June 7th, 1995. 1:15 AM You arrive home after a year abroad. You expect your family to greet you, but the house is empty. Something's not right. Where is everyone? And what's happened here? Unravel the mystery for yourself in Gone Home, a story exploration game from The Fullbright Company.
Data de lançamento: 15 Ago 2013
Marcadores populares para este produto:
Assistir a todos os 2 trailers

Comprar Gone Home

$19.99

Atualizações recentes Ver todos (1)

Game of the Year

13 fevereiro 2014

Polygon: Game of the Year. "A profoundly simple and deeply human experience, one that we can relate to in a way that video games don't normally allow."
PC Gamer: Best Narrative Game of the Year. "A drama that celebrates the things your brain is doing when you’re switched on and engaged with the world."
IGN: Best PC Game of the Year, Best Story of the Year, Best Indie Game of the Year. "Gone Home accomplishes in just two hours of total game time what most games with 20 times the length and development cost fail to muster: heartfelt human emotion."

20 comentários Leia mais

Análises

“Gone Home is the greatest video game love story ever told.”
The New York Times

“I never expected to see myself — or such a strong reflection of myself and my own life — in a video game.”
10/10 – Polygon

“Epic, personal and revelatory.”
5/5 – Giant Bomb

Commentary Mode now available!

Your copy of Gone Home now includes Developer Commentary Mode! More than an hour and a half of audio commentary from the developers of the game. Find it in the Modifiers menu when starting a new game! Enjoy!!

Sobre o jogo

June 7th, 1995. 1:15 AM

You arrive home after a year abroad. You expect your family to greet you, but the house is empty. Something's not right. Where is everyone? And what's happened here? Unravel the mystery for yourself in Gone Home, a story exploration game from The Fullbright Company.

Gone Home is an interactive exploration simulator. Interrogate every detail of a seemingly normal house to discover the story of the people who live there. Open any drawer and door. Pick up objects and examine them to discover clues. Uncover the events of one family's lives by investigating what they've left behind.

Go Home Again.

Key Features


  • A Personal Story: created by veterans of the BioShock series and the writer behind Minerva's Den, Gone Home offers the rich, nuanced details of one family's struggles to deal with uncertainty, heartache, and change.

  • An Immersive Place: return to the 1990s by visiting a home where every detail has been carefully recreated, and the sounds of a rainstorm outside wrap you in the experience.

  • No Combat, No Puzzles: Gone Home is a nonviolent and puzzle-free experience, inviting you to play at your own pace without getting attacked, stuck, or frustrated. This house wants you to explore it.

  • Fully Interactive Investigation: discover what's happened to the Greenbriars by examining a house full of the family's personal possessions, and the notes and letters they've left behind. Use your powers of observation to piece together a story that unfolds as you explore.

Requisitos do sistema – PC

    Minimum:
    • WindowsXP SP2 or higher
    • 1.80GHz Processor
    • 2GB Memory
    • Video card with 512MB of VRAM
    • (NOTE: Intel HD Graphic 4000 NOT CURRENTLY SUPPORTED on Windows 8)
    • 2GB HDD space

Requisitos do sistema – Mac

    Minimum:
    • OS X v10.7 Lion or higher
    • 1.80GHz Processor
    • 2GB Memory
    • Video card with 512MB of VRAM
    • 2GB HDD space

Requisitos do sistema - Linux

    • glibc 2.11 or newer
    • 1.80GHz Processor
    • 2GB Memory
    • Video card with 512MB of VRAM
    • 2GB HDD space
Análises úteis de usuários
15 de 18 pessoas (83%) acharam esta análise útil
74 produtos na conta
7 análises
3.8 hrs registradas
Acreditem... Este Jogo é... Interessante.
Tive receios logo no inicio, claro. Afinal, como um jogo que se passa dentro de uma casa em pleno anos 90, poderia ser legal? Mas, para minha surpresa e satisfação, o jogo vai ficando melhor gradativamente e em determinado ponto, já não se consegue mais pensar em outra coisa, a não ser em descobrir a verdade sobre tudo.
Kaitlin, a personagem principal, acabou de chegar de uma viagem e encontrou a casa vazia. Na porta de entrada, uma carta de sua irmã, Samantha, pendindo-lhe para que não procurasse por respostas sobre seu paradeiro(Como se isso fosse acontecer). Então você já sabe seu objetivo. Descobrir o que aconteceu com sua irmã, para onde ela foi. E afinal, onde estão seus pais? E simples assim, você se perde pelos aposentos da casa procurando pela verdade, e descobrindo velhas lembranças esquecidas, e claro, segredos e misterios arrepiantes que vão criar um clima bem interessante no game.
Além da historia do jogo ser muito inteligente e interessante, o audio não deixa a desejar. Uma trilha bastante envolvente, que chega a causar uma imersão quase perfeita. E além disso, vc pode interagir com quase tudo dentro da casa, de objetos como geladeira a revistas e livros.
E claro... Uma das caracteristicas mais impressionantes desse jogo, são as sensações que serão transmitidas para o jogador(dependendo do jogador, claro). Sensações que realmente temos quando estamos em casa sozinhos. Como por exemplo: estar em casa em um dia chuvoso... O barulho da chuva lá fora, na janela, goteiras... Ou uma porta que se abriu com o vento... Os ecos de uma TV ligada... Os sons emitidos pela estrutura da casa... Aquele velho medo de ir a cozinha no escuro, e vc procura desesperadamente pelo interruptor... Ou aquela sensação de ter ouvido um barulho estranho, e pensar que foi fruto da imaginação. Claro que para tal experiência, o jogador precisa esquecer o mundo e simplesmente entrar no mundo do game. Eu poderia falar muitoooo mais sobre Gone Home, mas acho que vocês descobrirão sozinhos tudo que tentei dizer, e ate o que não disse.
Se você procura ação,... Sinto muito, veio ao lugar errado. Gone Home é uma experiência única, e tem curta duração. Mas para mim, valeu a pena cada centavo.
Sim... Altamente necessario conhecimento básico de inglês. Ou você vai ficar como um banana perdido no jogo e dizendo que lhe enganei a respeito do game.
Este Jogo é...'♥♥♥♥!'...
Gone Home - 7,0
Publicada: 21 fevereiro 2014
Você achou esta análise útil? Sim Não
16 de 26 pessoas (62%) acharam esta análise útil
123 produtos na conta
1 análise
2.7 hrs registradas
A coisa mais sensata a se dizer sobre esse jogo é: Meu deus, como não fazem mais disso?
O plot por trás do jogo é simplesmente sensacional, e ao longo dos bilhetes que você encontra no jogo te dá mais vontade de continuar. A curiosidade é a única coisa que move esse jogo, e essa é a parte mais interessante dele.
O melhor de tudo isso é a história incomum e como a história te puxa pro mundo dos personagens, sem contar que a falta de uma arma no jogo por si só já chama bastante atenção, e Gone Home é um ótimo exemplo do que pode continuar a ser uma onda de jogos indie, e espero que isso aconteça.
Enfim, eu recomendo esse jogo demais, ainda mais pra você, que está acostumado com FPS e Action games onde o foco é a guerra, ter uma experiência diferente dessa é sempre bom.
Publicada: 8 janeiro 2014
Você achou esta análise útil? Sim Não
18 de 31 pessoas (58%) acharam esta análise útil
227 produtos na conta
10 análises
1.7 hrs registradas
Decepcionante!!! Uma proposta interessante arruinada por incoerências e um enredo teen....

Prós:
>> Visual e jogabilidade cumprem o seu papel
>> A casa é bem bonita. Deve dar um trabalho danado limpar aquilo tudo. (minha mãe diria isto com certeza. rs... )
>> Muito conteúdo espalhado pela casa. Certamente há o que se explorar e certamente deu muito trabalho fazer cada móvel se abrir e cada item encontrado ter sua própria arte. É difícil distinguir o que é descartável e o que é relevante, o que é muito bom.
>> Nostalgia dos anos 90. Me levou de volta ao que foi infância e adolescencia naquela época (minha época), mesmo que usando o padrão norte-americano.
>> Uma proposta diferente dentro de um mundo gamer saturado da mesmice. O estúdio merece uma segunda chance. Gone Home não foi épico por pouco.... digo.... não é difícil consertar o que eu achei que faltou neste game.

Contras:
>> Totalmente focado no enredo, só que...... o enredo é ruim. rá.... Historinha teen pra boi dormir.... fala sério.
>> Há uma incoerência na ambientação e no enredo. A ambientação dos anos 90 é fantástica e tudo é muito bem recriado, mas o jogo tem um clima de suspense que não é justificado nos acontecimentos do jogo. Há uma tentativa de "mal assombrar" a casa que não dá em nada [isso foi um spoiler?].. Alguém que assistia 'Clube do Terror' na Nickelodeon dos anos 90 resolveu escrever uma história.
>> Trilha sonora: Lamentável a qualidade das músicas presentes nas fitas encontradas pelo jogo. Todas estão dentro do contexto do enredo, mas musicalmente são ruins. A música que é tocada no subir das letrinhas finais é de doer os ouvidos tamanha a desafinação e péssima qualidade da vocalista. Mais uma vez, faz parte do enredo pois a menina tem uma banda e tal, mas a banda da menina podia ser um pouquinho melhor. Isto sem deixar de acrescentar que apesar destas músicas fazerem sentido com o enredo, não combinam nem um pouco com a atmosfera que o jogo tenta transmitir.

Conclusão:

Quem me conhece sabe o quanto sou fã de narrativa e como não consigo curtir um jogo que é somente um jogo e nada mais. Só que... sinceramente... Não consigo entender esse Metacritic tão alto. Deve estar faltando boas histórias na vida das pessoas pois o hype em cima deste jogo não se justificou para mim. Na verdade a história é bem contada, só que é teen.... e apesar de envolver um tema polêmico, não passa de um bla bla bla chato pra ♥♥♥♥♥♥. Creio que há segredos espalhados pelo jogo. Não explorei e nem vou explorar simplesmente pois não me envolvi o suficiente para ficar ali fuçando. Vou buscar na internet o significado das coisas que para mim ficaram sem resposta... e é isso... Posso pegar minha grana de volta?
Publicada: 26 dezembro 2013
Você achou esta análise útil? Sim Não
15 de 27 pessoas (56%) acharam esta análise útil
100 produtos na conta
2 análises
8.7 hrs registradas
Como o amigo disse ali em baixo: Overrated, and overpriced. O jogo é fraco, e realmente não da pra entender o porque desse hype todo em torno desse game. Talvez por tocar em alguns temas polêmicos, mas corriqueiros, tenha "impressionado" a sociedade pseudo-cristã americana. Ainda bem que ganhei o jogo e não o comprei.
Publicada: 20 dezembro 2013
Você achou esta análise útil? Sim Não
7 de 12 pessoas (58%) acharam esta análise útil
177 produtos na conta
1 análise
3.1 hrs registradas
Lixo completo.
Publicada: 25 dezembro 2013
Você achou esta análise útil? Sim Não