A Halloween adventure from Tim Schafer's Double Fine Productions.
Análises de usuários:
Últimas:
Muito positivas (22 análises) - 86% das 22 análises de usuários dos últimos 30 dias são positivas.
Todas:
Muito positivas (2,074 análises) - 91% das 2,074 análises de usuários deste jogo são positivas.
Data de lançamento: 14/out/2011

Inicie a sessão para adicionar este item à sua lista de desejos, segui-lo ou dispensá-lo

Comprar Costume Quest

PROMOÇÃO DE FÉRIAS! A oferta acaba em 4 de julho

-90%
$9.99
$0.99

Pacotes que incluem este jogo

Comprar Costume Quest 1 & 2 Bundle

Inclui 2 itens: Costume Quest, Costume Quest 2

PROMOÇÃO DE FÉRIAS! A oferta acaba em 4 de julho

Comprar Double Fine Bundle 2015

Inclui 16 itens: Broken Age, Broken Age - Soundtrack, Brutal Legend, Brutal Legend Soundtrack, Costume Quest, Grim Fandango Remastered, Grim Fandango Remastered - Soundtrack, Hack 'n' Slash, Iron Brigade, MASSIVE CHALICE, MASSIVE CHALICE Soundtrack, Psychonauts, Psychonauts Original Score, Psychonauts Original Soundtrack, Spacebase DF-9, Stacking

PROMOÇÃO DE FÉRIAS! A oferta acaba em 4 de julho

 

Sobre este jogo

Costume Quest é uma aventura de Dia das Bruxas da Double Fine Productions de Tim Schafer. Neste RPG cativante, escolha seu herói e faça gostosuras ou travessuras por três belíssimos ambientes repletos do humor e enredo da Double Fine. Complete missões, faça seu grupo e colecione fantasias pelo caminho que lhe permitem se transformar em campeões poderosos e derrote os malignos Repugianos. Este conto festivo heroico capturará as imaginações de crianças, sejam de idade ou de coração.
Continue a aventura de Costume Quest com o conteúdo adicional Grubbins on Ice, incluído gratuitamente na versão de PC! Enfrente novos inimigos enquanto coleta novas missões, fantasias, selos de batalha e cartas arrepiantes de guloseimas. Ajude os monstros a destronar Araxia e devolver a paz à Repugia!

Requisitos de sistema

Windows
Mac OS X
SteamOS + Linux
    Minimum:
    • OS: Windows XP SP3
    • Processor: 1.4 GHz dual core CPU
    • Memory: 1 GB RAM
    • Hard Disk Space: 1.0 GB free hard drive space
    • Video Card: 256 MB GeForce 7600GS, Radeon X1600, or Intel HD Graphics
    Recommended:
    • OS: Windows 7
    • Processor: 2.2 GHz dual core CPU
    • Memory: 1 GB RAM
    • Video Card: 256 MB GeForce 220, Radeon 4550, Intel HD 3000 Graphics
    Minimum:
    • OS:Snow Leopard 10.6.8, or later
    • Processor: Intel Core Duo Processor
    • Memory: 2 GB RAM
    • Hard Disk Space: 700 MB HD space
    • Video Card: ATI HD 2600 / NVIDIA 8800GT / Intel HD3000 or better card with at least 256 MB VRAM
    Minimum:
    • OS:Snow Leopard 10.6.8, or later
    • Processor: Intel Core i Series Processor
    • Memory: 4 GB RAM
    • Hard Disk Space: 700 MB HD space
    • Video Card: ATI HD 4670 / Nvidia 285 or better with at least 512 MB VRAM
    Minimum:
    • OS:Ubuntu 12.04 LTS, fully updated
    • Processor: 1.8 GHz dual core CPU
    • Memory: 1 GB RAM
    • Hard Disk Space: 700 MB HD space
    • Video Card: 256 MB GeForce 8800, Radeon HD 2000, or Intel HD 4000 Graphics
      Open GL: 2.1
Análises de usuários
Sistema de análises de usuários atualizado! Saiba mais
Últimas:
Muito positivas (22 análises)
Todas:
Muito positivas (2,074 análises)
Últimas análises
TheEpicKirby (G.E.W.P)
( 12.6 horas registradas )
Publicada: 28 de junho
This is very good, good plot, good gameplay, good everything. Overall i'd reccomend buying it
MiniP
( 4.6 horas registradas )
Publicada: 26 de junho
Can beat kids with bag of candy 10/10
just know - you're awesome ;)
( 7.6 horas registradas )
Publicada: 26 de junho
THIS LITTLE GAME IS SO CLEVER!
I first played this when I was a young one, and now playing it again I've realized how many little jokes there are.
Gameplay is very simple and fun, I love the game's graphic style, it's kid friendly, and really cheap when it's on sale.
Can't wait to play the sequel, I would recommend this to anyone and everyone!!!
Psyc0
( 13.3 horas registradas )
Publicada: 26 de junho
Costume Quest and it's sequel are colorful rpgs, with the usual mechanics. Press - here and such. However, they also have a sense of humor (And as always humor is subjective) The games are generally fun to play, the writing is funny, but there are a few reundancies in the script, as well as some sloppy writing. But that will only bother you a little (Or not at all if you're not a person particularly attached to grammar, and spelling. (I didn't notice any spelling issues)) The designs of the costumes, and of the in-fight character designs are pretty cool, though out of battle the costumes' design is more cute than anything else. The control scheme is a little difficult compared to console versions, but not so much so that it ruins the game. (Unless you have bad arthritis, than get a controller.)
I got these games for a two for one sale for a dollar ninety-nine. Frankly, I think that this is terrible. These games aren't bargain bin garbage, they truly are worth playing.

Mechanics: Pretty much the usual, costumes offer new methods of traversal. -+

Graphics: Cartoony, but generally this improves the game. +

Story: Written with humor, and generally enjoyable. Although, there were times where the script could've been refined, I quite enjoyed the story as a whole. +

Gameplay: It was quite fun to play, maybe a little tedious if you can't find all of the houses, but this didn't bother me. + (That said this is the second game I ever fully completed, more commonly phrased as one hundred percenting)

Controls: A little difficult to use, compared to console versions, but this doesn't ruin the game. And you could always get a controller. -

Miscellaneous: The game was cute. But not overly cutesy, so you would have to punch a bear to get your manhood back after playing it.
Jokerman333
( 2.3 horas registradas )
Publicada: 25 de junho
I was brought up in American suburbia, and Halloween was always my favorite holiday growing up, probably because I was kind of a dork. I just loved the idea of one night where all kids, regardless of their popularity or class, got to assume fun new identities, put on cool costumes, go to their neighbors, and ask for candy. It was magical. I never liked the scarier parts of the holiday because I was always kind of a timid kid, but the dressing-up, the friendship that you could feel on Halloween night, was very special.

With that said, this game is great. It's a love letter to suburban Halloween, with none of the scares and all of the fun and fantasy. I was a little skeptical of it before playing it as I had heard somewhat middling reviews upon its initial release, but after grabbing it in a Steam sale, I could not be happier with my purchase. Double Fine's characteristically thoughtful and funny writing is here in spades, and the characters you interact with are just delightful. That's a word I could apply to a lot of things in this game, actually—delightful.
isaberuchan
( 1.7 horas registradas )
Publicada: 25 de junho
I bought the Costume Quest 1 &2 bundle on sale, the trailer made it seem like so much fun. However, it was just so repetetive I wasn't able to enjoy it very much. I like the concept and I found the sense of humor amusing at fist, but then it got a little over the top with repetition for my taste and the limitations of exploring made me feel bored after about 20 minutes. It's a matter of preferense, and this just wasn't for me. Haven't tried the 2nd one yet, and I don't think I will either. If you don't mind doing the same thing over and over again, then why not. I'd get it on sale, though.
Panda
( 6.4 horas registradas )
Publicada: 25 de junho
Around Halloween I am always incredibly nostalgic. Every year I go back and watch the most childish of Halloween programs to relive some of the feelings. Costume Quest brings those emotions up! It's a fun, little game that will instantly take you back to being a kid on Halloween night.

It is a short and childish game; however, I think it's a solid,little adventure RPG. If you like having feelings of nostalgia or you want something to share with young Halloween fans in your home, this game is a treat. (And that's no trick.)
Djordjano For President
( 9.7 horas registradas )
Publicada: 25 de junho
Casual, fun game. A pro is that there is no grinding (exept for the achievements) which is a plus. A con is that it's too short as I beat it in 5 hours and although the fights and encounters start getting repetitive after a few hours (as with all rpgs), the game constantly throws new costumes with new abilities to try out. Even though it came off as childish I didn't mind as I enjoyed the story for what it was. Expect cool game mechanics and plenty of collectables which should give you a few extra hours of fun. In terms of price I would say it's unfortunately too short for its retail price, however worry not as it's constantly on sale with some sort of discount (for example as of the time of this review 25/06/2016 it is the infamous Steam Summer Sale and the game is 90% off). Overall a unique and enjoyable game.

Given advice : Try and pick it up when it's on sale.
9LiVES
( 107.2 horas registradas )
Publicada: 25 de junho
Pretty good game, well...according to the reviews. I never actually played this game. I forgot about it and just let it run for 100+ hours.
That British Chick
( 7.6 horas registradas )
Publicada: 25 de junho
Love this game! I brought it because it looked cute and I then fell in love while playing it! ❤❤
Análises mais úteis  Nos últimos 30 dias
3 de 3 pessoas (100%) acharam esta análise útil
3 pessoas acharam esta análise engraçada
Recomendado
4.6 horas registradas
Publicada: 26 de junho
Can beat kids with bag of candy 10/10
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
2 de 2 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
17.0 horas registradas
Publicada: 31 de maio
7.5/10

Pros
- Just oozes style and charm, with a great Halloween theme
- Very polished finished product
- Enjoyable timing-based combat (think Paper Mario)
- A large number of playable “characters” (13 combat costumes + 1 noncombat)
- Funny at times
- Includes the DLC episode for free

Cons
- Not a lot of variety in the locations or enemies (3 main story levels + 1 DLC level)
- Fairly short for an RPG (about 8 hours to finish)
- Simplified RPG combat leads to very few options and a lot of repetition
- The story isn’t exactly gripping
- Very linear

I actually really enjoyed this game. It’s a very simple and short turn-based RPG that hit a lot of the right notes. It just has a certain charm to it that is hard to describe. The combat contains a timing-based component where if you perform the correct action at the right time, your attacks will do more damage or you will take less damage on defense. This helps keep you engaged in all of the battles. Thankfully this component was included, because otherwise you have very few options in combat (attack, use a special if it is charged, or use a battle stamp which gives a combat ability). In terms of battle stamps, these are reusable and basically replace items in the game, and can either confer an ability in combat (e.g. stun a single enemy) or a passive ability (e.g. more health). The other source of variety in combat is the inclusion of 13 different combat costumes, each of which have their own abilities and play style (single target DPS, AoE, defense, healer, etc.). That being said, even with these additions the combat can still drag at times. Fighting a limited variety of enemies in the same environment over and over can become tedious. Overall most battles are quite easy, but a few boss battles require strategy when selecting which battle stamps and costumes to use. The story doesn’t contribute much, but the writing is good and there are some funny moments. If you enjoy RPGs that don’t take themselves too seriously, this is a good game. In addition, the simplified and streamlined nature of the game would make it a good option for someone who is new to RPGs or a younger gamer.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
Análises mais úteis  No geral
23 de 23 pessoas (100%) acharam esta análise útil
2 pessoas acharam esta análise engraçada
Recomendado
12.6 horas registradas
Publicada: 6 de julho de 2015
Costume Quest é o primeiro jogo da Double Fine que tive o prazer de experimentar. Originalmente, este era para ter sido o "jogo de Halloween" do meu filho, mas seu desinteresse inicial arrastou o título por quase um ano inteiro. Uma tremenda injustiça.

Sendo também o primeiro RPG do garoto, ainda que uma versão bem introdutório do genêro, os textos que precisam ser lidos por mim e traduzidos (com uma eventual perda de timing e contexto), a necessidade de realizar missões e explorar o cenário, aliados à falta de interatividade (ou seja, botões que ele possa apertar), causaram uma reação negativa a princípio. Outros títulos foram ocupando sua preferência e o tal "jogo do Halloween" ficou sendo empurrado para segundo plano por meses a fio.

Até que eu resolvi terminá-lo. O pouco que havíamos jogado juntos havia demonstrado um potencial. Não me arrependo da decisão.

A cada cenário novo ou fantasia nova desbloqueada, eu chamava meu filho. "Tem coisa nova no jogo do Halloween, você precisa ver". Ele foi se envolvendo, a fábula deliciosa da Double Fine foi reconquistando aquela impaciente mente de quase oito anos. Ele assumiu um papel mais participativo nos combates e foi se interessando pela história. Em duas semanas, se tanto, havíamos terminado não apenas a aventura principal como a expansão gratuita Grubbin's On Ice. Com direito a bronca no pai por ter ousado uma noite jogado sem sua companhia.

Costume Quest pode ser definido como um JRPG para iniciantes com charme transbordando para todos os lados e capaz de agradar a todas as idades. Na noite de Halloween, um casal de irmãos gêmeos que obviamente implicam entre si descobre um plano sobrenatural para roubar todos os doces da cidade. Um deles é raptado e cabe ao outro reunir pistas, fantasias, doces e aliados para uma missão de resgaste. Os combates acontecem em turnos e exigem que você aperte os botões certos nas horas certas para realizar ataques e defesas.

A grande sacada da Double Fine foi pegar uma mecânica típica do Oriente e moldá-la para caber como uma luva na história. Sabe aqueles RPGs com inúmeros aliados onde você precisa escolher com qual você vai andar, baseado em seus poderes dentro e fora do combate? Aqui isso se traduz em "fantasias": cada roupa especial simboliza um destes personagens. Acrescentando uma terceira camada, a "fantasia" também é o motor da fantasia de cada criança, que vê aquela roupa se transformando de verdade em uma imponente criatura capaz de superar os perigos da noite. Os poderes extras que eles podem utilizar são figurinhas de um álbum especial que as crianças vão colecionando. As moedas para comprar coisas? Doces é claro.

Trazendo três grandes áreas para explorar, Costume Quest se perde um pouco no uso de uma fórmula repetitiva. As missões são sempre as mesmas, só troca o ambiente. Essa tendência se repete em Grubbin's On Ice, que também traz três áreas, ainda que bem menores, visto ser uma expansão.

Mas esses defeitos não comprometem o conjunto da obra que tem personagens incrivelmente fofos, diálogos espertos carregados de ironia e referências (sem errar a mão), um sistema de batalha divertido e desafiador (principalmente nos chefes finais) e uma atmosfera mágica de molecagem.

O jogo termina com fotos de infância dos membros da equipe caracterizados para o Halloween, sinalizando a clara nostalgia que o título produz. É uma conexão que não se estabelece para nós, brasileiros, mas dá para sentir uma pontinha de inveja e entender o que a data significa para as crianças americanas.

Originalmente publicado em: http://blog.retinadesgastada.com.br/2015/07/jogando-costume-quest.html/#ixzz3f8pQF8VS
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
11 de 11 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
13.5 horas registradas
Publicada: 2 de novembro de 2014
Doce ou travessura? Costume Quest é um pequeno RPG com uma aventura fantástica e divertida. Vale a pena jogar!

No decorrer do jogo, você vai coletando fantasias que possuem habilidades diferentes dentro e até fora da batalha (algumas fantasias). Os combates são em turnos, as animações dos golpes e especiais de cada fantasias são bem legais.
A aventura é fantástica! Os diálogos são hilários que empolga conversar com todos. A arte do game é bem simples e fantástica.

Nessa versão pc, já vem incluso a expansão Grubbins on Ice que é bem legal também.

Na minha opinião, é o melhor jogo da Double Fine Productions. Apesar que joguei poucos.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
8 de 8 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
1.9 horas registradas
Publicada: 24 de março de 2014
Enredo super divertido e bem elaborado. Um RPG, digamos, que te leva numa aventura na época de Halloween, com cenários maravilhosamente bem trabalhados, com um visual um tanto sombrio e com um pequeno toque infantil. As poucas batalhas em turno são agradáveis e a interface é bem descomplicada.

10/10
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
5 de 5 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
7.8 horas registradas
Publicada: 7 de março de 2014
Ótimo jogo, bem divertido, a criatividade e poderes dos trajes são incríveis, alguns facilitam e muito sua vida no jogo, com uma história diferente onde você tem de impedir monstros de estragarem o dia das bruxas, engraçada principalmente nos diálogos com outras crianças, recomendo jogar com controle, a jogabilidade com mouse/teclado não é das melhores, as batalhas com o tempo podem torna-se enjoativas por conta da repetitividade, mas não impede nem tira a diversão do jogo.
Nota: 8/10

Doces ou travessuras? rsrs
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
6 de 7 pessoas (86%) acharam esta análise útil
1 pessoa achou esta análise engraçada
Recomendado
10.2 horas registradas
Publicada: 1 de novembro de 2015
Eu fiquei meio em receio de comprar esse jogo por achar ele meio infantil,ou até mesmo ruim,mas sério,eu tava completamente enganado. Costume Quest é um RPG de Halloween que faz bem o seu papel de te prender na história. Dois irmãos gêmeos recém chegados em uma nova cidade vão pedir doces no halloween,só que eles descobrem um plano de roubar todos os doces e um acaba raptado(sim, você pode escolher entre menino ou menina) ,é assim que a história começa. Sobre as fantasias,são tipo classes,você vai fazendo as quests,craftando elas ou de qualquer outro jeito que você consiga uma,cada uma tem seus status,golpes e skills diferentes,nada se repete.Além da música impecável , o que eu mais gostei foi como a história se desenvolve,claro que tem quests que são iguais e só mudam de mundo,mas quem se importa? continua legal! O sistema de batalha é em turnos e pode conseguir até 3 personagens,um guerreiro,um assassino,um support,tanto faz,você escolhe! Enfim.chega de falar,só posso dizer que recomendo isso demais e que você deveria comprar!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
9.1 horas registradas
Publicada: 26 de fevereiro de 2014
Primeiro jogo da Double Fine que termino, e gostei muito, o jogo é um RPG de turnos, gênero meio escasso na Steam, porém seu combate se baseia na precisão de apertar o botão indicado na hora certa.
O jogo tem uma duração baixa pra um rpg, porém não chega a incomodar e o DLC prolonga o tempo que você passará com o jogo.
Uma das coisas mais legais é a mecânica das fantasias, que são elas as respossáveis pela troca dos personagens nas batalhas. Cada uma tem habilidades diferentes, e algumas tem habilidades necessárias fora das batalhas, para passar por alguns lugares. Como por exemplo as rampas, onde só se pode passar com a fantasia de robô usando a habilidade do dash.
O enredo do jogo se destaca com suas boas piadas e sacadas, com diálogos muito bem humorados. De resto a história é bacana, porém nada muito impressionante, mas pode se dizer que cumpre muito bem seu papel.
O jogo vale seu tempo e dinheiro dedicados, é uma experiência de RPG mais leve e bem humorada.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 4 pessoas (100%) acharam esta análise útil
Recomendado
10.1 horas registradas
Publicada: 25 de dezembro de 2013
Um jogo bem simples, mas bastante divertido. Bem a cara da DoubleFine!
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada
4 de 5 pessoas (80%) acharam esta análise útil
Recomendado
6.8 horas registradas
Publicada: 25 de agosto de 2013
Quanto mais conheço os jogos da Double Fine, mais amo o estúdio. Não é à toa que Tim Schafer é tão cultuado desde a Lucas Arts. A criatividade que eles transmitem pelo que produzem, somado com o bom humor, sempre me impressiona. No caso de Costume Quest, a maneira que as mecânicas se desdobram a partir da temática Halloween com monstros que tentam roubar doces é maravilhosa. Tem hora que o jogo fica bem enjoativo (especialmente algumas trilhas sonoras, como a música de batalha tocando pela enésima vez), mas como conjunto da obra, valeu a pena jogá-lo.
Você achou esta análise útil? Sim Não Engraçada