Julian Luxemburg has prepared a dinner for two at his place – but things go awry when the date does not show up and he is left waiting at his dinner table, the clock’s ticking growing unbearably loud. „Dinner Date” is the character portrait of Julian: by becoming his subconsciousness you gain a clear vantage point on the worries which...
Análises de usuários:
Todas:
Neutras (736 análises) - 55% das 736 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 1/mar/2011

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Indisponível em Português (Brasil)
Este produto não está disponível no seu idioma. Confira a lista de idiomas oferecidos antes de comprar.

Comprar Dinner Date

 

Sobre este jogo

Julian Luxemburg has prepared a dinner for two at his place – but things go awry when the date does not show up and he is left waiting at his dinner table, the clock’s ticking growing unbearably loud.

„Dinner Date” is the character portrait of Julian: by becoming his subconsciousness you gain a clear vantage point on the worries which take a hold of him. As the wait for the beautiful girl grows longer it becomes evident that Julian’s real problems may not even begin originate the girl: what of his work and his boss? And what of the headhunter, his fascination with Byron and his friendship with Jerry who, all things considered, was ultimately the person who pushed Julian to go on this date?

You are not merely listening – in the unprecedented role as his subconsciousness you tap the table, look at the clock and, as Julian bares more of his mind, reluctantly start to eat, your actions resonating with Julian’s thoughts to form an absolutely singular form of intimacy.

In this manner you will experience „Dinner Date”: with some glasses of wine, some bread, some soup - and with a clock which slowly mocks the constant wait for when she comes, this elusive girl who will solve everything.

Key features:

  • Julian’s story lasts a fully voiced 25 minutes and is told through various unique animations, set in a real-time 3d environment with the unique interface of playing as a subconsciousness, the first of its kind.
  • The game is complimented by an original score, written by Than van Nispen tot Pannerden.
  • At the Independent Game Festival 2011, „Dinner Date” has been nominated for the Nuovo award, an award which ‘honors abstract, shortform, and unconventional game development which advances the medium and the way we think about games.’

Requisitos de sistema

    • OS: Windows® XP/Vista/7
    • Processor: 1.6 Ghz
    • Memory: 1 GB RAM
    • Graphics: DirectX® 9 compatible video card
    • DirectX®: 9.0c
    • Hard Drive: 256 MB
    • Sound: OpenAL compatible sound card
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Todas:
Neutras (736 análises)
Últimas análises
Witch ☾
1.4 horas registradas
Publicada: 30 de junho de 2015
Você simplesmente só fica esperando a garota que nunca aparece. Mas pelo menos você pode ficar bêbado. *-*

Não compre se você espera um jogo que demore mais de 30 minutos.
Trowzin
0.5 horas registradas
Publicada: 24 de maio de 2015
Sério, o jogo dura 15 minutos... Esperava pelo menos uma história mais elaborada...
O Trovador
0.6 horas registradas
Publicada: 27 de setembro de 2014
A idéia é boa. Mas somente a idéia, pois a execução é uma porcaria.

Achei realmente muito bacana esse lance de controlar as reações do personagem, em ser o subconciente dele, no entanto a história é ruim pra caramba: você controla as reações de um cara que levou um bolo num jantar à dois e é obrigado a ouvir ele se lamentar e formular idéia sobre o motivo pelo qual levou o bolo.

Sinceramente... Já me cançam os ouvidos ter que ouvir os lamentos de dor-de-cotovelo das pessoas ao redor... ter que aturar "choramingos" em um jogo eletrônico é não dá. Talvez fosse melhor se o jogo fosse mais poético (seilá), mas na verdade é só "sofrença" o tempo inteiro.

Costumo gostar bastante de jogos artítiscos, mas este não vale a pena.
Binho Silva
0.5 horas registradas
Publicada: 2 de setembro de 2014
._.
Veringüi
0.4 horas registradas
Publicada: 27 de abril de 2014
Não gaste seu dinheiro!!!
Ticiana A.
0.3 horas registradas
Publicada: 1 de janeiro de 2014
Muito legal.
Análises mais úteis  No geral
1 de 3 pessoas (33%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
Recomendado
1.4 horas registradas
Publicada: 30 de junho de 2015
Você simplesmente só fica esperando a garota que nunca aparece. Mas pelo menos você pode ficar bêbado. *-*

Não compre se você espera um jogo que demore mais de 30 minutos.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 5 pessoas (20%) acharam esta análise útil
Recomendado
0.3 horas registradas
Publicada: 1 de janeiro de 2014
Muito legal.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Não recomendado
0.4 horas registradas
Publicada: 27 de abril de 2014
Não gaste seu dinheiro!!!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Não recomendado
0.5 horas registradas
Publicada: 2 de setembro de 2014
._.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Não recomendado
0.6 horas registradas
Publicada: 27 de setembro de 2014
A idéia é boa. Mas somente a idéia, pois a execução é uma porcaria.

Achei realmente muito bacana esse lance de controlar as reações do personagem, em ser o subconciente dele, no entanto a história é ruim pra caramba: você controla as reações de um cara que levou um bolo num jantar à dois e é obrigado a ouvir ele se lamentar e formular idéia sobre o motivo pelo qual levou o bolo.

Sinceramente... Já me cançam os ouvidos ter que ouvir os lamentos de dor-de-cotovelo das pessoas ao redor... ter que aturar "choramingos" em um jogo eletrônico é não dá. Talvez fosse melhor se o jogo fosse mais poético (seilá), mas na verdade é só "sofrença" o tempo inteiro.

Costumo gostar bastante de jogos artítiscos, mas este não vale a pena.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Não recomendado
0.5 horas registradas
Publicada: 24 de maio de 2015
Sério, o jogo dura 15 minutos... Esperava pelo menos uma história mais elaborada...
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada