De organismos unicelulares a Deus galáctico, faça evoluir a sua criatura num universo habitado pelas suas criações. Jogue as cinco etapas evolutivas do Spore: Célula, Criatura, Tribo, Civilização e Espaço. Cada etapa tem o seu estilo, desafios e objectivos únicos.
Data de lançamento: 19 Dez, 2008
Ver vídeo HD

Comprar SPORE™

$19.99

Pacotes que incluem este jogo

Comprar SPORE™ + SPORE™ Creepy & Cute Parts Pack

Inclui 2 itens: SPORE™, SPORE™ Creepy & Cute Parts Pack

Comprar SPORE™ + SPORE™ Galactic Adventures

Inclui 2 itens: SPORE™, SPORE™ Galactic Adventures

Comprar SPORE™ Complete Pack

Includes the original Spore and both expansions!

Acerca do Jogo

De organismos unicelulares a Deus galáctico, faça evoluir a sua criatura num universo habitado pelas suas criações.

Jogue as cinco etapas evolutivas do Spore: Célula, Criatura, Tribo, Civilização e Espaço. Cada etapa tem o seu estilo, desafios e objectivos únicos. Pode escolher a forma como joga — comece na etapa de Célula e crie uma espécie, desde a fase de simples organismo no caldo primordial, até à fase de viajante intergaláctico; poderá também passar para as etapas mais avançadas e formar tribos e civilizações em planetas novos. O que faz com o seu universo é escolha sua.

Spore coloca ao seu dispor uma variedade de poderosas ferramentas de criação fáceis de utilizar, para que possa criar todos os aspectos do seu universo: criaturas, veículos, edifícios e até naves espaciais. Embora Spore seja um jogo de um jogador, as suas criações são automaticamente partilhadas com outros jogadores, criando um número ilimitado de mundos para explorar e jogar.

  • CRIE o seu universo, do microscópico ao macroscópico — Desde amebas no caldo primordial, até civilizações prósperas e naves intergalácticas, está tudo nas suas mãos.

  • FAÇA EVOLUIR a sua criatura ao longo de cinco etapas — É a sobrevivência dos mais divertidos, pois as suas escolhas repercutem-se ao longo de gerações e decidem o futuro da sua civilização.

  • EXPLORE as galáxias de outros jogadores — Será que a sua criatura vai governar o universo, ou será que o seu planeta adorado vai ser aniquilado por uma raça alienígena superior?

  • PARTILHE com o mundo — Tudo o que fizer é partilhado com outros jogadores e vice-versa, com toneladas de criaturas incríveis para conhecer e lugares fantásticos para visitar.

Requisitos do Sistema

    • Sistemas operativos suportados: Microsoft Windows XP com Service Pack 1 e Vista

    • Processador: Intel Pentium 4 a 2,0 GHz ou equivalente

    • Memória: 512 MB de RAM (768 MB de RAM para o Vista)

    • Placa gráfica: placa gráfica de 128 MB, com suporte para Pixel Shader 2.0

    • DirectX: versão mais recente do DirectX 9.0c ou superior

    • Disco rígido: pelo menos 4 GB de espaço livre em disco, com pelo menos 1 GB adicional para as suas criações
    Para computadores com chipsets gráficos integrados a funcionar com Windows, os requisitos mínimos do jogo são:

    • Chipset integrado Intel, 945GM ou superior

    • Processador Pentium D a 2,6 GHz, Core 2 Duo a 1,8 GHz ou equivalente

    • 768 MB de RAM
    • É NECESSÁRIA LIGAÇÃO À INTERNET, AUTENTICAÇÃO ONLINE E ACORDO DE LICENÇA PARA O UTILIZADOR FINAL PARA PODER JOGAR. PARA ACEDER ÀS FUNCIONALIDADES ONLINE, É NECESSÁRIO REGISTAR-SE ONLINE. SÓ É POSSÍVEL FAZER UM REGISTO POR CADA JOGO. OS TERMOS E CONDIÇÕES DA EA E AS ACTUALIZAÇÕES DE FUNCIONALIDADES ESTÃO DISPONÍVEIS EM WWW.EA.COM. É NECESSÁRIO TER MAIS DE 13 ANOS DE IDADE PARA PODER REGISTAR-SE ONLINE. A EA PODERÁ DEIXAR DE DISPONIBILIZAR FUNCIONALIDADES ONLINE NUM PRAZO DE 30 DIAS APÓS A PUBLICAÇÃO DE AVISO CORRESPONDENTE EM www.ea.com.
Análises úteis de clientes
6 de 10 pessoas (60%) acharam esta análise útil
10.7 hrs em registo
I created a monster that looks like a penis.

10/10
Publicada: 28 Junho
Achaste esta análise útil? Sim Não
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
3.9 hrs em registo
mto bom
Publicada: 23 Junho
Achaste esta análise útil? Sim Não
2 de 3 pessoas (67%) acharam esta análise útil
0.9 hrs em registo
After a couple hours playing this I recommend getting it while the sale lasts, if you're the creative type I'm sure you'll enjoy it as I am!
Publicada: 21 Junho
Achaste esta análise útil? Sim Não
1,823 de 2,138 pessoas (85%) acharam esta análise útil
39.2 hrs em registo
This game creates the only friends I have....
Publicada: 30 Março
Achaste esta análise útil? Sim Não
521 de 600 pessoas (87%) acharam esta análise útil
61.4 hrs em registo
An asteroid hurdles through space, speeding past alien spacecraft who follow it, attempting to scan it for any life. Within seconds, the asteroid is out of sight, and enters the orbit of a planet. Catching fire, it slams into the ground, creating a crater from the impact. Hundreds of small fragments explode from the asteroid, scattering themselves around the planet. Some land by cities of sophisticated, lizard-like beigns, others by curious tribes who begin worshipping the fiery rocks, and by clueless creatures who poke and lick them. One particular fragment lands in a small pool of water, and you crawl out - a small, slithery cell who's main goal is to survive.
This is Spore, the tale of how your microscopic race can go from scavengers getting enough food to barely survive, to a thriving empire that controls the entire galaxy. The game is based on five stages: Cell, Creature, Tribe, Civilization, and Space. Cell station is where your journey begins. There is little customization in this stage, except for the basic shape of your cell and organelles. Once you become the top of the food chain, you evolve legs. Stumbling onto land, you enter the Creature Stage.
Here is where the true customization takes place. You can collect various parts from skeletons scattered around the planet and add them to your creature. You can make a huge, strong behemoth who crushes his enemies with his gigantic claws, or a small, nimble beign that flies and steals food from his enemies before they notice he is there. You can create your creature based on your species' diet: omnivore, carnivore, or herbivore. Besides the customization, Creature Stage introduces a huge skill in the game that is incredibly useful - friends and foes.
You can choose whether to impress other races and become friends, or attempt to destroy and annhilate them. You have to be wise as to who you attack and who you ally; making enemies with all the weak creatures could end up with them evolving into way stronger creatures and destroying YOU. Once your brain has increased, your species can begin laying out the foundations for a tribe. Here is where the friends and foes system comes into major effect. To complete the Tribal Stage and become a civilization, you must complete your Tribe Totem Pole. For every tribe you defeat or ally, a new totem is added. This stage goes by rather fast, and prepares you for Civilizational Stage.
Civilization Stage takes inspiration from Sid Meier's Civilization series. Your goal is to control every city on the planet, whether through religious, economic, or military means. Religious races can convert the race into believing your civilization is their leader, and is considered the easiest way to complete the stage. Military is just brute force; when it comes to the guns in this, size DOES matter. Economic is peaceful; you start a trade route with a friendly city and eventually buy their city from them. This takes longer than the other two ways but can be very helpful in the long run.
Once you control the planet, you can launch a space project, starting the Space Stage, which is endless. All the choices you've made in the previous stages add up to decide what class you are in the Space Stage - perhaps a battle-crazed tyrant, or a religious zealot out to convert everyone to the teachings of Spode. During the stage, your goal is to go from the Captain of your Space Project to the Omnipotent Beign of the Universe. On the way, you'll encounter the Grox - a cyborg race who hate all and arguably are the antagonists of the game. (If hours of work are put into it, you could make them your ally- if you ever do, I commend you for your bravery.) Between space pirates, colonizing other planets, upgrading your fleet, and stabalizing your funds, this is by far my favorite stage. Overall, this is a great game for creative people and truly lets your imagination soar.

Graphics: 16/20
Story: 17/20
Gameplay: 20/20
Replayability: 19/20
Soundtrack: 18/20
Overall: 90/100
Publicada: 19 Maio
Achaste esta análise útil? Sim Não
34 de 36 pessoas (94%) acharam esta análise útil
194.4 hrs em registo
"Spore é um jogo de simulação onde o jogador tem a total liberdade ao controlar o nascimento de uma criatura unicelular até a conquista espacial, passando pelas fases celular, criatura, tribal, civilização e espacial. Quanto mais lia sobre Spore a nova criação de Will Wright, criador de SimCity e The Sims, me empolgava cada vez mais. Tamanha era minha empolgação que diariamente lia artigo sobre o jogo, o que me fez compra-lo uma semana depois do seu lançamento, o que normalmente não faço.

Na primeira fase do jogo, a fase celular, você controla um ser unicelular em um ambiente aquático, aqui você define se sua criatura será herbívora ou carnívora, mas nada impede de trocar no decorre da fase, conforme vai encontrando novas partes para adicionar a sua criatura. Já na fase celular você tem contato com o criador de criaturas, grande atração do jogo, mas numa versão mais simples. A fase celular é a mais simples dos cinco presentes no jogo, seu único objetivo é se alimentar e coletar novas partes para a sua criatura, o que torna a fase quase que dispensável depois de jogá-la uma única vez.

Depois da rápida fase celular, sua criatura cria pernas e você se vê em um imenso ambiente 3D, nessa fase você tem total acesso ao criador de criaturas que lhe dá dezenas de opções para editar a sua cria, mas para isso terá que explorar bastante para encontrar novas partes. Aqui você também interage com outras criaturas que podem se tornar amigas ou inimigas, mas tudo acaba se desgastando rápido demais, depois que você descobre que os únicos objetivos disponíveis são socializar, se alimentar e coletar novas partes. Algo que decepciona bastante diante de um imenso ambiente 3D que poderia oferecer mais interatividade e objetivos diversos.

Na fase tribal, como o próprio nome diz, sua criatura passa a conviver em uma tribo, essa é a fase mais fraca de todo o jogo, pois peca em muito na simplicidade e falta de opções, pois aqui você tem acesso a algumas construções que fornece instrumentos ou armas para os membros da tribo que servem apenas para socializar com as outras tribos e só. Não há mais objetivos além de se aliar ou destruir as outras tribos do mapa.

Na fase da civilização você controla as cidades da sua criatura, que se tornou civilizada e agora pode usar de meios econômicos, religiosos ou (logicamente) militares para conquistar outras civilizações. O criador de criaturas é substituído pelo criador de estruturas e veículos o que é igualmente cheio de opções, vai agradar e muito os jogadores que gostam de criar.

Nessa fase é que tive a minha maior decepção, pois estava esperando uma mistura de SimCity e Age of Empire. Você constrói residências, fabricas e estruturas de entretenimento e construí um único tipo de veículo terrestre, aquático ou aéreo. Esperava bem mais dessa fase, já que o criador do jogo é o mesmo de SimCity, um inteligente gerenciador de cidades, mas nela não há a liberdade de SimCity, você até pode editar suas estruturas, mas elas serão sempre as mesmas e você será obrigado a colocá-las em lugares pré-determinados.

A fase espacial é a melhor das cinco fases, aqui a sua civilização atinge a tecnologia espacial e dá o primeiro passo para a conquista da galáxia. Aqui você se torna o capitão de uma espaçonave, que tem a missão de explorar a galáxia e expandir seu império.

Logo que você sai do seu sistema solar e se depara com o tamanho grandioso da galáxia você pensa "vou ter que jogar meses para explorar tudo isso".

Toda a falta de objetivo e opções das fases anteriores é compensada aqui. As opções são muitas tanto nas atualizações e ferramentas da nave, quanto nas diversas missões oferecidas pelas diversas civilizações vizinhas. Aqui a exploração é fundamental, pois há milhares de sistemas, planetas, criaturas, civilizações a serem exploradas e dezenas de missões das mais diversas possíveis a serem realizadas. Para ter uma ideia das minhas mais de 150 horas de jogo, apenas 10 horas foram dedicadas as 4 primeiras fases e o resto foi dedicado para exploras a galáxia de Spore.

Além das cinco fases há a Sporepedia, fantástico sistema de interação dos jogadores de Spore, aqui você disponibiliza suas criaturas online, possibilitando que outros jogadores a utilizem assim como tem acesso as criações de outros jogadores e acredite você vai passar horas procurando novas criações na Sporepedia.

No geral Spore é um ótimo jogo, inova por misturar gêneros, mesmo mal explorados, mas com o tempo ele se trona monótono e repetitivo."

Análise publicada originalmente no site GameVicio em 27 de abril de 2010.
Publicada: 19 Março
Achaste esta análise útil? Sim Não