First of the three titles in the Gundemonium Collection, this pixel-style side-scroller brings the intensity of the 'bullet hell' shooter genre to Steam. Choose one of two playable characters, including an unlockable third character! Modify character weaponry to your liking!
Análises de usuários:
Todas:
Muito positivas (114 análises) - 94% das 114 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 27/set/2011

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Indisponível em Português (Brasil)
Este produto não está disponível no seu idioma. Confira a lista de idiomas oferecidos antes de comprar.

Comprar Gundemonium Recollection

Pacotes que incluem este jogo

Comprar Gundemonium Collection

Inclui 3 itens: GundeadliGne, Gundemonium Recollection, Hitogata Happa

 

Sobre este jogo

First of the three titles in the Gundemonium Collection, this pixel-style side-scroller brings the intensity of the 'bullet hell' shooter genre to Steam. Choose one of two playable characters, including an unlockable third character! Modify character weaponry to your liking! Dominate 5 levels of frenetic gameplay while being bombarded with high-impact weaponry. Each level culminates with a challenging boss to defeat. Three game play modes will keep the non-stop action going! Experience a new level of game-play: Enjoy Gundemonium Recollection while listening to a brand-new arranged soundtrack.

Key features:

  • 5 levels of intense bullet-flying action
  • Sweet Old school retro anime-style art
  • Two playable characters to choose from and a third you can unlock
  • Story, Practice and Mission modes to take your shooting skills to the max
  • 32 Steam achievements
  • Full online leaderboards
  • New arranged soundtrack by DM Ashura

Requisitos de sistema

    • Operating system: Windows® XP, Vista, or Windows 7
    • Processor: Intel® 1 GHz Processor (Recommended: 2 GHz)
    • Memory: 256 MB RAM (Recommended: 512 MB RAM)
    • Hard disk space: 500MB
    • Video: DirectX® 9 level Graphics Card
    • Sound: DirectSound-compatible Sound Card
    • DirectX®: DirectX 9 or above
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Todas:
Muito positivas (114 análises)
Últimas análises
noventikus
1.5 hrs
Publicada: 16 de agosto
Não sei se é a música, se são os gráficos ou a jogabilidade MAS jogos assim levam minha nostalgia nas alturas. SNES, tardes passadas nos fliperamas... ai ai... Segue abaixo a review que fiz do outro jogo da trilogia que se aplica a esse também:

"Wooooooooooooowwwwwwww!!!! WTF!!! Já me arrependi de ter comprado essa trilogia na promoção da Steam. Mesmo que os outros dois jogos sejam muito ruins, só por esse, já merece ser comprado pelo preço cheio. Jogo insano! Quando alguém perguntar "o que é Bullet Hell?" vou responder: "Joga Gundeadligne que tu vai descobrir." Lembra Crimzon Clover, outro jogaço parecido com esse aqui, mas pra mim, esse é melhor pelo fator OTAKU/ANIME me atrair mais. Obrigado aos responsáveis por trazerem esse jogaço pra Steam. <3 <3 <3 <3 <3"

Agora é jogar o último da trilogia. :-)
Omaru THUNDEEEEER
3.5 hrs
Publicada: 5 de janeiro
Resuminho do que eu acho ó:

Esse shot'em up é um jogo que vale a pena pra caramba pra quem adora o gênero ( eu meio que me considero um mesmo não tendo jogado taaantos assim). Tem belos gráficos, uma trilha sonora muito boa e que combina bem com cada fase, danmakus muito bons, váriação na escolha de personagens... é, um dos meus favoritos, sem duvida.

O que ta em baixo daqui é mais completinho, ó:

Esse é o primeiro jogo da série. Ele é um shot'em up em estilo horizontal (se é que é assim que se fala) relativamente desafiador e até variado. As combinações dos ataques de vários e vários inimigos são muito boas e é uma das coisas que mais me agrada. Eu gosto tanto dos estilos de tiros que acabo prestando atenção mais neles do que na minha personagem,e acabo morrendo. Com isso ganho ódio do jogo, mas como eu sei que é por puro autismo meu, acabo voltando a jogar e tentando várias e várias vezes de novo, até conseguir.

Uma das coisas que acho interessante nesse tipo de jogo é como que ele fica te deixando cada vez mais ♥♥♥♥ mas te da mais vontade de querer ♥♥♥♥♥ tudo. Ai tu vai aprendendo cada vez mais os padrões, como o jogo funciona, como jogar melhor e que na verdade é muito melhor você ser paciente. Bem, isso não rola muito com o terceiro jogo dessa linhagem, mas como o foco é o primeiro no momento, vamos deixar isso pra depois.

Nesse jogo, nós temos duas opções de personagens. Uma delas é a Eryth. Eu considero ela a personagem "fácil" de se jogar aqui, mesmo que o estilo de tiro dela seja em linha reta, que ela seja mais fraca e blabla. Por quê eu a considero melhor?
Hm...
Eu...só zerei o jogo com ela...
ER

Agora vamos falar de uma mecânica interessante nesse jogo, a MANA.

Mana é uma das coisas mais importantes do jogo aqui, pois é com ela que você vai conseguir usar seus poderes especiais. Como nós estamos falando da Eryth, vamos nos focar no que ela faz. O poder de mana dela é lançar um negócio giratório, que quando da um hit no inimigo, ele faz com que o tempo fique mais lento. Isso é absurdamente útil em bosses, pois deixa o Danmaku dele mais fácil de passar. Claro, por ser tão útil, você tem que gastar 33 de mana pra poder lançar um.

Pra encher a mana, é necessário que você pegue essas gemas verdes, que são dropadas ao destruir inimigos ou projéteis. (São os que parecem ter uma forma física) Ela também pode se encher se você usar as suas bombs, que é algo já comum e todo mundo sabe como funciona, né.

Se não me engano, só há uma técnica de mana que não para o tempo de alguma forma, o resto sempre faz isso dando um hit, exceto a Mana número quatro da Earl Types, que é quem vou falar agora porque ela é bastante variada.

Já vou começar falando que ela é super recomendável de jogar primeiro, pois ela é a mais fácil de verdade do jogo. Sua variação é algo que me chamou muito a atenção, e eu gostei mais porque tem a opção de "custom" onde você pode escolher cada técnica e fazer seu próprio combo.

Pelo o que eu testei todos os tipos de projéteis dela são letais da sua própria maneira. O número um tem um alcance muito bom. Tanto que, se tu ficar no canto esquerdo da tela, tu pode matar vários bichos fracos com facilidade. Seu poder de mana é parar o tempo (na verdade deixa mais lento), e quando ela o faz, o poder de fogo dela aumenta. O dano que é possível causar eu achei meio absurdo, mas considerando que ficar perto de um boss mais lá pro final pra acertar todos os projéteis não é tão fácil, então eu até aceito. Ah, a bomb dela lança uma CHUVA DA DESTRUIÇÃO EM MASSA.

O segundo é o drill, que são duas pistolas rápidas e que dão um bom dano também. Seu mana faz aparecer uns bonecos que atiram beeem rápido também. Ah, enquanto eles acertam algum inimigo, elas deixam o tempo mais lento,também. A bomb dela é fazer um círculo de macumba que causa um bom dano.

O terceiro é um feixe de luz que parece meio meh, mas quando se usa tu vê que ele é bem bom. Sua mana é um super raio laser. A bomb faz aparecer um dragão que persegue os inimigos até os destruir. Se ele destruir pouco,ele vai ficar girando no local do destruído até aparecer algum novo.

O quarto é um... photon, que é uma arma que da um tiro e mata os bichos normais com um projétil só. Quando é um bicho mais forte, ela começa a dar vários tiros bem mais rápido. Sua mana é o contact, que provavelmente funciona só quando tu ta perto do inimigo (não testei, q) e a bomb é o Napalm, que parece mais um ataque de luz do que qualquer coisa.

Ah,sim, eu ainda não falei da história...
Bom...
Eu não ligo pra história de shot'em ups (exceto touhou) então vai ser algo meio ignorado aqui.

Falando na história, as "cutscenes" no jogo eu considero meio que...feias.
Não me leve a mal, não que isso seja lá ruim. Tanto que tu pode simplesmente ignorar apertando Z, mas eu até acho isso meio que um problema, pelo menos pra quem ta interessado. Tipo, a forma que cada linha aparece é LEEEENTAAAA! E o pior é que tu não pode acelerar. Se tu apertar Z, vai pular toda a história que ta sendo contada ai ( ou explicação do que ta rolando, chame como quiser).

Enfim, tem mais alguma coisa faltando?
Hm...
Oh, os bosses.

Isso é algo que parcialmente me incomoda e ao mesmo tempo é agradável (?). Os bosses desse jogo são todas garotas, e todas tem... peitos. É, todas tem um corpo melhor que a de ambas as protagonistas. Sem contar que na terceira fase (Azure Sea) aparecem meninas com a parte de baixo nuas enquanto empinam a bunda e atiram vários projéteis pra te matar...

Er...ok?

Isso que é a parte que mais deixa o jogo meio estranho. Porque você ta lá, matando umas abóboras do mal que atiram coisas (ok) e fantasmas azuis que também atiram coisas (ok) e até pinguins voadores que atiram ao seu redor e criam barreias (ok) e depois do nada chega umas mina dessa. Se bem que até ai é até meio que normal. Imagina a sequência, onde tu enfrenta um tipo de sucubbus nua lá.

Agora, imagina se essas garotas lutassem contra essas outras pelo simples fato de elas serem mais gostosas? Não é um tipo de história tão inimaginável, principalmente vindo do japão, né?


Pontos Positivos

As músicas são muito boas
Os danmakus são bem feitos e desafiadores ( chegando a serem belos de vez em quando )
É variado
Os sprites são muito lindos e bem feitos
TEM GOST-
O final boss tem um estágio só pra ele, em que você o enfrenta direto. (Não sei se isso é LÁ realmente algo importante, mas vou botar aqui como algo positivo por ocasião)

Pontos Negativos

A arte fora do gampelay algumas vezes é um pouco feia
EU ODEIO O QUARTO BOSS E nem mato

Nota: 8

A análise deve estar meio bostinha, mas até eu me acostumar a fazer esse tipo de coisa vai DEMORAAAR
fagnerkof
2.5 hrs
Publicada: 27 de dezembro de 2013
Touhou horizontal, maravilha xD
Análises mais úteis  Nos últimos 30 dias
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
1.5 horas registradas
Publicada: 16 de agosto
Não sei se é a música, se são os gráficos ou a jogabilidade MAS jogos assim levam minha nostalgia nas alturas. SNES, tardes passadas nos fliperamas... ai ai... Segue abaixo a review que fiz do outro jogo da trilogia que se aplica a esse também:

"Wooooooooooooowwwwwwww!!!! WTF!!! Já me arrependi de ter comprado essa trilogia na promoção da Steam. Mesmo que os outros dois jogos sejam muito ruins, só por esse, já merece ser comprado pelo preço cheio. Jogo insano! Quando alguém perguntar "o que é Bullet Hell?" vou responder: "Joga Gundeadligne que tu vai descobrir." Lembra Crimzon Clover, outro jogaço parecido com esse aqui, mas pra mim, esse é melhor pelo fator OTAKU/ANIME me atrair mais. Obrigado aos responsáveis por trazerem esse jogaço pra Steam. <3 <3 <3 <3 <3"

Agora é jogar o último da trilogia. :-)
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Análises mais úteis  No geral
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
2.5 horas registradas
Publicada: 27 de dezembro de 2013
Touhou horizontal, maravilha xD
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
3.5 horas registradas
Publicada: 5 de janeiro
Resuminho do que eu acho ó:

Esse shot'em up é um jogo que vale a pena pra caramba pra quem adora o gênero ( eu meio que me considero um mesmo não tendo jogado taaantos assim). Tem belos gráficos, uma trilha sonora muito boa e que combina bem com cada fase, danmakus muito bons, váriação na escolha de personagens... é, um dos meus favoritos, sem duvida.

O que ta em baixo daqui é mais completinho, ó:

Esse é o primeiro jogo da série. Ele é um shot'em up em estilo horizontal (se é que é assim que se fala) relativamente desafiador e até variado. As combinações dos ataques de vários e vários inimigos são muito boas e é uma das coisas que mais me agrada. Eu gosto tanto dos estilos de tiros que acabo prestando atenção mais neles do que na minha personagem,e acabo morrendo. Com isso ganho ódio do jogo, mas como eu sei que é por puro autismo meu, acabo voltando a jogar e tentando várias e várias vezes de novo, até conseguir.

Uma das coisas que acho interessante nesse tipo de jogo é como que ele fica te deixando cada vez mais ♥♥♥♥ mas te da mais vontade de querer ♥♥♥♥♥ tudo. Ai tu vai aprendendo cada vez mais os padrões, como o jogo funciona, como jogar melhor e que na verdade é muito melhor você ser paciente. Bem, isso não rola muito com o terceiro jogo dessa linhagem, mas como o foco é o primeiro no momento, vamos deixar isso pra depois.

Nesse jogo, nós temos duas opções de personagens. Uma delas é a Eryth. Eu considero ela a personagem "fácil" de se jogar aqui, mesmo que o estilo de tiro dela seja em linha reta, que ela seja mais fraca e blabla. Por quê eu a considero melhor?
Hm...
Eu...só zerei o jogo com ela...
ER

Agora vamos falar de uma mecânica interessante nesse jogo, a MANA.

Mana é uma das coisas mais importantes do jogo aqui, pois é com ela que você vai conseguir usar seus poderes especiais. Como nós estamos falando da Eryth, vamos nos focar no que ela faz. O poder de mana dela é lançar um negócio giratório, que quando da um hit no inimigo, ele faz com que o tempo fique mais lento. Isso é absurdamente útil em bosses, pois deixa o Danmaku dele mais fácil de passar. Claro, por ser tão útil, você tem que gastar 33 de mana pra poder lançar um.

Pra encher a mana, é necessário que você pegue essas gemas verdes, que são dropadas ao destruir inimigos ou projéteis. (São os que parecem ter uma forma física) Ela também pode se encher se você usar as suas bombs, que é algo já comum e todo mundo sabe como funciona, né.

Se não me engano, só há uma técnica de mana que não para o tempo de alguma forma, o resto sempre faz isso dando um hit, exceto a Mana número quatro da Earl Types, que é quem vou falar agora porque ela é bastante variada.

Já vou começar falando que ela é super recomendável de jogar primeiro, pois ela é a mais fácil de verdade do jogo. Sua variação é algo que me chamou muito a atenção, e eu gostei mais porque tem a opção de "custom" onde você pode escolher cada técnica e fazer seu próprio combo.

Pelo o que eu testei todos os tipos de projéteis dela são letais da sua própria maneira. O número um tem um alcance muito bom. Tanto que, se tu ficar no canto esquerdo da tela, tu pode matar vários bichos fracos com facilidade. Seu poder de mana é parar o tempo (na verdade deixa mais lento), e quando ela o faz, o poder de fogo dela aumenta. O dano que é possível causar eu achei meio absurdo, mas considerando que ficar perto de um boss mais lá pro final pra acertar todos os projéteis não é tão fácil, então eu até aceito. Ah, a bomb dela lança uma CHUVA DA DESTRUIÇÃO EM MASSA.

O segundo é o drill, que são duas pistolas rápidas e que dão um bom dano também. Seu mana faz aparecer uns bonecos que atiram beeem rápido também. Ah, enquanto eles acertam algum inimigo, elas deixam o tempo mais lento,também. A bomb dela é fazer um círculo de macumba que causa um bom dano.

O terceiro é um feixe de luz que parece meio meh, mas quando se usa tu vê que ele é bem bom. Sua mana é um super raio laser. A bomb faz aparecer um dragão que persegue os inimigos até os destruir. Se ele destruir pouco,ele vai ficar girando no local do destruído até aparecer algum novo.

O quarto é um... photon, que é uma arma que da um tiro e mata os bichos normais com um projétil só. Quando é um bicho mais forte, ela começa a dar vários tiros bem mais rápido. Sua mana é o contact, que provavelmente funciona só quando tu ta perto do inimigo (não testei, q) e a bomb é o Napalm, que parece mais um ataque de luz do que qualquer coisa.

Ah,sim, eu ainda não falei da história...
Bom...
Eu não ligo pra história de shot'em ups (exceto touhou) então vai ser algo meio ignorado aqui.

Falando na história, as "cutscenes" no jogo eu considero meio que...feias.
Não me leve a mal, não que isso seja lá ruim. Tanto que tu pode simplesmente ignorar apertando Z, mas eu até acho isso meio que um problema, pelo menos pra quem ta interessado. Tipo, a forma que cada linha aparece é LEEEENTAAAA! E o pior é que tu não pode acelerar. Se tu apertar Z, vai pular toda a história que ta sendo contada ai ( ou explicação do que ta rolando, chame como quiser).

Enfim, tem mais alguma coisa faltando?
Hm...
Oh, os bosses.

Isso é algo que parcialmente me incomoda e ao mesmo tempo é agradável (?). Os bosses desse jogo são todas garotas, e todas tem... peitos. É, todas tem um corpo melhor que a de ambas as protagonistas. Sem contar que na terceira fase (Azure Sea) aparecem meninas com a parte de baixo nuas enquanto empinam a bunda e atiram vários projéteis pra te matar...

Er...ok?

Isso que é a parte que mais deixa o jogo meio estranho. Porque você ta lá, matando umas abóboras do mal que atiram coisas (ok) e fantasmas azuis que também atiram coisas (ok) e até pinguins voadores que atiram ao seu redor e criam barreias (ok) e depois do nada chega umas mina dessa. Se bem que até ai é até meio que normal. Imagina a sequência, onde tu enfrenta um tipo de sucubbus nua lá.

Agora, imagina se essas garotas lutassem contra essas outras pelo simples fato de elas serem mais gostosas? Não é um tipo de história tão inimaginável, principalmente vindo do japão, né?


Pontos Positivos

As músicas são muito boas
Os danmakus são bem feitos e desafiadores ( chegando a serem belos de vez em quando )
É variado
Os sprites são muito lindos e bem feitos
TEM GOST-
O final boss tem um estágio só pra ele, em que você o enfrenta direto. (Não sei se isso é LÁ realmente algo importante, mas vou botar aqui como algo positivo por ocasião)

Pontos Negativos

A arte fora do gampelay algumas vezes é um pouco feia
EU ODEIO O QUARTO BOSS E nem mato

Nota: 8

A análise deve estar meio bostinha, mas até eu me acostumar a fazer esse tipo de coisa vai DEMORAAAR
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada