Embark on a bloody road trip from Los Angeles to Juarez as the lawlessness of the Old West into is brought into present day. Welcome to the new Wild West.
Análises de usuários:
Últimas:
Neutras (18 análises) - 44% das 18 análises de usuários dos últimos 30 dias são positivas.
Todas:
Neutras (730 análises) - 50% das 730 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 13/set/2011

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Comprar Call of Juarez: The Cartel

 

Sobre este jogo

Seja bem-vindo ao novo Velho Oeste.
Esse FPS traz a ilegalidade do Velho Oeste para os dias de hoje. Você embarcará em uma viagem sangrenta de Los Angeles para Juarez, México imergindo-se em um enredo corajoso com personagens interessantes e uma grande variedade de opções de jogabilidade.
Experimente a ilegalidade do velho oeste moderno enquanto você caça o cartel Mendoza em um mundo em que o fim justifica os meios. Sua caça pelo líder do Cartel te leva em uma viagem épica que vai de um laboratório de metanfetamina na floresta nacional de Sequoia até o quartel general do Cartel em Ciudad Juarez. Com mais de 10 ambientes distintos incluindo bordéis e becos da Los Angeles moderna, docas, uma festa num iate de luxo, os desertos abertos do Arizona e do Novo México, um funeral Mexicano e mais.

Características principais:

*NOVA* JOGABILIDADE COOP-ETITIVA

Entre em parceria com dois outros jogadores para alcançarem seus objetivos enquanto você se esgueira pelas costas deles para melhorar sua agenda pessoal secreta. Jogue as 20 missões do modo campanha sozinho ou com até 3 amigos.
Valor de repetição triplo: Jogue a campanha inteira com cada um dos 3 personagens; cada um tem sua própria história e um final distinto.
EXPERIÊNCIA MULTIJOGADOR DIVERTIDA

Jogue em até 6 contra 6 nos modos Team Deathmatch e Cops vs Gangsters. Conforme você joga seu personagem evolui, liberando armas e equipamentos.
HISTÓRIA RICA E JOGABILIDADE VARIADA

História relevante que se desenvolve dependendo do personagem que você escolhe. A jogabilidade é dirigida pela variedade: Invasões punitivas, proteção de testemunhas, interrogações duras, missões sob disfarce, tiroteios no meio da multidão, perseguições de carro e mais
Escolha entre 30 armas incluindo pistolas, revólveres, submetralhadoras, metralhadoras, rifles, escopetas, rifles de precisão, armas antiaéreas e mais.

Requisitos de sistema

    • OS: Windows XP/Visa/7
    • Processor: Intel Core 2 Duo 2GHz, AMD Athlon 64 X2 2Ghz (Intel Core 2 Duo 3GHz, AMD Athlon 64 X2 3Ghz or better recommended)
    • Memory: 1GB for Windows XP, 2GB for Windows Vista/7 (2GB for Windows XP, 3GB for Windows Vista/7 recommended)
    • Graphics: DirectX 9.0c compatible - Nvidia 8800GT /ATI 3850 (Nvidia GTX 260/ATI 4870 or better recommended)
    • DirectX®: 9.0c
    • Hard Drive: 8GB
    • Sound: DX 9.0c compatible
    • Multiplayer: 512kbs(broadband)
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Últimas:
Neutras (18 análises)
Todas:
Neutras (730 análises)
Últimas análises
No Country For Caillou
( 5.6 horas registradas )
Publicada: 22 de julho
damn dude. Like, you never see gems like this anymore. Good mocap and interesting take on mexicans and people from texas. "Im the one who knocks" amirite.
Big_Orange
( 1.4 horas registradas )
Publicada: 15 de julho
I bought this game around christmas of 2015 and I was all excited to buy it and see if it was any good. Well... all I can say if please do not waste your money on this game. I thought it was going to be good because the other ones were good. They just milked this one too the max and that is the reason why it sucked. Now if you are going to get in too the Call of Juarez series I recommend buying all of them except this one. I suggest that because unless you want a disappointment instead of action packed game then stay away from this. My favorite has to be Call of Juarez blood born and I could not stop playing the game it was amazing. My next game buy on my list is call of juarez gunslinger, which looks really good so I while give that a go.
Helter Skelter
( 5.4 horas registradas )
Publicada: 10 de julho
I like this game just because it's so much hated.
Dr Yogpod
( 0.9 horas registradas )
Publicada: 7 de julho
Crashes on startup, no fixes to be found.
Can't even play this game. 0/10
A Large Hippo
( 12.5 horas registradas )
Publicada: 6 de julho
Levels of dogshit I didn't realise the human race could accomplish.
Callum
( 0.9 horas registradas )
Publicada: 5 de julho
Dont buy this game, it is absolute trash and a waste of cash. Play the other call of Juarezes they're good.
https://www.youtube.com/watch?v=EpKKOzppQeE
ISSUE
( 8.2 horas registradas )
Publicada: 21 de junho
This game was my first own game from steam!
And BOOOM i can't get in! So i downloaded the
Game in my dads pc and it works but no one is
Playing the game online!
ubafax
( 22.1 horas registradas )
Publicada: 11 de junho
You're really startin' to chap my ♥♥♥.
Encantador
( 2.9 horas registradas )
Publicada: 7 de junho
Call of Juarez: Gunslinger was FANTASTIC! Creative story-telling approach, style, action, points-experience-powers, duels, etc. None of that is found in The Cartel. Nothing. Gained experience (given for stealing secret items only!) is used to unlock new guns only. So it always goes like this: cutscene (full of f-bombs and violence) followed by a linear shoot-out. Sometimes a short drive in a car that feels like plastic. That's it.
Big fan of ALL previous Call of Juarez games. Disappointed with this one.
Random to the Core
( 0.8 horas registradas )
Publicada: 2 de junho
Combat: crap
Voice acting: omg please no!
Physics: worse than Risen (Risen physics ain't that bad)
Overall: I want my $$ back!
Análises mais úteis  Nos últimos 30 dias
8 de 12 pessoas (67%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
Não recomendado
12.5 horas registradas
Publicada: 6 de julho
Levels of dogshit I didn't realise the human race could accomplish.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Análises mais úteis  No geral
28 de 33 pessoas (85%) acharam esta análise útil
4 pessoas acharam esta análise engraçada
Não recomendado
24.8 horas registradas
Publicada: 7 de outubro de 2014
Medonho.
Eu Sempre li análises de jogos e procurei formar minha opinião nelas na hora de jogar e dar um veredicto, porém com Call of Juarez; The Cartel, eu resolvi nadar contra a maré, fechei os olhos para as análises e comprei, imaginando ''Não pode ser tão ruim'', e acreditem, é tão ruim quanto dizem, um desastre.
A história tenta se encaixar naquele esquema de ''cartel criminoso'' contra ''policiais durões ao lado da lei'', o jogo até tenta fazer uma surpresa no jogador com uma ''reviravolta'' no enredo, o problema é que o enredo é tão extenso, mas tão extenso, que ele mesmo acaba se perdendo de tanta informação e no final do jogo tudo o que você vai saber é ''preciso matar aquele cara lá porque ele é mau'' já que você dorme ou pulas cenas de conversa, o jogo demora 25 minutos pracomeçar (de tanta conversa), acho que os programadores ficaram tão empolgados com a história que acabaram colocando ainda mais coisas sem nenhuma supervisão.
Mas deixo já bem claro, que odiei esse jogo e como fã fanático da franquia Call of Juarez, vou falar tudo que eu puder na analise, se você gosta desse jogo, eu recomendo não ler.

Prós:

- 15 armas principais e 13 pistolas, possibilidade de usar pistolas duplas
- Modo câmera lenta (apesar de meio ruim)
- As proezas são bem fáceis de conseguir (mas eu só tive saco pra pegar metade)
- Os gráficos nas zonas florestais e nas fases finais são muito bem feitos
- Algumas fases finais do jogo se passam no mesmo cenário western que Call of Juarez 1 (apesar do cenário ter sido assassinado de tantas paredes)
- Paguei 4 reais na promoção da FullGames

Os contras (pegue uma cadeira):


- To achando que paguei caro
- O jogo consegue a proeza de ser 4x maior em espaço em disco do que o Bound in Blood
- Não dá pra mudar as configurações de vídeo dentro da partida, você precisa sair da partida pra poder mudar uma resolução!! E pra mudar texturas tem que ficar entrando e saindo do jogo, agora imagina que
legal você testando as texturas: Entrando na partida, saindo do jogo, entrando na partida, saindo do jogo, entrando na partida, saindo do jogo. Ah, e o jogo só tem a opção de mudar texturas e a folhagem, nada mais.
- O multiplayer tá morto.
- O jogo tenta criar 3 historias diferentes como pontos de vista para o mesmo enredo, o problema eh que se a historia principal ja eh ruim, essas historias sao piores ainda, tanto que nao da vontade de jogar de novo, e mudam aspectos minimos (um dialogo novo aqui ou uma cena a mais ali, pra dar na mesma coisa no final da fase), compensa mais voce escolher um personagem, zerar e depois ler a historia dos outros dois.
- Tirando Ben Mcall (que é um descendente do Reverendo Ray de Call of Juarez 1 e 2 e que nem faz questão de mencionar isso!), os outros 2 personagens são inúteis, a história do personagem Guerra gira em torno daquele clichê de policial corrupto incompreendido, Guerra passa o jogo inteiro fazendo piadas e sexualizando tanto a personagem Kim que mais parece que ele vai rasgar a roupa dela a qualquer momento, Kim Evans é aquele clichê da policial durona e solitária com os irmãos envolvidos no crime e que morreram por isso e também está envolvida em um misterioso assassinato de uma testemunha que ela ''jura''que nao foi ela, a história dela é tão ruim, mas tão ruim que você torce pra ela se ferrar, ou pra arrumar um namorado, pra ver se pelo menos ela esboça alguma reação.
- A sincronia labial eh pessima, os personagem andam como robos sem articulaçao, giram na frente de paredes, sao capazes de se abaixar e se arrastar até uma cobertura (como se tivessem uma escada rolante debaixo dos pes) chegando ao ponto absurdo de se teleportarem ateh um ponto no cenario se caso se perderem e você achar o checkpoint antes deles.
- Durante o game voce pode roubar 'itens secretos'' do cenario...o problema é que esses itens sao todos iguais, carteiras e celulares, e nao pode ser visto pelos bots aliados enquanto rouba, esses itens fazem o jogador passar de nivel e desbloquear outras armas, dentre eles voce pegar itens de missoes secundarias por exemplo: a namorada de ben mcall tem um filho e precisa de dinheiro pq ele ta doente, ela te pede pra pegar um revolver antigo no cenario do velho oeste, ok, voce pega, o problema eh que isso nao faz diferença nenhuma no jogo! (nao mostra nenhuma cena a mais no final, nada) Até mesmo ser pego pelos bots roubando nao faz diferença na historia, eh pura encheção de linguiça.
- Se call of juarez sempre teve cenarios abertos (ou pelo menos proximo), The Cartel é duplamente fechado, a parte em que você visita o cenário que era do Call of Juarez 1 dá ódio de tantas paredes que o cenário possui.
- Quando o seu personagem é atingido por uma granada ou algo explode ao lado dele, ele vai fazer uma animação de queda, ele cai no chão, olha pros lados e levanta, tudo bem..o problema é que isso demora demais (uns 5 segundos)! Nas primeiras 5 vezes você vai achar bacana, na sétima vez você vai começar a sentir ódio de cair no chão durante um tiroteio e esperar o personagem fazer um teatro pra levantar, isso sem contar quando o helicoptero dispara um míssel e seu char fica lá, 5 segundos deitado levando bala.
- Um show de palavrões, diálogos chulos, xingamentos e ofensas gratuitas, se você é uma pessoa sensível eu recomendo desativar o som das vozes, porque os personagens são todos sem educação, depois de 8 capítulos escutando ''sh*t, f*ck, son of b*tch, assh*le, motherf*cker, you sh*thead, i'm gonna f*ck your ♥♥♥!'' sem parar até eu comecei a ficar ofendido.
- Os personagens falam durante os tiroteios cerca de 7 frases prontas (Ninguem mexe comigo! Olha na esquerda! Mira direito!), e eles repetem isso praticamente toda hora, eu não sei o que deu na cabeça dos programadores em cogitar a idéia de que seria legal eu escutar a máquina dizendo que eu atiro mal.
- Os cenários urbanos são horríveis, a engine de Call of Juarez foi feita para modelagem de cenários do velho oeste, ao criarem cidades modernas elas mais parecem maquetes sem vida, é realmente triste ver a pobreza de detalhes, a cena onde um navio cargueiro vira de lado foi uma das coisas mais horríveis que eu já presenciei, o barco é desenhado certinho de lado, mas quando ele vira nada mais é do que uma chapa de metal cinza e reta, meu deus!
- As armas não tem recoil (quando você atira e a arma se descontrola), as armas do jogo mais parecem arminhas de pressão, é ridículo ver o personagem atirando e a arma nem mexendo direito.
- Cheio de estereótipos, todos os negros usam camisas de futebol e falam igual a cantores de rap, todos os mexicanos são morenos com bigode falando ''Muere!'', hordas de clones do 2pac falando ''Io, ma ♥♥♥♥♥, ima kill dat b*tch'', eu não ligo, mas se você é meio moralista, vai chegar num ponto do jogo que você vai se sentir como um racista fazendo uma limpeza etnica de tantos negros que você vai ter matado, e eu não me refiro ao cenários urbanos que retraram guetos (porque tem negros lá, óbvio), o problema é que praticamente 80% do jogo é desse jeito, o vilão tem um exército de negros prontos pra morrer!
- Seus aliados são robôs indestrutíveis, não sangram, não caem, não ficam sem bala, usam as mesmas armas o jogo INTEIRO, e voce nem mesmo pode dar uma mísera ordem para eles, e olha que vocês são uma equipe!

The Cartel é um game horrível, sem duvida nenhuma é um dos piores FPS que ja tive o desprazer de jogar, eu não recomendo nem se tiver a 1 real, se você é fã da franquia Call of Juarez, finja que esse jogo nem existe, você não perde nada, acredite, mas se você ainda duvida do que eu falei, procure jogar o game através de ''outras fontes'' pra testar, se você conseguir zerar e discordar de tudo que eu falei...então tá na hora de conhecer outros jogos.

Nota: 2\10
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
26.9 horas registradas
Publicada: 11 de setembro de 2012
Eu achei o jogo muito bom e divertido, diferente do que a mídia fala. Fica mais legal ainda se jogar com amigos
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Não recomendado
4.8 horas registradas
Publicada: 4 de dezembro de 2015
Não é um dos melhores gráficos, por sinal deixou a desejar. O Call of Juarez Gunslinger, por ter um gráfico mais parecido com desenhos, ainda achei melhor. Controle do mouse ruim, sem a opção suave, poucas opções de qualidade de vídeo e a qualidade do audio também não é boa.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
5 de 9 pessoas (56%) acharam esta análise útil
6 pessoas acharam esta análise engraçada
Não recomendado
0.6 horas registradas
Publicada: 21 de maio de 2015
Pergunto a Deus o porquê de ele dar um fim tão cruel aos meus 4 reais.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
73 de 80 pessoas (91%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
Não recomendado
8.7 horas registradas
Publicada: 16 de agosto de 2015
The Call of Juarez series is one I'd definitely recommend giving a go. Every game in the series is distinct and has its own identity, which is something I really appreciate. I'll avoid going into too much detail about the rest here, but they're all a good time with individual strengths and weaknesses that form a satisfying whole.

Unfortunately, the defining characteristic of game number three, The Cartel, is that it's an utter shambles. The classic Wild West setting of the previous games was ditched for a staggeringly uninspired modern-day Los Angeles/Mexico counterpart, which is exactly as appealing as it sounds (i.e. not at all). Likewise, the hole left by the entertaining and likeable cast of the first game and Bound in Blood (like legendary gunslinger Ray McCall) is filled with some of the flattest caricatures to ever spout tired one-liners. Once all the character and charm of Call of Juarez has been stripped away, what you're left with is a medicore first-person shooter that is an absolute chore in single-player and probably not much better in the new co-op mode. Solo players be warned: your AI partners are incompetent, and they will make no effort to hide it, though they will continually belittle your performance as you carry them for the game's entire duration.

Lackluster AI, boring gunplay, dull visuals and an uninteresting plot combine for eight hours of unmitigated tedium. The only saving grace is the way the game ends, which could have been a pretty cool conclusion to a much better game, but is of course held back here by being part of The Cartel. In retrospect it's good that the series had one final outing after this, though The Cartel remains a testament to how quickly good games can go bad. It's almost worth playing just for that lesson, though I'd suggest you try any of the others over this rubbish.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
123 de 158 pessoas (78%) acharam esta análise útil
200 pessoas acharam esta análise engraçada
Não recomendado
2.1 horas registradas
Publicada: 8 de setembro de 2015
I bought this game, it wasn't on sale, I bought my friends copies too, I have many regrets and no more friends.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
72 de 100 pessoas (72%) acharam esta análise útil
3 pessoas acharam esta análise engraçada
Não recomendado
63.7 horas registradas
Publicada: 2 de abril de 2014
Weak link in Call of Juarez series. Why modern world? Ubisoft attempted to make this game like Call Of Duty but messed it allright. Finally understood its mistake and a miracle born; Gunslinger. Play Call of Juarez, Bound in Blood, Gunslinger and ignore this one.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
89 de 133 pessoas (67%) acharam esta análise útil
12 pessoas acharam esta análise engraçada
Não recomendado
0.5 horas registradas
Publicada: 29 de janeiro de 2014
Let me start by saying I really do enjoy this game, it really isn't as bad as the reviews say. However, I completely and fully say do not bother with it on Steam. The uPlay is absolutely awful, and the game refuses to play on every computer I have tested it on (and I am FAR above even the recommended settings.) After attempting to start new game, the game crashes and you are taunted with a "Thank you for playing Call of Juarez: The Cartel" window from ubisoft. ♥♥♥♥ those guys, and ♥♥♥♥ this game on steam.

Oh, and ♥♥♥♥ the censorship here, you can eat a ♥♥♥♥, censorship you punk ♥♥♥ ♥♥♥♥♥
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
34 de 42 pessoas (81%) acharam esta análise útil
3 pessoas acharam esta análise engraçada
Não recomendado
22.2 horas registradas
Publicada: 5 de fevereiro
I have finished about 1/3 of the game. So far so good. I would love to give it thumbs up. But unfortunatelly i will have to do the opposite.

I cannot continue.
On first day everything was fine. Uplay and steam worked fine together. Accounts were conected and i have seen no problems.
Day after - Uplay doesn't allow me to log in. "Too many log-in attempts". Rubbish. If 0 is too many then f*** you ubisoft. Click on play offline - to play offline log in to your account... Argh...

UPlay is steaming piece of s***.

AVOID BUYING ANYTHING THAT REQURES DOUBLE DRM (especially if second drm is uplay).
Sadly CoJ:TC is one of those games.

:(

UPDATE!

Uplay kindly allowed me to log in after some time, and I was able to finish the game. Still cannot recommend it. On highest possible difficulty game was easy and I was still dying all the time because of technical issues (for example killed by enemy that fell below the ground xD).
Driving in this game is terrible (and they made too many parts that needs driving). Shooting is nice and story is decent (especially endings). AI is probably worst AI created ever and your companions deal almost no damage. Game was designed for co-op, but you won't find anybody to play with.


SPECIAL ANNOUNCEMENT for Achievement hunters.
Achievements are broken. Probably because of double DRM.
Haven't received Achievo for beating game on hardest difficulty.
In the middle of the story - game stopped counting towards some achievements (fe. kill 30 people in slow motion), while other were working.
Turning off steam cloud, setting uplay to offline mode, deleting all saves (in steam and uplay) and reinstalling game helped with some achievements. But not with the one for beating game in hardest difficoulty - looks like this one is impossible to get.


SUMMARY:
DON'T BUY THIS
Bloom effect will burn your eyes, technical issues will frustrate you and double DRM will do everything to not let you even launch the game.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada