Descobre um mundo deslumbrante do desporto automóvel levado à vida, desde carros-músculo de corrida pelas ruas emblemáticas de São Francisco e competindo nas lendárias 24 Horas de Le Mans até derrapando em torno das docas de Yokohama.
Análises de utilizadores: Muito positivas (2,404 análises) - 84% das 2,404 análises de utilizadores sobre este jogo são positivas.
Data de lançamento: 4 Jun, 2008

Inicia a sessão para adicionares este artigo à tua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo.

Comprar GRID™

PROMOÇÃO DO ANO NOVO LUNAR! Acaba em

-80%
$14.99
$2.99
 

Acerca deste jogo

Descobre um mundo deslumbrante do desporto automóvel levado à vida, desde carros-músculo de corrida pelas ruas emblemáticas de São Francisco e competindo nas lendárias 24 Horas de Le Mans até derrapando em torno das docas de Yokohama. Agarra no volante de carros de corrida emocionantes nas mais agressivas e espetaculares corridas que já alguma vez experimentaste.
  • Um incrível mundo persistente de corridas, abrangendo corridas de carros-músculo, corridas de derrapagem e corridas de circuito, em Detroit, São Francisco, Milão, Tóquio, Yokohama, Spa, Le Mans e muitos mais
  • Danos alucinantes pela dinâmica de corpo flexível em veículos e ambientes, que podem ser causados aos veículos e pistas mais ambiciosos e incríveis - todos completamente licenciados
  • Tratamento visual deslumbrante e acessível sistema de manuseio
  • Evolução do sistema de física usado em Colin McRae™ DiRT™ - EGO supera todos os motores anteriores em termos de IA, efeitos e packed grids

Requisitos do Sistema

    • OS: Windows Vista/XP
    • Processor: Athlon-64, Pentium 4 3.0GHz
    • Memory: 1GB RAM
    • Graphics: ATI Radeon X1300, NVIDIA GeForce 6800
    • DirectX Version: 9
    • Hard Drive: 12.5GB Hard drive space
Análises úteis de clientes
13 de 13 pessoas (100%) acharam esta análise útil
4 pessoas acharam esta análise engraçada
84.8 hrs em registo
Publicada: 22 de Agosto de 2015
O ano é 2008 e lá estou eu na faculdade, vou até uma das salas de informática, ligo um dos PCs e como um bom gamer navego aos sites especializados em jogos (o certo é videojogos, mas enfim), para ver se há alguma novidade, então me deparo com o anúncio do lançamento previsto para alguns meses à frente de Race Driver Grid. Bem, eu como era “nêgo véio” no mundo dos games, inicialmente não fiquei impressionado com cenas em CG. No entanto, ao assistir um dos vídeos oficiais algo me chamou a atenção, em determinados momentos eu não sabia dizer se aquilo que estava sendo mostrado era uma CG ou o gameplay, e como eu já conhecia a codemasters através de outros trabalhos, como a série Toca, por exemplo, pensei: se esse jogo for o que está sendo mostrado e dito ai (naquele vídeo, respectivamente), isso vai ser muito F-0-D-A!!!

E realmente! Quando pude assistir aos primeiros gameplays do jogo simplesmente fiquei boquiaberto, não piscava, não desgrudava o olho do monitor (acho que também não respirava). Aquilo era um salto quântico nos jogos de corrida! Eu trocaria várias noites com a miss universo por uma noite com Race Driver Grid! Quando finalmente pude por minhas mãos no jogo era um 0RG4SM0 atrás do outro, apenas não conseguia parar de jogar, se Freud visse diria: esse jovem está num processo obsessivo-compulsivo, encontrou no virtual a projeção de seu objeto idealizado capaz de lhe proporcionar a quase totalidade de sua satisfação sexual.

Race Driver Grid, ou simplesmente, Grid, é um jogo obrigatório para quem gosta do gênero corrida. A jogabilidade dele é uma combinação muito boa entre árcade e simulação, eu diria que fica algo como uns 65% do primeiro e, obviamente, 35% do segundo. Os comandos respondem muito bem, é claro, de acordo com a particularidade de cada carro, classe de carro e categorias, que incluem Open Wheel (o "Formula 1"), Drift, e Grip Racing. Grid conta com o mesmo sistema de dificuldade encontrado em DiRT 2 e 3, nos quais escolhemos um dos 6 níveis de dificuldade, conta com uma AI bem inteligente e, dependendo do caso, bastante agressiva, ou seja, em matéria de dificuldade não há do que reclamar. Também não nos dá motivos para tecermos críticas pejorativas a respeito do Sistema de Danos, pois este é muito bem feito (até mesmo se comparado aos jogos de 2015), incluindo danos na Suspensão, Direção, Câmbio, outras peças, sendo ainda possível se obter o dano total do veículo. Há vários tipos de câmeras que vão desde a “câmera do parachoque” àquela que fica mais afastada da traseira do carro, passando pela visão do cockpit do veículo. Enfim, a física do jogo, em geral, é muito boa. No quesito gráfico somente não posso afirmar que Grid é excepcional porque ele naturalmente possui um filtro que deixa as imagens um tanto amareladas. Entretanto, se aplicarmos uns pós-filtros nele (com o Reshade SweetFX, por exemplo), podemos obter um resultado altamente positivo. Infelizmente não há como eu postar aqui imagens comparativas dele “normalmente” e, respectivamente, a mesma imagem com pós-filtros aplicados. No entanto, tirando o aspecto amarelado, Grid possui um gráfico ótimo, são cenários bem detalhados, veículos muito bem detalhados, bons efeitos de luz, sombras, um excelente sistema de partículas: pedaços de veículos saltando durante as batidas, poeira, fumaça das “fritadas de pneu”, enfim, durante o replay é impossível não dar um pause e/ou usar a câmera lenta para observar os detalhes que são muitos. Há corridas que acontecem durante o dia e outras noturnas, com excessão da pista Circuit de La Sarthre, nas demais pistas não há um passar do tempo. Já que falei em pista, Grid possui uma boa representabilidade em termos de pistas e circuitos, há pistas clássicas, como a já citada Circuit de La Sarthre (na qual podemos realmente passar 24hs correndo!), Donington Park, Nurbürgring, Spa Francorchamps, dentre outras. Com os carros a coisa também não é diferente, temos: Subaru Impreza WRX STI, Ford Mustang Boss 302, Nissan Skyline R34 GT-R NISMO Z-Tune, Koenigsegg CCGT, Pontiac GTO, Plymouth AAR Cuda, Mazda RX-7 FD35S, Dodge Challenger R/T, Viper GTS SRT10, BMW 320i, Chevrolet Corvette C6-R, Lamborghini Murciélago RGT, Audi R10 TDI, e outros tantos! Ainda há a possibilidade de pegar aqui: http://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=142145065 a DLC que, infelizmente, a codemasters nunca lançou para Windows, mas que uma boa alma converteu os arquivos de mac para Windows e disponibilizou de forma gratuita, é só seguir o tutorial e ser feliz! Essa DLC inclui a pista australiana de Bathurst e 18 veículos que são:
- McLaren F1 GTR
- TVR Cerbera Speed 12
- Mitsubishi 2.0 Turbo Lancer Evolution X
- Honda S2000
- Nissan GTR GT500
- VW Nardo
- Pontiac Firebird Trans AM
- Volvo C30 Green Racing
- Lamborghini Gallardo GT
- Lamborghini Gallardo LP560-4
- Mazda Furai
- Mercedes SLR McLaren 722
- Honda Integra Type-R (DC5)
- Lotus 2-Eleven, Bugatti Veyron
- Jaguar XKR GT3
- Ferrari F430 GTC
- Ferrari F575 GTC
- Bugatti Veyron

Como não existem mais servidores online o jogador pode tão somente se aventurar pelo modo carreira, que é muito bom. Ele segue a receita da grande maioria dos jogos de corrida, o jogador começa “de baixo” e vai subindo de nível, passando por vários campeonatos que ocorrem nos Estados Unidos, na Europa e no Japão, até chegar à grande final para se tornar o supremo “pé na tábua”. Finalmente, se eu recomendo este jogo? não, eu não recomendo este jogo, eu super-recomendo este jogo, não se enganem acerca das minhas horas de jogo steam, elas não chegam nem a 1/5 das horas jogadas na outra versão que tenho dele (games for Windows). Grid é um daqueles jogos nos quais eu sempre “dou uma passadinha”, para mim ele tem um gostinho de quero mais que me induz a fazer-lhe visitas periódicas.
Achaste esta análise útil? Sim Não Engraçada
1 de 1 pessoas (100%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
39.3 hrs em registo
Publicada: 15 de Outubro de 2015
Really nice game, i recommend! :)
Achaste esta análise útil? Sim Não Engraçada
78 de 96 pessoas (81%) acharam esta análise útil
45 pessoas acharam esta análise engraçada
21.8 hrs em registo
Publicada: 5 de Setembro de 2015
Best "Restart Race" Simulator.
These are the best 2.59 i spent. No regrets.
Achaste esta análise útil? Sim Não Engraçada
25 de 29 pessoas (86%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
44.2 hrs em registo
Publicada: 14 de Setembro de 2015
I managed to pick this game up on sale for $4.99. If you are looking for an above average, arcade-simulation racing game at a budget price, look no further than GRID.

Pros:
  • Despite being a 2008 title, the graphics have held up incredibly well for being 7 years old (with the added benefit of many of today’s low-spec PCs able to run it).
  • Extremely detailed damage visuals.
  • Engaging career mode with a modest yet sufficient number of tracks.
  • Very responsive AI, which is arguably better than many of today’s racing titles. AI difficulty level can be set for each individual race.
  • Unique race types, such as drifting races (though these can be challenging).
  • Great value for the money. Even if you only play 5-10 hours, it still provides more entertainment than a 90-minute movie ticket.

Cons:
  • Limited number of cars - but the cars which are included are fan-favorites.
  • Unrealistic, yet manageable handling. Almost all the vehicles handle like American muscle cars, and prone to rear tire skidding. My guess is that the developers tried to develop a physics model somewhere between pure arcade and full simulation.
  • Non-functional multiplayer. The official MP servers are dead. There are some 3rd party unofficial servers which are active, but I haven’t used these.
  • Lack of Steam achievements.

Overall, if you are in the mood for doing some racing, and don’t mind a somewhat arcade-like racer, I would highly recommend this game. Similar games include Need for Speed and Burnout Paradise, but GRID is probably the superior one of the lot.
Achaste esta análise útil? Sim Não Engraçada
20 de 27 pessoas (74%) acharam esta análise útil
17 pessoas acharam esta análise engraçada
21.5 hrs em registo
Publicada: 21 de Setembro de 2015
Gas/Turn/Crash/Repeat

10/10
Achaste esta análise útil? Sim Não Engraçada