De Célula Única a Deus Galáctico, faça sua criatura evoluir em um universo de suas próprias criações. Jogue nos cinco estágios evolucionários do Spore: Célula, Criatura, Tribal, Civilização e Espacial. Cada estágio tem seus próprios desafios e objetivos.
Análises de usuários: Muito positivas (4,041 análises)
Data de lançamento: 19/dez/2008

Inicie a sessão para adicionar este jogo à sua lista de desejos ou dispensá-lo

Comprar SPORE™

Pacotes que incluem este jogo

Comprar SPORE™ + SPORE™ Creepy & Cute Parts Pack

Inclui 2 itens: SPORE™ Creepy & Cute Parts Pack, SPORE™

Comprar SPORE™ + SPORE™ Galactic Adventures

Inclui 2 itens: SPORE™ Galactic Adventures, SPORE™

Comprar SPORE™ Complete Pack

Includes the original Spore and both expansions!

 

Sobre este jogo

De Célula Única a Deus Galáctico, faça sua criatura evoluir em um universo de suas próprias criações.
Jogue nos cinco estágios evolucionários do Spore: Célula, Criatura, Tribal, Civilização e Espacial. Cada estágio tem seus próprios desafios e objetivos. Você pode jogar como quiser — comece como Célula e cuide de uma espécie desde um simples micróbio em uma poça d'água até viajantes intergaláticos ou comece direto construindo tribos ou civilizações em novos planetas. Você decide o que fazer com seu universo.
Spore lhe dá uma variedade de ferramentas de criação simples de usar, porém poderosas, para que você possa criar cada aspecto de seu universo: criaturas, veículos, prédios e até naves espaciais. Embora seja um jogo solo, suas criações são automaticamente compartilhadas com outros jogadores, o que leva a uma infinidade de mundos para explorar e se divertir.
  • CRIE Seu Universo do Microscópico ao Macrocósmico — Desde amebas em uma poça até civilizações e mesmo naves intergaláticas, tudo está em suas mãos.
  • EVOLUA Sua Criatura por Cinco Estágios — É a sobrevivência do mais divertido enquanto suas escolhas ecoam através de gerações até que finalmente decidam o destino de sua civilização.
  • EXPLORE as Galáxias de Outros Jogadores — Sua criatura governará o universo, ou o seu amado planeta será destruído em pedacinhos por uma raça alienígena superior?
  • COMPARTILHE Com o Mundo — Tudo que você faz é compartilhado com outros jogadores e vice-versa, levando a milhares de criaturas legais de se encontrar e lugares divertidos para se visitar.

Requisitos de sistema

    • Supported OS: Microsoft Windows® XP with Service Pack 1 and Vista
    • Processor: 2.0 GHz Intel Pentium® 4 or equivalent
    • Memory: 512 MB RAM (768 MB RAM for Vista)
    • Graphics: 128 MB Video Card, with support for Pixel Shader 2.0
    • DirectX®: The latest version of DirectX 9.0c or higher
    • Hard Drive: At least 4 GB of hard drive space, with at least 1 GB additional space for creations
    For computers using built-in graphics chipsets under Windows, the game requires at least:
    • Intel Integrated Chipset, 945GM or above
    • 2.6 GHz Pentium D CPU, or 1.8 GHz Core 2 Duo, or equivalent
    • 768 MB RAM
    • INTERNET CONNECTION, ONLINE AUTHENTICATION, END USER LICENSE AGREEMENT REQUIRED TO PLAY. TO ACCESS ONLINE FEATURES, YOU MUST REGISTER ONLINE. ONLY ONE REGISTRATION AVAILABLE PER GAME. EA TERMS & CONDITIONS AND FEATURE UPDATES CAN BE FOUND AT WWW.EA.COM. YOU MUST BE 13+ TO REGISTER ONLINE. EA MAY RETIRE ONLINE FEATURES AFTER 30 DAYS NOTICE POSTED ON www.ea.com.
Análises úteis de usuários
33 de 37 pessoas (89%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
58.7 hrs registradas
Publicada: 1 de novembro de 2014
ótimo jogo sem palavras
vale cada centavo.....
o unico jogo nesse estilo, fez do spore um jogo legal de se passar o tempo, começar como uma simples celula e chegar a dominar planetas, é uma experencia que só spore proporciona.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
18 de 22 pessoas (82%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
11.6 hrs registradas
Publicada: 3 de novembro de 2014
Porque não descubri este jogo antes?

Me lembrou muito o jogo "E.V.O" para SNES...

Resumindo tudo que não falei em... Simplesmente compre! Não se arrependerá, garanto!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
11 de 13 pessoas (85%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
1.6 hrs registradas
Publicada: 28 de novembro de 2014
Não sei quantas horas passei em claro com esse jogo, o que eu já criei é o bastante para encher um Museu.

Agora para a minha análise:

Em primeiro lugar é claro tenho que falar do jogo em sí.
Spore é um jogo de simulação com tema de evolução multi-gênero exclusivo de computador, foi desenvolvido pela Maxis_ (mesma produtora de, The Sims e Sim City) no ano de 2008, foi distribuído pela EA. Seu criador se Chama Will Wright, Criador de The Sim e Sim City.

Interface: Bom o jogo tem uma interface bem amigável alem de interativa, nada complexo, ela tem um design de uma galáxia, nela pode-se escolher o planeta que quer jogar, e nele começar sua jornada, de uma célula, ate um organimo complexo, assim como nós.

Primeira impressão: Bom, a sua é a minha primeira impressão talvez seja de conforto, saber que é um jogo feito pela maxis, alem de outros aspectos do jogo te deixam bem confortavel, com aquela sensação de um jogo que não vai te causar tenção.

Segunda impressão: O jogo ser fácil, você começa tendo de alimentar a sua célula, logo o que você pensar é ser um jogo fácil é tranquilo (essa sensação some quando você chega na fase Tribal).

Gráficos: Não tenho muito a falar, o jogo foi feito em 2008, para a época esse tipo de gráfico era muito bom, para hoje é considerado aceitavel (dependendo do jogo).

Jogabilidade: A jogabilidade muda conforme você evolui sua criatura, começamos com um estilo "point-and-click", ou seja onde você clica o personagem vai ate o local desejado, ou você pode manter o botão esquerdo clicado, dessa forma dando movimento contínuo. você então migra para o segundo estágio, onde a jogabilidade muda para um etilo RPG clássico. Depois, você segue para o estágio tribal, onde o estilo muda pra um lado mais RTS: Real Time Estrategy, ou: Estratégia em tempo real. o quarto estágio é igual ao terceiro, só muda que é em maior escala. Então seguimos para o Ultimo estágio, onde a jogabilidade é meio que um mix de tudo que falei ate agora, você pode administrar seus planetas enquanto viaja pela galaxia em busca de novas civilizações
, tesouros, aventurar, etc. Esse estágio é o mais livre que tem no jogo, nos outros estágio como o célular e criatura, apenas podemos mudar a aparência. enquanto nas seguintes apenas podemos modificar as construções e roupas da nossa espécie. (pra que mudar a aparência quando podemos por meio da manipulação genética criar outras espécies, para fazemos o que quiser). Alem de podermos deixar essas novas espécies inteligentes, onde jogamos um monolito perto de uma raça_ (isso é baseado no filme: Space Odyssey, um clássico, te recomendo assistir), essa raça tem agora 100% de chance de se tornar civilizada, (você não escolhe o destino da raça).

História: Essa aqui apenas a ciência pode explicar :V

Ambientação: Não é lá das melhores, o jogo tem muita diversidade quanto a flora e as crituras que vivem no seu planeta, mas a forma que elas são colocadas é estranha, é tudo muito perto de tudo, uma tentativa de te fazer ter a sensação de estar em um mundo grande, mas é um planeta quase do tamanho do meu quintal.

IA: Outro ponto forte do jogo é a sua IA, apesar de não ser lá tão suprema, ela sabe como se destacar. Bem..., as criaturas de toda a galaxia são divididas da seguinte forma: Carnívoro, Herbívoro e Omnívoro, Uma epécie carnivora não vai querer saber de você, ela vai lançar uma ameaça, pedindo para se afastar, caso não se afaste ou demore de mais para recuar, eles vão atacar. Herbívoros são bem sociais, você pode se aproximar normalmente, para fazer amizade ou ataca-los, caso você ataque um Herbívoro o resto irão correr em desespero. Omnívoro, esses são meio-termo você pode sim se aproximar, porem se você for hostil, é bom se preparar para aguentar umas pancadas e mordidas. (algo que me irrita é que as criaturas do jogo não querem sair do ninhos, ficam amontoados neles).

Contudo: o jogo não é do tipo que te enjoa em menos de um dia, eu demorei quase um mês para enjoar, porem ver o mesmo sempre, em todos os planetas, tendo que fazer os mesmo com todas as raças que encontra é meio chato depois de um tempo, e não pense que o jogo não tem bugs.

Nota: Meu veredicto é:

Interface: 9
Impressões: 8
Gráficos: (para a época) 8
Jogabilidade: 10
História: (não tem história)
Ambiemtação: 7
IA:8
TOTAL: 8,9 (vale a pena).
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
10 de 13 pessoas (77%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
25.7 hrs registradas
Publicada: 30 de dezembro de 2014
Um ótimo jogo para quem curte criar suas próprias coisas (ou zoar elas kkkk) e Hu3rar pelas fazes :D
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
9 de 12 pessoas (75%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
10.5 hrs registradas
Publicada: 2 de novembro de 2014
i rate 9/11 for making planes
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
8 de 11 pessoas (73%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
28.9 hrs registradas
Publicada: 21 de dezembro de 2014
Quando eu vi o trailer de Spore pela primeira vez, eu disse a mim mesmo que eu tinha que comprar esse jogo! Cerca de 7 anos mais tarde, eu finalmente cumpri a promessa.
Spore foi um caso extremo de overhype. Eis um jogo que seria The Sims, Sim City, Civilization e MMO tudo junto e de uma vez. Quando o jogo foi lançado, entretanto, veio a realidade. O jogo não era o que ninguém esperava embora, em retrospecto, nenhum trailer ou preview jamais mentiu sobre ele. Todos se animaram pelo jogo por aquilo que eles queriam que ele fosse, mas não importa que o abacaxi mais gostoso do mundo esteja na sua frente se você se animou a semana toda pra comer feijoada.
Ou algo assim.
As críticas a Spore são certíssimas. O jogo é uma coleção de 5 mini-jogos, todos fáceis e rápidos. Não há decisão estratégica em Spore; Os três primeiros estágios do jogo são binários (carnívoro ou herbívoro; predador ou amigável; fazer aliados ou fazer inimigos) com uma opção neutra no meio que na verdade significa fazer um pouco de um e um pouco de outro. Nos dois últimos estágios, a opção neutra é substituída por uma opção econômica.
A skill tree incrivelmente simples recompensa consistência. Ser pacífico te dá vantagens para jogar pacificamente e ser agressivo te dá vantagens para jogar agressivamente.
Não demora para chegar no último estágio, que é basicamente passear pelo universo fazendo nada em particular (uma das expansões introduz missões que são basicamente passear pelo universo fazendo alguma coisa).
Mas eis o segredo para este ser um dos jogos mais agradáveis e, ao seu modo, ambicioso que há hoje em dia: não é um jogo de vencer.
Não há decisão estratégica em Spore; por outro lado, eis um jogo fundamentado em decisões puramente estéticas. Sim, isso é claro no poderoso editor que permite você escolher como sua criatura se parece, como ela se veste, como são suas casas, como é sua nave espacial, seu Papamóvel, daí em diante; mas a grande sacada do jogo (e é para expôr essa teoria megalomaníaca que venho a vós escrever esta análise) é transformar as decisões éticas em, também, decisões estéticas.
Você não escolhe a paz ou a guerra porque esse é o melhor jeito de vencer (todos os jeitos são fáceis de vencer); você não escolhe também porque é certo ou errado, já que o jogo não te julga ou pune ou recompensa em particular por nenhum caminho. Você escolhe paz, guerra ou um pouquinho dos dois, pois faz parte da história que você está contando que esses bichinhos que se parecem assim e se vestem assado sejam guerreiros, diplomatas ou comerciantes. É um jogo sobre evolução e o modo como ele recompensa consistência é um excelente modo de te ajudar a contar uma história coerente.
Will Wright não é Sid Meier; o meu overhype de anos atrás foi precisamente por não reconhecer isso. Spore não é um concorrente de Civilization nem de longe; ele é a expansão de Sim City e The Sims não só em tema, mas também em design: Will Wright não vem pra confundir, ele sempre tenta simplificar. Nenhum jogo de Will Wright se preocupa com o final; todos os jogos dele acabam quando você desencana do jogo e o único traço em comum com Sid Meier é como você começa simples e vai se tornando mais complexo aos poucos.
Spore, de certo modo, é uma resistência tanto a Civilization quanto Sim City nesse aspecto. Cada um dos cinco estágios é uma espécie de soft reset onde você mantém (pois, repito, este é o foco do jogo) as características estéticas de sua espécie, mas te joga em um mini-jogo diferente e praticamente independente dos outros quatro. Toda vez que o jogo começa a se tornar desafiador ou complexo (ou seja, com mais de três opções de ataque/defesa/um-pouquinho-dos-dois), você passa de fase e tudo volta a ser simples.
Mas você não vai gastar suas horas tentando descobrir como diabos invadir aquela cidade. Isso é fácil, você seleciona todos os seus bichinhos e clica no bichinho deles e com um mínimo de bom senso (usar machados ao invés de cornetas, por exemplo) você vence. Todos os equipamentos tem bônus claros e em números pequenos (isso dá 3 social e 1 health; aquilo dá 4 ataque e só), o que quer que você queira fazer você consegue.
Releia e frase acima e você vai descobrir onde está a beleza deste jogo: o que você quer fazer você consegue.
Os poucos desafios dos jogos e as poucas decisões não estão aí como um pedágio que você tem que pagar esforço para prosseguir; eles só estão aí pra te dar uma direção para sua espécie e, no fim, graças a eles, você tem uma história rica e coerente.
E uma nave espacial, o que é bacana também.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
5 de 6 pessoas (83%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
14.4 hrs registradas
Publicada: 27 de dezembro de 2014
Sem dúvida nenhuma, é um dos games mais geniais e incríveis já feitos!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
3 de 3 pessoas (100%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
30.6 hrs registradas
Publicada: 29 de janeiro
O Jogo é muito bom, além de estar totalmente localizado em português do brasil! A versão da Steam não possui a versão pt-br por algum motivo. Acesse o site da gamevicio para pegar o arquivo faltando no jogo versão steam: http://www.gamevicio.com/i/topicos/195/195998-deixar-o-spore-totalmente-em-portugues-steam-2014/
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
3 de 3 pessoas (100%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
45.2 hrs registradas
Publicada: 8 de fevereiro
é muitooo bom
só a ea e a steam em conjunto que ferraram o jogo
na steam ne
é tao legal destruir familias de aliens tribais
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 5 pessoas (80%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
5.7 hrs registradas
Publicada: 22 de dezembro de 2014
Jogo muuuuuito bom, pena que nao tem achievements na Steam. Vale 20 conto em dúvidas.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
128.1 hrs registradas
Publicada: 16 de janeiro
Tão bom que não presisa de analise para você sabe que é bom :D
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
40.2 hrs registradas
Publicada: 1 de fevereiro
Spore é um jogo de simulação. É o mínimo que você pode falar. Por quê? Porquê esse jogo não tem categoria definida. Os estágios de célula e de criatura são um jogo de aventura e exploração. Os estágios tribal e de civilização são jogos de estratégia em tempo real (RTS) simplificados. E o estágio espacial foca no comércio e exploração da sua galáxia. Vale lembrar também que o jogo não tem história. Você é quem faz a história do jogo.
É um bom jogo, mas vale R$20 ou R$59 (com DLC)? Não. Se você realmente quiser esse jogo, compre em outro lugar ou espere uma promoção na Steam.

Nota: 7 / 10
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
11.2 hrs registradas
Publicada: 22 de janeiro
recomendo mt bom
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
0.2 hrs registradas
Publicada: 18 de fevereiro
Muito bom, tem toda a evolução, adorei
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 3 pessoas (67%) acharam esta análise útil
0.2 hrs registradas
Publicada: 7 de janeiro
Spore é um jogo que sempre tive vontade de jogar, mas que por demorei muito para iniciar.
Ele cumpriu as expectativas. As expansões são uma diversão à parte. Com certeza trouxeram um brilho maior ao jogo, mas para quem quer conhecer primeiro e depois decidir se compra as expansões garanto que vai se divertir da mesma forma.
É um jogo que vale a pena.

A expansão Creepy & Cute Parts Pack acrescenta partes de criaturas para diversificar suas criações.
Como comecei a jogar o jogo com as duas expansões já instaladas não posso dizer se realmente faz falta jogar sem elas. O que posso garantir é que todo conteúdo adicional trazido por esta expansão fez meu jogo ser muito divertido.
Uma funcionalidade interessante do Spore é que você pode exportar suas criações para que apareçam em toda a comunidade do jogo. E se por acaso você se deparar durante o jogo com uma raça criada por você mesmo ainda ganha um achivement (Deja Vu) e boas risadas.

Galactic Adventures foi a expansão que levou o Spore ao domínio espacial.
O espaço é fase onde você vai gastar mais tempo dentre todos os estágios evolucionais.
Cada estágio tem sua particularidade. Pessoalmente recomendo passar por cada um deles e levar sua criatura ao domínio espacial. Mas caso não queira você pode começar seu jogo diretamente em estágios específicos.

A jogabilidade foi um pouco estranha. Cheguei a ficar realmente frustrado. Mas em poucos minutos de persistência é possível pegar o jeito. E em cada estagio é um tipo de controle diferente.
Mas garanto que é um jogo que vale cada centavo.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 3 pessoas (67%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
15.2 hrs registradas
Publicada: 19 de janeiro
Um jogo muito bom que mostra a evolução das espécies de forma divertida e interessante.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
3 de 5 pessoas (60%) acharam esta análise útil
53.4 hrs registradas
Publicada: 29 de setembro de 2014
Spore é um jogo de simulação desenvolvido pela Maxis e distribuido pela EA, lançado em setembro de 2008.
o jogo não tem uma historia pré-definida, sendo você o responsavel por fazer a historia da sua espécie desde sua forma de vida mais primordial(célula)até o momento em que a exploração comercial do espaço se torna viável.
três aspectos em especial chamam atenção no jogo, são elas:
1°- As diversas filosofias que podem ser seguidas e como elas mudam completamente o modo de jogo:ao todo podem ser seguidas 8 filosofias, tendo 3 principais(Agressiva,Sociável e Neutro)que variam entre sí de acordo com as ações do jogador e mudam completamente a gameplay.
2°- Mudanças no decorrer dos estagios:O jogo tem ao todo 5 estagios(célula, criatura, tribal, civilização e espacial)sendo todos diferentes entre sí(enquanto o criatura tem uma forte tematica de ação e exploração, o tribal é claramente um RTS e o espacial uma mistura de estratégia com ação)tais mudanças fazem o jogo nao ser linear.
3°- O modo como o jogo mostra a evolução da espécie controlada pelo jogador:É de certa forma fantástico notar todas as mudanças sociais,políticas e tecnológicas que ocorreram com sua espécie no decorrer das eras e perceber que o que um dia foi uma célula chegou ao ponto de se tornar um dos impérios mais prósperos do universo.
Spore tem bugs(como qualquer outro jogo), mas nada que saia da linha do "irritante" já que são todos resolvidos ao voltar pro menu inicial do jogo e depois retornar ao jogo ou mesmo apenas esperando, sem a necessidade de ir para o menu inicial.
muito recomendado,vale cada centavo gasto.

Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 2 pessoas (50%) acharam esta análise útil
25.6 hrs registradas
Publicada: 28 de dezembro de 2014
Esse jogo é muito dhr vei!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 2 pessoas (50%) acharam esta análise útil
2.4 hrs registradas
Publicada: 17 de dezembro de 2014
Ja zerei uma vez mas vou zerar de novo, posso dizer que o jogo é bem legal, ainda mais pra mim que gosto de jogos tipo "jogador Deus" que suas escolhas e ações interferem no jogo, o jogo inteiro é bem legal, mas a parte do espaço é meio chatinha mas nao atrapalha o jogo, de 1 a 10 eu daria 9 ao jogo, ainda nao cheguei no Galactic Adventures, dependendo de como for podia dar até mais que 10 kk
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 2 pessoas (50%) acharam esta análise útil
17.6 hrs registradas
Publicada: 9 de janeiro
Simplesmente incrível!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada