Run, jump, shoot, fly and explore your way through a massive action-adventure reminiscent of classic 8- and 16-bit games.
Análises de usuários:
Últimas:
Muito positivas (42 análises) - 90% das 42 análises de usuários dos últimos 30 dias são positivas.
Todas:
Extremamente positivas (3,986 análises) - 96% das 3,986 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 22/nov/2011

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Indisponível em Português (Brasil)
Este produto não está disponível no seu idioma. Confira a lista de idiomas oferecidos antes de comprar.

Comprar Cave Story+

 

Análises

"Concluindo, Cave Story é um jogo incrível que tenho certeza de que estarei jogando de novo e de novo para o resto da minha vida. Ele consegue contar uma boa história, oferecendo uma fantástica jogabilidade de "correr e atirar" e um mundo enorme para explorar, e faz tudo isso com os seus próprios estilos e técnicas."
95/100 – http://www.destructoid.com/review-cave-story-wiiware--169033.phtml
"É uma obra-prima que deve ser jogada por todos que gostem do estilo clássico de jogos de ação - ou, na verdade, qualquer tipo de jogo de ação. A única questão de verdade é o que lhe surpreenderá mais: que este é o trabalho de uma única pessoa ou que ainda fazem jogos assim."
100/100 – http://www.1up.com/reviews/cave-story-wii-review
"Se este jogo tivesse sido lançado no NES 20 anos atrás, ele seria lembrado pelos jogadores como um ponto forte da era 8-bit."
90/100 – Eurogamer

Sobre este jogo

Sem dúvida o jogo indie mais conhecido de todos os tempos, Cave Story contém um enredo completamente original repleto de personalidade, mistério e horas e diversão frenética. Cave Story é um jogo de ação e aventura do aclamado designer independente Daisuke Amaya--ou Pixel para os fãs. Lotado de um charme e personagens incomparáveis, Cave Story te leva para um mundo raro onde uma curiosa raça de criaturas parecidas com coelhos, conhecidas como Mimigas, são livres.
Você acorda em uma escura caverna sem lembrar quem você é, de onde você veio e o motivo de estar no lugar que está. Ao encontrar a Vila Mimiga você descobre que os antes despreocupados Mimigas estão em perigo nas mãos de um cientista louco. A única esperança dos Mimigas está nas mãos de um garoto quieto e amnésico que não lembra de seu próprio nome.
Corre, pule, atire, voe e explore por todo o caminho em um jogo de ação e aventura gigantesco que lembra os clássicos jogos das era 8-bits e 16-bits. Controle e aprenda as origens do poder deste mundo, pare o vilão alucinado e salve os Mimiga!

Características-chave:

  • Gráficos originais (320x240) ou atualizados com alta definição
  • Contém a trilha sonora original e versões remasterizadas
  • Combine a qualidade dos gráficos e das músicas como desejar!
  • Seis novos modos de jogo (incluindo Wind Fortress, Boss Rush e mais!)
  • Mais de 20 batalhas épicas com chefões ao redor da Ilha Mimiga
  • 15 níveis para explorar no vasto mundo
  • 10 armas únicas para encontrar e aprimorar
  • Compatibilidade com controle USB
  • Quatro finais únicos
  • Atualizações de conteúdo no futuro

Requisitos de sistema

Windows
Mac OS X
SteamOS + Linux
    Minimum:
    • OS:Windows XP
    • Processor:Intel Core Solo
    • Memory:128 MB RAM
    • Graphics:64MB RAM
    • Hard Drive:200 MB HD space
    Recommended:
    • OS:Windows 7
    • Processor:Intel Core Duo 2.0 Ghz and above
    • Memory:512 MB RAM
    • Graphics:256MB RAM, non-integrated
    • Hard Drive:200 MB HD space
    Minimum:
    • OS:OS X version Leopard 10.5.8, Snow Leopard 10.6.3, or later.
    • Processor:Intel only, Power PC not supported
    • Memory:128 MB RAM
    • Graphics:64MB RAM
    Recommended:
    • Processor:Intel Core Duo 2.0 Ghz and above
    • Memory:512 MB RAM
    • Graphics:256MB RAM
    Minimum:
    • OS:Ubuntu 10.04 and Newer
    • Processor:Intel Core Solo
    • Memory:128 MB RAM
    • Graphics:64MB RAM
    • Hard Drive:200 MB HD space
    Recommended:
    • OS:Ubuntu 10.04 and Newer
    • Processor:Intel Core Duo 2.0 Ghz and above
    • Memory:512 MB RAM
    • Graphics:256MB RAM, non-integrated
    • Hard Drive:200 MB HD space
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Últimas:
Muito positivas (42 análises)
Todas:
Extremamente positivas (3,986 análises)
Últimas análises
The Fox Die
12.7 hrs
Publicada: 5 de julho
A good metroidvania.
Many things to do; good dificculty; nice plot, nice design; really good gameplay;

If you want a metroidvania buy this!
TheAleG
5.0 hrs
Publicada: 24 de maio
bem simples e divertivo, porem com uma historia curta, um belo remake do classico com rearanjo das musicas antigas e graficos novos
wagneru
0.7 hrs
Publicada: 11 de maio
EU não gostei desse jogo, não tem suporte para controle, voce nao sabe o que esta acontecendo, nao sabe quais sao os controles, joguei por pouco mais de uma hora e ja nao aguentava mais, nao recomendo.
Red_Spartan_PG(BR)
0.9 hrs
Publicada: 9 de fevereiro
Cave Story+ é louvado por muitos como um dos grandes nomes do gênero indie, e o jogo realmente é bom. Dói-me fazer uma review negativa, mas também estaria mentindo se fizesse uma positiva. O jogo tem uma estória simples, mas a ação e a exploração compensam por esse ponto, as batalhas com bosses também são boas, mas eu me cansei muito rápido da trilha sonora e do jogo em si. Não acho que ele vala o valor cheio, principalmente pelo desenvolvedor ter subido o preço sem dar motivos, então aconselho a esperar uma boa promoção e só comprar se você REALMENTE gosta dos jogos da era NES, porque esse jogo se inspira muito nisso.
--------------------------------------
Cave Story is praised by many as one of the greats of indie genre, and the game really is good. It pains me to do a negative review, but would also be lying if I make a positive. The game has a simple story, but the action and exploration make up for this point, the boss battles are also good, but I got tired very quickly of the soundtrack and the game itself. I do not think it worth its full value, mainly by the developer have risen the price without giving reasons, then I advise you to wait a good promotion and only buy if you REALLY like the games of the NES era, because this game is based too much on it.
Relâmpago Marquinhos
33.2 hrs
Publicada: 6 de fevereiro
Verinaice

10/10
Snake
42.2 hrs
Publicada: 29 de janeiro
Cave Story pode ser considerado o líder da vanguarda dos jogos Indies. Antes mesmo da pixel art se popularizar, sem nenhuma intenção de ficar famoso, Daisuke Amaya começou a projetar durante 5 anos, Cave Story, em seu tempo livre como um hobby. O objetivo dele era criar um jogo que ele gostaria de jogar. Muitas vezes ele chegava tarde do trabalho, cuidava da esposa, do filho e depois continuava a trabalhar no jogo.
O jogo saiu em 2004 de graça na internet, o que facilitou sua divulgação, além de ter tido uma tradução bem rápida do japonês pro inglês. Foi só em 2010 que o criador começou a ganhar dinheiro com sua obra, quando o jogo finalmente saiu pra WiiWare mas apenas em formato digital, pela produtora indie Nicalis. Em 2011 a mesma lançou Cave Story + pra steam que era o mesmo jogo do Wii mas com uma dungeon a mais além de outros extras. O jogo ainda foi lançado também em 2011 pela primeira vez em mídia física e com os gráficos totalmente retrabalhados pra 3D pra Nintendo 3DS por um preço bem alto.

O jogo logo de cara ao entrar no menu de configurações te dá uma variedade boa de como você pode jogar CS. Com os gráficos originais ou retrabalhados? Com a trilha clássica, remasterizada ou refeita? E ainda, em Japonês ou Inglês? Você quer que seu personagem use roupas especiais próxima a datas comemorativas como Halloween e Natal?
Ao começar o jogo você ainda pode escolher jogar no modo fácil(que é o que eu recomendo) normal ou difícil. O jogo é o mesmo, a única coisa que muda com a dificuldade é a cor da roupa do seu personagem(que lembra bastante a roupa de um frentista) que é amarelo no fácil, vermelho no normal e no difícil, o Quote(que é o personagem que você controla) ganha uma aparência mais humana(ele é um robô).
O jogo logo de cara deve agradar os nostalgicos pois ele tem muito cara de um jogo antigo da nintendo. Nos gráficos originais ele lembra um jogo de 8 bits, já no remasterizado lembra mais um jogo de 16bits. Pela quantidade de sprites que ficam na tela ao mesmo tempo em diversos momentos eu não saberia dizer se o super nintendo/nintendo teriam processamento suficiente pra rodar ele.
O que chama atenção logo de cara, 10 segundos depois de abrir o jogo no CS é a trilha, pqp, é uma das melhoras trilhas dos jogos, e o jogo está recheado de temas memoráveis como "Mimiga Town", "Onto Grass Town", se você procurar no youtube vai achar várias versões feitas por fãs, usando guitarras, pianos e outros instrumentos.
Os gráficos são muito bons, a história do jogo é inicialmente simples mas muito bem contada, os dialogos são bem escritos,
A história é sobre um personagem chamado Quote(aspas em português) que acorda sem memórias em uma caverna, e de lá ele cai na Vila dos Mimigas, que são seres bonitinhos que lembram muito cachorros em formato humanoide. Seu primeiro objetivo é ir atrás de um vilão que se auto-intitula 'Doutor' que está fazendo os mimigas comerem flores vermelhas. Ao comerem essas flores, um poder latente dentro deles se manisfesta e os transforma em máquinas de matar. Isso não é muito explorado no jogo mas o Doutor quer usar os mimigas numa guerra contra a superficie(já que o jogo se passa numa ilha flutuante) pra dominar o mundo. Bem clichê mas o jogo tem tantas reviravoltas e finais diferentes, que no final das contas funciona.
O jogo é meio linear, porque vc pode voltar a areas já exploradas, mas não chega a ter a complexidade de um Castlevanis Symphony of the Night ou um Metroid. Tem algumas sidequests que são praticamente impossíveis de serem descobertas sem olhar na internet. No final de cada área o jogo sempre te mostra mais um pedaço da história, geralmente após vencer um chefe.
O gameplay dele é meio Megaman, pq vc mata os inimigos atirando neles, mas quase todas as vezes que um inimigo morre ele dropa mini-triforces(do zelda) que te permite evoluir a arma que vc está usando até o level 3. Acontece que, se vc tomar hit, vc perde level das armas(além de life), ou seja, não chega a ser o mesmo esquema do megaman pq existe a punição de vc ficar pior ao ser acertado. Durante o jogo você pode conversar com diversos npcs para conseguir armas novas e secretas, e não é possível terminar o jogo com todas as armas, então testar outras armas a cada jogatina aumenta e muito o replay do jogo.
O jogo de forma geral não é tão difícil exceto se você quiser fazer o final verdadeiro porque a última dungeon desse jogo, é uma sacanagem, mesmo no fácil ela é um absurdo de difícil. Nessa parte o jogo lembra muito o Ninja Gaiden de NES de tão filho da ♥♥♥♥ que ele é. Pra terminar eu tive que usar uma filosofia que eu uso pra jogos que tem uma guinada repentina de dificuldade: os fins justificam os meios. Sim, só foi possível terminar o jogo daquele jeito. São 2 chefes, e o o segundo dele tem 3 FORMAS, e a última forma de vida dele tem vida pra ♥♥♥♥♥♥♥!!
Eu sei que com muita insistência, perseverança e uma úlcera no final do processo é possível vence-lo mas não. Ele não é um chefe no nível difícil, ele é um chefe no nível japonês de difícil.
O final é bem satisfatório. O jogo dura acho que até 100 horas se vc tentar zerá-lo no melhor final. Não. Falando sério o jogo dura umas boas 12 horas e acredito que umas 8 se você souber o que está fazendo. Pretendo rejoga-lo várias e várias vezes pois ainda não pude usufruir de tudo que o jogo tem a me oferecer.

4.5 estrelas(5 se não fosse pela última dungeon), recomendo muito, Cave Story é um jogo obrigatório.
Colchete
0.4 hrs
Publicada: 22 de janeiro
Jogo clássico e extremamente viciante! Prato cheio pra quem curte jogos de plataforma.
Mal dá pra acreditar que foi produzido por apenas uma pessoa, durante seu tempo livre!
Se tivesse sido lançado pro SNES na época de ouro dos 16 bits, com certeza estaria entre os melhores da geração!
Fator replay interessante devido aos 3 finais que possui.
Trilha sonora divertida e character design agradável!
Ainda melhor, pelo fato da versão Cave Story + ter gráficos e trilha sonora remasterizados!
Crasher TN
79.0 hrs
Publicada: 7 de janeiro
Melhor jogo da história!
Jogo ele desde 2007 e nunca me canso dele.
História, cenário e personagens incríveis e envolventes.
O Cortador (de Grama)
15.0 hrs
Publicada: 28 de dezembro de 2015
Embora não tenha muitas horas neste jogo, sinto que posso escrever uma análise baseado no que já joguei.
Cave Story é um jogo em que você pula e mata inimigos. Não estilo Mario... Exceto que mais ou menos, porque é possível atirar bolas de fogo que ficam kickando do chão, estilo Fire Flower. Mas a forma que se mata inimigos é com armas, como uma pistola, metralhadora, bazuca e mais algumas que ainda desconheço.
Se és fã de Kirby, especialmente Kirby Superstar, vai notar várias semelhanças: o momentum enquanto caminha, o pulo, a discografia, tudo remete bastante a Kirby. Não que isso seja ruim, na minha opinião, isso dá certo charme ao jogo. Outra coisa que remete bastante a Kirby: os Bosses.
Há uma grande variedade de bosses, e exatamente como o Kirby, há 4 "A"s que devem ser seguidos para atacar o boss:
1- Aprenda a padrão da rotina do boss;
2- Adivinhe o próximo movimento dele;
3- Assegure-se que está seguro de que não irá levar dano;
4- Ataque e volte para o passo #2.
Para alguém, como eu, que gosta de experimentar e aprender, isto é perfeito. Ter que aprender e improvisar, prestar atenção de aonda você está, onde está o boss e como desviar do ataque do boss, é o que mais gosto em jogos.
Os bosses são, facilmente, a melhor parte do jogo. Nunca são os mesmos, sempre há alguma mudança. Mesmo que seja o mesmo boss, você terá que agregar outra estratégia contra ele. São a parte mais difícil, também. Várias vezes tive que tentar batalhá-los várias vezes para derrotá-los.
Outra coisa interessante do jogo: ele não te segura pela mão. Não há tutorial: eles simplesmente te colocam numa sala vazia, e que tu aprenda a jogar. E nos puzzles, seguram menos ainda. Eles vão falar "preciso de carvão", e VOCÊ que procure a lareira e a maneira de apagar o fogo para pegar o carvão sem se queimar. Eles não te dizem "vá para tal lugar, pegue aquilo, para pegar isto para fazer aquilo". Eles te forçam a pensar no que fazer.
Enfim, recomendo Cave Story para qualquer um que goste de jogos de plataforma, serem severamente desafiados por pulos difíceis, bosses e puzzles.
Dxragon
14.6 hrs
Publicada: 26 de dezembro de 2015
Ok eu vou ser rapido:

Cave story + eh um remake do original cave story, mas um pouco diferente:

Em cave story + voce pode desbloquear desafios
Os graficos são melhores
O dialogo foi levemente alterado
Possui 3 dificuldades
As musicas ficaram melhores
Curly Story.(que quase não eh diferente do modo normal)

O original cave story eh gratis, voce pode achar em qualquer canto da internet, mas nao tera algumas coisas de cave story +.

Basicamente se voce jogou o original e gostou, voce deveria comprar este jogo. Seja pelos novos desafios,graficos ou musica.(Ou compre sem jogar o original, eu nao tenho controle sobre voce.)

Ok isso definitivamente não foi rapido.
Análises mais úteis  No geral
19 de 19 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
28.6 horas registradas
Publicada: 2 de novembro de 2014
"Uma Caverna incrível. Uma História épica."


Cave Story é um jogo Indie de Plataforma em 2D, com distribuição gratuita, porém com uma versão "Remastered" lançada na Steam (essa versão, Cave Story+). O jogo original está disponível gratuitamente, mas antes de correr e digitar no Google, por favor continue lendo o resto, pois todo o conteudo do jogo original está nessa versão, com alguns atrativos a mais.

O jogo conta a história de um garoto que acorda numa pequena caverna. Ao sair, descobre um pequeno vilarejo onde mora uma raça híbrida de coelhos e cachorros (?) chamada Mimiga. Os Mimiga estão com um grande problema, pois um cientísta do mal está atacando a vila e sequestrando outros Mimiga. Resta à esse misterioso garoto descobrir quem é esse cientista e o que ele quer com os Mimiga. Durante a aventura, ele encontrará novos aliados e inimigos muito incomuns, ambos parte de um elenco MUITO carismático de personagens. Apesar de parecer um tanto cliché, a história tem um impacto inesperado no jogador em certos pontos, e rapidamente evolui para algo bem mais complexo.

Os gráficos do jogo são bonitos. Os sprites dos personagens são simples, e alguns são até idênticos, contando com algumas animações bem simples. Os rostos de alguns personagens aparecem quando você fala com um deles. Já o cenário varia bastante conforme você avança na história, sendo bastante detalhado e colorido. Existe a opção de mudar as opções gráficas do jogo pra utilizar os sprites do jogo original. Ah, e em determinadas épocas (Halloween, Natal), o jogo fica com a temática da época festiva.

O gameplay do jogo é, no mínimo, nostálgico pra quem já jogou os antigos jogos do NES, Super Nintendo ou Mega Drive/Sega Genesis. Existem muitas armas disponíveis no jogo, a maioria bem fácil de pegar, já outras um tanto mais obscuras. O jogo consegue ser bem injusto em algumas partes, com alguns pulos que existem precisão, ou inimigos que enchem a tela toda. Alguns podem argumentar que é por causa da influência de jogos antigos, e pode até ser, mas a dificuldade sobe exponencialmente perto do final do jogo. Desafio saudável? Eu particularmente acho que não, mas isso não é um problema. É apenas um fato que acho interessante relevar. Outro fato é que alguns secrets do jogo são MUITO obscuros, exigindo que você procure bem, ou recorra à um guia online ou algo do tipo.

Chegamos à melhor parte, na minha opinião: a trilha sonora. Tanto a trilha quanto os efeitos sonoros são excelentes, e impressionam bastante. Algumas músicas simplesmente grudam na sua cabeça. Ela é bastante nostálgica também, e fica mais ainda se você alterar as opções de música para o jogo original. É nostalgia 8-bit pura. Pessoalmente, eu ainda acho que deveriam vender a trilha sonora desse jogo aqui na Steam (eu com certeza iria comprar), pois ela é muito boa, e realmente dá vontade de ouvir ela de novo, e de novo, e de novo. Nesse quesito, Cave Story é impecável.

Agora, as diferenças entre essa versão é a versão gratuita. Essa versão possui novos gráficos e trilha sonora (Remastered e New), os diálogos estão retraduzidos, novos modos de dificuldade, um modo extra secreto habilitado ao zerar o jogo, alguns estágios bonus e os Achievements (infelizmente não tem nem Cards). Eu pessoalmente compraria o jogo, pois possui alguns extras a mais que realmente aumentam a longevidade do jogo de certo modo, mas caso esteja em dúvida, baixe o jogo original e teste. Se gostar, compre essa versão. Ou jogue a original.

Independente da versão que escolher, o resultado é o mesmo: você estará jogando um excelente jogo Indie, extremamente nostálgico e com uma excelente trilha sonora, que te envolve de uma maneira única na história. Não se assuste caso queira rejogá-lo de novo: afinal, estamos falando de um "classico" dos 8-bits.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
12 de 12 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
7.1 horas registradas
Publicada: 11 de fevereiro de 2014
Demorei um bom tempo pra conhecer Cave Story, e mesmo depois de comprar o jogo, mais um tempo se passou até que eu pudesse jogá-lo. O primeiro sentimento que tive foi o de arrependimento por não ter jogado antes essa pérola.
Cave Story é um excelente jogo que rivaliza com clássicos do SNES, com controles fluidos e boas mecânicas. O jogo é como uma mistura de Super Meat Boy com Megaman, partes plataforma desafiadoras somadas ao uso das armas nos combates. As Boss Battles são bem divertidas, porém passam longe de ser fáceis.
Se você é fã da época do SNES o jogo vale ainda mais a compra, o estilo retro é bem charmoso e nostalgico. Caso não curta tanto, o jogo tem a opção de mudança do gráfico. Seja retro ou atual, você não pode deixar de conferir esse excelente jogo.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
12 de 12 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
21.3 horas registradas
Publicada: 13 de maio de 2014
Cara, que jogo fantástico!!!! PQP!!
Lógico, se você não é fã de jogo plataforma, as chances estão contra você, mas nesse caso, O QUE DIABOS VOCÊ ESTÁ FAZENDO AQUI?! hasuhasuhas :P

A história é incrível, com um humor inteligente e algumas referências à cultura nerd, você quase não percebe o quanto a trama é "maluca". Maluca em bom sentido, mas mesmo assim maluca: Comunidade subterrânea de coelhos falantes e flores vermelhas que dão superpoderes. Alguns diálogos possuem opções de resposta e, por incrível que pareça, suas respostas realmente alteram o seu destino, podendo até ocasionar um "bad ending" e um achievment "Coward".

A jogabilidade é excelente!! Ás vezes bem difícil, mas ainda assim linda! Conforme você evolui é possível trocar de armas e até evoluí-las, dependendo das suas respostas você em certos diálogos e dos lugares que você acessa. Do meio pro final você adquire um Jet pack e aí, meu amigo... aí é que a coisa fica ♥♥♥♥ mesmo! Imagine pular, voar pra cima, deixar essa aceleração te levar um pouco, usar o jet pack pra ir pra frente e aproveitar o resto desse impulso pra chegar em uma plataforma cercada por espinhos, ao mesmo tempo em que detona inimigos voadores e saltitantes com mísseis e uma espada voadora!! E se você tiver a machine gun você pode pular, atirar para baixo e sair "voando" pra sempre!!! Ou até sua munição acabar... Pode parecer complicado, mas depois que você pega o jeito você se sente o BadAss das plataformas! O Jedi das cavernas! O nêmesis de Platão!! HUASUHASUHAAUAHASUH

Enfim, recomendo fortemente o jogo. Sério, esquece o "recomendo", apenas compre e seja feliz.

E se você tiver um joystick ou o seu amiguinho tiver, jogue com ele (o controle, não o amiguinho), vai tornar sua vida MUITO mais fácil!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
12 de 13 pessoas (92%) acharam esta análise útil
Recomendado
25.6 horas registradas
Publicada: 20 de setembro de 2015
Jogo muito bem feito, personagens memoráveis, música muito legal, jogabilidade fantástica.

O protagonista acorda sem memória em uma caverna, e por meio de exploração acaba descobrindo o plano maléfico do "Doctor" em usar os habitantes da ilha, para conquistar o mundo...

O mais divertido é que as suas escolhas fazem diferença, apesar de não serem tantas, provavelmente você vai ficar envolvido com a história

Com certeza é um jogo que vale a pena.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
9 de 10 pessoas (90%) acharam esta análise útil
Recomendado
11.8 horas registradas
Publicada: 2 de dezembro de 2013
Cave Story+ é a nova versão de um jogo gratuito lançado em 2004, com gráficos modernizados e uma nova trilha sonora. Para os saudosistas, existe a opção de reverter para os gráficos anteriores e a trilha original, mas eu não faço a menor ideia onde isto é ativado. E também não faço a menor ideia sobre o que é a história.

Pode-se dizer que enredo em jogos de plataforma são um luxo desnecessário. Assim como em títulos de corrida e FPS old-school. Um gênero onde o campeão de vendas traz um encanador bigodudo se aventurando em uma dimensão de cogumelos mágicos para derrotar um tartaruga mutante antropomórfico é um gênero habituado a esquisitices. Porém, Cave Story+ parece determinado a ultrapassar os limites do compreensível, contando uma trama mirabolante que envolve Dragões, cientistas malucos, robôs com amnésia, uma estranha ilha flutuante, coelhos assassinos, cultistas e outras alucinações de ácido. As intervenções para fazer este enredo avançar são constantes e é impossível fingir que o elefante branco não está lá.

Se a história é difícil de acompanhar, pelo menos todos os personagens são simpáticos e isto inclui os inimigos. De fato, a arte do jogo é muito bonita, um herdeiro do 16-bits com charme de século XXI. Ao desistir de tentar entender o que está acontecendo e me deixar levar pelos eventos, pude apreciar melhor a força estética de Cave Story+.

A criação saiu da mente de Daisuke "Pixel" Amaya e demorou cinco anos para ficar pronta, sendo desenvolvida durante as horas vagas. Claramente, Cave Story é um projeto autoral, não apenas pelo roteiro complexo e pelo mundo singular que nos apresenta, mas também por não se deixar enquadrar em um único gênero. Se títulos de plataforma são sua principal influência, há também elementos de RPG e adventure presentes na fórmula.

Cave Story+ é delicioso de se jogar, sem perder a dificuldade. Há diferentes armas que podem ser utilizadas e melhoradas ao gosto do freguês, há lugares para se explorar e encontrar segredos, há pontos de salvamento bem distribuídos. E há inúmeros chefes de fase, quase um a cada quinze minutos de jogatina, com variados tipos de ataque.

Em determinado ponto do jogo é oferecida a opção de abandonar a ilha misteriosa montado em um dragão voador e deixar o vilão pra lá. Se você optar por este caminho, estará desistindo de quase metade da aventura, além de deixar o mundo à mercê dos planos maquiavélicos do vilão e ganhar um achievement chamado "Coward" ("Covarde"). Mas você não coloca a chance de montar um dragão voador na frente de um garoto de cinco anos e espera que ele diga "não". Partimos felizes daquela confusão. Expliquei ao meu filho que aquele não era exatamente o final da história e que poderíamos continuar. Ele pensou por uns três segundos, mas não voltou atrás.

Por enquanto, adeus Cave Story+.

Originalmente publicado em: http://blog.retinadesgastada.com.br/2013/04/jogando-cave-story.html#ixzz2mLptsUyp
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
17 de 25 pessoas (68%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
Recomendado
11.2 horas registradas
Publicada: 18 de fevereiro de 2014
IMAGINE UM ROBÔ DOIDÃO PRESO NUMA CAVERNA CHEIO DE COELHOS, FURRIES, UMA TORRADEIRA GIGANTE. OS GRAFICOS SÃO PQP, LEMBRA DO SEU SUPER NINTENDO? ENTÃO IGUALZINHO! NÃO GOSTA? VSF VAI LÁ JOGAR TITANFALL COM UMA BANANA NA BUNDA! O JOGO É MAIS SOFISTICADO, GRAFICOZINHOS, SHOOTERS! TU ASSASSINA UM COELHO E O PIOR DE TUDO A HISTÓRIA É BOA! VAI LÁ JOGAR ESSA ♥♥♥♥♥!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
6 de 6 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
31.5 horas registradas
Publicada: 20 de junho de 2015
Cave Story+ é um jogo metroidvania, desafiante com uma historia incrivel.

Paguei o preço cheio, e não me arrependo.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
4.0 horas registradas
Publicada: 20 de dezembro de 2014
um dos melhores Metroidvanias que já joguei, vale muitissimo a pena!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
82.0 horas registradas
Publicada: 16 de julho de 2014
Cave Story+ é um jogo perfeito. Pra mim, gráficos não importam, e sim: a história, que você pode tomar suas próprias decisões e mudar o rumo e o final; a jogabilidade, é bem suave, leva-se pouco tempo para se acostumar com os botões; a soundtrack... MEO DEOS; é muito phoda, não há como não gostar das músicas que tocam aqui, (principalmente as músicas de boss) e por último, mas não menos importante; o desafio... P*** QUE O PARIU, é difícil pra car****, e olhe que nessa versão, você pode escolher a dificuldade, coisa que não tinha no Cave Story original. Resumindo, Cave Story+ lembra bem os jogos 16-bit de SNES ou Mega Drive, gráficos bons (e você pode escolher se quiser jogar com os gráficos originais ou os novos, assim como a música, que tem a original, a remasterizada e a nova), soundtrack marcante e PHODA, história, cujo rumo e final mudam de acordo com suas decisões durante o jogo.

Eu recomendo muito esse jogo, principalmente pro pessoal que teve a infãncia marcada pelos consoles 16-bit.
10/10.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
9.1 horas registradas
Publicada: 6 de dezembro de 2014
Outro "metrodvania". Cave Story + é uma revisão do freeware Cave Story. Esta versão "plus" tem uma ampliação dos mapas, cenários e desafios. Sem falar que o jogo foi todo polido e melhorado, compensando muito a pena comprar.

Cave Story+ é um clássico indie, que ajudou a divulgar o gênero quando "indie" nem dava as caras no steam. Este jogo já foi para consoles, linux e mac. O jogo é bem divertido.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada