1933 will go down in the history books as the year America passed the 21st Amendment to the Constitution. Prohibition is over. To the delight of millions, alcohol can now flow freely across the thirsty land. Two days before the official announcement, bars and clubs across the land are stocking up on quality whiskey.
Análises de usuários:
Todas:
Neutras (203 análises) - 56% das 203 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 26/jan/2012

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Indisponível em Português (Brasil)
Este produto não está disponível no seu idioma. Confira a lista de idiomas oferecidos antes de comprar.

Comprar Jack Orlando: Director's Cut

 

Sobre este jogo

1933 will go down in the history books as the year America passed the 21st Amendment to the Constitution. Prohibition is over. To the delight of millions, alcohol can now flow freely across the thirsty land. Two days before the official announcement, bars and clubs across the land are stocking up on quality whiskey. This is the absorbing story of a scruffy but shrewd private investigator who becomes the prime suspect in a mysterious murder case through no fault of his own. Jack now has only 48 hours to slip the noose and find the real offender. The sands of time are rapidly running out for Jack – he must unravel the threads of the mysterious plot in which he finds himself – a race against time!

You, my friend, are the main suspect in a murder case! You’ve been given a chance to prove your innocence, so you better get your Sherlock Holmes act together – fast! In the character of JACK ORLANDO - the down-at-heel detective who’s never at a loss for words – you’ll come across cunning characters, garrulous gangsters, endless enigmas and tense situations throughout this fantastic comic-style adventure. There are 4 entire episodes containing over 200 action-packed scenes in dark alleys, fine saloons and seedy brothels – and the actors are a multitude of tough and sly underworld characters. You’ll have to keep your eyes wide open for clues, no matter where you are... only by putting two and two together will you reach your objective.

The Director's Cut Version of the game offers six new scenes, normal and easy game mode as well as a lot of additional puzzles.

FEATURES

  • Hand-drawn animated 2D graphics adventure
  • Professionally synchronized voices
  • Smooth scrolling and light sourcing
  • Over 200 Scenes in 4 episodes
  • Nearly 100 characters and thousands of dialog lines
  • Playable in window and in full screen mode
  • 2 difficulty modes: Easy and Normal
  • Musical Score in 5.1 composed by Grammy Award Winner Harold Faltermeyer

Requisitos de sistema

Windows
Mac OS X
    Mínimos:
    • SO: Windows XP, Vista, 7 or 8
    • Processador: Intel or AMD Singlecore CPU
    • Memória: 1 GB de RAM
    • Placa de vídeo: any Windows compatible GA
    • DirectX: Versão 9.0
    • Armazenamento: 700 MB de espaço disponível
    • Placa de som: Windows Compatible Sound Card
    • Outras observações: Mouse, Keyboard
    Recomendados:
    • SO: Windows XP, Vista, 7 or 8
    • Processador: Intel or AMD Singlecore CPU
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa de vídeo: nVidia GeForce, or ATI/AMD Radeon
    • DirectX: Versão 9.0c
    • Armazenamento: 700 MB de espaço disponível
    • Placa de som: Windows Compatible Sound Card
    • Outras observações: Mouse, Keyboard
    Mínimos:
    • SO: OS X 10.6.8
    • Processador: Intel Core 2 Duo
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa de vídeo: 64MB VRAM
    • Armazenamento: 1 GB de espaço disponível
    • Placa de som: Soundcard with 5.1 Support
    • Outras observações: Apple Mouse
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Todas:
Neutras (203 análises)
Últimas análises
Alan Nicolas
( 0.2 horas registradas )
Publicada: 23 de junho
Muito ruim o gráfico e jogabilidade, chegou a dar erro e sair do jogo com menos de 15 minutos de jogo
nANDo
( 23.6 horas registradas )
Publicada: 17 de abril de 2015
Jack Orlando: Director's Cut é um bom jogo antigo de aventura: o cenário, enredo e os personagens são como nos velhos filmes noir, então se você gosta desse tipo de filmes - como eu - você provavelmente vai adorar o jogo.

No entanto, o jogo falha em outros aspectos: o personagem principal não é lá muito agradável, a dublagem é péssima, alguns quebra-cabeças não fazem o menor sentido e você pega muitos objetos inúteis quê não precisa usar. Então, resumindo o jogo é bom, mas não está no mesmo nível dos jogos da LucasArts.
O Trovador
( 20.5 horas registradas )
Publicada: 3 de março de 2014
Jogo clássico, sobre uma era clássica.

Jack Orlando é um detetive particular que fez fama durante a era da proibição americana (quando era proibida a venda de álcool - tempos os quais Al Capone agiu). Agora a proibição acabou e igualmente foi-se ralo abaixo os anos dourados de Jack Orlando, que agora passa a vida bebendo.

Contudo o detetive, após uma noite de bebedeira, presencia um assassinato. A única testeminha e o único suspeito é justamente ele. Em nome dos velhos tempos Jack Orlando tem 48 horas para provar sua inocência, contudo, à medida que vai se aprofundando em suas investigações ele vê funcionar uma grande teia de corrupção.

Uma história digna de um filme noir, uma trilha-sonora de igual competência, um humor sarcástico bastante incisivo e um final clichê-hollywoodiano este jogo faz juz ao seu subtítulo: Uma Aventura Cinemática. Possui uma arte-gráfica que jamais ficará ultrapassada, pois é completamente desenhado. Os quebra-cabeças realmente botam a gente para pensar e é repleto de "ruas sem saídas" (o que demanda do jogador salvar o jogo infinitas vezes), contudo, para aqueles que como eu são jogadores casuais, o jogo possui também uma versão mais fácil.

Só para listar algumas coisas ligeiramente ruins:
Pude notar uma falha de dublagem,
Sendo um adventure point-and-click, demanda bastante da leitura ele carece legendas em mais línguas (tem apenas inglês e alemão),
Não tem configuração de vídeo em wide-screen, apenas full-screen,
E, como disse antes, o final parece um final dum típico filme holliwoodiano (o que na verdade não chega a ser ruim, pois contribui para o estilo cinemático do jogo).

Fora essas coisas, o jogo é excepcional.
Análises mais úteis  No geral
6 de 9 pessoas (67%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
Recomendado
20.5 horas registradas
Publicada: 3 de março de 2014
Jogo clássico, sobre uma era clássica.

Jack Orlando é um detetive particular que fez fama durante a era da proibição americana (quando era proibida a venda de álcool - tempos os quais Al Capone agiu). Agora a proibição acabou e igualmente foi-se ralo abaixo os anos dourados de Jack Orlando, que agora passa a vida bebendo.

Contudo o detetive, após uma noite de bebedeira, presencia um assassinato. A única testeminha e o único suspeito é justamente ele. Em nome dos velhos tempos Jack Orlando tem 48 horas para provar sua inocência, contudo, à medida que vai se aprofundando em suas investigações ele vê funcionar uma grande teia de corrupção.

Uma história digna de um filme noir, uma trilha-sonora de igual competência, um humor sarcástico bastante incisivo e um final clichê-hollywoodiano este jogo faz juz ao seu subtítulo: Uma Aventura Cinemática. Possui uma arte-gráfica que jamais ficará ultrapassada, pois é completamente desenhado. Os quebra-cabeças realmente botam a gente para pensar e é repleto de "ruas sem saídas" (o que demanda do jogador salvar o jogo infinitas vezes), contudo, para aqueles que como eu são jogadores casuais, o jogo possui também uma versão mais fácil.

Só para listar algumas coisas ligeiramente ruins:
Pude notar uma falha de dublagem,
Sendo um adventure point-and-click, demanda bastante da leitura ele carece legendas em mais línguas (tem apenas inglês e alemão),
Não tem configuração de vídeo em wide-screen, apenas full-screen,
E, como disse antes, o final parece um final dum típico filme holliwoodiano (o que na verdade não chega a ser ruim, pois contribui para o estilo cinemático do jogo).

Fora essas coisas, o jogo é excepcional.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Recomendado
23.6 horas registradas
Publicada: 17 de abril de 2015
Jack Orlando: Director's Cut é um bom jogo antigo de aventura: o cenário, enredo e os personagens são como nos velhos filmes noir, então se você gosta desse tipo de filmes - como eu - você provavelmente vai adorar o jogo.

No entanto, o jogo falha em outros aspectos: o personagem principal não é lá muito agradável, a dublagem é péssima, alguns quebra-cabeças não fazem o menor sentido e você pega muitos objetos inúteis quê não precisa usar. Então, resumindo o jogo é bom, mas não está no mesmo nível dos jogos da LucasArts.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Não recomendado
0.2 horas registradas
Publicada: 23 de junho
Muito ruim o gráfico e jogabilidade, chegou a dar erro e sair do jogo com menos de 15 minutos de jogo
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada