Experience the wild as a mother badger sheltering her cubs from harm. On their journey they get stalked by a bird of prey, encounter perils of the night, river rapids crossings, big forest fires and the looming threat of death by starvation. Food is to be found, but is there enough for everyone?
Análises de usuários:
Últimas:
Ligeiramente positivas (38 análises) - 76% das 38 análises de usuários dos últimos 30 dias são positivas.
Todas:
Muito positivas (2,110 análises) - 86% das 2,110 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 28/ago/2013

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Indisponível em Português (Brasil)
Este produto não está disponível no seu idioma. Confira a lista de idiomas oferecidos antes de comprar.

Comprar Shelter 1

Pacotes que incluem este jogo

Comprar Shelter: The Heart Edition

Inclui 2 itens: Shelter, Shelter 2

Comprar Shelter Complete Edition

Inclui 5 itens: Shelter, Shelter 2, Shelter 2 Mountains, Shelter 2 Soundtrack, Shelter Soundtrack

Conteúdo adicional para este jogo

 

Atualizações recentes Ver todos (10)

25 de março

Paws launch promotion

To support the launch of Paws, which is part of the Shelter universe, we have a massive sale on the entire franchise. Take a chance on love and a little heartbreak. Adopt a nadger or lynx today.

13 comentários Leia mais

Análises

“Rarely has a game articulated loss in such clear and urgent terms”
8/10 – Eurogamer

“...Shelter reminds us just how precious life is, and how apathetic the laws of nature are to our pleas for mercy”
7/10 – Gamespot

“Damn it feels good to be a badger.”
Rock, Paper, Shotgun

Sobre este jogo

Experience the wild as a mother badger sheltering her cubs from harm. On their journey they get stalked by a bird of prey, encounter perils of the night, river rapids crossings, big forest fires and the looming threat of death by starvation.

Food is to be found, but is there enough for everyone? You will learn that the cubs need food not just to survive, but to enable them overcome the varying challenges they will face as they make their way through the world.

Are you ready for a truly different adventure, something that might evoke feelings you've never felt in a game before? In the wild, all living creatures are put to the test. The question in the end is who will survive to live another day?

Retro Family have once again composed a beautiful soundtrack to an original and graphically innovative setting in a world of nature where shelter is your only hope and survival your only goal.

Check out Shelter 2 at:
http://store.steampowered.com/app/275100/

Requisitos de sistema

Windows
Mac OS X
    Mínimos:
    • SO: Windows XP SP2
    • Processador: 2.6 GHz single core
    • Memória: 1 GB de RAM
    • Placa de vídeo: GeForce 400 series, ATI Radeon HD 2xxx
    • DirectX: Versão 9.0
    • Armazenamento: 2 GB de espaço disponível
    Recomendados:
    • SO: Windows 7
    • Processador: 3.0 GHz dual core
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa de vídeo: GeForce 8 series, Radeon HD 5xxx
    • DirectX: Versão 10
    • Armazenamento: 2 GB de espaço disponível
    Mínimos:
    • SO: OS X version Leopard 10.5.8, Snow Leopard 10.6.3, or later.
    • Processador: 2.6 GHz single core
    • Memória: 1 GB de RAM
    • Placa de vídeo: OpenGL 2.0 compatible video card with 1 GB shared or dedicated RAM (ATI or NVIDIA)
    • Armazenamento: 2 GB de espaço disponível
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Últimas:
Ligeiramente positivas (38 análises)
Todas:
Muito positivas (2,110 análises)
Últimas análises
Rinku
1.3 hrs
Publicada: 31 de julho
Simplesmente lindo <3
TiggoRech
3.8 hrs
Publicada: 10 de julho
Ótimo jogo. (Farei uma revisão melhor posteriormente).
Ana Elie
1.7 hrs
Publicada: 3 de julho
Beautiful.
DallaPria2nd
1.5 hrs
Publicada: 2 de julho
Abri o jogo e comecei a jogar. Estava todo felizão com minha familinha de texugos, fazendo uma linda jornada, alimentando-os com maçãs e abacaxis. 15 minutos depois apareceu um gavião do nada e levou um dos meus filhotes. Desliguei o jogo na hora e entrei em depressão.
O sentimento de perda foi inexplicável. 10/10

English review: Opened the game and started playing. I was all happy with my little badger family, starting my great journey, feeding them with apples and pineapples. 15 minutes later, a hawk came out of nowhere and took one of my puppies. Turned off the game and came into depression.
The loss feeling was inexplicable. 10/10
[IDM]PRATINHA LIXO
12.8 hrs
Publicada: 23 de junho
>iniciei o game(jogo em espanhol)
>vejo meus bebes
>dou comida pra eles
>tudo suave
>eis que aparece o gaviaio
>meus instintos protetores começam a agir
>passo pelo gaviaio
>todos os filhotes vivos
>anoitece
>estou andando
>soundofwolf.mp3
>corre berg
>dois filhotes somem
>feels.png
>amanhece
>começa a chover
>preciso atravessar o rio
>olha a onda olha a onda
>filhote morre afogado
>depressão.avi
>agora a floresta esta pegando fogo
>wild gaviaio apears
>entro no modo stelfi
>fogo começa a andar
>fogo chegando
>corro
>gaviaio pega mais um de meus filhotes
>só resta um
>meu bebe cresceu
>floresta para de pegar fogo
>sigo meu caminho
>acho uma toca
>gaviaio no meu pé dnovo
>sombra do gaviaio some
>resolvo correr
>cainobaitdogaviaio
>meu ultimo filhote
>totristão.png
>mas sigo meu caminho
>campo aberto
>vou indo todo pimpão
>gaviaio apears
>tento entrar no modo stelfi
>falho miseravelmente
>gaviaio me pega
pica relatada:
http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=702000380
Lisah ♬
3.5 hrs
Publicada: 13 de junho
virei mãe de cinco filhos, perdi dois deles e abandonei outros tres por forças maiores (ñ foi minha culpa :/)

agora preciso de tratamento psicologico... jogo mais triste que marley e eu.
TanookiVerde
1.3 hrs
Publicada: 27 de maio
Um jogo lindo e cheio de emoção. A forma como o jogo não utilizou texto foi legal, mas não foi muito suave. Os cenários são lindos e a falta de poligonos é incrivelmente charmosa. As animações também são legais.
FlamingOnionBR
1.5 hrs
Publicada: 26 de maio
Apesar de ser um jogo muito pequeno...vale a pena deixar de comprar uma coxinha pra ver a historia da mamãe e os 5 filhotinhos texugos :(
Tiago Gonçalves
1.1 hrs
Publicada: 16 de abril
Gráficos horríveis, jogabilidade travada e praticamente sem enredo.

Consegui terminar este jogo em menos de 1 (uma) hora. O conteúdo é muito pouco pelo preço.

Não recomendo e acho que é quase má fé oferecer um jogo desse ao público.
Lightwood87
4.4 hrs
Publicada: 4 de abril
Comprei esse jogo para jogar com um controle e me decepcionei.

4/10
Análises mais úteis  No geral
28 de 28 pessoas (100%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
Recomendado
1.3 horas registradas
Publicada: 31 de dezembro de 2014
Não se deixe enganar pela aparência ou proposta inicial de Shelter. No fundo, ele esconde um game com uma forte e poderosa mensagem.

Shelter é mais um game indie que busca seu destaque através de propostas que a grande indústria procura evitar por N motivos. A começar, seus gráficos estão longe de serem o mais comum por aí, mas isso não é um ponto negativo, ao contrário: seu estilo de arte combina com o a ambientação do game, de uma natureza rústica. A escolha da paleta de cores utilizada reforça o clima de floresta temperada e criam uma bela ambientação e visuais pouco vistos em outros games.
Mas seus gráficos são apenas a ponta do iceberg. A grande idéia e o principal destaque de Shelter é como ele trata sobre vida e morte e a dificuldade que é enfrentar esse ciclo da natureza, nos lembrando como somos passivos a sua vontade. Pode parecer subjetivo ou filosófico demais para um game que te coloca no papel de um texugo, mas tudo faz sentido no seu final. É difícil explicar sem dar spoilers, mas vale a pena ir até o final do game e descobrir por si só.

Sua jogabilidade é simples: no teclado você anda. Shift corre, Ctrl você anda devagar e sem chamar atenção. No mouse, você move a câmera, ataca presas, pega comida e outras ações.
E por falar em comida, aqui esta o segredo para ir longe no game: é tudo uma questão de como gerenciar a comida que você encontra no caminho. Para qual dos cinco filhotes você vai dar a comida que achar, como não perder a oportunidade de caçar o animal que apareceu no seu caminho e por aí vai. Além da luta contra a fome, você também terá que se preocupar com outros obstáculos, como rios para atravessar ou incêndios para fugir.
Mas sua principal preocupação é com uma sombra que de tempos em tempos vai te perseguir: uma ave esta atrás dos seus filhotes e cabe a você evitar que sua ninhada seja levada. Animal Planet Simulator.

Shelter é um game bem simples e com uma proposta bem madura e bem executada. Talvez seu preço esteja um pouco acima do ideal, mas caso esteja procurando algo diferente, uma experiência nova, uma lição sobre a vida ou algo um pouco mais elaborado do que atirar e correr, Shelter pode ser a sua resposta.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
19 de 19 pessoas (100%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
Recomendado
1.4 horas registradas
Publicada: 5 de novembro de 2015
No jogo, você assume o papel de um texugo. Não de um texugo antropomórfico que pula em plataformas e dispara armas ou coisas assim, ou um texugo de desenho animado que cai de alturas incríveis sem se machucar e coloca dinamite nos seus oponentes. Estamos falando de um texugo mesmo, aquele mamífero onívoro selvagem demais para ser usado como animal de estimação mas pequeno demais para ser exatamente ameaçador para o Homem.

No caso de Shelter, você controla uma mamãe-texugo e isso faz toda a diferença. Com cinco filhotes totalmente dependentes de você, é necessário alimentá-los, guia-los e protegê-los dos perigos do mundo enquanto você perambula pela natureza em estado bruto.

Definitivamente, não é o tipo de situação que aparece nos jogos eletrônicos todas as semanas.

Mas as mecânicas são simples, seja para encontrar comida, se esgueirar de predadores ou caçar suas presas. É bastante fácil de aprender.

O difícil mesmo é a lição que Shelter ensina: a Natureza pode ser um lugar cruel para se viver, totalmente alheia a quem vive e quem morre e onde a Morte está aguardando em cada esquina. Você vai perder seus filhotes e vai se torturar por isso e vai tentar dar o melhor de si na próxima vez e vai perder novamente. A realidade está bem exposto aqui, sem as cruezas de um documentário do Animal Planet, mas com uma paisagem belíssima criada com gráficos que remetem à arte low poly e uma trilha sonora que evoca a tristeza que te aguarda.

Shelter é um jogo curtíssimo. Mas com um impacto duradouro.

Dica: fique até o final dos créditos para a cena extra e mais uma lição sobre o ciclo da vida.

Originalmente publicado em: http://blog.retinadesgastada.com.br/2015/11/jogando-shelter.html
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
17 de 17 pessoas (100%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
Recomendado
4.0 horas registradas
Publicada: 9 de março de 2015
Zerei o jogo 2 vezes por que vale a pena!
Você é uma mãe texugo que precisa fazer de tudo para proteger seus filhotes.
Comece em uma toca com seus lindos 5 filhotinhos, e comece sua jornada através das florestas, montanhas e planícies e faça de tudo para salvar todos os seus filhos.
Enfrente corredeiras, noites assustadoras, queimadas e uma águia que quer comer seus filhos a todo custo.
E alem disso tudo, não se esqueça de manter seus filhotes bem alimentados.
O jogo faz você se apegar de verdade aos seus filhotes, você chega a chorar quando algum deles acaba sendo pego pela dona morte =(
O jogo é curtinho, mas vale a historia envolvente que ele tem.
É bem complicado você conseguir chegar no final do jogo com todos seus filhotes intactos, desafio você a tentar ;)
O Final do jogo é bem "WTF" mas logo você consegue entender.
Jogo com uma arte diferente, divertido e com uma jogabilidade ótima.
Vale a pena tentar ;)
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
16 de 16 pessoas (100%) acharam esta análise útil
9 pessoas acharam esta análise engraçada
Recomendado
3.5 horas registradas
Publicada: 13 de junho
virei mãe de cinco filhos, perdi dois deles e abandonei outros tres por forças maiores (ñ foi minha culpa :/)

agora preciso de tratamento psicologico... jogo mais triste que marley e eu.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
8 de 8 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
2.9 horas registradas
Publicada: 27 de novembro de 2013
Basta ver as telas acima para perceber logo de cara que Shelter é um típico jogo independente, e como boa parte dessa nova leva de indies, ele é uma experiência muito interessante que não dura muito tempo, mas deixa uma longa impressão.

Em Shelter, você controla uma mãe texugo com cinco filhotes em busca de um novo abrigo. A história e a jogabilidade se resumem a esta simples premissa: você deve procurar alimento para os pequenos, ficar de olho nos texuguinhos e prestar atenção ao seu redor.

O BOM: O visual é lindo: o mundo inteiro é concebido a partir de texturas que criam um efeito de camuflagem que de fato se vê em uma floresta de verdade, mas sem sacrificar a direção de arte e o conceito do jogo. Isto combinado à trilha sonora reduzida cria uma atmosfera muito interessante, chegando a ser tensa de verdade em certos momentos. Os texugos são fofos e cada um dos filhotes têm uma pelagem diferente, o que facilita a sua identificação, permitindo também que o jogador faça uma associação com cada um deles. Eu por exemplo tinha uma preferência completamente arbitrária por um dos filhotes, que parecia ser o mais lerdo na hora de pegar a comida. Tomei cuidado em alimentar todos por igual. Sempre fazia a mãe grunhir e esperava a resposta de todos os cinco atrás dela. Girava a câmera a todo momento para contar os bichinhos que me seguiam. Shelter é muito único em relação aos outros jogos disponíveis no mercado. Ele é curto, mas não há encheção nem gordura extra, o que considero muito positivo. Não espere alta dificuldade nem puzzles: este é um jogo contemplativo com momentos de tensão e ansiedade genuínos, dependendo da afeição que você sentir pelos filhotinhos e acredite, você vai se sentir mal se perder algum deles.

O RUIM: O maior fator contra para a maior parte das pessoas é o tempo, pois dá para terminá-lo em menos de 1h se você correr (eu o terminei em 2h). O replay também não é alto. Por um lado, não há longas introduções ou tutoriais (o que é positivo); por outro, as instruções acontecem via ilustrações que, apesar de muito intuitivas, podem causar confusão em certas situações. Por exemplo, em um primeiro momento pode não ficar claro que as raposas não só não oferecem perigo aos filhotes, como servem de fonte de alimento para eles. De qualquer forma, isso provavelmente não vai afetar muita gente pois neste jogo você aprende fazendo, e não há necessariamente como “perder”, mesmo se todos os seus filhotes morrerem. Por fim, dependendo da localização, girar a câmera pode fazer com que ela invada a geometria daquilo que está por trás, como árvores e gramados, pois o ângulo não se ajusta ao relevo. Esta é só uma pequena implicância, mas pode ser irritante de vez em quando.

JOGUE SE GOSTOU DE: Proteus, pela atmosfera e locações diferentes, Brothers — A Tale of Two Sons, pela jogabilidade minimalista e temática emocional e familiar.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
11 de 14 pessoas (79%) acharam esta análise útil
Recomendado
5.1 horas registradas
Publicada: 25 de agosto de 2015
Vi a sequencia no Steam hoje e lembrei que tinha esse jogo esquecido, como aparentava ser curtinho, resolvi dar uma jogada antes de dormir

A princípio ele é daqueles jogos-arte sem qualquer introdução ou narração, só um mundo vasto e minimalista, e mesmo sem um mapa, ele tem uma estrutura mais ou menos linear... você controla um texugo que tem filhos e deve seguir com eles pra algum lugar, buscando alimentos e se protegendo dos predadores (alguém lembra do Bosque dos Vinténs?)

Inicialmente parece bem tranquilo, já que corre alegremente por aí, coleta umas maçãs, as vezes alguns sapos ou roedores, mas conforme o tempo passa dá uma tristeza ver os filhores morrerem por predadores ou pela natureza, e dá uma impotência dar o seu melhor por eles e ainda assim nem sempre conseguir garantir a sobrevivência deles, mas ainda assim é necessário seguir em frente

Não dá pra esperar nada grandioso, mas é bom pra refletir e até relaxar, mesmo com seus momentos de tensão
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
2.4 horas registradas
Publicada: 1 de maio de 2014
Simples, bonito e bastante direto.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 6 pessoas (67%) acharam esta análise útil
Não recomendado
2.6 horas registradas
Publicada: 25 de novembro de 2013
The art is beautiful, so the entire journey is a visual pleasure, but the game fails in gameplay department. Shelter is extremely linear and the mechanics are simple, these two aspects combined killed any chance of immersion for me. I don't think Shelter should be an open world game, 3 or 4 alternate paths through a level, for example, would already greatly benefit the game and help with immersion. Similarly, the game should have a little more variety in the challenges you face, instead of the "one kind of challenge per level" structure the game uses.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
1.6 horas registradas
Publicada: 13 de fevereiro de 2014
Um survival diferente. Shelter é um jogo único, onde você é uma toupeira e tem que proteger sua prole das intempéries da natureza. Com gráficos increvelmente leves e fascinantes, o jogo faz cada minuto valer a pena. Recomendo!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
1.7 horas registradas
Publicada: 3 de julho
Beautiful.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada