In a city where information is heavily monitored, agile couriers called Runners transport sensitive data away from prying eyes. In this seemingly utopian paradise, a crime has been committed, your sister has been framed and now you are being hunted.
Data de lançamento: 13 Jan 2009
Marcadores populares para este produto:
Assistir a todos os 2 trailers

Comprar Mirror's Edge™

$19.99

Sobre o jogo

In a city where information is heavily monitored, agile couriers called Runners transport sensitive data away from prying eyes. In this seemingly utopian paradise, a crime has been committed, your sister has been framed and now you are being hunted. You are a Runner called Faith — and this innovative first-person action-adventure is your story.
Mirror's Edge™ delivers you straight into the shoes of this unique heroine as she traverses the vertigo-inducing cityscape, engaging in intense combat and fast paced chases. With a never before seen sense of movement and perspective, you will be drawn into Faith's world. A world that is visceral, immediate, and very dangerous.
Live or die? Soar or plummet? One thing is certain, in this city you will learn how to run. From the makers of the groundbreaking Battlefield franchise, Mirror's Edge is an action-adventure experience unlike any other.
  • Move yourself: String together an amazing arsenal of wall-runs, leaps, vaults and more, in fluid, acrobatic movements that turns every level of the urban environment to your advantage and salvation.
  • Immerse yourself: In first person every breath, every collision, every impact is acutely felt. Heights create real vertigo, movements flow naturally, collisions and bullet impacts create genuine fear and adrenaline.
  • Challenge yourself: Fight or flight. Your speed and agility allow you not only to evade, capture and perform daring escapes, but also to disable and disarm unwary opponents, in a mix of chase, puzzles, strategy and intense combat.
  • Free yourself: Runner vision allows you to see the city as they do. See the flow. Rooftops become pathways and conduits, opportunities and escape routes. The flow is what keeps you running — what keeps you alive.

Requisitos de sistema

    • Supported OS: Microsoft Windows® XP SP2 or Vista
    • Processor: 3.0 GHz or faster
    • Memory: 1 GB RAM or more
    • Graphics: DirectX® 9.0c compatible video card, Shader Model 3.0 required. Video card must have 256 MB, NVIDIA GeForce 6800 or better
    • Hard Drive: 8 GB free space
    • Sound: DirectX® 9.0c compatible sound card
    • INTERNET CONNECTION, ONLINE AUTHENTICATION AND ACCEPTANCE OF END USER LICENSE AGREEMENT REQUIRED TO PLAY. TO ACCESS ONLINE FEATURES, YOU MUST REGISTER ONLINE. ONLY ONE REGISTRATION IS AVAILABLE PER GAME. EA ONLINE TERMS & CONDITIONS AND FEATURE UPDATES CAN BE FOUND AT www.ea.com. YOU MUST BE 13+ TO REGISTER WITH EA ONLINE.
Análises úteis de usuários
59 de 59 pessoas (100%) acharam esta análise útil
306 produtos na conta
4 análises
7.5 hrs registradas
Mirror's Edge é, provavelmente, o melhor jogo que (quase) ninguém jogou. Só agora, no fim de 2013, decidi jogá-lo, e me arrependo de ter adiado essa experiência.

Arrisco dizer que ME é um dos jogos de ação mais imersivos que tive a oprotunidade de jogar, com uma trilha sonora incrível, gráficos que não deixam nada a desejar (considerando o ano de lançamento), uma bela direção de arte e, sobretudo, uma jogabilidade sensacional, com momentos de tirar o fôlego, Mirror's Edge é um jogo singular que deixa um gostinho de "quero mais". Só nos resta esperar pela sequência.
Publicada: 28 novembro 2013
Você achou esta análise útil? Sim Não
25 de 31 pessoas (81%) acharam esta análise útil
396 produtos na conta
37 análises
12.7 hrs registradas
Risen acaba de perder o posto de pior final de jogo dos últimos tempos. O (des)mérito agora reside nas mãos calosas de Faith e do jogo Mirror's Edge. Mas eu chego lá.

O revolucionário jogo da DICE é um visualmente impecável e artisticamente bem-construído simulador de quedas, onde você despenca de alturas inacreditáveis de cinco em cinco minutos, sempre com uma visão única em primeira pessoa. Espere. Não é por aí também.

Mais uma vez. Mirror's Edge conquistou o coração de jogadores antes mesmo de seu lançamento, graças a um surpreendente trailer que trazia a magistral música "Still Alive" em versão instrumental e mostrava uma jogabilidade inédita de total liberdade entre prédios e com uma perspectiva em primeira pessoa tão próxima do real que chegava a dar calafrios em quem tinha medo de altura. Assim como eu, milhares de jogadores ficaram ansiosos para... opa! Caí de novo.

Em Mirror's Edge, você interpreta Faith, uma jovem de traços asiáticos, determinada, durona, com a habilidade de atravessar os telhados da cidade com a graciosidade dos melhores adeptos do parkour. Seus movimentos são fluidos e ela consegue enxergar os melhores ângulos e pontos de salto para alcançar os lugares mais inatingíveis em sua rota. Exceto, é claro, quando você está no comando. Aí você irá correr com suavidade por cinco minutos, se estatelar no concreto dezenas de andares abaixo e repetir a mesma tentativa de seguir em frente por trinta minutos. Ou mais.

A cidade onde se passa a história é um espetá♥♥♥♥ ímpar. Com luz saturada ao extremo, o topo da cidade é um constante fulgor onde você precisa descobrir como fazer para pular de um lugar super-branco para outro mais branco ainda, com a muito bem-vinda ajuda de objetos vermelhos que podem ser usados como degrau, escada ou apoio. A cidade transborda cores primárias por todos os seus poros, como um quadro de Mondrian. Esta é uma grande qualidade do jogo, em uma época em que os demais títulos usam e abusam de tons sépia ou marrom-sujeira. Enquanto você estiver caindo de grandes alturas, você poderá refletir o quão bonito é Mirror's Edge.

As cenas de corte não são implementadas pela engine do jogo. E são a única parte da jogabilidade onde você não irá precisar se preocupar com o risco de cair. Criadas como um desenho animado de cores fortes, onde as sombras exercem uma força que não aparece durante o resto da história. Se, nos telhados da cidade, a sombra é algo que quase não aparece diante do escaldante Sol de meio-dia, durante as cenas intermediárias, claro e escuro duelam entre si e criam uma atmosfera mais próxima do noir.

Noir também é a fonte de inspiração do enredo, uma investigação conturbada envolvendo o assassinato de um importante líder político, onde uma pessoa inocente é injustamente acusada. Com a habitual fauna de traidores, capangas truculentos, personagens corruptos, mais traidores e mártires, a trama de Mirror's Edge se esforça para justificar toda a correria, todo o parkour e todas as quedas que você irá levar. No frigir dos ovos, diante do desafio da parede horizontal e do infinito abismo, você não irá prestar muita atenção na história recheada de lugares-comuns.

No final, com a alma traumatizada pelas centenas de quedas mortais sofridas durante a travessia de Mirror's Edge, eu imaginava uma batalha definitiva e mais uma sucessão de frustrantes tentativas e erros até assistir o fim do jogo. Ledo engano. Após uma explicação que não explicava nada de um vilão tirado da cartola, a DICE exige do jogador uma única decisão, um único salto, fácil de executar antes de mostrar o epílogo, totalmente controlado pelo script. Não quero parecer ranzinza: o epílogo tem ângulos de câmara de fazer inveja ao melhor filme de ação e faz a adrenalina subir, enquanto você espera que, talvez, seja chamado ao controle novamente. Mas não acontece. E deixa furos no enredo, perguntas sem resposta e tudo se encerra com uma narração no meio dos créditos, quando a maioria dos jogadores já teria fechado o jogo.

Mirror's Edge é um jogo delicioso, bonito de se ver e interessante de ser jogado. Um jogo curto, porém. De, no máximo, dez minutos. Junto com ele vem um jogo enfadonho de pulos impossíveis e frustração, muita frustração, que te prende por longos e intermináveis minutos e que precisa ser vencido para que você volte a jogar mais dez minutos de Mirror's Edge. Antes de cair de novo.

Em seus momentos de brilho, Mirror's Edge tem o mesmo poder de Portal, de inverter suas perspectivas e colocar sua mente em situações que você jamais imaginaria. Sequências de tirar o fôlego são a recompensa para aqueles dispostos a se sacrificar para o asfalto: é indescritível o poder que se sente ao pular entre dois guindastes suspensos no alto de prédios ou trocar de trem no metrô do jeito mais difícil possível ou realizar loucas fugas, muitas vezes saltando às cegas, saltos de fé.

Dotado do mais puro instinto masoquista, com cada osso virtual quebrado e coberto de hematomas nos dedos que teclam, tenho esperança em um possível Mirror's Edge 2. E em uma nova sucessão de quedas mortais.

Originalmente publicado em: http://blog.retinadesgastada.com.br/2011/02/jogando-mirror-edge.html
Publicada: 11 dezembro 2013
Você achou esta análise útil? Sim Não
10 de 10 pessoas (100%) acharam esta análise útil
41 produtos na conta
5 análises
6.0 hrs registradas
É muito bom . Mirror's Edge é um jogo bem inovador , acho que foi o primeiro jogo que joguei om uma tematica de Parkour em Primeira Pessoa , Seus graficos são muito bons e tem um estilo bem diferente com corem bem vibrantes , de vez em quando senti um pouco de dificuldade com os controles e infelizmente o jogo é bem curto . São mais ou menos 5 horas de campanha e o jogo não tem um modo multiplayer o que acaba diminuindo bastante os tempo que você vai passar com o jogo . Mas fora isso é um otimo jogo e recomendo a compra .
Publicada: 29 novembro 2013
Você achou esta análise útil? Sim Não
7 de 7 pessoas (100%) acharam esta análise útil
76 produtos na conta
13 análises
3.1 hrs registradas
Mirror's Edge é um jogo que oferce poucas horas de gameplay, mas que valem a pena. Uma jogabilidade bem original, mesmo sendo em primeira pessoa, onde as armas são usadas em apenas último caso. A história é muito boa, a trilha sonora original é belíssima e os gráficos são muito bons e leves. A única coisa que esse jogo deixa a desejar é por não ser em um mundo livre. Mas se você gosta de um jogo original ou uma nova experiência, esse jogo é a escolha certa!
Publicada: 25 novembro 2013
Você achou esta análise útil? Sim Não
6 de 6 pessoas (100%) acharam esta análise útil
16 produtos na conta
4 análises
11.1 hrs registradas
Mirror's Edge é mais uma grande produção dessa grande parceria que vem dando super certo, entre Eletronic Arts e Dice.

Você controla Faith, uma garota praticante de LeParkour, técnica que traz habilidade de correr entre paredes, muros, etc. Ela possui uma irmã, Kate, que é policial, e uma parceira de trabalho chamada Celeste, também uma Corredora.
O empresário Robert Pope, que concorreria a prefeitura da cidade futuristica, é assassinado e é formado um esquema para a culpa ir para Kate, irmã de Faith. Você tem que descobrir quem está por trás disso, e ao mesmo tempo escapar dos policiais e seguranças que perseguem os corredores.

Você já percebe a diferença do jogo no gráfico! O jogo possui um gráfico futurista feito na Unreal Engine 3, que é muito bonito por sinal. As cenas em CG são feitas em estilo aos quadrinhos, outro ponto revolucionário no game.
Os combates tambem são bem revolucionários. O jogo é totalmente em primeira pessoa. Você pode atacar os inimigos com chutes, socos vindos de cima e de baixo, e também ativar a Runner Vision, que para totalmente o tempo ao estilo Max Payne, e possibilita você a atacar mais facilmente o inimigo ou até mesmo roubar a arma dele.
Mas não pense que você poderá sair atirando em tudo e todo mundo. O foco do jogo não é os tiroteios, e muitas vezes você terá que jogar a arma fora para executar um pulo ou subir em certo ponto.

Pode demorar um pouco para você pegar a manha e entender o estilo do jogo, mas depois disso é só alegrias!

Enfim, Mirror's Edge é mais uma grande produção da EA Games/Dice, um jogo super revolucionário que pode inspirar muitas outras empresas. Bem divertido e com uma bela história, com certeza vai proporcionar muitas horas de jogo e diversão para muitos!

87/100
Publicada: 25 março 2014
Você achou esta análise útil? Sim Não