The Stanley Parable is a first person exploration game. You will play as Stanley, and you will not play as Stanley. You will follow a story, you will not follow a story. You will have a choice, you will have no choice. The game will end, the game will never end.
Data de lançamento: 17/out/2013
Assistir a todos os 3 trailers

Comprar The Stanley Parable

$14.99

Atualizações recentes Ver todos (5)

The Stanley Parable Update Released

13 de julho

Yo! I've just pushed out an update to Stanley Parable! Here's the changelog:

  • Fixed cyrillic font issues
  • Fixed crash on startup on some Windows 8.1 computers
  • Added localization: Ukrainian, Turkish, Polish, German
  • Fixed Portuguese localization
  • (Edit) Updated choice PSA
  • R88888888888888

Please let me know if you run into any issues!

99 comentários Leia mais

Análises

“It's not the fact that The Stanley Parable makes you think about the nature of choice in games that makes it extraordinary. It's the fact that it does so while simultaneously managing to be a wildly entertaining, hilarious, and surprising experience.”
9/10 - Gamespot

“It's this bouncing between serious tone and irreverence that makes The Stanley Parable so special. You never know what to expect."
10/10 - Joystiq

“Where so many games that aspire to be more than games end up less than any form of art, Stanley Parable strives, and then succeeds.”
10/10 - Destructoid

“Astoundingly labyrinthine onion-like layers of narrative tangents the player can embark on in what feels like the unholy interactive offspring of Inception, Being John Malkovich and Portal.”
Eurogamer

Dota 2 Announcer Pack


Buy it on the Dota 2 Store!

Sobre o jogo

The Stanley Parable is a first person exploration game. You will play as Stanley, and you will not play as Stanley. You will follow a story, you will not follow a story. You will have a choice, you will have no choice. The game will end, the game will never end. Contradiction follows contradiction, the rules of how games should work are broken, then broken again. This world was not made for you to understand.

But as you explore, slowly, meaning begins to arise, the paradoxes might start to make sense, perhaps you are powerful after all. The game is not here to fight you; it is inviting you to dance.

Based on the award-winning 2011 Source mod of the same name, The Stanley Parable returns with new content, new ideas, a fresh coat of visual paint, and the stunning voicework of Kevan Brighting. For a more complete and in-depth understanding of what The Stanley Parable is, please try out the free demo.

Requisitos do sistema – PC

    Minimum:
    • OS: Windows XP/Vista/7/8
    • Processor: 3.0 GHz P4, Dual Core 2.0 (or higher) or AMD64X2 (or higher)
    • Memory: 2 GB RAM
    • Graphics: Video card must be 128 MB or more and should be a DirectX 9-compatible with support for Pixel Shader 2.0b (ATI Radeon X800 or higher / NVIDIA GeForce 7600 or higher / Intel HD Graphics 2000 or higher - *NOT* an Express graphics card).
    • Hard Drive: 3 GB available space
    • Sound Card: DirectX 9.0c compatible

Requisitos do sistema – Mac

    Minimum:
    • OS: Mac OS X 10.8 or higher required
    • Processor: 3.0 GHz P4, Dual Core 2.0 (or higher) or AMD64X2 (or higher)
    • Memory: 2 GB RAM
    • Graphics: ATI Radeon 2400 or higher / NVIDIA 8600M or higher
Análises úteis de usuários
13 de 13 pessoas (100%) acharam esta análise útil
4.1 hrs registradas
Um dos melhores executáveis do ano. Não é um jogo, mas um filme interativo que traz reflexões introspectivas e filosóficas de maneira genuinamente hilária. O "jogo" pertence ao impecável narrador, que junta-se a Bastion e Portal no Olimpo da categoria, ditando o ritmo de Stanley Parable com naturalidade e timing cômico perfeito.

É interessante e contraditório constatar que Stanley Parable não é de fato um jogo, mas é definitivamente feito PARA jogadores. É relativamente curto e vale avaliar se o preço é de fato justo. Ainda assim recomendo. E muito.
Publicada: 27 de junho
Você achou esta análise útil? Sim Não
10 de 10 pessoas (100%) acharam esta análise útil
2.2 hrs registradas
O que é esse jogo? Qual é o sentido desse jogo? Há alguma coisa nesse jogo para se fazer? O que é essa voz irritante me zoando? Por que eu tenho que escolher isso, porque eu tenho que seguir isso, porque eu tenho que fazer aquilo, o que é essa vida? Estou em um filme do Jim Carrey em que minha vida inteira é uma mentira? Que existe outro mundo lá fora? Que o mundo inteiro está rindo de mim enquanto faço ações a vida toda?

MEU DEUS EU SOU PROTAGONISTA DE UM LIVRO DO DOUGLAS ADAMS? QUAL O SENTIDO DA VIDA? QUAL O SENTIDO DE EU ESTAR VIVO?

The Stanley Parable é exatamente isso: POR QUE?

Por que eu tenho que escolher viver o que a "vida" manda eu fazer? Será mesmo que minha vida deve se resumir a nascer, falar, andar, estudar, me formar, casar, trabalhar, ter filhos, se aposentar e morrer? Nossa, mas que vida chata essa! Por que eu não posso mudar o rumo dela e simplesmente ser diferente? Quem foi que cravou que essa é a regra da vida? Então esse é o jogo da vida?

POR QUE? POR QUE? POR QUE?

Exatamente isso, The Stanley Parable é uma pergunta, o que você faz da vida? Por que você precisa ser notado?

Esse review fez algum sentido pra você? Que bom, então você entendeu bem o jogo. Tanto faz ele não é pra fazer sentido mesmo.
Publicada: 25 de julho
Você achou esta análise útil? Sim Não
6 de 6 pessoas (100%) acharam esta análise útil
2.8 hrs registradas
Este é um jogo para pessoas que gostam de uma ótima ambientalização, uma esquemática perfeita, e uma narrativa profundamente cativante que vai lhe deixar em conflito o tempo todo se tu gosta ou odeia o narrador.
Stanley Parable vai lhe fazer ficar impressionado a cada escolha que você fizer, desde diferentes dialogos, a visões completamente diferentes e pontos de vistas absurdos que, se levado a sério o suficiente por um jogador maduro, podem até lhe fazer questionar sobre a sua existencia em si.
A comédia inserida na história se encaixa perfeitamente com o jogo todo, o sarcasmo do narrador faz com que o jogo ganhe um tom mais leve, mesmo se tratando de assuntos tão profundos quanto a existencia humana.
Se eu recomendo? Com toda a certeza. 10/10
(exceto para você dito gamer hu3hu3 que ama FPS GoTY alá CoD e BF, get the ♥♥♥♥ away from this game.)
Publicada: 22 de junho
Você achou esta análise útil? Sim Não
5 de 5 pessoas (100%) acharam esta análise útil
2.7 hrs registradas
O que você fará? Seguirá as ordens ou seguirá seu próprio caminho?

The Stanley Parable é um jogo, ou melhor, uma experiência sobre tomar decisões (ou não tomá-las) e ver as consequências.

Você enfrentará a verdade ou irá se esconder dela?


Enfim, se "O Show de Truman" tivesse uma versão alternativa, seria este jogo.
Publicada: 8 de setembro
Você achou esta análise útil? Sim Não
6 de 7 pessoas (86%) acharam esta análise útil
3.4 hrs registradas
The Stanley Parable não é exatamente um jogo, da maneira popular que conhecemos, mas sim um convite. Um convite para a reflexão. Pensa-se nas atividades do ser humano, na sua rotina, conduta e escolhas. Escolhas que naturalmente pensamos ser autônomas, mas não são, devido a liberdade forjada, ou melhor, a prisão velada que vivemos. Sendo assim, o jogo te convida a mudar e repensar suas próprias atitudes, numa brincadeira bem divertida (!) (?) entre você e o narrador. Justamente por isso é altamente necessário, para que se ocorra essa experiência, que se jogue com uma tradução/legenda dentro do seu idioma de domínio.

Caí na gargalhada, mas também tive momentos de indignação.

Altamente recomendado!
Publicada: 27 de abril
Você achou esta análise útil? Sim Não
224 de 231 pessoas (97%) acharam esta análise útil
6.2 hrs registradas
Dica infalível: JOGUE O DEMO. Se você gostar do demo, COMPRE.
Se não gostar, pare de ler aqui.

Vou começar a falar sobre o que Stanley Parable NÃO É.

- O game não é um game comum de prateleira, como se espera de qualquer game a venda no mercado. Não espere energia, objetivos, itens, mapas, inimigos, armas.
- O game não é um game longo, com uma história gigantesca e complexa. Você consegue fechar em 10 minutos (um dos 18 finais disponíveis).
- O game não exige habilidade ou qualquer tipo de conhecimento para completá-lo.
- Aliás, o game nem tem uma forma "correta" de completar. Talvez por que ele não tenha fim ou justamente por que o fim pode ser sempre um começo. (Eu sei, é complexo, mas é assim mesmo).

The Stanley Parable é um game sobre o meio. Sim, aquilo que fica entre o começo e o fim. É um game sobre games. É um game sobre escolhas e decisões. É um game sobre controle. É um game que não está preocupado em entreter. Aliás, o game não tem nenhuma preocupação com nada. E justamente isso faz dele uma obra única com uma experiência inesquecível.

O game conta a história de Stanley, funcionário número 427 que trabalha num grande escritório apertando botões. Ele aperta botões de acordo com as instruções que aparecem na tela do seu computador. Aparecem lá quais os botões ele precisa apertar e por quanto tempo. E por isso ele era feliz. Até um belo dia que ele não recebeu mais comandos em sua tela. E assim começa sua grande jornada.

No primeiro segundo em que você toma conta do personagem, percebe-se a proposta de discussão em torno dos games atuais. Basta imaginar-se na frente de uma tela apertando botões, de acordo com que o game pede pra você. Basta OBEDECER. Basta FAZER O QUE É PEDIDO. O objetivo é CLARO, a recompensa é CERTA. E por isso você será FELIZ.

A discussão é tão profunda que não só funciona para games. Faça o que é planejado: estude, faça faculdade, case-se, compre uma casa, tenha filhos, troque de carro todo ano, SEJA NORMAL. Aperte os botões conforme é pedido e tudo estará sob controle. E por isso você será feliz.

No momento que Stanley não recebe mais os comandos em sua tela, estaria ele realmente liberto da escravidão imposta? É nesse momento que entra o Narrador, PRINCIPAL PERSONAGEM do game que irá te acompanhar por todas as suas decisões durante o game, e questionar cada uma delas!

Toda a narrativa de Stanley Parable me fez lembrar do filme "The Truman Show" que conta a história de um sujeito que vive, sem saber, num reality show 24h que simula cada aspecto da sua vida com perfeição.

http://youtu.be/c3gI9ms8Fdc

Pra finalizar: Stanley Parable é uma OBRA DE ARTE dotada de um texto magnífico e profundo que FAZ PENSAR. Não é uma história mastigada e pronta para ser digerida. É um discurso de como somos e como não podemos ser. Game obrigatório para qualquer um que queira entender um pouco mais sobre mecânicas de video games e narrativas.
Publicada: 19 de janeiro
Você achou esta análise útil? Sim Não