Experience an exciting single player storyline where you thwart Loki and his minions from bringing Ragnarok to Midgard.
Análises de usuários: Muito positivas (223 análises)
Data de lançamento: 18/nov/2001

Inicie a sessão para adicionar este jogo à sua lista de desejos ou dispensá-lo

Comprar Rune Classic

 

Análises

“If there was ever a civilization screaming for a game, it's the Vikings.”
8/10 – IGN

“...fun is really the best way to describe Rune.”
"A-" – Game Revolution

“A nice title that offers at least 20 hours of solid game-play.”
8.9/10 – Gamershell.com

Sobre este jogo

The classic Viking third-person hack-and-slash melee action game is now available on Steam. This release, known as Rune Classic, contains the original Rune content, plus the multiplayer expansion pack Halls of Valhalla. Experience an exciting single player storyline where you thwart Loki and his minions from bringing Ragnarok to Midgard that will keep you entertained for hours. Eat meat and lizards, drink mead, as survival food. Call upon the power of the gods to enchant your weapon with Rune powers.

Key Features

  • New enemies added
  • Some levels have been redesigned for more enjoyable play
  • Experience multiplayer in vicious, fun "up close and personal" melee action with swords, maces, hammers and axes (or your opponent's head or arm)
  • Includes Deathmatch, Team Deathmatch, Arena and Headball
  • Over 35 multiplayer and singleplayer levels
  • All the music tracks from the game and the original audio CD will be available as part of this release in OGG format

Requisitos de sistema

    Minimum:

    • OS: Windows XP
    • Processor: 1 GHz
    • Memory: 512 MB RAM
    • Graphics: DirectX 7.0 capable card
    • DirectX®: 7.0
    • Hard Drive: 1 GB HD space

    Recommended:

    • OS: Windows Vista
    • Processor: 2 GHz
    • Memory: 512 MB RAM
    • Graphics: DirectX 7.0 capable card
    • Hard Drive: 1 GB HD space
    • Other Requirements: Broadband Internet connection
Análises úteis de usuários
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
8.0 hrs registradas
Sobre
Rune retrata muito bem a mitologia nórdica e leva o jogador a locais inimagináveis, cenários de sonho e a aventuras de cortar a respiração. Transportando o jogador a idade medieval, onde os Vikings eram os conquistadores, Rune combina na perfeição o combate corpo a corpo e exploração com uma história fantástica, recriando na perfeição um período da história caracterizado pela conquista do poder. Com efeitos especiais de grande qualidade e um balanço perfeito entre armas e guerreiros, possibilidade de jogo em modo jogador único, Multijogador, Deathmatch entre outros, 15 armas variadas desde martelos a toda a variedade de espadas, inimigos diversos, evoluído sistema de combate corpo a corpo onde o jogador pode aproveitar as armas de seus inimigos, inventário simples e muito dinâmico.

Introdução
Prepare-se, de agora em diante seu nome é Ragnar, um jovem viking e majestoso guerreiro de uma era distante. Numa terra onde a justiça fala pela espada. Com uma perigosa missão. Loki, a ovelha negras dos Deuses, estava abusando de seus poderes em todos os nove mundos, até que um dia ele chegou longe de mais fazendo com que Hodr, o filho cego de Odin matasse seu próprio irmão Balder com uma flecha feita de um ramo de visco, que por sua vez fora enganado por Loki. Odin, o maior dos deuses juntamente com seu filho Thor, deus do trovão, decidiram prende-lo com correntes a centenas de quilômetros abaixo da superfície da terra, e ao redor dele foi colocada uma cobra gigantesca com um veneno ácido extremamente mortal, a tortura é imensa, o veneno corria pelo corpo de Loki corroendo seus órgãos até chegar à coluna vertebral, mas devido ser um deus, ele também é imortal, e seus poderes agiam de forma a curar lentamente os estragos feitos pelo veneno da cobra. A cobra era infalível, como também eram os poderes de cura de Loki. A agonia era imensa e interminável. Devido Thor ter acorrentado Loki, Odin proclamou que Loki permaneceria lá, com a imensa dor do veneno da cobra até o dia que em que o Ragnarök chegasse e começasse a maior de todas as batalhas já feitas, envolvendo deuses, (Aesires e Vanires, liderado por Odin), os Jotuns (gigantes de fogo, entre outros monstros, liderados por Loki), homens e todos os seres vivos, mudando o destino de tudo que virá a existir, e só então Loki seria libertado. Naquela batalha entre deuses e monstros, foi assumido que Loki teria uma missão que lhe foi imposta, mas Loki era a ovelha negra lembram? Bom, Loki mudou um pouco os planos... Bom agora cabe há você de impedir as forças sombrias de Loki e adiantar o temível ragnarök que levará ao fim do Mundo.

Jogabilidade
No estilo (ação em 3ª pessoa, com a mesma visão de Tommy Vercetti no consagrado Grand Theft Auto: Vice City, mas com inúmeras qualidades a mais, começando pelo número de armas e acessórios, o jogador terá o controle de uma simples espada a poderosos machados e martelos gigantes, cada qual com sua característica, sendo que com certa espada, por exemplo, será mais fácil de matar certo tipo de inimigo e assim sucessivamente com todas as outras armas. Também há a possibilidade "encantar" sua arma com Runas, que estão espalhados por todas as fases do jogo, ou seja, quando estiver muito pressionado, com um grande número de inimigos, e se estiver com barra de Runas com certa quantia cheia, é só usar, deixando sua espada cheia de fogo tornando muito mais mortífera ou pegando um super machado que estraçalha seus inimigos com apenas um ataque, além de muitos outros poderes, pois cada arma possui um poder diferente. Outro sistema muito bem feito é o Berserk, pois seu personagem entra em estado de frenesi, nesse estado é possível deixar em pedaços seus inimigos com apenas um ataque, você pode entrar em Frenesi por duas formas, usando uma runa ou cortando as cabeças de seus inimigos, aos dissépalos irá aumentar uma barra de "raiva", pois quando essa barra chegar ao máximo você entra em Frenesi, seus olhos ficam vermelhos, sua respiração fica acelerada, e sua voz muda, seus ataques mais ferozes. Os detalhes da jogabilidade são incríveis, muito bem estudados, como as partes onde o personagem precisa subir por cordas ou cipós, fazendo os movimentos perfeitos do corpo, ou quando ele precisa pular sobre elásticos para subir em lugares mais altos, fazendo dele um jogo sem igual. Mas não pense que é só ir matando tudo o que passa pela frente, por que apenas isso não adiantará, muitas fases requerem um grande raciocínio do jogador para seguir adiante, um exemplo é o labirinto de Loki, onde uma vez que você errar o caminho você volta ao inicio, as lendárias construções dos anões onde haverá muitos desafios e sem falar nas inúmeras cavernas aquáticas cheias de túneis e um mortífero Leviatã te perseguindo, esses são apenas um dos problemas que o jogador encontrará.

Gráficos
Rune conseguiu consagrar sua época em que foi lançado, e mostrou que a engine do Unreal Tournament é uma das melhores já criadas, mas tudo muito mesmo esta realista, desde o jeito de mover-se, atacar e usar Runas, Rune suporta altas resoluções desde que sua placa tenha essas opções API's, Direct 3D, Glide, OpenGL, MeTal, e como se não fosse o bastante ele não fica carregado de mais rodando em altas resoluções e com tudo ativado. Os personagens estão bem trabalhados como podem ver nas screenshots, dando um ótimo realismo ao jogo. Mas infelizmente ao mudar a visão do jogador para a 1º pessoa você percebe que os detalhes gráficos de seus inimigos não estão tão bons assim, comparado aos jogos da atualidade. Suas armas também ganharam cuidados especiais, parecendo reais, como por exemplo, apos uma sangrenta batalha sua roupa e armas ficarão completamente banhadas de sangue, mas se você é daquele tipo de pessoa que não suporta ver sangue não se preocupe, pois e só você ir ao rio mais próximo e se molhar, pois o sangue de sua roupa e suas armas irmão embora junto com a correnteza. Você ainda pode "brincar" com os pedaços do corpo de seus inimigos, como uma perna, braço ou ate mesmo a cabeça deles, você pode arremessar ou usar como arma. Outra coisa muito interessante é o modo em que você mata seus inimigos, pois alguns só morrem se você dissépalos, outros somente se você cortar suas garras, e claro, ao lutar contra algum inimigo do tipo humano, há uma chance de você arranca o braço dele fora, fazendo-o fugir de você e espalhando sangue por toda parte.

Áudio
A parte de áudio esta excelente, principalmente quando o Ragnar esta em combate, ele rosna como se estivesse muito furioso e gastando energia nos golpes. Ouvir o som dos escudos se quebrando, o brandir das espadas e os gritos de sofrimento e dor que seus inimigos fazem ao serem mortos só contribui ainda mais para o envolvimento do jogador ao fantástico mundo viking. As músicas também estão muito boas, dando ainda mais emoção e empolgação ao jogador. As vozes dos dubladores estão impecáveis principalmente a sombria voz de Loki e sua risada extremamente maligna.

MultiPlayer
O Multiplayer dele é muito bom, mas se jogado por várias pessoas, o motivo é que no Rune as armas não são de tiro, e ai os combates se limitam mais no corpo a corpo, ou seja, pancadaria um na frente do outro, até tem opção de jogar as armas, mas nada como uma sniper.

Conclusão
Rune é um dos melhores jogos que eu já joguei, de repente não para quem é fanático por multiplayer, mas para quem gosta de single player e de cumprir os objetivos do jogo até o final, vai vidrar no Rune, pois o jogo é muito extenso e garante horas e horas de muita ação e adrenalina, a parte gráfica mesmo é inacreditável, até melhor que alguns jogos da atualidade, pois rune foi feito em 2000 e este release (Rune Classic) só aperfeiçoou o jogo.
Concluindo, RUNE e daqueles jogos que não saem da cabeça, jogue e fique viciado!
Publicada: 26 de junho
Você achou esta análise útil? Sim Não
26 de 28 pessoas (93%) acharam esta análise útil
16.6 hrs registradas
This game came out in 2001 around the same time i was in 1st grade. I remember it being the Greatest game as a kid, id come home everyday and play it and even have lan partys for it from time to time. But enough about me.The game has a great story line/Campaign and super fun 3rd person Multiplayer slasher with Tdm modes etc. much like Quake. The maps are sweet to there's so many of them and you can MOD the ♥♥♥♥ out of them. So go play it 10/10

ps. if you eat a snake it re-fills your health !
Publicada: 24 de agosto
Você achou esta análise útil? Sim Não
26 de 32 pessoas (81%) acharam esta análise útil
10.4 hrs registradas
Chug Mead
Eat Lizards
Hail Odin
Publicada: 8 de julho
Você achou esta análise útil? Sim Não
11 de 12 pessoas (92%) acharam esta análise útil
2.8 hrs registradas
Great Hack & Slash using the old Unreal engine, more players = more fun
Publicada: 21 de junho
Você achou esta análise útil? Sim Não
5 de 6 pessoas (83%) acharam esta análise útil
14.3 hrs registradas
So after playing this for a couple days I think this game deserves some attention, and I used to play this a long time ago in 2002 at the time this game was considered advanced it's basically 2001's version of Skyrim (the only problem is there is no free roam,) but now things these days look close to real life I highly doubt this will compete with the other games you might consider getting. Now before I get into detail no not the kind of attention Halo: CE and Half Life get, this game is fun but that's about it there isn't a HUGE deep story behind this game so don't expect something like Halo or Half Life just expect the typical 1990 kill everything in your path game.

Story and plot: The story begins with an introduction saying Odin the all father gave humanity great powerful lucky charms-Ahem! I mean rune stones to hold Ragnarock at bay, however the evil god Loki has attempted many times to unleash Ragnarock by destroying these runes so instead of constantly fighting him every generation Odin had enough of his bull ♥♥♥♥ so he ended up tearing Loki's heart out and banished him into a dungeon like hell, but even with his magic power stripped away and imprisoned he managed to corrupt a handful of mortal's to join his army this then leads to a show down between the wicked and evil vikings and a village's chief and son Ragnar (you the player are Ragnar) so the village's best warrior's were all slaughtered in seconds by magic bolts of lightning summoned by Loki's herald (I know I'm writing a review but there are no character's in this game besides Loki Ragnar and Odin so I can't remember his name currently) everyone dies including Ragnar's father however Odin revives Ragnar and says that he is giving Ragnar a chance at revenge if he can save the rune stones and stop Loki's return Ragnar accepts the offer and fights his way through monsters, demons, undead, to hell and back all the way into the mountains fighting vikings, dwarves, giants, and the list goes on you eventually become a war lord through your journey and now you must travel to Loki's dungeon and finish the fight the gods started.

I won't spoil the rest but there is a lot to fight in this game which makes me disappointed that at the time we didn't have the proper technology to make a free roaming game, because this universe has tons of potential! this is REAL norse mythology! not like Skyrim where everyone worships made up half naked bikini model gods that enjoy watching people bang. I would love to see more of this but in a free roaming game or at least an anniversary edition with new graphics and texture cleaning, this game may end on the very first installment but it deserves an RPG sequel (or prequel) anything can be done in this universe the IP is there we just need a new deveolper building or re-building this universe.

Multiplayer: it's fun but very competitive, there is no "help me" or "power upgrades" or tanks, there is nothing to give you an edge over everyone, it's classic skill vs skill who is the better man? (or woman) basically multiplayer is thunder dome "two men enter one man leaves...And respawns again to get his ♥♥♥ kicked" so it's fun but it's not the best multiplayer I've seen in early 2000 games, the other question you might ask is: "is there customization?" yes, and a bit of no, there are skins you can change into but there is no armor you can unlock and dress up in, (I think there are skin mods but I'm not too sure) but if you want to mod in your own skin I support the idea 100% the game could use a fix here and there.

Final verdict: I'm giving the game a 7/10 now if this was 2004 or something I would have given it an 8 but this game is out dated and old so does it belong in your library? yes and no, it depends what your machine is and there are better games out there that you can spend 10$ on, it's still a great game! but it's not a perfect game, I would love to see more though a RPG could be adapted into this universe giving a new fresh nordic IP, hell if it has Co-op mode free roaming and competitive multiplayer it might even beat Skyrim! but until then we have to wait and see.
Publicada: 23 de junho
Você achou esta análise útil? Sim Não