Lute por toda Mordor e descubra a verdade sobre o espírito que o impulsiona; conheça as origens dos Anéis do Poder, construa sua lenda e enfrente o mal de Sauron nesta nova crônica da Terra-média.
Análises de usuários: Muito positivas (19,925 análises)
Data de lançamento: 30/set/2014

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Pacotes que incluem este jogo

Comprar Middle-earth: Shadow of Mordor Game of the Year Edition

Please note: The GOTY Edition of Middle-earth: Shadow of Mordor and the previously available Premium Edition are the same product.

Comprar Middle-earth: Shadow of Mordor - GOTY Edition Upgrade

Please note: The Middle-earth: Shadow of Mordor - GOTY Edition Upgrade and the previously available Season Pass are the same product.

 

Recomendado por curadores

"Would be a competent but unremarkable Arkham-style open world game about killing orcs but made special with the Nemesis system and excellent voice work."
Veja a análise completa aqui.

Atualizações recentes Ver todos (8)

28 de maio

Update: Build v1951.27

General Fixes:
  • Further fixed an issue where maximum save file size could exceed maximum allocated size, causing a crash when user tried to save.
  • Fix for crash that could occur when exiting Trials of War mode.
  • Fix for flickering lights in Nvidia SLI.
  • Fixed displayed memory on AMD GPUs in CrossFireX.

ːShowdownː

38 comentários Leia mais

23 de março

Update: Build v1951.11

Stability Fixes:
  • Fixed memory leak when SLI is enabled that could lead to “out of memory” crashes.
  • Fixed crash that could occur when saving if user had >200 uncollected Runes on the map. (Game now only saves 32 best uncollected Runes left on map.)
  • Fixed crash that could occur when closing game on skin selection window.

General Fixes:
  • Fixed an edge-case where Uruks were not re-populating empty spaces in the hierarchy, leading to extremely empty hierarchies.
  • Leaderboards now navigate properly.
  • Improved detection of monitor native resolution.

ːShowdownː

44 comentários Leia mais

Análises

“AMAZING”
9.3/10 – IGN

“Revolutionary”
5/5 – Joystiq

“Remarkable”
4.5/5 – VideoGamer

Coming to SteamOS/Linux

Middle-earth™: Shadow of Mordor™ will be available on SteamOS and Linux in Spring 2015.

Sobre este jogo

Lute por toda Mordor e descubra a verdade sobre o espírito que o impulsiona; conheça as origens dos Anéis do Poder, construa sua lenda e enfrente o mal de Sauron nesta nova crônica da Terra-média.

Requisitos de sistema

    Minimum:
    • OS: 64-bit: Vista SP2, Win 7 SP1, Win 8.1
    • Processor: Intel Core i5-750, 2.67 GHz | AMD Phenom II X4 965, 3.4 GHz
    • Memory: 3 GB RAM
    • Graphics: NVIDIA GeForce GTX 460 | AMD Radeon HD 5850
    • DirectX: Version 11
    • Network: Broadband Internet connection
    • Hard Drive: 25 GB available space
    Recommended:
    • OS: 64-bit: Win 7 SP1, Win 8.1
    • Processor: Intel Core i7-3770, 3.4 GHz | AMD FX-8350, 4.0 GHz
    • Memory: 8 GB RAM
    • Graphics: NVIDIA GeForce GTX 660 | AMD Radeon HD 7950
    • DirectX: Version 11
    • Network: Broadband Internet connection
    • Hard Drive: 40 GB available space
Análises úteis de usuários
20 de 20 pessoas (100%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
34.0 hrs registradas
Publicada: 4 de julho
Estou Apaixonado. jogo simplismente maravilhoso,graficos incriveis,trilha sonora muito boa,jogabilidade boa,historia boa. tudo que um jogo precisa para ser bom. graficos no maximo rodando em full hd a 60 fps. recomendo fortemente esse jogo.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
21 de 23 pessoas (91%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
32.1 hrs registradas
Publicada: 24 de fevereiro
Putz, jogo fantásticos em todos os aspectos, cenários, história, cutscenes, combates, chefes e o krralho a quatro... Um dos pontos que logo de cara me chamaram atenção foi a dublagem em PT-BR deste jogo, sem duvidas a melhor dublagem que já vi em um jogo, contando com o grande dublador do Rick Grimes (Protagonista do The Walking Dead) dando voz ao Talion.

E por último mas não menos importante: NÂO MORRA ANTES DE JOGAR ESTA OBRA DE ARTE kkkkk...
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
20 de 22 pessoas (91%) acharam esta análise útil
4 pessoas acharam esta análise engraçada
20.6 hrs registradas
Publicada: 23 de janeiro
Assim que as primeiras imagens de jogabilidade de “Middle-Earth: Shadow of Mordor” foram apresentadas, o jogo se tornou alvo de diversas comparações e acusações. Uns diziam ser uma cópia descarada de “Assassin’s Creed”. Outros apontavam muitas semelhanças com a série “Arkham”, de Batman. O reboot de “Tomb Raider” e “Far Cry 3” também foram lembrados como possíveis inspirações.

O fato é que nenhuma das comparações é injusta ou exagerada. “Shadow of Mordor”, de fato, bebeu muito na fonte de todos os jogos supracitados. Tanto que, mais do que tentar incorporar alguns desses elementos de modo furtivo, o jogo parece não ter vergonha nenhuma em assumir ser uma colcha de retalhos, unindo diversas características em um só jogo, mas fazendo isso com excelência técnica e criativa.

O trunfo de “Shadow of Mordor” foi, em parte graças ao poder da nova geração, poder reunir todos os elementos inspiradores apenas como coadjuvantes, que ajudam a abrilhantar o Nemesis System, esse sim original, e o grande diferencial do jogo.

Poder misturar toda essa receita à mitologia de J. R. R. Tolkien, um dos mais ricos universos fantásticos já criados pela mente humana, faz de “Shadow of Mordor” uma deliciosa e imersiva viagem narrativa, pronta para conquistar um lugar no panteão dos jogos memoráveis, não só dessa, mas de todas as gerações de videogames.


- Introdução

Num buraco no chão vivia um hobbit. Tempos depois, Sauron e o Um Anel são destruídos. É na brecha entre essas duas histórias, as de “O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis”, que a produtora Monolith conta a saga original de Talion, protagonista de “Shadow of Mordor”, um guardião de Gondor alocado no Portão Negro de Mordor, que é obrigado a assistir ao assassinato de sua esposa e filho pelos capitães do exército de Sauron, antes dele próprio ser assassinado.

Graças a um misterioso ritual, Talion é possuído pelo espírito de um elfo morto há milhares de anos, e as duas consciências passam a habitar o mesmo corpo, agora imortal e dotado de diversos poderes sobrenaturais.

Talion e o espírito partem juntos em uma jornada de vingança, um buscando a quebra da maldição e a morte, o outro tentando recuperar a memória e a identidade. Para isso, eles precisam enfrentar hordas e mais hordas de orcs e uruks dos exércitos do Senhor do Escuro, até que finalmente consigam desafiar os Capitães Negros.

- Gráficos exuberantes

Visualmente, "Shadow of Mordor" é uma viagem de tirar o fôlego. Cenários, texturas, personagens e animações são representados em detalhes minuciosos. Grande parte deles, aliás, foi concebida com supervisão de Peter Jackson e da sua produtora Weta, responsáve pelos visuais das trilogias "O Hobbit" e "O Senhor dos Anéis" no cinema, garantindo assim uma espécie de padronização e conversa entre as produções.

- Narrativa ampla e imersiva

A capacidade de imersão de "Middle-Earth: Shadow of Mordor" é louvável. Não apenas pelo excelente roteiro, assinado por Christian Cantamessa, mesmo roteirista de "Red Dead Redemption", mas pelo modo como tantos aspectos e elementos do jogo trabalham juntos na construção da narrativa de "Shadow of Mordor".

De uma maneira extremamente sensível e envolvente, o tutorial do game apresenta as principais mecânicas do jogo, ao mesmo tempo que conta a história do assassinato de Talion e sua família. O modo stealth e a mecânica de combate, por exemplo, são apresentadas não somente cortando cabeças de orcs, mas também roubando um beijo de sua esposa e ensinando seu filho a empunhar a espada, respectivamente.

As armas de Talion (espada, arco e adaga) possuem missões exclusivas, que servem para "forjar a lenda" de cada um dos itens. As missões têm descrições épicas e colocam, basicamente, o jogador frente a desafios específicos para cada tipo de equipamento. Quanto mais famosa a arma, mais temida ela será pelos uruks de Mordor e mais aterrorizante será a presença de Talion para as tropas de Sauron.

As missões que revelam a identidade do espírito, o elfo Celebrimbor, e seu envolvimento com Sauron no passado, ajudam a conceder grandiosidade à campanha do jogo, com sequências belíssimas de animação, para deleite de novos e antigos fãs do universo tolkieniano.

O próprio Nemesis System, com as curtas falas dos capitães uruks antes de cada embate com Talion, que são moldadas de acordo com as ações do jogo, ou com as motivações de cada guerreiro, ajudam o jogador a criar suas próprias histórias, entrelaçadas ao roteiro principal.
A barreira do idioma, que poderia significar a destruição de toda a experiência de jogo, consegue ser preservada para todos, já que "Shadow of Mordor" conta com localização completa para o Brasil, vozes e legendas.


Pra quem assistiu os filmes:

#SAGASENHORDOSANÈIS
1ª - O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel
2ª - O Senhor dos Anéis: As Duas Torres
3ª - O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei

#SAGAOHOBBIT
1ª - O Hobbit: Uma Jornada Inesperada.
2ª - O Hobbit: A Desolação de Smaug.
3ª - O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos


ou qualquer um dos dois... Recomendo esse belíssimo jogo!

Espero que esta análise sirva de apoio para vários gamers que estão com dúvidas sobre comprar o game. Valeu galera! :]
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
5 de 5 pessoas (100%) acharam esta análise útil
28.2 hrs registradas
Publicada: 22 de janeiro
Olá pessoal!
Deixo aqui a minha recomendação sobre este jogo que me surpreendeu bastante, apesar da já conhece-ló
Para quem é fã das histórias da Terra-média e também gosta de jogos, saiba que este título é obrigatório para você.
E para aquelas pessoas que conhecem pouco ou que nem conhecem, saibam que mesmo assim ele é um excelente título, mas só não digo obrigatório, pois vai depender de que Gêneros de jogos você gosta.
Apesar de muitas críticas e até sensação pessoal inicial já ver elementos muitos fortes de Assassin's Creed e Batman, o jogo não é uma cópia. Ele aproveita mecânicas interessantes e aprovadas nesses games adicionando características próprias o tornando um game único!
O único ponto negativo que posso dizer sobre o game, que na verdade essa opinião não é minha, é o fato das missões secundárias repetitivas, pois elas consistem em desafios de espada, adaga(stelf) e arco que não acrescentam em nada na história e missões de libertação de escravos que terminam no mesmo ponto das missões anteriores. Disse que a opinião não era minha, pois alguns amigos me passaram essa opinião, já ao meu ver apesar de realmente não acrescentarem nada na história, elas retribuem com o desafio a ser cumprido e a prória ação de evoluir o seu personagem. (Algo que é muito necessário para o seu andamento no game)
E pro fim falo sobre os colecionáveis, que agregam muitas curiosidades sobre as histórias da Terra-média.
Então é isso. O game é super recomendado e espero que vocês tenham a mesma sensação ou até mais do que eu ao joga-ló!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
5 de 6 pessoas (83%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
36.4 hrs registradas
Publicada: 20 de janeiro
Um ótimo jogo, relativamente cansativo, mas ainda assim uma ótima escolha para se passar o tempo. Eu, como fã de open-world, tive que explorá-lo ao máximo e concluir com 100%, para definir se é um bom jogo ou não, se eu for analisar como open-world, ignorando o action-rpg, definiria como fraco, pois é muito repetivivo e bem limitado quanto a espaço/tempo, mas no quesito combate e história é ótimo, bem versátil e divertido. Claro, a história não deixa a desejar em nenhum momento, e sim cada vez mais intrigado.
Como os últimos jogos da Warner Bross, ele é extremamente fácil, isso me desanimava em alguns momentos, afinal, eu não tinha grandes desafios in-game. Seu sistema de contra-ataque deixa o jogo mais fácil do que já é, como nos últimos Batman's, mas isso ainda não tira o mérito do jogo.
Com lindos gráficos e uma trilha sonora perfeita, o que torna a ambientação muito agradável, e extremamente fácil jogar por horas seguidas. Agora, como Brasileiro e acostumado com pouco investimento no mercado nacional, recomendo e muito sua dublagem e legenda, são de ótima qualidade e facilitam muito ao decorrer do jogo. Em resumo, recomendaria facilmente e seu preço ainda se encontra acessível.

Nota: 9,0
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada