Uncover the mysteries behind the Templar Order! Steam Exclusive Edition includes bonus mission “The Arena”.
Análises de utilizadores:
No geral:
Praticamente positivas (417 análises) - 70% das 417 análises de utilizadores sobre este jogo são positivas.
Data de lançamento: 12 Mai, 2011

Inicia a sessão para adicionares este artigo à tua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo.

Idioma "Português (Portugal)" não disponível
Este produto não está disponível no teu idioma local. Verifica a lista de idiomas disponíveis antes de fazeres a compra.

Comprar The First Templar

 

Acerca deste jogo

The First Templar follows the story of two main characters – a French Templar, and his companion, a noble lady who has been proclaimed a heretic. Taking control over these two unlikely allies, the player must uncover the mysteries behind the Templar Order, play a role in a grand conspiracy, and discover the secret of the Holy Grail. The heroes face powerful opponents at every turn, including Sacracen, King Philip the IV of France and the Inquisition.

The First Templar features both single player and co-op modes. When playing solo, the player can switch between the two characters, leaving the control of the second hero to the game’s AI. At any moment a second player can join in and take control of the AI-controlled hero.

Key Features

  • Expansive Historical Game World: Return to the 13th century, where European culture is on the brink of collapse. 20 historically accurate locations from around Europe have been recreated for the player to explore
  • One player - Multiple Roles: Instantly swap between playable characters, focusing on the best skills for the job. Drop in/out cooperative online play allows a friend to help out!
  • Fast Paced Action-Based Play: Unlock furious combos to unleash upon waves of challenging opponents
  • RPG-inspired Character Development: Each character has unique abilities and skill trees, which players develop as they explore the game world

Requisitos do Sistema

    Mínimos:
    • Sistema Operativo: Windows 7/Vista/XP
    • Processador: 2 GHz Dual Core
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa gráfica: Direct 9.0c compatible graphics card with 256 MB
    • DirectX: Versão 9.0c
    • Espaço no disco: Requer 5 GB de espaço livre
Análises de clientes
Sistema de análises de utilizadores atualizado! Fica a saber mais
No geral:
Praticamente positivas (417 análises)
Publicadas recentemente
daniel
13.2 hrs
Publicada: 1 de Janeiro de 2015
the game does indeed deserve a 4/10
the idea is awesome, but the overall thing isnt.
looks like a game from 2004.

thing is the game might not be anything amazing
but for me one of the overall things a game has to do is make us have fun
and i am having alot of fun with this one, im even trying to find all treasures and unlock all outfits
theres also a really huge skill three (that could have more combos) and has a good story
and some of the locations look really good!

you have easly 8-10h story in this game, and thats more than most games give now :/
the overall game dosent look like a 2011 game
and im fine with it.
Mabecko
15.3 hrs
Publicada: 27 de Novembro de 2014
Este jogo não dá nada nas vistas, mas é giro. Não é nada de extraordinário, mas é engraçado. Não é o Assassin’s Creed, mas também é um jogo, e isso tem de contar para alguma coisa.

Gráficos jeitosos, framerate consistentemente boa, história interessante, longevidade ideal, tem uma série de ingredientes que o tornam uma boa forma de passar umas horas. E se não estiverem à espera de uma super obra-prima, hão-de conseguir apreciá-lo pelas qualidades e também olhar para os defeitos e dizer “oh, tão fofinhos”.

A jogabilidade é a de um típico TEMPLAR (Third-person Ecclesiastical Men Possessing Lovely Ancient Robes), tem acção na terceira pessoa com algum combate (com pouca profundidade), exploração e objectivos secundários... Encontrar arcas, desbloquear novas armas e habilidades e FATOS é fixe e é uma boa forma de fazer variar a actividade.

As animações e os controlos são coisas estranhas ao princípio, mas depois de entrar o hábito não levanta queixas. Se tiverem um comando Xbox360 é uma maravilha. Sente-se a falta do “dodge” e do salto, mas é por uma questão de realismo: aquela manobra defensiva só foi descoberta por Alexander Dodge em 1780, e toda a gente sabe que os Templários tinham de fazer um voto de nãosaltismo.

Tem a possibilidade de ser um jogo co-op, mas gostei muito da minha experiência em single-player co-op. Podemos alternar instantaneamente entre duas personagens e dar ordens ao boneco que estiver a ser controlado pela IA, como “Segue-me”, “Fica aqui” ou “Mata aquela criança”. Isto é extraordinariamente útil em várias circunstâncias. Para a exploração, por exemplo, é “este gajo fica aqui que eu vou ver onde isto vai dar e depois em vez de voltar o caminho todo para trás, simplesmente troco de personagem e voilá”. Para o combate, se o nosso personagem cai ao chão ou faz um finisher demorado, é trocar para o outro e maximizar a eficiência da pancadaria. Isto não é menos do que espectacular!

Recomendo porque tem uma história engraçada num ambiente interessante, e porque os defeitos que tem não incomodam quem quiser pegar neste jogo de boa fé para se divertir um bocado…
linkinhost
0.2 hrs
Publicada: 21 de Setembro de 2014
Um Jogo bem estruturado, com boa jogabilidade, um historia estilo da idade das trevas, rico em detalhes de cenario, com uma excelente jobabiliade, vale a pena comprar!
Análises mais úteis  No geral
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
Recomendado
15.3 hrs em registo
Publicada: 27 de Novembro de 2014
Este jogo não dá nada nas vistas, mas é giro. Não é nada de extraordinário, mas é engraçado. Não é o Assassin’s Creed, mas também é um jogo, e isso tem de contar para alguma coisa.

Gráficos jeitosos, framerate consistentemente boa, história interessante, longevidade ideal, tem uma série de ingredientes que o tornam uma boa forma de passar umas horas. E se não estiverem à espera de uma super obra-prima, hão-de conseguir apreciá-lo pelas qualidades e também olhar para os defeitos e dizer “oh, tão fofinhos”.

A jogabilidade é a de um típico TEMPLAR (Third-person Ecclesiastical Men Possessing Lovely Ancient Robes), tem acção na terceira pessoa com algum combate (com pouca profundidade), exploração e objectivos secundários... Encontrar arcas, desbloquear novas armas e habilidades e FATOS é fixe e é uma boa forma de fazer variar a actividade.

As animações e os controlos são coisas estranhas ao princípio, mas depois de entrar o hábito não levanta queixas. Se tiverem um comando Xbox360 é uma maravilha. Sente-se a falta do “dodge” e do salto, mas é por uma questão de realismo: aquela manobra defensiva só foi descoberta por Alexander Dodge em 1780, e toda a gente sabe que os Templários tinham de fazer um voto de nãosaltismo.

Tem a possibilidade de ser um jogo co-op, mas gostei muito da minha experiência em single-player co-op. Podemos alternar instantaneamente entre duas personagens e dar ordens ao boneco que estiver a ser controlado pela IA, como “Segue-me”, “Fica aqui” ou “Mata aquela criança”. Isto é extraordinariamente útil em várias circunstâncias. Para a exploração, por exemplo, é “este gajo fica aqui que eu vou ver onde isto vai dar e depois em vez de voltar o caminho todo para trás, simplesmente troco de personagem e voilá”. Para o combate, se o nosso personagem cai ao chão ou faz um finisher demorado, é trocar para o outro e maximizar a eficiência da pancadaria. Isto não é menos do que espectacular!

Recomendo porque tem uma história engraçada num ambiente interessante, e porque os defeitos que tem não incomodam quem quiser pegar neste jogo de boa fé para se divertir um bocado…
Achaste esta análise útil? Sim Não Engraçada
3 de 3 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
0.2 hrs em registo
Publicada: 21 de Setembro de 2014
Um Jogo bem estruturado, com boa jogabilidade, um historia estilo da idade das trevas, rico em detalhes de cenario, com uma excelente jobabiliade, vale a pena comprar!
Achaste esta análise útil? Sim Não Engraçada
Recomendado
13.2 hrs em registo
Publicada: 1 de Janeiro de 2015
the game does indeed deserve a 4/10
the idea is awesome, but the overall thing isnt.
looks like a game from 2004.

thing is the game might not be anything amazing
but for me one of the overall things a game has to do is make us have fun
and i am having alot of fun with this one, im even trying to find all treasures and unlock all outfits
theres also a really huge skill three (that could have more combos) and has a good story
and some of the locations look really good!

you have easly 8-10h story in this game, and thats more than most games give now :/
the overall game dosent look like a 2011 game
and im fine with it.
Achaste esta análise útil? Sim Não Engraçada