Bionic Dues is a tactical, turn-based roguelite with mech customization. Out-think wide-ranging tactical situations featuring robots with bad GPS, terrible aim, insecurity, a lack of focus, a tendency to backstab, and dozens of other maladies to exploit.
Análises de usuários:
Últimas:
Neutras (19 análises) - 47% das 19 análises de usuários dos últimos 30 dias são positivas.
Todas:
Ligeiramente positivas (706 análises) - 77% das 706 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 8/out/2013

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Indisponível em Português (Brasil)
Este produto não está disponível no seu idioma. Confira a lista de idiomas oferecidos antes de comprar.

Comprar Bionic Dues

 

Análises

“What's wonderful about Bionic Dues is that it manages to combine meta-strategy and micro-strategy... It's like a fast-paced, mini-XCOM.”
Andrew Groen, The Penny Arcade Report

“Top game moment: Realising a momentary oversight has condemned you to almost certain doom, but then, with only a perfect set of well-thought long-contemplated moves, you pull everything out the bag, blow the rig, and get the hell out of dodge to receive a hard-earned mission successful.”
8.5/10 – Richard Nolan, Strategy Informer

“Bionic Dues delivers tough decisions, sweeping tactics and enormous mech battles; packing massive replayability and unpredictability into its budget price point. A 'Rogue-lite' to remember and to savour through numerous scorched-earth defeats and hard-won victories.”
8/10, Editor's Choice – Jonathan Lester, Dealspwn

Sobre este jogo

Robot rebellions should be quelled by the best of the best. When the best of the best are killed... it's up to you. Subdue the uprising in time, or your corporate overlords nuke the city.

Bionic Dues is a tactical, turn-based roguelite with mech customization. Guide multiple classes of Exos through a variety of missions filled with enemy robots that are as buggy as they are angry. This is at least as bad as it sounds. Explore for loot, destroy key robotic facilities, and brace yourself for the final attack by your enemies... just as soon as they can pull it together.

Features

  • Out-think wide-ranging tactical situations featuring robots with bad GPS, terrible aim, insecurity, a lack of focus, a tendency to backstab, and dozens of other maladies to exploit.
  • Over 40 unique bots, ranging from the hilariously inept-but-dangerous DumBots, BlunderBots, and BatBots to the terrifyingly effective WyvernBots, DoomBots, and MurderBots.
  • Carve your own path: choose 30 to 50 missions out of the 120 you discover as you explore the city map. Which missions you choose determines how prepared you will be for the final battle against the massing robot army.
  • Missions come in 23 different general flavors, and are entirely procedurally-generated like a floor of a traditional roguelite.
  • Mix and match your squad of four from six classes of Exos: Assault, Siege, Science, Sniper, Ninja and Brawler. Each has its own build and weaponry.
  • Choose an overall pilot from a roster of six to add a powerful perk that lasts your entire campaign.
  • Customize your four Exos with procedurally-generated loot that grants weaponry and defensive upgrades, new abilities, and more.
  • Difficulty levels ranging from quite casual to incredibly hardcore.
  • Save and reload your game with ease any time, or tough it out in ironman mode.
  • Stellar soundtrack by composer Pablo Vega, headlined by the game's title theme "The Home We Once Knew."

Requisitos de sistema

Windows
Mac OS X
SteamOS + Linux
    Mínimos:
    • SO: Windows XP SP2 or later
    • Processador: 1.6Ghz CPU
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa de vídeo: Screen resolution at least 720px high, and 1024px wide.
    • Armazenamento: 300 MB de espaço disponível
    Mínimos:
    • SO: Mac OSX Intel CPU and "Leopard" 10.5 or later.
    • Processador: 1.6Ghz CPU
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa de vídeo: Screen resolution at least 720px high, and 1024px wide.
    Mínimos:
    • SO: Ubuntu 10.10 or later, although other unsupported distros may work
    • Processador: 1.6Ghz CPU
    • Memória: 2 GB de RAM
    • Placa de vídeo: Screen resolution at least 720px high, and 1024px wide.
    • Armazenamento: 300 MB de espaço disponível
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Últimas:
Neutras (19 análises)
Todas:
Ligeiramente positivas (706 análises)
Últimas análises
M@uware
14.7 hrs
Publicada: 28 de julho
Se Faster Than Light and e XCOM tivessem um filho, seria mais ou menos esse jogo. Enfim o jogo é divertido e desafiante, tem mêcanicas de estratégia interessantes e você pode customizar seu robo no jeito que você quiser, já tem "pré" classes mas você pode mudar para adaptar para o seu estilo de jogo. O preço inteiro já vale, na promoção custa menos que uma coca 2 litros. Se você gosta de estratégia de turnos+roguelike compre com certeza.
Nois se vê por ai.
4.0 hrs
Publicada: 27 de julho
Produto recebido de graça
Muito bom
Andromeda
1.8 hrs
Publicada: 30 de junho
Bionic Dues ocorre na véspera de uma invasão do robô, e em toda parte sinais sugerem que a culpa por sua ascendência recai sobre nós. Este é um mundo cruel mecânico desprovido de conforto naturais, a partir do mapa da cidade que se assemelha a uma placa de circuito para a interface frio que envolve toda a experiência. Além de alguns avatares ilustrados para pilotos mech, não é claro onde as linhas entre a humanidade e suporte robotica. Aí pode estar algumas das razões para o título excêntrico de Arcen para este novo roguelike, que consegue entreter e desafio, apesar da sua apresentação abaixo do esperado.

É uma coisa triste, com certeza, mas também serve como um ajuste complementar para a jogabilidade Sisyphean comum para o gênero roguelike. O fracasso é a regra geral - não o sucesso - e ganhando geralmente envolve superar obstáculos aparentemente impossíveis de alcançar a vitória. Isso era verdade de 2012, do maravilhoso rápido que a luz , que nos enviou careening através do espaço em uma pequena nave espacial Firefly -como, e também é verdade de Bionic Dues, que comercializa a configuração de espaço para uma visão apocalíptica que está mais estreitamente inspirada no universo MechWarrior .

Neste caso, Bionic Dues ganha grande parte de sua tensão dos meros 50 dias você tem que se preparar antes das tempestades exército de robôs da cidade com a intenção de erradicar toda a vida humana. Mas em vez de manter os robôs uma ameaça distante, Arcen borrifa suas operações sobre a cidade onde montar a máquina de guerra necessários para completar a conquista. O resultado é uma variedade surpreendentemente variado de missões, com cada missão representando um dia até a partida final e uma oportunidade para alterar as suas chances no fim do jogo.

Intrometendo seu caminho através de várias instalações de armas pode significar que você terá muitas grandes armas quando o grande dia chegar, mas vai significar pouco se você passou seus 50 dias ignorando as instalações de produção onde o inimigo artesanato suas legiões. Deixe-os ir desmarcada por muito tempo, e você vai encontrar-se virada para baixo um enxame que mesmo as maiores armas são impotentes para erradicar. Porque os projetos são gerados procedually, Bionic Dues evita o perigo inerente da repetição monótona.

As missões iniciais pontapé de saída com facilidade, mas rapidamente aumentam em dificuldade como os robôs fazem seus próprios avanços na corrida armamentista. A curva de aprendizagem garante que é difícil o suficiente sobre normal, e eu admito que me levou mais de uma hora para o progresso passado as duas primeiras missões no modo de miséria apropriadamente chamado. Quatro outras dificuldades permitem que você para atender a sua experiência como você deseja, e um modo de homem de ferro recados a opção salvar-at-vontade padrão para um modelo roguelike tradicional que o obriga a viver com ambos os seus sucessos e fracassos. Mas o sucesso é tão importante que eu às vezes me vi completamente reiniciar após uma única missão falhou.

Bionic Dues consegue entreter, apesar de este projeto punir em parte porque o combate é tão divertido. No início de cada jogada, você seleciona quatro de um total possível de sete exos (nome do Arcen para mechs), juntamente com um dos seis pilotos associados que concedem aumentos tais como itens com desconto na loja ou a chance de melhores gotas de loot.

Tal configuração incentiva a experimentação para encontrar a equipe que melhor se adapte ao seu estilo de jogo. Brawlers, por exemplo, prosperam em esmagamento na cara do inimigo, enquanto ninjas pode esgueirar-se os inimigos do passado (apesar de seu volume multi-ton, aparentemente). exos cientista são quase sempre uma obrigação, porque só eles podem realizar as façanhas de hackers necessária para acessar os mais ricos troves pilhagem. Mesmo assim, saque cai rapidamente o suficiente para reavivar memórias de Diablo e Torchlight, embora o processo de comparar e trocar as velocidades entre os quatro mechs cresce cansativa entre os rounds.

Bionic Dues brisas junto a um ritmo acelerado. O combate pode ser baseado em turnos, mas com movimentos mapeados para as teclas WASD e habilidades mapeados para o mouse e teclas de atalho, as ações se desenrolam rapidamente o suficiente para que os espectadores podem confundi-lo com uma tomada rudimentar em XCOM. Você só jogar como um mech de cada vez, o que requer que você estrategicamente malabarismos para manter todos os mechs vivo e em jogo. Como no mapa da missão, cada movimento pode mudar o jogo. Você envia um míssil com danos área de efeito em um mosh pit de robôs aglutinados? Se o fizer, pode provocar uma carga EMP empilhável que poderia deixar o seu mech em jogo desativado por várias rodadas. Bionic Dues transborda com decisões como estas, ea melhor parte é que as falhas se sentir como se eles brotam de decisões pobres em vez de projeto opressivo.

Um projeto desafiador, sim, mas tudo o que a pressão significa que o cenário real sente sobre tão esperançoso quanto Gillian Welch lendo The Road de Cormac McCarthy para a melodia de Adagio, de Samuel Barber for Strings. Arcen tentou injetar um pouco de humor necessário para a experiência, mas nem sempre funciona. Admito que riu pela primeira vez um robô morrendo gritou: "Por que eu estava programado com sentimentos?" mas isso diversões inicial difundido muito antes da 50ª vez que eu ouvi-lo. A música retro-temático catchy (com exceção de uma faixa tela de título cringe-dignos) pega algum do resto da folga, mesmo se algumas faixas foram retirados anteriormente Arcen libera. Mas, para mim, pelo menos, nada fez para a definição sombrio. Tanto a névoa da guerra e o contexto geral consistem em pouco mais do que negrume, e as grades em blocos de mapas de missão olhar mal diferente dos slots de interface do usuário que os cercam. Para um jogo que é sobre a sobrevivência obstinada da raça humana, Bionic Dues, muitas vezes, parece apresentar a visão de um robô do mundo.

E ainda, por tudo isso, Arcen do mais recente proporciona uma corrida inegável de triunfo, uma vez que conseguem superar o confronto final. Na maioria das vezes você vai falhar, no entanto, mas se você não está adiadas por as limitações da apresentação e da brutalidade de desafios Bionic quotas dos, você encontrará um roguelike agradável que recompensa a sua persistência e determinação.

O BOM:

Enorme potencial de longevidade
A falha tem um significado real, levando, assim, a jogabilidade pensativo
Trilha sonora cativante (até demais)
Combate mech acelerado

O RUIM:

Visuais hediondos
As tentativas de humor desgastar
Curva de aprendizado difícil

Enfim, o jogo é cansativo mas a Trilha Sonoro estimula muito a jogatina... Aprovo pela sua trilha :3
FalconnPlay
4.0 hrs
Publicada: 30 de junho
Maneiro
oldevildeux
4.5 hrs
Publicada: 18 de junho
Mais um jogo que seria muito melhor com o modo wizard, tiver que ler o tutorial e ver videos varias vezes para entender os com funciona cada robo
Goordzilla
3.5 hrs
Publicada: 6 de junho
Cool!
ander10x3
4.4 hrs
Publicada: 19 de maio
Produto recebido de graça
Jogo muito legal, lembra bastante aqueles jogos de estratégia do Super Nintendo (que eu costumava adorar)
Se você gosta de um jogo tático, com bastante informação para ler e administrar, vai com tudo!
Erik
0.3 hrs
Publicada: 10 de maio
░░░░░░░░░░░█▀▀░░█░░░░░░
░░░░░░▄▀▀▀▀░░░░░█▄▄░░░░
░░░░░░█░█░░░░░░░░░░▐░░░
░░░░░░▐▐░░░░░░░░░▄░▐░░░
░░░░░░█░░░░░░░░▄▀▀░▐░░░
░░░░▄▀░░░░░░░░▐░▄▄▀░░░░
░░▄▀░░░▐░░░░░█▄▀░▐░░░░░
░░█░░░▐░░░░░░░░▄░█░░░░░
░░░█▄░░▀▄░░░░▄▀▐░█░░░░░
░░░█▐▀▀▀░▀▀▀▀░░▐░█░░░░░
░░▐█▐▄░░▀░░░░░░▐░█▄▄░░░
░░░▀▀░░░▀░░░░░░▐▄▄▄▀░░░
░░░░░░░░▀░░░░░░░░░░░░░░
░░░░▄ Bionic Dues ▄░░░░░░░░░
░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░
LordSaintt
1.9 hrs
Publicada: 7 de março
A única coisa boa nesse jogo são as 3 cartas que ele dá...
Análises mais úteis  No geral
7 de 10 pessoas (70%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
Não recomendado
1.9 horas registradas
Publicada: 7 de março
A única coisa boa nesse jogo são as 3 cartas que ele dá...
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 5 pessoas (80%) acharam esta análise útil
Não recomendado
5.8 horas registradas
Publicada: 29 de janeiro
Bionic Dues é um jogo confuso, lento e repetitivo, três piores defeitos que um jogo pode ter. E embora ele seja bem feito e bem customizável os defeitos sobrepõem qualquer ponto positivo para mim. Talvez algum fã de rpg tático paciente possa adorar, mas eu achei muito lento.
----------------------------------------------------------------
Bionic Dues is a confusing, slow and repetitive game, three worst defects that a game can have. And although it is well done and very customizable the defects outweigh any positive point for me. Perhaps a patient fan of tactical rpg may love it, but I found it very slow.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
5 de 8 pessoas (63%) acharam esta análise útil
Não recomendado
4.5 horas registradas
Publicada: 24 de janeiro
Joguei esse jogo mas não vi assim tanta coisa. A arte dele até que é legal, lembra os jogos mais antigos do Orkut/Facebook (acreditei que ele era bem mais leve por isso).

Eu particularmente não gostei do jogo... Não tive muita paciência para ele, por esse motivo essa análise será mais branda e completamente parcial.

O jogo é "simples demais", não há nem um efeito de fade-in/fade-out entre um menu e uma fase, coisas tão simples que aumentariam a beleza do jogo e não dariam a sensação que foi feito às pressas, porque parece que foi isso mesmo que aconteceu. A proposta é boa mas o jogo não é tão intuitivo, é necessário ler para saber o que se está fazendo. De início tem várias fases abertas e muito, muito texto...

No quesito ação, levei um tempo pra entender o que estava acontecendo na tela. Apertei o mouse e o robô não se movimentou. Depois pensei que se mexeria pelas setas mas não foi, então vi a notificação inferior falando sobre a movimentação com WASD, quando me movi eu morri... Eu não sabia se aqueles lasers eram meus, se eram algum "indicador" mas depois vi que me matava, e só matava porque eu tentava apertar a barra de espaço mas sem resultado.

Até entender exatamente o funcionamento do jogo levei um certo tempo, mas mesmo depois que aprendi as mecânicas de cada robô, ainda assim eu não consegui me divertir...
Falo por mim quando não recomendo esse jogo, não há dinâmica, mas para quem curte uma estratégia e simplicidade no trabalho, poderá até gostar, como vi aqui que há recomendações.

A única recomendação para esse jogo mesmo é a trilha sonora, isso é indiscutível, realmente muito boa... e só. Por esse motivo não vou me aprofundar aqui na análise.

JOGO EM PT_BR? Infelizmente não.

PS.: Depois de uma hora de jogo -boa parte com o jogo aberto só pra receber carta- e nenhuma carta.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
14.7 horas registradas
Publicada: 28 de julho
Se Faster Than Light and e XCOM tivessem um filho, seria mais ou menos esse jogo. Enfim o jogo é divertido e desafiante, tem mêcanicas de estratégia interessantes e você pode customizar seu robo no jeito que você quiser, já tem "pré" classes mas você pode mudar para adaptar para o seu estilo de jogo. O preço inteiro já vale, na promoção custa menos que uma coca 2 litros. Se você gosta de estratégia de turnos+roguelike compre com certeza.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
4.0 horas registradas
Publicada: 27 de julho
Produto recebido de graça
Muito bom
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 7 pessoas (57%) acharam esta análise útil
Recomendado
7.5 horas registradas
Publicada: 27 de janeiro
Provavelmente um dos games mais underrated de todos os tempos.
Eu não entendo as pessoas que disseram que esse jogo é ruim...
De primeira realmente deu uma má impressão, mas foi SÓ de primeira.
As 3 únicas análises brasileiras são terríveis, nenhum deles explicou porque não gostaram, só simplesmente disseram ''Uma bo***''.
Eu admito que no início eu já estava começando à achar que o game era ruim mesmo. Mas na segunda vez que joguei com uma mente mais aberta...

Pontos positivos

+ Trilha sonora
+ Dublagem dos mechs
+ Customização
+ Duração (Óbviamente não cheguei ao fim ainda, mas estimo que pode durar umas 20 horas)
+ Variação
+ A forma que o game te foca à aprender sobre tudo ao seu redor e como elas podem te ajudar ou te MATAR
+ Mecâncica de gameplay tática e bastante diferente (Mistura de RPG com câmera de topo)
+ Cartas

Pontos negativos

- Texto, texto, texto e mais texto. Isso não é um problema pra mim, mas pode ser pra muita gente pois você TEM de ler tudo, e não tem tradução português, por isso não posso recomendar esse game pra quem não sabe de inglês ou simplesmente não gosta de ler
- Para quem gosta de jogos estilo mais fast-paced, você (talvez) vai ficar muito confuso

84 / 100
*Eu peguei o jogo de graça por um grupo de keys :v
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 2 pessoas (50%) acharam esta análise útil
Recomendado
6.8 horas registradas
Publicada: 7 de fevereiro
Provavelmente um dos games mais underrated de todos os tempos.
Eu não entendo as pessoas que disseram que esse jogo é ruim...
De primeira realmente deu uma má impressão, mas foi SÓ de primeira.
As 3 únicas análises brasileiras são terríveis, nenhum deles explicou porque não gostaram, só simplesmente disseram ''Uma bo***''.
Eu admito que no início eu já estava começando à achar que o game era ruim mesmo. Mas na segunda vez que joguei com uma mente mais aberta...

Pontos positivos

+ Trilha sonora
+ Dublagem dos mechs
+ Customização
+ Duração (Óbviamente não cheguei ao fim ainda, mas estimo que pode durar umas 20 horas)
+ Variação
+ A forma que o game te foca à aprender sobre tudo ao seu redor e como elas podem te ajudar ou te MATAR
+ Mecâncica de gameplay tática e bastante diferente (Mistura de RPG com câmera de topo)
+ Cartas

Pontos negativos

- Texto, texto, texto e mais texto. Isso não é um problema pra mim, mas pode ser pra muita gente pois você TEM de ler tudo, e não tem tradução português, por isso não posso recomendar esse game pra quem não sabe de inglês ou simplesmente não gosta de ler
- Para quem gosta de jogos estilo mais fast-paced, você (talvez) vai ficar muito confuso

84 / 100
*Eu peguei o jogo de graça por um grupo de keys :v

Basically, Bionic Dues is a rogue-like mix of rpg/strategy dungeon crawler with hi-tech setting, where you fighting ever growing hordes of killing droids with your own droid. War of the machines, basic "save the humanity from annihilation" stuff - that's all you'll ever catch about story. You can think of it as of another small thing for touchpads, but no, it's not that simple. Actually, it is like an iceberg, where major part of the game is hiding beneath the surface. And yeah, if you're looking for light walk with painless achievements - that's a very wrong game for you! While its quite easy to catch an opening pattern, farther you go - more skill and luck you need. On Every Turn.

Now, the real game is where its mechanics. You have dozens of basic options like which droid class do you prefer, what strategy will be the best with grading that given droid, and how do you planning to save the world? Destroying every enemy bot in the reach from the start, when they are still weak? Or just cutting their numbers by destroying their factories and supplies while building up your muscles for the final battle? Dozens of basic strategic options - and thousands choices on tactics. Will you prefer to raise power of single shot or ammo capacity? Range of sight or splash effect for your rockets? Stealth and traps or brute force and assault?
Closer to the end of each match you'll get enough mods for your droid to make him an ultimate death machine of choice. And still you'll be vulnerable, remarkably outnumbered and outgunned in every mission. So you have to consider many steps forward. Always. And that's why I'm satisfied with that "small looking, gross bearing" tactical game.

There are minuses, of course:

- very basic visual part. No, it is not XCom or Jagged Alliance with destroyable 3d environment, that's top-down view rogue-like indie project. Surely not for DOTA kids who are filling about half of Steam auditory.

- while it's quite easy to get along with, if you are in any way familiar with rogue-like games... finishing Bionic Dues even once can be very challenging and sometimes boring.

- if you're an achievement hunter, that game is a disaster, for to make complete of this game, you'll need to invest Hundredz of Hourz. Not dozens, but hundreds hours of your precious time. And there will be no detailed video guides, like for the Civilization, "how to prosper on Deity". To get all 220 achievements, you'll need to master all combinations of battle classes, beating the game about 20-30 times in average. And except diversity of tactics related to these classes, the rest will be repeated again. And again. And again...

- inventory, the part of the Bionic Dues, which makes it RPG-like, by selecting a combination of two dozens of attributes installed on your war machine... that's exactly the most boring part in the whole game. In the start, where you have about 5 spare parts, it's ok. But after 10-15 missions you'll be buried with dozens and even hundreds of items, from which you need to choose from. So many players get stacked and bored at this point! But after 20-30 hours of play you'll overcome it, hopefully. Managing one droid is much easier than all 4, and real challenge is where you making through with just one robot, not a squad of them.

Pluses are less:

- never ending challenge and need to think much forward

- many different strategies, which always should be adapted to every mission

- fantastic music! to the point where I can start a game not for playing, but just to hear that ambient again. Starting song is gorgeous! I can listen to it over and over again, for hours

Overall, I would recommend Bionic Dues to all fans of turn-based tactical games and I would NOT recommend it for achievement hunters and casual players. This game may looks nice and cosy, easy like the most of the games for touch screens... But in fact it is a very engaging time-killer.

7.5/10 saved cities

If you like the titles of roguelike, Bionic Dues is the game for you. Fans will enjoy a tactical game in general, and those who appreciate the title of "reusable". Due to its complexity, well-implemented randomness and the ability to set your own team, Bionic Dues is a game that will not soon begin to bore its repeatability.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 2 pessoas (50%) acharam esta análise útil
1 de 2 pessoas (50%) acharam esta análise útil
5 pessoas acharam esta análise engraçada
Não recomendado
0.3 horas registradas
Publicada: 10 de maio
░░░░░░░░░░░█▀▀░░█░░░░░░
░░░░░░▄▀▀▀▀░░░░░█▄▄░░░░
░░░░░░█░█░░░░░░░░░░▐░░░
░░░░░░▐▐░░░░░░░░░▄░▐░░░
░░░░░░█░░░░░░░░▄▀▀░▐░░░
░░░░▄▀░░░░░░░░▐░▄▄▀░░░░
░░▄▀░░░▐░░░░░█▄▀░▐░░░░░
░░█░░░▐░░░░░░░░▄░█░░░░░
░░░█▄░░▀▄░░░░▄▀▐░█░░░░░
░░░█▐▀▀▀░▀▀▀▀░░▐░█░░░░░
░░▐█▐▄░░▀░░░░░░▐░█▄▄░░░
░░░▀▀░░░▀░░░░░░▐▄▄▄▀░░░
░░░░░░░░▀░░░░░░░░░░░░░░
░░░░▄ Bionic Dues ▄░░░░░░░░░
░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░░
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
3 de 7 pessoas (43%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
Não recomendado
4.6 horas registradas
Publicada: 16 de fevereiro
nao gostei
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada