DreadOut is a third person supernatural horror game where you play as Linda, a high school student trapped in an old abandoned town. Equipped with her trusty smart-phone, she will battle against terrifying encounters and solve mysterious puzzles which will ultimately determine her fate.
Análises de usuários: Muito positivas (1,278 análises) - 80% das 1,278 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 15/mai/2014

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Comprar DreadOut

LUNAR NEW YEAR SALE! Offer ends in

-66%
$14.99
$5.09
 

Atualizações recentes Ver todos (14)

5 de fevereiro

Happy Lunar New Year



Hello everyone,
In this special Lunar New Year Sale, we are happy to announce that DreadOut is now sale 66% off on Steam.

In this 2.2.15 update, you will able to play DreadOut with Japanese subtitle.
And we are bringing back the high res texture in level 01. So, now is a good time to grab it if you haven't already.

Thank you for your attention.
Hope you all are having a wonderful Lunar New Year

DH

18 comentários Leia mais

22 de dezembro de 2015

May The Season Be with You!



Hi Everyone!
In the spirit of the season, we wish you all a Wonderful Christmas and a Happy New Year.
May this holiday season bring peace, joy and happiness to us all.
Our sincere thanks also goes to our beloved fans wherever you are for supporting us. :)

It is with heavy heart that we have to bring you a ‘not so good news’.
Please accept our apologies for the delay of our next title, Dreadout - Keepers of the Dark. At this moment, we are currently still tweaking several gameplay elements. So, unfortunately, it will not be available until early next year.
We hope all of you can understand and still love our Linda. :)

Best wishes,
The Digital Happiness team.

24 comentários Leia mais

Análises

“13 Horror games you must play in 2014”
IGN

“6 Upcoming Horror Games That Look Absolutely Terrifying”
Bloody disgusting

“10 horror games to look out for in 2014”
Rocket Chainsaw

Sobre este jogo



When twilight fades. Where darkness reigns.

DreadOut is a third person supernatural horror game where you play as Linda, a high school student trapped in an old abandoned town. Equipped with her trusty smart-phone and an SLR camera, she will battle against terrifying encounters and solve mysterious puzzles which will ultimately determine her fate.
Help her overcome the challenges that will stand before her. Survive the Dread!



When a group of high school students went astray from a field trip, they came across something totally unexpected. A town long forgotten trapped in a peaceful state of slumber. What they did not realize was what lurks within. And what seemed like an innocent stroll turns into disaster as the secluded town reveals its dark and terrible secrets. The presence of sinister forces from beyond their realm of existence.

It all comes down to Linda. She will experience stirrings of unfamiliar powers, emerging from within her. These new found abilities might just be the only way she can save her own life and those of her friends.


  • Explore a haunted environment in an Asian - Indonesian setting.
  • Battle against terrifying beings from a supernatural realm.
  • Solve mysterious puzzles that block your path.
  • Switch between first person and third person view.
  • Engage in a thrilling storyline.
  • Play Act 1 and 2 of Linda's terrifying journey along with Act 0 (previously released as DreadOut Demo).
  • Get access to Linda's unlockable wardrobe

Rated 17+ for the following :
  • Frequent / Intense horror / fear themes
  • Infrequent / Mild Realistic Violence
  • Infrequent / Mild Sexual Content or Nudity
  • Infrequent Mature / Mild Suggestive Themes

Requisitos de sistema

Windows
Mac OS X
SteamOS + Linux
    Mínimos:
    • SO: Windows 7 / 8
    • Processador: Intel Dual-Core 2.4 GHz or AMD Dual-Core Athlon 2.5 GHz
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce 8800GT or AMD Radeon HD 3830 or Intel HD Graphics 4000, 512 MB VRAM
    • DirectX: Versão 9.0c
    • Armazenamento: 5 GB de espaço disponível
    • Placa de som: DirectX Compatible
    Recomendados:
    • SO: Windows 7 / 8 - 64 bits
    • Processador: Intel Core i5-2300 or AMD Phenom II X4 940 or better
    • Memória: 8 GB de RAM
    • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 550 or AMD Radeon HD 7750 with 1 GB VRAM or better
    • DirectX: Versão 11
    • Armazenamento: 10 GB de espaço disponível
    • Placa de som: DirectX Compatible
    Mínimos:
    • SO: OSX 10.7 Lion
    • Processador: Intel CPU only, Core 2 Duo minimum
    • Memória: 4 GB de RAM
    • Placa de vídeo: Intel HD Graphics 4000 supporting OpenGL 2.1 or later with 512 VRAM
    • Armazenamento: 5 GB de espaço disponível
    • Placa de som: OSX Standard
    Recomendados:
    • SO: OSX 10.9 Mavericks
    • Processador: Intel CPU only, Core i5 or better
    • Memória: 8 GB de RAM
    • Placa de vídeo: Intel HD Graphics supporting OpenGL 3.2 or better with 1 GB VRAM
    • Armazenamento: 10 GB de espaço disponível
    • Placa de som: OSX Standard
    Mínimos:
    • SO: Ubuntu 14.04
    • Processador: Intel Dual-Core 2.4 GHz or AMD Dual-Core Athlon 2.5 GHz
    • Memória: 4 GB de RAM
    • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce 8800GT or AMD Radeon HD 3830 or Intel HD Graphics 4000, OpenGL 2.1
    • Armazenamento: 5 GB de espaço disponível
    • Placa de som: OSS Compatible
    Recomendados:
    • SO: Ubuntu 14.10
    • Processador: Intel Core i5-2300 or AMD Phenom II X4 940 or better
    • Memória: 8 GB de RAM
    • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 550 or AMD Radeon HD 7750 with 1 GB VRAM or better, OpenGL 3.0
    • Armazenamento: 10 GB de espaço disponível
    • Placa de som: OSS Compatible
Análises úteis de usuários
33 de 33 pessoas (100%) acharam esta análise útil
16 pessoas acharam esta análise engraçada
5.5 hrs registradas
Publicada: 5 de dezembro de 2015
Sinopse:
Quando um grupo de estudantes do ensino médio se perdem em uma viagem de campo, eles se deparam com algo totalmente inesperado. Uma cidade muito esquecida presa em um estado de paz de sono. O que eles não perceberam foi o que se esconde dentro dela. E o que parecia ser um passeio inocente se transforma em desastre quando a cidade isolada revela seus segredos obscuros e terríveis. A presença de forças sinistras do além, do outro lado de nosso plano.

Tudo se resume a Linda. Uma jovem estudante que junto de seus amigos acaba se perdendo em uma cidade amaldiçoada, Linda descobre que possui poderes psíquicos e que essa poderá ser a única chance de se salvar e salvar seus amigos do que está por vir.

Análise:
DreadOut é um jogo de Horror Sobrenatural em Terceira Pessoa estilo Fatal Frame e Silent Hill, onde você joga como Linda, uma estudante colegial que fica presa em uma antiga cidade abandonada. Equipada com seu celular com câmera SLR, ela lutará contra forças sobrenaturais terríveis e resolverá quebra-cabeças misteriosos que ajudarão a superar os desafios que estarão a sua frente e que acabará determinando seu destino.

Sobreviva ao Horror!

OBS:
O jogo da muito medo e cagaço, então tenha sempre um estoque de fraldas/cuecas ou calcinhas em mãos.

Extras:
1-Abrir o jogo e iniciar jogo.
2-explorar seu quarto.
3- avistar o primeiro espirito.
4-cagar,cagar,cagar.
5-fechar o jogo e nunca mais jogar... (Trauma)

Jogue de noite, com as luzes desligadas e com fones de ouvido.
Bons Pesadelos...
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
10 de 10 pessoas (100%) acharam esta análise útil
8.5 hrs registradas
Publicada: 9 de janeiro
Selfies com Fantasmas!

"DreadOut" é um jogo de terror com uma mecânica um tanto quanto inovadora, pois nele você precisa enfrentar os inimigos - espíritos - utilizando a câmera de seu celular de modo a tirar foto deles até que sejam destruídos. Parece algo bem rudimentar a primeira vista, porém realmente conseguiram criar algo legal e repleto de tensão mesmo com a possibilidade de derrotar grande parte dos oponentes com fotos. Apesar de ter uma história muito confusa e quase que incompreensível, o game triunfa sobre a falha no enredo pela sua jogabilidade e pela criatividade dos desenvolvedores nas batalhas, inimigos e cenários.

Pontos Positivos:

  • A jogabilidade é relativamente simples, podendo até mesmo usar um controle de X-box 360. Você tem acesso ao inventário, pode interagir facilmente com portas e objetos, pode iluminar lugares escuros com a lanterna do celular, tem a capacidade de usar a câmera para mirar e repelir fantasmas e assombrações, e é claro pode correr por um certo tempo até cansar por alguns segundos e recarregar a ''stamina''.

  • A mecânica de ''combate'' é inovadora, você precisa localizar e tirar fotos dos fantasmas com o celular ou câmera fotográfica. A grande questão é que conseguiram criar muitas batalhas diferentes utilizando apenas os recursos fotográficos; alguns fantasmas precisam de muitas fotos para serem derrotados, outros só sofrem danos em determinados momentos chaves, ainda têm aqueles que ficam se locomovendo rapidamente de um lado para o outro, tendo você que ser rápido no gatilho e tirar foto no ângulo correto.

  • Existem Bosses que por sua vez exigem de estratégias para serem derrotados, não apenas fotos simples. O grande problema é que fica ainda mais difícil lutar contra um Boss quando você está sob tensão e sente um certo medo de avançar ou de progredir. Por exemplo é algo assustador ter que tirar foto de um fantasma realmente invisível, você precisa localizá-lo conforme os sons e conforme os objetos que ele joga para cima e para os lados, dando a impressão de que são objetos animados de uma casa mal-assombrada; também não é nada fácil ter que olhar em um espelho gigante com a câmera ativa para refletir a imagem do fantasma nele, e depois virar para ele e tirar a foto (sendo que ele é invisível, sendo apenas possível localizá-lo pelo espelho) antes que ele te ataque.

  • A maior arma deste jogo é a sua atmosfera tenebrosa. Por mais que fantasmas sejam assustadores, nada dá mais medo e deixa o jogador mais tenso do que o cenário obscuro e os sons maléficos. O terror psicológico é o mais pesado, principalmente pelas músicas sombrias e pelos efeitos de sons do ambiente, dos barulhos e gemidos dos fantasmas, de passos e objetos batendo contra a parede, tudo coopera para seu medo aumentar a cada minuto.

  • É possível selecionar a fase que você deseja, mesmo que nunca tenha zerado. São três fases subdivididas em várias partes: a primeira é a introdução, curta e rápida; a segunda mostra a chegada à cidade fantasma e a exploração em uma escola em ruinas; a terceira se concentra na batalha contra fantasmas e Bosses e varia muito de cenários. Poder escolher a fase é algo maravilhoso, não estraga na surpresa, como não é possível selecionar a parte da fase, e ajuda a quem não gosta muito de enigmas e obrigação em explorar cada centímetro do cenário a pular para a ação.

  • Os gráficos não são ruins, mas também deixam um pouco a desejar. Eu diria que o gráfico é relativo aos dos primeiros jogos lançados para Ps3 e X-box 360, sim, os pioneiros e menos avançados. É em terceira pessoa, e você controla a protagonista feminina durante toda a trama. Junto com a ambientação sonora que é bem sinistra, o gráfico disponibilizado é o suficiente para te deixar bem tenso.

  • Possui um sistema de conquistas variável. Caso queira completá-lo 100% é provavel que precise de um guia, como não basta apenas completar o jogo, mas é preciso realizar diferentes tarefas como tirar fotos de várias coisas inesperadas e escondidas, etc.

  • O jogo tem dois finais diferentes, sendo que um checkpoint é dado no momento da escolha. Para não sofrer penalidades e desbloquear ambas as conquistas, é recomendável primeiro fazer o final fácil, que é fugindo do local, para depois fazer o final difícil, que desbloqueia uma batalha final extra, bem divertida e assombrosa.

Pontos Negativos:

  • Para quem busca um terror pesado, este título pode acabar decepcionando, pois apesar de ter uma atmosfera muito boa, ele não é um jogo com muitos sustos e nem com muitas perseguições. Pode-se dizer que com relação a perseguição só há um total de 5-10 minutos durante todo o jogo, e com relação aos sustos ocorrem raramente ao perder o fantasma de vista e encontrá-lo novamente ao virar para trás bem como em alguns ''replays'' que acontecem durante a história.

  • O enredo é inexplicável. Procurei entender até na Wiki relacionada ao jogo, e até lá disseram que mesmo zerando o jogo mais de uma vez, você ainda vai permanecer com vários pontos de interrogações na cabeça, como não há respostas para praticamente todas as perguntas introduzidas no decorrer da trama, restando apenas imaginar hipóteses sobre isso e aquilo, mas nada concreto.

  • É muito chato ter que andar até a luz que representa o ''try again'' toda vez que morrer, perdendo pelo menos 2 minutos a cada retorno ao checkpoint em caso de falha. É um grande incentivo para fazermos de tudo para não perdermos a luta.

  • A seleção de fases pode em muitos casos, literalmente salvar o jogo de impacientes. Falo isso por experiência própria, como a segunda fase é extremamente cansativa e degradante. Perdi cerca de uma ou duas horas nela, desistindo e pulando para a terceira (que dura cerca de quatro horas), que é muito mais legal e salvou o jogo da minha desistência total. O ponto negativo neste caso é a própria Act 1 (segunda fase), apenas para aqueles que não gostam de ter que olhar cada pedacinho do mapa e ter que passar no mesmo lugar várias vezes, coletando objetos perdidos e andando em círculos até desbloquear um pequeno fragmento do progresso, que vai te custar mais vários minutos explorando o mesmo lugar novamente. É muito chato.

  • Mesmo na Act 2 (terceira fase) e na Act 0 (primeira fase) há muitos momentos em que você fica sem saber o que fazer. É como se os desenvolvedores quisessem que você magicamente pensasse da mesma maneira que eles pensaram ao desenhar o enigma da fase. Raramente é algo lógico e que exige raciocínio; na maior parte você precisa na sorte descobrir o que fazer, para onde ir, com qual objeto interagir, o que torna um sacrifício jogar sem acompanhar um guia ou vídeo.

~~~~~~ RESUMO ~~~~~~

Em suma, "DreadOut" possui uma jogabilidade tranquila e uma mecânica de combate inovadora, na qual você usa a câmera para derrotar fantasmas de diferentes maneiras, mas usando da fotografia sua aliada. Ele não apresenta muitos sustos ou perseguições, pode-se dizer que é mais voltado para o terror psicológico, principalmente pela boa atmosfera construída em diversos cenários. É possível selecionar a fase que deseja jogar, dando oportunidade de pular aquela que parecer mais chata e maçante. Ainda assim, a maior parte do jogo segue o padrão de sorte em encontrar o caminho/descobrir o que fazer, sendo altamente recomendado acompanhar um guia ou vídeo. Não há muita lógica na progressão do nível, e muito menos com relação ao enredo, que é tão lastimável quanto as duas possíveis conclusões.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
6 de 6 pessoas (100%) acharam esta análise útil
6.7 hrs registradas
Publicada: 13 de janeiro
Jogo de terror em terceira pessoa muito bem elaborado trazendo bons sustos e momentos de puzzles bem bacanas!

Não tem uma história lá tão boa, com gráficos meio fraquinhos, mas conta com uma trilha sonora e um som ambiente muito bem feito. Com fáceis conquistas, e com a opção de tirar fotos de diversas coisas com seu celular, isso o torna único e bem interessante.

Jogo recomendado por ser um indie de terror! Selo CyberDan de qualidade! :-)
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 4 pessoas (50%) acharam esta análise útil
2.3 hrs registradas
Publicada: 9 de janeiro
uma copia barata de fatal frame , resumindo , esse jogo e muito tosco e bugado ,vai se ♥♥♥♥♥ quem fez
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
93 de 102 pessoas (91%) acharam esta análise útil
4 pessoas acharam esta análise engraçada
40.9 hrs registradas
Publicada: 19 de agosto de 2015
Although it may not be one of the most graphically appealing survival horror games, it's certainly worth checking out if it's for the right price.

Aspects of DreadOut Worth Praising

Unique Mythology. The concept of using Indonesian folklore in a survival horror game is a unique one and exclusive to DreadOut.

Easy Achievements. Most of the achievements involve you taking a picture or whitnessing something.

Aspects of DreadOut Worth Criticizing

Extremely Low Resolution Textures & Pop-In. This game showcases some the of worst textures in recent memory with some textures being worse than in games released 10 years prior! Regardless of your hardware specifications you're going to experience vegetation pop-in.

Settings Don't Update When Selected. You can't get past the first screen inwhich you select the language you desire your subtitles to be in unless you restart the game. You also can't change the resolution to a non-native resolution unless you restart your system while your desktop is in that desired resolution.

Pre-Rendered Cutscene Outfit Issue. Regardless of what outfit you're wearing from the Soundtrack & Manga downloadable content, some cutscenes will feature Linda in her default school outfit.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada