGL 3.2+
    • Armazenamento: 5 GB de espaço disponível
    • Placa de som: Standard
    Recomendados:
    • SO: Ubuntu 14 / Fedora 21 / Steam OS
    • Processador: 2.8 GHz Quad Core CPU
    • Memória: 4 GB de RAM
    • Placa de vídeo: 1GB NVIDIA GTX 460 / ATI Radeon HD 6850. OpenGL 4.x+
    • Armazenamento: 5 GB de espaço disponível
    • Placa de som: Standard
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado em setembro de 2016! Saiba mais
Últimas:
Muito positivas (276 análises)
Todas:
Extremamente positivas (23,000 análises)
Tipo de análise


Forma de aquisição


Idioma


Exibir como:


(o que é isso?)
1,065 análises correspondem aos filtros acima ( Extremamente positivas)
Análises mais úteis  Nos últimos 30 dias
7 de 7 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
5.1 horas registradas
Publicada: 8 de setembro
Produto recebido de graça
Pode ser o melhor jogo do mundo para esse estilo, porém não suportei jogar 20 minutos e o real motivo é: O meu medo é maior que a coragem de fechar!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
3 de 3 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
4.1 horas registradas
Publicada: 1 de setembro
Quem não sentiu medo com Outlast é porque ainda não jogou. Outlast é um game de terror com elementos stealth e tem como foco a fuga e exploração de um hospital psiquiátrico. Outlast lembra um pouco jogos e filmes famosos, como R.E.C Amnesia: The Dark Descent e Fatal Frame, porém aqui não existe o fenômeno paranormal, apenas a loucura e carnificina.


História:

A história é bastante simples seguindo de forma linear, existe apenas um final em cada campanha.
A campanha principal se inicia quando o protagonista Miles Upshur, jornalista investigativo recebe um estranho e-mail dizendo que coisas horríveis e cruéis aconteciam no Hospital Psiquiátrico de Mount Massive. Podendo ser a matéria da sua vida, Miles vai a caminho do hospital para investigar.Chegando lá já algo estava estranho aparentemente o sanatório estava abandonado e nosso protagonista invade as instalações.

Ao entrar Miles encontra vários soldados aniquilados e vários internos uns mais medrosos, outros um pouco violentos e alguns verdadeiros psicopatas, ao percebendo todo o terror,carnificina e calamidade que toma o Hospital ele tentar fugir e acaba sendo abordado por Chris Walker e acaba sendo salvo por um interno que se diz Padre. O que era para ser a matéria de sua vida, se transforma na luta por ela.

A campanha da DLC Whistleblower ocorre um pouco antes e também durante a campanha principal e tem como protagonista Waylon Park, um engenheiro de software e trabalha na manutenção dos sistemas de informações em Monte Massive, após presenciar inúmeras barbaridades, Waylon envia um e-mail para um jornalista investigativo, e acaba sendo descoberto por seus superiores, sendo submetido como cobaia de experimentos, assim como os outros pacientes. Durante seu "tratamento" a rebelião do Hospital se incia e uma estranha entidade parecida com uma fumaça negra começa a desimar pacientes e funcionários da instituição, a partir desse evento Park luta para sobreviver e fugir do manicômio.

Outlast não é um jogo para qualquer um, temos várias cenas fortes e chocantes que incluem assassinatos, canibalismo, necrofilia, tortura, mas tudo isso muito bem implementado no universo do jogo deixando-nos ainda mais perturbados com tudo


Gráficos e som:

Outlast possui gráficos muito bons ambiente são bem detalhados, as sombras e escuridão do ambiente dão um toque especial a atmosfera de terror. As expressões faciais dos pacientes são muito bem trabalhadas, e geralmente totalmente desfiguradas, e com um olhar de frieza, evidenciando o quão loucos são.

A Ambientação é muito bem feita, deixando o jogador tenso ou horrorizado com muitas cenas de violência extrema. e por ser muito escuro muito detalhes gráficos passam despercebidos. O cenários são resumidos em corredores, cozinhas, ginásios, ambientes hospitalares, rechiados de resquícios de violência extrema.

Um ponto alto de Outlast está em sua trilha sonora extremamente tensa e nos efeitos de ambiente, por exemplo, em um momento de fuga a respiração do protagonista aumenta, sendo possível até ouvir os batimentos cardíacos do personagem. Os sons de ambiente mudam de acordo com a situação tocando uma musica rápida e aguda nos momentos de fuga, e o silencio combinado aos seus passos e respiração durante os momentos mais "tranquilos".


Jogabilidade:

Tanto na campanha principal quanto no DLC temos o mesmo tipo de experiencia e jogabilidade igual sem diferenças de um personagem para o outro.

Outlast tem uma jogabilidade bastante simples, o jogo possui câmera em primeira pessoa com um detalhe não muito comum, ao olharmos para baixo podemos ver toda parte inferior do corpo do personagem, apesar disso não existe nenhum tipo de combate, podemos resumi-lo em correr MUITO e se esconder. Podemos escapar dos "pacientes" de diversas maneiras seja escalando alguma parede, escondendo-se em um armário, embaixo de uma cama, ou correndo sem rumo em meio a escuridão.

A mobilidade do personagem é muito boa e percebemos o capricho que a produtora teve com os movimentos do personagem tornando nossa experiência ainda mais realista. Durante ambas campanhas passamos o tempo todo com uma câmera que além de auxiliar com sua função de visão noturna, serve para filmar algumas cenas que geraram anotações no diário de nosso protagonista descrevendo uma observação pessoal sobre a cena ou seus sentimentos. Tais cenas com a câmera nos dão um experiencia muita parecida com a do filme R.E.C.

No jogo coletamos arquivos que ajudam a entender um pouco mais sobre oque acontecia nas instalações do Hospital Psiquiátrico Monte Massive, baterias para manter nossa câmera ligada e chaves para continuar prosseguindo no game.
A Campanha principal tem aproximadamente 6 horas de gameplay somado a 3 horas garantidas pela expansão Whistleblower.


Pontos negativos:

A Campanha da expansão é muito curta e não de existe nenhuma novidade em jogabilidade comparado com a campanha principal sendo somente um complemento da história e um ponto de vista diferente dos horrores do sanatório.
Faltam itens para nos ajudar seja uma injeção de adrenalina, uma pedra para distrair inimigos, ou alguma coisa para um combate minimo.
Existem raras situações em que os loucos, simplesmente param de correr atrás de você em locais nos quais eles conseguiriam te pegar sem problemas algum

Conclusão:

Para os amantes do terror Outlast trás uma experiencia única, com um enredo interessante e um atmosfera de terror e horror muito bem trabalhada.

Leia mais em : http://www.oblogcaentrenos.com.br/
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
9.1 horas registradas
Publicada: 21 de setembro
tomei susto pra krl nessa maravelha
tem um final bem sad quando o Miles Upshur morre ;-;
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
3.7 horas registradas
Publicada: 31 de agosto
Um dos melhores jogos de terror que eu já joguei, só perde pro Amnesia: The Dark Descent.

O jogo não foi pro lado da ação como vimos em muitos jogos de "terror" que anda nos decepcionando.

Aguardo uma continuação desse jogo incrivel.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
6.9 horas registradas
Publicada: 15 de setembro
Melhor jogo de terror que já joguei em minha vida !
ótima história
ótimos gráficos
ótima jogabilidade

Jogo perfeito !
Recomendo 100%
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
16.1 horas registradas
Publicada: 17 de setembro
Muito bom , para quem gosta de jogo de terror vai amar esse.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
11.9 horas registradas
Publicada: 26 de setembro
Top demais, o jogo te deixa apreensivo em varios momentos, mesmo quando você sabe o q tem q fazer, dentre os jogos de terror e suspense q já joguei esse sem duvida é o melhor.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Análises mais úteis  No geral
131 de 135 pessoas (97%) acharam esta análise útil
Recomendado
28.6 horas registradas
Publicada: 27 de novembro de 2013
Um repórter e sua câmera. Tentando sobreviver e registrar o horror que se passa dentro de um manicômio centenário! Ex-nazistas, experiências médicas, muito sangue e visceras espalhadas por cada canto. São os ingredientes deste surpreendente game. Misticismo ou ciência? Esta é a pergunta a qual você terá que responder, tentando não se tornar mais louco entre tantos. A eminência do terror a cada passo, cada sala deste reduto de loucos, somados a belos gráficos e uma atmosfera densa que o transporta diretamente a pele da personagem que reage ao ambiente, a cada som, a cada imagem, cada respiração, fazem deste jogo uma das melhores experiências do gênero. Coloque seus fones, apague as luzes e mergulhe no horror de Outlast! Mas prepare-se para os sustos!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
100 de 103 pessoas (97%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
Recomendado
7.3 horas registradas
Publicada: 4 de maio de 2014
Outlast

História resumida- você é um jornalista que, após receber um email, negligentemente vai sozinho e desarmado investigar notícias de abusos ocorridos em um manicônio. A sua disposição apenas uma câmera.

Jogabilidade - muito simples, poucos comandos, os quais respondem bem quando acionados. Não há dificuldade em pular, escalar entre outras atividades.

Bugs: ao longo do jogo, ocorreu apenas um (o personagem nao se movia) em um dos capítulos.

Ambientaçao: O manicômio é uma arte à parte, os cenários são escuros e feitos de modo a aumentar a tensão do jogo. Os gráficos são adequados. A modelagem das personagens poderia ser um pouco melhor.

Edição de audío: de matar! A música foi construída para incrementar o aspecto de terror do jogo.

Linguagem: o jogo vem com legendas em português, como também todos os documentos e notas estão traduzidos para nossa língua. Ponto positivo, nunca entendi jogos lançados em idioma theco, polones, bulgaro, húngaro e turco e não em português, quando o mercado brasileiro é maior e vem crescendo nos ultimos anos.

Impressões:


Os pontos que me chamaram a atenção.

1. O jogo reproduziu a sensação de paralisia pelo medo. Realmente, a escuridão constante somada com a edição de som (aumento do batimento cardíaco, da respiração da personagem, música sombria entre outros), o movimento dos inimigos que nem sempre são previsiveis e a única defesa que você tem é esconder, produzem um efeito de imobilismo por diversas vezes.

2. Pessoalmente foi a primeira vez que eu não pensava no fim do jogo, mas em sair daquela espelunca de manicômio de qualquer jeito.

3. O jogo não apela, embora o cenário, por algumas vezes, esteva repleto de corpos demembrados e vísceras, não há cena “splatter” no jogo, ou seja você não vai ver corpos sendo eviscerados ou demembrados. E, isso demonstra mais uma qualidade do jogo, que não recorreu ao uso desnecessário deste tipo de abordagem.


Em síntese, Outlast é um jogo simplesmente sensacional, até agora o melhor jogo de terror que joguei, e entregou mais que eu esperava.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
91 de 96 pessoas (95%) acharam esta análise útil
13 pessoas acharam esta análise engraçada
Recomendado
6.8 horas registradas
Publicada: 26 de setembro de 2015
Que cenário melhor para um jogo de terror, que um Hospital Psiquiátrico? Talvez até exista. Mas todos sabem da velha fama assombrada dos hospícios, antigos manicômios, hoje extintos. Eu não sei se é mais tenso dormir em um cemitério ou em um hospício (Nem quero saber). Outlast é isso, um jogo de terror que simplesmente se passa em um "Hospital Psiquiátrico". E que personagem melhor do que um jornalista para interpretar 'O Curioso'? Que invade as instalações e acaba se fod... Se encontrando em uma situação complicada. Bom, aparentemente Outlast é basicamente isso. As janelas são inquebráveis e o jornalista não consegue escapar nem da recepção, e pouco a pouco você se aprofunda nas instalações e acaba descobrindo segredos que era melhor nunca ter sabido.

A história é bem interessante e vale a pena ler todos os documentos que encontrar pelo caminho. Vai esclarecer muita coisa sobre os fatos 'estranhos' que estão acontecendo. Mas se quer fazer uma corrida, fique a vontade. O jogo continuará sendo bom, só não tão bom quanto deveria ser.

Infelizmente você não dispõe de armas (o jornalista não consegue pegar uma faca para se defender), ou seja, você é obrigado a fugir de tudo e de todos. Até um louco qualquer com uma perna de mesa, é suficiente para te pôr para correr (e matar, claro). Então não tente ir de frente com inimigos, ou muito menos se garantir na corrida, você sempre terá que se esconder e esperar que os inimigos esqueçam que acabaram de ver alguém correndo e entrando naquela sala.
Uma das melhores coisas neste jogo são os sustos. Então imagine eu, que gosto de explorar tudo. Olhar detalhes, lugares pequenos, qualidade do visual... Sério, levei muito susto, cara... Puts.

As 'perseguições' se tornam cansativas. E acabam deixando o jogo chato em certos momentos. Primeiro, porque não assusta e nem aterroriza, e segundo é só correr e se esconder, correr e se esconder. Eu sei, é o jornalista que está correndo, mas isso se torna cansativo e repetitivo com o tempo.

Outlast é um ótimo jogo de terror, mas acredito que é possível fazer um jogo de terror e proporcionar uma forma de defesa para o jogador (Nosferatu). Para deixar o jogador desarmado é necessário um bom motivo, e neste jogo, não vi nenhum, ou seja, não me convenceu. Se os desenvolvedores acreditaram que desarmando o protagonista deixariam o jogo mais assustador, me desculpem, estavam cabritamente enganados. Tentem colocar um revolver com três balinhas, e aí sim o jogo vai se tornar absurdamente mais agradável.

Bom, aproveitem este jogo. Vale muito a pena. O considero uma forma de aquecimento para o Amnesia.
"and... Watch out for the Wallrider."

Outlast - 7/10
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Últimas análises
mvsx09
0.4 h
Publicada: 22 de setembro
Muito bom mesmo , não sou muito fã desse estilo de jogo , mas confesso que é bom e foi bem feito, se vc quer passar medo, vai passar, não queria terminar de jogar, mas zerei pq fiquei co pena do protagonista
pedrosiqueirarp
24.6 h
Publicada: 17 de setembro
sombrio
KOR.HIKI02
5.6 h
Publicada: 8 de setembro
Jogo MUITO BOM

Modo história exelente(principalmente se vc tiver a DLC)

Dá muito susto, mas é muito divertido
[ BRA ] QRA Flash #G.T.B 019
1.3 h
Publicada: 6 de setembro
Produto recebido de graça
Se você é fã de games de terror, Outlast é, sem dúvida, uma boa pedida. É um game que cria um ambiente de tensão gigantesco. É provável que, após você jogar durante alguns minutos, o seu corpo fique tremendo (mesmo após você fechar o jogo). Se passa num manicômio (parece clichê, mas nesse caso, não é). Outlast consegue ser um game que tem uma história que fecha corretamente, consegue assustar, consegue criar tensão, consegue te fazer tremer. Apesar de não ter zerado, recomendo e muito este game. A Red Barrels está de parabéns! O pouco que joguei foi suficiente para me fazer ficar com uma grande tensão.
b0Яn4y
18.7 h
Publicada: 5 de setembro
Fazia um tempão (fazia tempo, tempo, sabe o que é tempo ? entao, tempo mesmo) que não jogava um jogo tão assustador quanto Outlast. Comecei a jogar ele de noite, com um bom tempo de jogo eu parei e pensei comigo "Porque não combinar esse jogo tão amigável com os raios do sol ?", foi ai que comecei a jogar só a tarde mesmo, mais só por questão de...como é que diz...éhhh...então...pois éh...enfim.

Outlast é simplesmente uma mistura de ♥♥♥♥ que pariu + que desgraça foi essa que apareceu ali + Sai daki fdp + Vou infartei x Manhunt 2. Recomendo a compra, e recomendo mais ainda esperar para que ele esteja na promoção (Aparece diversas vezes promoção dele por 9 reais ou mais barato), digo isso não porque o jogo não vale os 39 reais, digo isso porque caso não tenha creditos nas steam e você queira comprar e ter que colocar creditos para efetuar a compra, ao inves de colocar os 39 reais na steam, voce invista antes em alguns acalmantes, porque você vai precisar!!!

∞/10