It's the future! And humanity is, predictably, under attack by extraterrestrial forces. Lucky for us we have an experimental ship that's never before been flown that will surely...uh, possibly...well, implausibly be able to win the war! All we need now is a pilot or two.
Análises de usuários:
Todas:
Muito positivas (98 análises) - 85% das 98 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 26/fev/2014

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Indisponível em Português (Brasil)
Este produto não está disponível no seu idioma. Confira a lista de idiomas oferecidos antes de comprar.

Comprar Procyon

 

Steam Big Picture

Sobre este jogo

It's the future! And humanity is, predictably, under attack by extraterrestrial forces. Lucky for us we have an experimental ship that's never before been flown that will surely...uh, possibly...well, implausibly be able to win the war! All we need now is a pilot or two.

Key Features

  • Fight through five increasingly-populated shoot-em-up stages
  • Destroy a plethora of enemies (or, as we like to call them, "potential explosions")
  • Switch between two distinct weapons on the fly: bullets for lots of damage over lots of space and a locking beam for concentrating on those hard-to-reach areas!
  • Use your shields to zip unharmed through enemy attacks!
  • Overcharge your weapons on the fly for even more destructive power!
  • Original faux-orchestral soundtrack is like music to your ears! Because it IS music. For your ears.
  • Multiple game modes, from the start-at-any-level normal mode up to "I have but one life to give for my planet" survival mode.
  • Local co-op allows you and a friend (or even a complete stranger that you're willing to invite into your home, if you want) to team up and deliver double the delicious destruction!
  • Support for playing in portrait orientation for a true top-down shmup experience!

Requisitos de sistema

    Mínimos:
    • SO: Windows XP
    • Memória: 1 GB de RAM
    • Placa de vídeo: DirectX 9.0c-compatible GPU with support for Shader Model 3.0
    • DirectX: Versão 9.0c
    • Armazenamento: 300 MB de espaço disponível
    Recomendados:
    • SO: Windows 7
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa de vídeo: DirectX 10-compatible GPU
    • DirectX: Versão 10
    • Armazenamento: 300 MB de espaço disponível
    • Outras observações: Requires XInput-compatible game controller for local co-op
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Todas:
Muito positivas (98 análises)
Últimas análises
AlpacaRaioLaser
0.4 hrs
Publicada: 26 de dezembro de 2014
jogo muito rápido e a nave é muito lenta, jogar com o mouse é bom e ruim ao mesmo tempo, a nave é lenta DEMAIS e isso atrapalha na hora de jogar, e muito!
também tem os cenários feios, podiam ter trabalhado mais nos cenários, falta alguns sons no jogo
Se quiser comprar, espera até a steam sale do ano que vem, vai que o jogo está mais completo
Lobinozhets
7.3 hrs
Publicada: 23 de setembro de 2014
Procyon é um jogo de nave (shmup) side-scroll (a tela anda sozinha), semelhante a clássicos como Gradius, R-Type, Darius e Thunder Force, mas com algumas ressalvas que o torna diferentes desses.

A sua nave possui os seguintes equipamentos:
- Tiro "disperso", em que você deixa o botão pressionado e solta 3 tiros;
- Um laser "concentrado", em que você deixa o botão pressionado e solta um laser com poder concentrado;
- Um poder de raio que pode ser usado ao carregar a barra de especial;
- Um escudo que lhe protege dos tiros por alguns segundos.

É justamente esse escudo que torna a jogabilidade do jogo diferenciada a outros de nave side-scroll. Há inimigos que soltam ragadas de laser na sua direção e você é, na maioria dos casos, obrigado a usar o escudo para se proteger. Enquanto você utiliza o escudo, suas armas ficam mais fortes.

Ele tem uma jogabilidade muito boa, o único ponto negativo é que não tem suporte nativo a outros controles que não sejam de X-Box 360 (e também impossibilita o cooperativo local quando não há um desses controles). A trilha sonora é fantástica (para um jogo que custa apenas R$6,50) e é um título que, acredito eu, a maioria dos fãs de jogos de nave não irão se arrepender em comprar.

O jogo tem 5 fases no total, em que você pode escolher em qual delas quer jogar depois de ter habilitado todas elas. O jogo tem três níveis de dificuldade e 4 modos de jogo (entre eles, um modo "Practice", que pode ser útil para quem não é habituado com este tipo de jogo). As fases são longas para jogos desse estilo, dificultando alguns jogadores leigos a passarem-nas com 5 vidas (no modo Standard).

Terminei o jogo no modo Standard, jogando na dificuldade normal, num total de 4 horas de jogatina.

Resumindo:

PRÓS:
- Ótima jogabilidade, com três tipos de armas e um escudo, permitindo uma jogabilidade diferenciada se comparado a outros jogos do gênero;
- Ótima trilha sonora, orquestrada (provavelmente feita num sintetizador) e bem agradável;
- Dificuldade balanceada;
- 4 modos de jogo;
- Fornece um ótimo desafio;
- Preço acessível (com cartas da Steam disponíveis), sem DLCs e picuinhas do gênero.

CONTRAS:
- Não tem compatibilidade a controles que não sejam de X-Box 360;
- Não tem compatibilidade a multiplayer se não houver um controle de X-Box 360;
- Malditos lasers.
Nickor
2.6 hrs
Publicada: 2 de março de 2014
“A Terra está sendo ameaçada por alienígenas e o destino de 7 bilhões de pessoas está em suas mãos. Isso, claro, com o seu capitão sempre lembrando-o de como provavelmente você falhará.”

Procyon é um excelente jogo. O jogo é fluído, fácil e dinâmico. Percebe-se o foco dos desenvolvedores em oferecer o melhor controle possível. Podemos definir este como o ponto mais forte de todo o jogo. Quanto a história, também percebe-se que procuraram deixá-la equilibrada: extremamente objetiva, porém ainda sim, com certos diálogos engraçados para distrair o jogador.

Não é necessário muito para conseguir jogá-lo. O jogo é simples e casual – até mesmo o nível mais difícil não apresenta uma dificuldade extrema, basta acostumar-se para conseguir dominá-lo. Seu visual impressiona e a sua trilha sonora também não decepciona, apesar de não ser um dos pontos mais fortes do jogo. Em geral, apesar de simples, isso não o impede de oferecer uma ótima experiência.
Análises mais úteis  No geral
8 de 10 pessoas (80%) acharam esta análise útil
Recomendado
2.6 horas registradas
Publicada: 2 de março de 2014
“A Terra está sendo ameaçada por alienígenas e o destino de 7 bilhões de pessoas está em suas mãos. Isso, claro, com o seu capitão sempre lembrando-o de como provavelmente você falhará.”

Procyon é um excelente jogo. O jogo é fluído, fácil e dinâmico. Percebe-se o foco dos desenvolvedores em oferecer o melhor controle possível. Podemos definir este como o ponto mais forte de todo o jogo. Quanto a história, também percebe-se que procuraram deixá-la equilibrada: extremamente objetiva, porém ainda sim, com certos diálogos engraçados para distrair o jogador.

Não é necessário muito para conseguir jogá-lo. O jogo é simples e casual – até mesmo o nível mais difícil não apresenta uma dificuldade extrema, basta acostumar-se para conseguir dominá-lo. Seu visual impressiona e a sua trilha sonora também não decepciona, apesar de não ser um dos pontos mais fortes do jogo. Em geral, apesar de simples, isso não o impede de oferecer uma ótima experiência.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
5 de 6 pessoas (83%) acharam esta análise útil
Recomendado
7.3 horas registradas
Publicada: 23 de setembro de 2014
Procyon é um jogo de nave (shmup) side-scroll (a tela anda sozinha), semelhante a clássicos como Gradius, R-Type, Darius e Thunder Force, mas com algumas ressalvas que o torna diferentes desses.

A sua nave possui os seguintes equipamentos:
- Tiro "disperso", em que você deixa o botão pressionado e solta 3 tiros;
- Um laser "concentrado", em que você deixa o botão pressionado e solta um laser com poder concentrado;
- Um poder de raio que pode ser usado ao carregar a barra de especial;
- Um escudo que lhe protege dos tiros por alguns segundos.

É justamente esse escudo que torna a jogabilidade do jogo diferenciada a outros de nave side-scroll. Há inimigos que soltam ragadas de laser na sua direção e você é, na maioria dos casos, obrigado a usar o escudo para se proteger. Enquanto você utiliza o escudo, suas armas ficam mais fortes.

Ele tem uma jogabilidade muito boa, o único ponto negativo é que não tem suporte nativo a outros controles que não sejam de X-Box 360 (e também impossibilita o cooperativo local quando não há um desses controles). A trilha sonora é fantástica (para um jogo que custa apenas R$6,50) e é um título que, acredito eu, a maioria dos fãs de jogos de nave não irão se arrepender em comprar.

O jogo tem 5 fases no total, em que você pode escolher em qual delas quer jogar depois de ter habilitado todas elas. O jogo tem três níveis de dificuldade e 4 modos de jogo (entre eles, um modo "Practice", que pode ser útil para quem não é habituado com este tipo de jogo). As fases são longas para jogos desse estilo, dificultando alguns jogadores leigos a passarem-nas com 5 vidas (no modo Standard).

Terminei o jogo no modo Standard, jogando na dificuldade normal, num total de 4 horas de jogatina.

Resumindo:

PRÓS:
- Ótima jogabilidade, com três tipos de armas e um escudo, permitindo uma jogabilidade diferenciada se comparado a outros jogos do gênero;
- Ótima trilha sonora, orquestrada (provavelmente feita num sintetizador) e bem agradável;
- Dificuldade balanceada;
- 4 modos de jogo;
- Fornece um ótimo desafio;
- Preço acessível (com cartas da Steam disponíveis), sem DLCs e picuinhas do gênero.

CONTRAS:
- Não tem compatibilidade a controles que não sejam de X-Box 360;
- Não tem compatibilidade a multiplayer se não houver um controle de X-Box 360;
- Malditos lasers.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
0 de 1 pessoas (0%) acharam esta análise útil
Não recomendado
0.4 horas registradas
Publicada: 26 de dezembro de 2014
jogo muito rápido e a nave é muito lenta, jogar com o mouse é bom e ruim ao mesmo tempo, a nave é lenta DEMAIS e isso atrapalha na hora de jogar, e muito!
também tem os cenários feios, podiam ter trabalhado mais nos cenários, falta alguns sons no jogo
Se quiser comprar, espera até a steam sale do ano que vem, vai que o jogo está mais completo
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada